Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

William: de "entulho" a príncipe

img_770x433$2018_07_13_20_21_50_1423141[1].jpg

 

Como era de esperar, a pequena legião de órfãos de Bruno de Carvalho apressou-se a inundar as redes sociais com críticas à administração da SAD liderada por Sousa Cintra pelo alegado "preço de saldo" a que William Carvalho foi transferido para o Betis.

Qualquer pretexto agora lhes serve para a crítica. Depois de andarem cinco anos a fazer vénias e dizer amen.

 

William sai do Sporting - enterrando-se assim um contencioso de desfecho muito incerto e seguramente prolongado em sede judicial - por 16 milhões de euros, correspondentes a 75% do seu passe, acrescidos de quatro milhões por objectivos, individuais e colectivos, que o jogador cumpra ao serviço do novo emblema. Objectivos perfeitamente realizáveis, a que se junta a obrigação de o clube espanhol pagar mais cinco milhões se o Betis atingir a Liga dos Campeões, com a opção de comprar 20% do passe do jogador por 10 milhões.

E ainda ficamos, em qualquer dos casos, com uma percentuagem do passe nunca inferior a 5%.

 

O negócio celebra-se, recordo, numa altura em que o Sporting enfrenta dificuldades de tesouraria, acaba de sofrer sérios danos reputacionais e tem urgência em virar a página aberta pelos dramáticos acontecimentos de Alcochete, com ampla repercussão mundial.

Está em causa um jogador que se desvalorizou desde a brilhante prestação no Europeu de França, sem qualquer paralelo com o desempenho revelado pela selecção no Mundial da Rússia. Acresce que, a dar crédito à palavra de Bruno de Carvalho, o Sporting nunca recebeu qualquer "proposta irrecusável" sobre William.

 

Aqueles que agora mais urram em furioso protesto contra esta suposta "venda a saldo" passaram uma época inteira a clamar contra William, chamando-lhe de tudo, insultando-o nas mesmas redes em que agora gritam que jamais quereriam vê-lo fora do Sporting por um montante inferior a 30 milhões.

Alguns, ainda mais tontos, andam por aí a escrever, em prosa histérica, que preferiam "perder em tribunal" contra este e outros jogadores que rescindiram. Não imagino como supõem eles que o Sporting pague as contas, presentes e futuras. Sabendo-se ainda por cima que a FIFA recomenda sempre a negociação em casos como estes para causar o menor dano possível às partes envolvidas e tem actuado com muita firmeza em todas as situações de violência dentro ou fora dos recintos desportivos.

 

Os tais que consideravam William "entulho" berram agora como virgens ofendidas perante os 20 milhões de euros que seguramente 25% do seu passe rende aos cofres leoninos, como se aos olhos deles o médio defensivo tivesse subitamente reencarnado em príncipe do futebol. Esquecidos de casos tão emblemáticos como as saídas de Moutinho, Carriço, Dier, Ilori, Bruma ou Cédric - todos vendidos, pelas três anteriores direcções do Sporting, a preços muito inferiores ao seu real valor.

A ligação de William ao Sporting era uma página já virada. A diferença era saber se nos rendia dinheiro certo ou uma série infindável de trapalhadas jurídicas de desfecho mais que incerto. Sousa Cintra optou pela primeira hipótese, com o acordo do jogador. E fez muito bem.

Berrem eles o que berrarem.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D