Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

7 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 26.07.2018

    O chamado voto útil, ou do mal menor, costuma ser bastante inútil, CAL.
    Melhor votar pela positiva.
  • Imagem de perfil

    CAL 26.07.2018

    Bem sei, bem sei.
    Mas foi-me completamente impossível desligar da fotografia. Entre os dois (os da imagem) SC. Uma coisa é ter-se SC a prazo (no presente momento), outra coisa é perspectivar-se SC a longo prazo no exercício deste tipo de funções. Que o presidente a eleger tenha a "esperteza" e humildade de olhar para SC, para esta sua comissão de serviço, e subtrair, absorver e acomodar o que de bom existe. Estenda-se este contributo de SC (e de outros em igual circunstância) pela via de uma pontual "consultoria". Mas que o futuro possa abrir-nos caminho noutra direcção. Felizmente (até ver) o próprio SC revela fazer esta leitura do seu papel no Sporting Clube de Portugal.

    (Isto dito, estou ainda atónita. Samico no lugar de Mustafá!? Modo irónico, ligado.)
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 26.07.2018

    A foto é de algum emblemática. Porque Sousa Cintra foi o único ex-presidente do Sporting que apoiou Bruno de Carvalho praticamente até ao fim.
  • Imagem de perfil

    CAL 26.07.2018

    :)
    O que refere, só acrescenta valor ao papel de Sousa Cintra no actual momento. O objetivo, e que passa pela resolução dos problemas causados por alguém que, publicamente, apoiou até ao limite do impossível, e o simbólico. Nem ser publicamente conhecido o apoio de SC, até quando o manteve, serviu para despertar em BdC algo melhor do que:"o homem do tremoço!?" "Sousa Cintra já estava ultrapassado no seu tempo". Este mesmo SC que até foi convidado para esse acto nada relevante na vida de um ser-humano chamado... casamento.

    Lisura. E de onde, porventura, menos se esperaria.

    Não posso deixar de desejar que, discretamente, outros públicos apoiantes/defensores até à última, estejam a "emendar a mão".
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 26.07.2018

    Com Carvalho sempre foi assim: cada apoiante que deixava de estar com ele passava logo a ser alvo das maiores injúrias. Tornava-se "inimigo", tornava-se "traidor". Carvalho dava uso ao pior e mais desbragado dos populismos para tentar manter coesão nas fileiras recorrendo à linguagem incendiária e ao imaginário bélico.
    Cintra passou num instante dos sorrisinhos e abracinhos e dos convitezinhos para o badalado casório do ano para a desgraduação automática e o enxovalhamento permanente. Tornou-se "o homem do tremoço" e qualificativos quejandos.
    Enfim, o indivíduo pode sair da claque mas a claque não sei dele.
  • Imagem de perfil

    CAL 26.07.2018

    Ora.
    O grande problema, reside justamente aí. Mais do que a dificuldade, a (por vezes) impossibilidade. Concedo ainda assim, se não impossibilidade, extrema e morosa dificuldade.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D