Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Be Italian!

Há nove anos, o filme Nine de Rob Marshall, com Daniel Day Lewis e beldades várias, tinha um trecho onde se cantava a plenos pulmões: "Be Italian". É a minha sugestão para logo. Dentro das linhas, onde mais interessa estar a nossa paixão, quero um Sporting italiano. Se não formos uma Roma, que sejamos uma Juventus, vivos até ao fim. Depois, se não pudermos pensar em Lyon, que pensemos no Jamor. 

O golo de Rui

Em nome do plantel criticado publicamente, Rui Patrício, capitão e estrela maior do Sporting, acaba de contraatacar:

 

"Somos Sporting Clube de Portugal, em nome do plantel, somos a informar o seguinte... Suamos, lutamos e honramos sempre a camisola que vestimos"

 

"Não podemos pensar apenas no “Eu”, mas sim “Nós” e sempre na equipa, porque só assim poderemos vencer"


"Por esta razão, em nome de todo o plantel do SCP, espelhamos neste texto o nosso desagrado, por vir a publico as declarações do nosso Presidente, após o jogo de ontem, no qual obtivemos um resultado que não queríamos… a ausência de apoio, neste momento…, daquele que deveria ser o nosso líder. Apontar o dedo para culpabilizar o desempenho dos atletas publicamente, quando a união de um grupo se rege pelo esforço conjunto, seja qual for a situação que estejamos a passar, todos os assuntos resolvem-se dentro do grupo"

Bruno de Carvalho sobrevive às palavras do plantel? 

Quem fala assim...

Não costumo gostar muito do que Jesus diz (prefiro o que manda fazer) mas desta vez acertou em cheio. "Em Portugal, o campeonato é sempre a prioridade e para nós também. Mas nós não vamos rejeitar a possibilidade de chegar à final da Liga Europa. Queremos ir o mais longe possível, sabendo que o sorteio também é determinante. É um sonho, claro que sim. Um sonho que se pode tornar realidade. O Sporting tem todas as condições para chegar à final da Liga Europa. É jogo a jogo". Gosto muito destas palavras. Mostra a ambição e o mindset que os profissionais do Sporting devem sempre ter e ainda por cima é realista. O Sporting, tantos milhões depois, não se pode queixar de jogar duas vezes por semana e tem jogadores de qualidade suficiente para ir até ao fim. Mesmo com Milan, Dortmund, Atlético, Lázio ou Nápoles em prova. 

Futebolisticamente falando

Se no caso da direção o caso é mais complexo, futebolisticamente falando não podemos deitar a toalha ao chão. Vencemos a Taça da Liga há cerca de uma semana, estamos nas meias da Taça de Portugal, vamos jogar na Liga Europa e estamos no terceiro lugar do campeonato, em igualdade pontual com o segundo e a dois pontos do primeiro. Em caso de melhor resultado do que nós, no campo do Estoril, o líder fica com cinco pontos a mais do que nós. Não é ideal mas é recuperável. É verdade que existem vários problemas no futebol do Sporting, a começar pela incapacidade dos jogadores que não são Dost de marcarem golos mas estamos na luta. Não entremos na tradicional depressão leonina. No fim da época julgaremos Bruno e Jesus. 

E os burros somos nós?

Marco Silva foi dispensado do Watford. A equipa jogava bom futebol e estava em décimo lugar, o que é bom para a dimensão do clube e sobretudo para a dificuldade da competição. Ao que parece, Silva teve propostas de outros clubes e já não estava concentrado no Watford. No ano passado, deixou o Hull, depois da descida, querendo manter-se (legitimamente) na Premier. No ano anterior a esse, saiu do Olympiacos, alegando razões pessoais. Antes, fora despedido do Sporting. É claro que se quis abrir espaço para Jesus mas ficou no ar, um certo descontentamento com o carácter e compromisso de Silva. Será que o Sporting esteve assim tão errado, mesmo não tendo conduzido o processo da melhor forma?

Pensar na ex-namorada

Já muito se escreveu aqui sobre o derby mas não quero deixar de dar a minha visão, cinzenta. O Sporting fez ontem má figura, como se o Benfica na Luz lhe fizesse mais medo do que um Barcelona e Real Madrid. Pedia-se muito mais deste Sporting contra este Benfica. O pior é que fico com a sensação de que Jesus só pensou na sua honra. Não quis perder contra a ex-equipa. Não quis perder contra o novo namorado da ex-namorada. É hora de pensar em ser feliz por si e não pensar no passado. De nada interessa que este resultado tenha sido pior para o Benfica. Só quero pensar no Sporting. Por mim, só quero que o Benfica seja uma das 17 equipas que ficam atrás do Sporting. Alguém que me explique porque é que, numa altura em que o Benfica se atirou para a frente (a manta não tapava os pés) não se apostou em Podence e Doumbia. E sim, Hugo Miguel ainda esteve pior do que o Sporting e por muito que nos tenham feito o mesmo mil vezes nos últimos 30 anos, era bom que se dissesse isso mesmo. 

O 10 no Sporting

O Sporting é um clube diferente. Até na numeração dos jogadores. O número 7, já sabe, está amaldiçoado. O último a usá-lo com sucesso, foi Figo. Parece que, com o 10, vamos pelo mesmo caminho. Este ano, está nas costas de Alan Ruiz. O argentino não tem dado uma para a caixa e prevê-se um pequeno braço de ferro que terminará com a sua saída. Mas nos anos anteriores, o caso não foi melhor. Na época passada, foi de Bryan, muitos furos abaixo do que fez com o 20 nas costas. Antes, de Montero, muitos furos abaixo do que fez com a 17. Antes, de Gerson Magrão que, no mínimo, não deixou saudades. Izmailov às tantas também quis a 10, deixando a 7. Foi o que se sabe. Sinama-Pongolle e Vukcevic também pouco trouxeram à equipa. Salvam-se Balakov, Carlos Xavier, Sá Pinto e Hadji, nos últimos trinta anos. Mas enquanto tivermos o 22 a mandar na defesa, o 14 a destruir e contruir jogo, o 77 a criar e o 28 a marcar, está tudo bem. 

Evaldo no caminho do Sporting

O Sporting vai jogar ao terreno do Cova da Piedade nos quartos de final da Taça de Portugal. A sorte tem bafejado o Sporting que desta vez vai defrontar o defesa Evaldo, que já jogou em Alvalade. Rui Sampaio, médio que atuou por Beira-Mar, Arouca ou Olhanense na primeira divisão, será o jogador mais conhecido do plantel, a par de Evaldo, que jogou por Braga, Marítimo e FCP B, para além do Sporting. O modesto Clube Desportivo está na segunda liga há dois anos, tendo feito um bom primeiro ano, tendo estado várias semanas nos lugares cimeiros. Acabaria em 16.º. Nesta altura, ocupa a 12.º posição. O setubalense Bruno Ribeiro é o atual treinador. Pena terá o sportinguista Silas de ter pendurado as botas no verão, depois de 33 jogos pelo Cova da Piedade. Está na mira um Sporting-Porto nas "meias". 

7-1!

No banco do Astana senta-se o búlgaro Stoilov. O agora treinador já estará a tremer. Em setembro de 1995 marcou em Alvalade, logo aos 8 minutos de jogo mas saiu vergado por uns claros 7-1. Amunike (2), Oceano (2), Pedro Barbosa, Sá Pinto e Paulo Alves fizeram os golos leoninos. Espera-se que o resultado se repita (nem que seja no agregado das duas mãos). É que nos relvados cazaques não há um jogador da qualidade de Stoilov. 

Abril de 2016

Para seguir em frente na Liga dos Campeões o Sporting só tem vencer em Camp Nou e esperar que a Juventus não ganhe em Atenas. Para a primeira parte ser verdade, basta imitar Real Madrid (Ronaldo marcou o golo da vitória) e Valência que, em abril de 2016, foram as últimas equipas a derrotar o Barça na sua casa, ambas por 1-2. Estaremos em boa companhia. Podemos ainda lembra o 0-3 com o Bayern (maio de 2013); outro 1-2 com o Real (abril de 2012) e até um 0-2 com...o Hércules (setembro de 2010). 

Reis das Faltas

A Bola de hoje lembrou-se de puxar o Sporting para a sua capa e o verde fica bem no jornal. Para além do alegado e reaquecido interesse nos caríssimos extremos argentinos Pavon e Pity, o diário destaca que "Leões são os reis das faltas na Champions". Esta informação tem relevância para estar na capa? Não peço qu´A Bola seja o jornal do meu clube mas recordo que o Sporting, num grupo com Barcelona, Juventus e Olympiacos, soma 4 pontos e tem hipóteses de se apurar para os oitavos da Liga dos Campeões. Teve duas vitórias morais mas 4 pontos não me parece mau negócio, neste contexto. Já parece o outro dia, quando nos oráculos da SIC Notícias se podia ler que "Benfica ainda tem hipóteses de se apurar" enquanto que Sporting, com um empate, "punha em causa o apuramento". É de mais. 

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D