Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

A banalização da criminalidade

image.jpg

 

Se estivessem a atravessar a estrada, fora da passadeira, alguém tinha o direito de vos esfaquear?

Sim, é um reductio ad absurdum mas é a metáfora perfeita para o que se passou ontem em Moreira de Cónegos. O Sporting não fez uma exibição de encher o olho mas viu Tiago Martins e Jorge Sousa (VAR) prejudicá-lo de maneira inexplicável.

Jorge Sousa ignorou olimpicamente três grandes penalidades e Tiago Martins escolheu não expulsar Abdu Conté.

Jorge Sousa foi, durante toda a sua carreira, aquilo que na gíria se chama um "FILHO DA PUTA" para com o Sporting Clube de Portugal. O sindroma de pénis pequeno levou-o mesmo a ter este pequeno ataque de prepotência contra um dos nossos guarda-redes:

 

Já Tiago Martins pertence à nova escola de padres. Pelos vistos, esta semana, voltaram a rezar e a cantar bem.

Joguemos bem ou joguemos mal, nada dá o direito a ninguém de nos prejudicar! Nada!

Para os católicos: Há um mandamento que diz "Não roubarás!"

Para os ateus: Se forem assaltados, não perdoam o assaltante por irem mal vestidos, certo?

Para os Sportinguistas: Não se pode aceitar como normal que nos prejudiquem dentro de campo. Isto não tem que ser resolvido nos bastidores, isto tem que ser resolvido de forma clara e à vista de todos: Não devemos tolerar roubos! Não devemos aceitar maus árbitros. Não devemos aceitar menos que aquilo que é o nosso direito de ver os nossos lances bem ajuizados!

Do que é que a Liga e o CD da FPF estão à espera para suspender estes dois LADRÕES?

Boa noite, Sofia

transferir.jpg

 

Esta semana, no Canal 11, Sofia Oliveira e seus pares tentaram ridicularizar Jovane Cabral enquanto faziam declarações de amor a Adel Taarabt.

Não houve posts de reação, não houve uma palavra que fosse na conferência de imprensa para isso. Houve, sim, um grande jogo e mais um grande golo.

A melhor maneira de calar os idiotas não é com palavras idiotas, é com trabalho e talento. E isso Jovane tem de sobra.

Boa digestão.

Naturalidade

img_900x508$2020_06_12_23_35_46_948710.jpg

 

As bolas no poste vão dando lugar a golos. Os maus jogadores vão dando lugar aos bons, os velhos vão abrindo espaço para os mais novos. Os assobios vão dando lugar a esperança nesta nova fornada. Os maus resultados vão dando lugar às vitórias.

Tudo natural. Tão natural como tem que ser para o Sporting somar três pontos, por muito que isso custe a quem não gosta de nos ver a ter sucesso.

Sentimento com que acabei o jogo: orgulho

naom_5dcd7c0e060ca.jpg

 

Sim, não vencemos. Sim, não foi uma exibição de encher o olho. Sim, temos um treinador que foi caro e não vence todos os jogos. Todas estas conclusões são óbvias e até justas. Mas não consigo deixar de sentir orgulho no meu/nosso Clube.

Foi dito que iria ser feita uma aposta na formação e que Rúben Amorim tinha sido contratado para potenciar jogadores e foi isso que vi ontem em campo. Matheus Nunes (21) e Eduardo Quaresma (18) fizeram o seu primeiro jogo pela equipa A. E que jogão de Eduardo Quaresma, diga-se! Jovane Cabral (21) foi o grande motor ofensivo da equipa e meteu quatro (4!) bolas de golo nos pés de Vietto e Sporar. Infelizmente só um entrou mas o princípio está lá.

Rafael Camacho (20), numa posição diferente, também deixou muito boas indicações. Com mais calma será um jogador top mundial.

Ainda na baliza esteve Max (21) e a primeira substituição foi Gonzalo Plata (19).

Há futuro para o Sporting. Por muito que isso doa a quem prefere a terra queimada.

O fim do processo

image.jpg

 

Foi lida hoje a sentença do processo referente à invasão à Academia do Sporting em Alcochete.

O resultado foi aquele que se vinha adivinhando: Bruno de Carvalho, Bruno Jacinto e Nuno Mendes foram absolvidos de todos os crimes. Para os restantes, houve oito penas suspensas, quatro multados, e nove penas efetivas.

Sobre a decisão

É bastante positivo que Bruno de Carvalho tenha sido considerado inocente, é o sinal inequívoco que o Sporting, enquanto instituição, está  isento de culpa dos hediondos actos. O que me preocupa, nesta situação, é a justiça portuguesa ter sido capaz de prender alguém sem as provas suficientes que levariam a uma condenação. Ainda estamos muito longe de ter a justiça que merecemos enquanto cidadãos.

A decisão tomada tem que ser vista como base para os restantes processos de violência, relacionada com desporto, que estão a decorrer. Por exemplo, não espero menos de cinco anos de prisão efectiva para Luís Pina no caso do assassinato de Marco Ficini. Também não espero menos de cinco anos para os elementos dos No Name que atacaram um adepto do Sporting nos últimos dias.

 

Sobre o Sporting

À medida que a absolvição de Bruno de Carvalho foi ganhando forma, começaram a surgir os primeiros pedidos de impugnação da AG de destituição e das últimas eleições. Acho que é legítimo que se discuta isto mas não concordo. Na minha opinião pessoal, o resultado da AG é demasiado óbvio para se poder achar que é tudo resultado de manipulação dos media. Até porque há Sportinguistas susceptíveis aos media mas achar que todos o são é achar que a massa adepta do Clube é, por defeito, estúpida e que não é capaz de tomar decisões em urna. Eu, não me vendo a mim nem aos meus consócios como inimputáveis, tenho que respeitar a vontade da maioria.

Espero que os absolvidos consigam recuperar a dignidade na sua vida pessoal e profissional, conto que processem o Estado pelo impacto nas suas vidas, mas também espero que entendam que não faz sentido arrastar o Sporting para mais uma desnecessária sessão de exposição mediática.

Afinal, quem traiu quem?

"Ontem fui brindado na internet com os elogios de Luis Gestas! O melhor Presidente da história... Um grande motivador de pessoas... Um grande impulsionador...
Mas... um mentiroso! Eu disse que a partir de Fevereiro já estava farto de vocês todos e Gestas diz que é falso! Estávamos mais unidos do que nunca diz Gestas..."

Do mesmo autor de

"No meu último dia na SAD, a Dra. Elsa Judas entrou aos gritos no gabinete do Dr. Carlos Vieira (...) e (...) conversou sobre quotas e uns alegados 10 mil euros... (...) Percebi que nada daquilo se encaixava na confiança que até então sentia na equipa que comigo dirigia o clube e a SAD"

No futebol, o que hoje é verdade amanhã é mentira. Quem traiu é o traído e o traído é o traidor. Não há consistência, nem interessa pois os factos não hão-de atrapalhar uma bela história.

Que futebol nestas circunstâncias?

Covid19-4[1].jpg

 

Estamos a cerca de vinte dias, em teoria, do jogo que reatará a Primeira Liga. Uma semana depois da maior parte das equipas voltarem ao trabalho, três jogadores do Vitória de Guimarães e cinco do Famalicão acusaram positivo no teste ao COVID19.

Que condições têm as equipas para voltar a jogar futebol quando o risco de contágio é mais que muito? Valerá mesmo a pena?

Por muita vontade que tenha de voltar a ver a bola a rolar, prefiro que esta época seja dada por terminada e que se volte em Setembro, ou quando houver condições.

O Sporting não precisa de heróis

José de Pina descreve, e muito bem, a alucinação em que alguns Sportinguistas vivem, acreditando que o Sporting só nasceu em 2013. Já antes, desde sempre, o Sporting sempre foi grande! E, desde sempre, houve gente a lutar contra o sistema que se instalou no futebol nacional.

O Sporting não precisa de heróis, muito menos de Dons Sebastiões. O Sporting precisa é de todos os seus adeptos a pensarem no Sporting e não divididos entre o "Sporting de A" e o "Sporting de B". Sporting há só um, o Clube de Portugal!

 

Andou ao engano

confuso-na-vida.jpg

 

Um ex-presidente do Sporting veio dizer que o Sporting Clube de Portugal sempre foi uma monarquia e só fez uma pausa entre 2013 e 2018. Curiosamente também disse que foi durante esse período que mais se enalterceram os valores do Sporting.

Ora, se o Sporting sempre foi uma monarquia com todos esses defeitos, de que serve enaltecer os valores definidos pelos "nefastos" monarcas?

Durante esta quarentena tem-se visto muitas fotografias das campanhas europeias do Sporting com o velhinho José de Alvalade cheio. Inclusivamente ganhámos uma Taça europeia no "tempo da monarquia".

O Sporting, com as suas qualidades e defeitos, nasceu em 1906 e desde então sempre foi enorme. Querer reduzir a sua grandeza ao período pós-2013 é um periogoso reescrever da história. Se não percebeu isto, andou claramente ao engano.

40% de corte nos salários do futebol profissional

image.jpg

 

Apesar de Frederico Varandas estar ao serviço do país no combate ao COVID19, o Sporting foi dos primeiros clubes portugueses a atingir um acordo com os jogadores de forma a ajudar os seus salários durante esta crise que abala o mundo.

Serão 40% de corte nos salários. Estes 40% passarão a 20% em caso de retoma do campeonato.

Pelos vistos é mesmo possível conciliar as duas coisas quando o mundo realmente precisa de mais um médico (todos contam) e o Sporting precisa de continuar a ser gerido.

#Covid71 e a desrespeitosa atitude de Bruno de Carvalho

21732275_rDDvL[1].png

 

Acaba de ser confirmada a quinta morte por infeção de Covid-19 em Portugal, em Itália morre o equivalente à queda de dois aviões por dia, e ainda assim o destituído (e protocandidato a) presidente, Bruno de Carvalho, acha que é a melhor maneira de se referir às pessoas que têm uma opinião que não vai ao encontro da sua.

Está no seu direito de ser idiota, é claro. É sempre melhor quando os idiotas falam, permitem-nos saber quem são. Mas a História não se esquecerá deste momento. Faria melhor figura se consultasse num dicionário a palavra indemnizar.

Assim, quem é que quererá treinar o Sporting?

35750004_770x433_acf_cropped.jpg

 

O Sporting venceu, esta semana, o Boavista e o İstanbul Başakşehir com exibições personalizadas e, acima de tudo, qualidade.

Uma pequena declaração de interesses: Já tive oportunidade de falar com Silas. Gosto do Silas enquanto Homem, acho que inventou em alguns jogos e nem sempre estou de acordo com o que diz. Mas há algo importante: Silas é treinador do Sporting e tenho a certeza que faz sempre o melhor possível pelo Clube. Aliás, qualquer treinador sentiria imenso a falta de Bruno Fernandes e Jorge Silas conseguiu estabilizar o Sporting e metê-lo a jogar à bola.

SilasAtiraSeBruno.png

Em dia de jogo, o Record faz uma capa onde deturpa as palavras de Jorge Silas, dizendo que "Silas atira-se a Bruno". Jorge Silas sempre manteve uma excelente relação com Bruno Fernandes e na conferência de imprensa disse apenas o normal: o mercado traz instabilidade aos jogadores. E tanto traz ao Bruno, como ao Manuel, como ao Joaquim. O Record, talvez por não suportar o Sporting ter sido o único clube português a vencer na Liga Europa, não se conteve e decidiu lançar carvão.

A imprensa ser hostil ao Sporting não é novidade nenhuma. Desde que me conheço como pessoa que sinto isso. O que é novidade é total inércia da direção do Sporting no que toca a defender o seu treinador. Uma total insolidariedade institucional para com quem, por muitos defeitos que se lhe encontrem, é quem dá a cara todos os dias pelo Sporting.

Ainda sobre as obrigações da Direção: vimos ontem Nuno Almeida a ser chamado pelo VAR para assinalar uma grande penalidade a favor do Sporting e a ignorar olimpicamente a entrada de carrinho de Ricardo Costa sobre o pé de Gonzalo Plata. Mais uma vez, silêncio total da direção sobre o não ter sido assinalado o penalty. Silêncio total sobre um árbitro ignorar um VAR. Silêncio total sobre o Sporting ter sido, mais uma vez, prejudicado por Nuno Almeida.

 

A direção do Sporting é eleita para defender os interesses do Sporting. Nesses interesses estão os adeptos, sócios, profissionais, resultados, títulos, etc etc. Num só dia, a Direção conseguiu-se alhear de duas ofensas gravas aos interesses do Sporting.

Assim, sem solidariedade, sem querer proteger o Clube, quem é que quererá treinar o Sporting Que compromisso podemos pedir a um treinador quando o deixamos assim desprotegido?

Ser Rambo não dá bom resultado

1q9a1424_770x433_acf_cropped[1].jpg

 

"Queria pedir desculpas aos jogadores, eles são as verdadeiras vítimas [...] prejudiquei gravemente as vítimas, a instituição Sporting e a própria Juve Leo."

É uma das frases a reter de todo este processo. 

Todas as vezes que estamos nas redes sociais a insultar tudo e todos. Todas as vezes que, numa discussão numa caixa de comentários, ameaçamos alguém com violência... Há sempre uma consequência.

Às vezes a realidade apanha-nos. E, a estes rapazes, apanhou da pior maneira. Quando deram por si, estavam a agredir jogadores do Clube que amam (acredito que o façam). Quando deram por si estavam a ser detidos e hoje, quase dois anos depois, estão sentados em tribunal. Provavelmente prestes a serem, e bem, condenados.

Estamos no século XXI, devíamos ser capazes de discutir sem chegar a este ponto. Devíamos ser capazes de verbalizar a nossa opinião sem agredir o nosso interlocutor.

Ser Rambo não dá bom resultado.

A morte do dragarto

img_920x519$2020_02_18_15_06_32_1665445[1].jpg

 

Foram estas as frases que ecoaram do testemunho de Pinto da Costa sobre Alcochete:

"Vou responder ao que me perguntarem. Ninguém falou comigo, recebi uma notificação para estar aqui, não faço ideia do que vou dizer porque não sei o que me vão perguntar. Tudo o que eu souber responderei. Não sei por que fui arrolado, não há problema nenhum"

"Lembro-me de todos os presidentes do Sporting e ainda hoje mantenho excelentes relações com alguns deles, como Sousa Cintra, Dias da Cunha, Soares Franco e Godinho Lopes"

"Lembro-me que Bruno de Carvalho tinha tido 90% numa AG e de repente começou a ser contestado por toda a gente." O presidente do FC Porto recorda uma troca de palavra entre Bruno de Carvalho e Jaime Marta Soares, que o deixou "chocado". Bruno de Carvalho disse que Jaime Marta Soares também era "croquete", "fui eu que o salvei". O presidente da MAG terá ripostado: "Deviam eram ser todos destituídos".

"Não percebi por que vim cá. A sra juíza agradeceu a minha apresença e disse que não era da responsabilidade dela eu ter sido chamado, sentiu que eu não podia adiantar muito. Felizmente desconheço este processo. Nem sei onde é Alcochete... O tempo foi uns 5 minutos, o resto foi de espera. Eu não podia dizer nada porque felizmente deste processo só sei que foi dia 15 de maio"

 

Que isto sirva para abrir os olhos a todos os que acham que estamos bem sendo uma bengala do Porto. O Sporting vale muito mais que uma mantinha nas pernas.

Só há uma cura para o racismo

Quando era criança, na minha rua havia um preto. Na minha turma havia duas. Depois mudei de escola, comecei a andar de transportes públicos e a minha realidade mudou. Começámos a jogar à bola todos os dias. Pretos, brancos e ciganos.

Quando entrei para a faculdade, conheci um dos meus melhores amigos. É asiático.

Comecei a trabalhar, vieram os Emirados e conheci dezenas de outros árabes e asiáticos.

Hoje, em minha casa, jantam pretos, judeus e asiáticos à mesma mesa.

Só há uma cura para o racismo: falar com pessoas.

Em quem pensam votar os "Obrigado 71%"?

novelo-de-la-verde-mollet_7347[1].png

Esta questão não é 100% inocente, por isso vou contextualizar: Vemos algumas pessoas a culpar os "71%", que destituiram Bruno de Carvalho, pelo actual estado do Clube. São também muitas dessas pessoas que pedem a destituição de Varandas. Assim sendo, e não podendo votar em Bruno de Carvalho, em quem votarão? E, ao votarem nessa pessoa, não estarão, de alguma forma, a tornar-se parte dos 71%?

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D