Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Um recado às almas sensíveis

image.jpg

 

Andam por aí umas almas muito apoquentadas com os 16 milhões de euros investidos pelo Sporting em Paulinho (estando neste montante já incluídos os 3 milhões pelos quais foi avaliado o passe de Borja, cedido pela SAD leonina ao Braga). 

Lembro a essa gente tão sensível que o Sporting tem, entre os seus rivais directos, um clube como o Benfica, que só nesta época gastou 24 milhões de euros em Darwin (oriundo da segunda divisão espanhola), 20 milhões em Cebolinha18 milhões em Pedrinho, 15 milhões em Otamendi e outros 15 milhões em Waldschmidt, por exemplo. E há um ano investira 20 milhões de euros em Weigl, então apontado como a contratação mais cara de sempre dos encarnados - recorde já superado pelo avançado uruguaio. 

Lembro-lhes também que já em 2016 o SLB adquirira Rafa Silva por 16,4 milhões de euros ao mesmo Sporting Clube de Braga de onde veio Paulinho, recém-chegado a Alvalade.

 

Para alargar as comparações, recordo que outro dos nossos rivais, o FC Porto, adquiriu há ano e meio metade do passe de Nakajima pela módica quantia de 12 milhões de euros. Com os brilhantes resultados que sabemos. Dois anos antes, tinha batido o seu próprio recorde de aquisições ao contratar o espanhol Óliver Torres por 20 milhões.

Este é o quadro competitivo que enfrentamos. Se mantemos o sonho de atingir patamares mais elevados, não podemos destoar demasiado dos investimentos feitos por quem rivaliza connosco. Sem atingir a loucura do Benfica, que ao trazer Lucas Veríssimo por 6,5 milhões de euros acaba de elevar para 105 milhões os gastos em reforços para a temporada em curso. Excluindo Jorge Jesus e os restantes membros da equipa técnica.

Contando já com Paulinho, a factura da SAD leonina é muito menos pesada: totaliza 28,9 milhões de euros. E ninguém dirá que foi dinheiro mal gasto atendendo ao plantel que apresentamos nesta época 2020/2021 em que já conquistámos um título (Taça da Liga) e lideramos com larga vantagem o campeonato nacional de futebol à 18.ª jornada. O que só demonstra competência, dentro e fora de campo.

 

Mas o nosso maior investimento desta temporada relaciona-se com a inédita valorização dos jovens que formamos em Alcochete. Jogadores lançados nos últimos meses na equipa principal, como Nuno Mendes, Gonçalo Inácio, Tiago Tomás, Daniel Bragança ou Eduardo Quaresma - já para não falar nos "veteranos" Jovane Cabral e João Palhinha. 

Isto é o que mais interessa. E deve constituir motivo de orgulho acrescido para os sportinguistas, que há dois dias viram a equipa virar um resultado negativo com quatro jogadores da formação saídos do banco. Enquanto o Benfica, 24 horas antes, alinhara sem qualquer português no onze titular. Contrariando todas as promessas bacocas do seu presidente.

Confiemos pois em quem joga, em quem treina e em quem dirige. E, ao menos por uns meses, deixemos de parte a modalidade preferida de tantos "verdadeiros adeptos" do Sporting: dar tiros no próprio pé.

44 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D