Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Um impressionante testemunho em primeira mão

«Eu estive lá, no local do acontecimento, isto é, no sector do Estádio (A13) bombardeado pelas tochas, petardos, cadeiras, isqueiros... basicamente tudo o que dava para ser arremessado a partir da bancada B, onde se encontravam os adeptos do Benfica. A minha "sorte" foi estar sentado mais acima, numa fila já coberta pela bancada B. Assim, apenas tive o “privilégio” de ver tudo ali a acontecer, 20 metros à minha frente.

(...)

- Não é folclore ver uma multidão em debandada, para fugir à chuva de objectos perigosos e que colocavam a sua integridade física em causa;

- Não é folclore ver crianças a chorar de terror durante e após a fuga;

- Não é folclore ver um grupo de miúdas adolescentes agarradas entre si e a tremer de pânico;

- Não é folclore ver dois jovens de 20 anos levar bastonadas da PSP, apenas porque se enganaram na porta de saída das bancadas para as escadarias, desconhecendo que essa saída tinha ligação para o sector onde se encontravam as claques do Benfica;

- Não é folclore ouvir, já fora do Estádio, pessoas ao telefone a acalmar os familiares com promessas de ser a última vez que vai ao futebol.»

 

Virgílio, no blogue A Norte de Alvalade

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 16.02.2015

    Qualquer pessoa bem formada só pode repudiar cenas de violência como as que aqui estão descritas com tanto realismo.
    Felizmente nos últimos dias tenho escutado palavras de repúdio pelo sucedido nas bancadas de Alvalade e no pavilhão da Luz da parte de muitos benfiquistas.
    Assim é que deve ser. Rejeição categórica da violência e da apologia do crime seja em que circunstância for e estejam envolvidas as cores clubísticas que estiverem.
    Pela minha parte sempre fiz isto. Tenho portanto o direito de exigir o mesmo de outros.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D