Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Ugarte, Pedro Gonçalves, Nuno Santos

Faz hoje um mês, perguntei aos leitores quem elegeriam como os três melhores jogadores do Sporting.

Houve quem questionasse por que motivo seriam apenas três. Respondi que a lógica das escolhas é sempre esta. É o que nos leva, por exemplo, a contestar as escolhas dos seleccionadores - sujeitas a um número máximo, portanto sem nunca gerarem aplauso unânime. Seria impossível.

Além disso, pretendia três lugares para preencher um pódio. Que ficou assim ordenado: 

Ugarte 21 votos

Pedro Gonçalves 20

Nuno Santos 6

Gonçalo Inácio 5

St. Juste 5

Adán 3

Coates 3

Edwards 3

Morita 3

Diomande 2

 

Revejo agora estas escolhas. Que justificam os seguintes comentários:

- O mais popular é um médio defensivo, sem um só golo marcado nesta época 2022/2023. Talvez seja um bom símbolo do actual Sporting, tão carente de golos e de vitórias.

- Há um fosso enorme entre os dois mais mencionados e o último do pódio. Um desequilíbrio que, francamente, não corresponde ao que se passa em campo. 

- Edwards, que não hesito em considerar um dos melhores talentos do plantel leonino (anteontem isso voltou novamente a ver-se em campo), é relegado para o fundo da lista. Algo que tenho dificuldade em entender.

- Morita, que não hesito em considerar o melhor reforço do Sporting nesta temporada, tem votação residual. Também algo incompreensível, na minha opinião.

- Coates, único elemento do plantel que chegou ainda na era pré-Varandas, vai perdendo gradualmente relevância e popularidade junto dos adeptos.

- Adán recebe aplausos muito mitigados, o que talvez se justifique pelo facto de ter comprometido em alguns dos jogos mais importantes nesta época.

- St. Juste, apesar do historial de lesões (vai na quinta desde que chegou ao Sporting), merece consideração e simpatia: tem tantos votos como Gonçalo, que jogou muito mais.

- Matheus Reis, nem um voto para amostra. Trincão, idem. Esgaio, igualmente omisso. Sem surpresa.

- Ausência total de Paulinho. Sem surpresa também.

21 comentários

Comentar post

{ Blogue fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D