Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Triste e sem solução

Foi dos jogos mais tristes que vi em Alvalade. Ou melhor, foi dos jogos em que me senti mais triste em Alvalade.

 

Como é possível entrar em campo contra uma equipa que vinha de uma derrota por 2-3 no seu estádio contra o Tondela e ser completamente manietado durante os primeiros 45 minutos, num jogo de máxima importância que poderia garantir a qualificação para a Champions?

 

Como é possível entrar em campo com dois jogadores semi-aptos, ou semi-lesionados, num jogo com esta importância e depois de 6 vitórias seguidas sem eles (com excepção de 72 minutos de Piccini no jogo com o Porto)? Que estratégia de condução de homens é esta?

 

Como é possível estar 90 minutos em campo sem criar uma oportunidade de golo e sem fazer um remate à baliza?

 

Como é possível ver tantos adeptos a sofrer nos minutos finais para segurar o 0-0 e a aplaudir efusivamente a equipa no final como se o objectivo deste jogo fosse não jogar nada e deixar tudo nas mãos do melhor guarda-redes do campeonato?

 

Sim, há 2 lances para penalty, mas isso não altera nada do que refiro sobre a sofrível e triste exibição.

 

Com um treinador que em 18 pontos possíveis com as equipas da frente apenas consegue fazer 4 pontos, duvido que alguma vez possamos vir a ser campeões. Este facto só demonstra o complexo de inferioridade que Jorge Jesus tem e que transparece para toda a equipa. É um treinador temeroso!

 

E mesmo nos 4 míseros pontos conquistados, fomos inferiores em todos os jogos e merecemos perdê-los!

 

Estou ciente de que a opinião generalizada é de que Jorge Jesus é a melhor solução e não há melhor que ele em Portugal, mas confesso que essa não é a minha opinião. Comentários como: "Mas quem é que ias buscar melhor que ele?" nada mais significam que a aceitação tácita da inferioridade. Se assim não fosse, Sérgio Conceição não seria campeão!

 

Cá estaremos, em 2018/2019, para mais um ano de Jorge Jesus, na esperança de que na época seguinte venha um treinador com ambição, que é coisa que Jorge Jesus não tem.

9 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D