Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Três anos, três títulos

Pode ser surpreendente para alguns, até para uns quantos adeptos leoninos, mas nas últimas três épocas futebolísticas o Sporting é o clube português com mais títulos - a par do Porto e perdendo apenas um troféu na comparação com os azuis-e-brancos.

Em títulos, no mesmo período, o Benfica segue empatado com Aves e Braga.

 

Fica o inventário, para evitar certas inverdades que vou lendo e ouvindo por aí, até em órgãos de informação que tinham a obrigação de perceber um pouco mais de futebol:

- FC Porto: 3 títulos e 1 troféu (campeonato 2018, Supertaça 2018, campeonato 2020, Taça de Portugal 2020)

- Sporting: 3 títulos (Taça da Liga 2018, Taça da Liga 2019, Taça de Portugal 2019)

- Benfica: 1 título e 1 troféu (campeonato 2019, Supertaça 2019)

- Aves: 1 título (Taça de Portugal 2018)

- Braga: 1 título (Taça da Liga 2020)

 

Nestas coisas, o melhor é argumentarmos sempre com a linguagem dos números. Que não enganam.

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 11.08.2020

    Viva, caro João Galhardo. Um gosto vê-lo novamente por cá.
    Não confundi.
    Para mim títulos são os campeonatos e as taças - provas de continuidade.
    Troféu é a Supertaça, disputada apenas num jogo. Às vezes nem sequer entre vencedores, como aliás acontecerá este ano, a 23 de Dezembro: entre um bivencedor (FCP) e um duplo perdedor (SLB).
  • Imagem de perfil

    vitorhugolcvieira 11.08.2020

    Concordo com a sua distinção entre títulos e troféus, parece que em Portugal só na zona do Porto é que uma Supertaça vale tanto como um Campeonato, para que possam dizer que têm mais títulos que os lampiões
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 11.08.2020

    Pois. Manda a honestidade intelectual que saibamos fazer esta distinção.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 11.08.2020

    Caro Pedro Correia, permita-me que discorde dessa diferenciação que faz dos títulos e troféus oficiais, eu explico melhor:

    Títulos oficiais, conferem ao seu vencedor uma regalia desportiva, exemplos, o Campeonato garante ao campeão a entrada directa na Champions (já assim é desde que a UEFA tutela as suas provas), quem vence a Taça de Portugal tem entrada na Liga Europa, ou tinha entrada directa na extinta Taça das Taças.

    Troféus oficiais: Supertaça e Taça da Liga. Nenhum destes troféus oficiais confere ao seu vencedor qualquer regalia desportiva, se eventualmente o vencedor da Taça da Liga tivesse entrada direta na Liga Europa, então sim, a Taça da Liga passaria a ser um título oficial.

    Para que conste, sou Portista, o meu clube já ganhou 21 Supertaças, e vejo a Supertaça como um Ramon Carranza de pré-temporada, e a Taça da Liga como uma Taça de Reservas, nesta prova ajustada/alinhada para os Grandes chegarem à final four, e os Grandes só a jogam com os melhores nas fases decisivas, isto é, na minha opinião pessoal, são dois trofèus pechiché para os museus respectivos. Se como adepto os prefiro ganhar, ou perder? Naturalmente todo o adepto gosta de ganhar tudo, mas há prioridades, e eu tenho as minhas bem definidas, prefiro títulos!

    Saudações des_Portistas
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 11.08.2020

    Meu caro, esse discurso é muito bonito mas deve-se acima de tudo ao facto de vocês ostentarem zero taças da Liga no vosso museu.
    Fácil de perceber.

    Mas continuem a tentar. Um dia conseguirão.

    Saudações desportivas.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D