Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Tremeliques

Uma mistura de férias, trabalho e outros compromissos não me deixaram ver metade dos jogos do Sporting. Vi o jogo com o Benfica e gostei razoavelmente. E vi o jogo com a Académica e gostei da primeira parte, mas detestei a segunda. Não vi o de ontem. O Sporting não é um clube fácil. Décadas de desgraça, rematadas com a pré-falência de há dois anos e o sétimo lugar, deixaram-nos entregues a um programa de austeridade que não permite fantasias. O ano passado, lá conseguimos um segundo lugar arrancado a ferros. Este ano, parecia que fazer o mesmo mas um pouco melhor seria suficiente para aumentar a competitividade. Marco Silva imbuiu-se desse espírito, o que, como princípio, parece correcto. Imaginemos que o homem se punha com grandes inovações e corria tudo mal. Ficava logo como coveiro do trabalho de Leonardo Jardim e como mais um coveiro do Sporting. Como disse, o Sporting não é um clube fácil, sobretudo porque a margem de erro praticamente não existe. Quem, face a este início de época, não está já a lembrar-se dos fantasmas de natais passados? Compare-se com o Porto: o ano passado foi uma desgraça, mas eles já se comportam como se não tivesse existido, tal é a confiança de que as coisas acabam por correr bem. E se voltarem a correr mal este ano, embora preocupante, ainda restará um importante capital de confiança. Exactamente o oposto do Sporting.

 

Dito isto, parece que a linha de continuidade não deu grandes frutos neste início de época (na realidade, a coisa também já não foi famosa no último terço da época passada). Talvez então esteja na hora de Marco Silva se sentir livre para experimentar mais qualquer coisa, sem romper completamente com o que existe (até porque não pode, dadas as limitações de plantel). Parece-me que o novo banco é bom (;)), no sentido em que dá margem para umas variações que até são capazes de render (João Mário, Tanaka, Gauld parecem-me os nomes mais óbvios). Marco Silva pode agora mostrar o que realmente vale.

 

Ainda não me sintonizei muito com esta época e ainda nem sequer fui a Alvalade. Vou ver o Porto e o Chelsea. Agora é que isto vai começar, não é?

3 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D