Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

A voz do leitor

«Eu, não há muito tempo, disse-lhe que estivesse descansado: que com Mourinho, no Tottenham (ou em qualquer clube onde ele estiver), ele não viria buscar nenhum jogador ao Sporting, nem Bruno Fernandes, apesar da pasquinada se referir a isso. Parece que tudo é previsível ou eu sou bruxo. Já o SLB tem de se pôr a pau senão levam-lhe os... suplentes todos!»

 

JMA, neste meu texto

A voz do leitor

«Varandas (a quem apoiei) acha que nós, Sportinguistas, comemos gelados com a testa? Ele (Varandas) pode ser muito bom como médico, não sei, mas como dirigente de um departamento de futebol não pesca nada do assunto. Tem duas hipóteses para continuar como presidente: livrar-se das anedotas que escolheu, Hugo Viana e Salgado Zenha, e arranjar alguém que realmente entenda do assunto futebol, ou então arrumar a trouxa e voltar a ser o Sr. Doutor.»

 

Vítor Marques, neste meu texto

A voz do leitor

«Muito se falou na altura e também serviu de narrativa a esta direcção patética que o Nani ia aproveitar uma oportunidade única de carreira para ter um vencimento anual superior que não conseguiria noutro tipo de campeonatos. Pois a MLS acabou de publicar o top 10 dos jogadores mais bem pagos, do qual Nani faz parte com um vencimento anual de 2,3M USD. Até o Battaglia deve estar a ganhar mais e lembrem-se que ainda pagámos comissão para o Nani sair a custo zero.»

 

Dante, neste meu texto

A voz do leitor

«O Sporting Clube de Portugal é a maior potência desportiva portuguesa e uma das maiores a nível mundial, e já conta com 22 campeonatos nacionais de futebol. Mas desde há uns anos nem com Ronaldo, Messi, Neymar, Mbapé, Kroos, Modric e Buffon na nossa equipa seríamos campeões. Esta é a forte convicção que tenho e sei que é partilhada por milhares de sportinguistas. Mas isso não nos faz esmorecer ou desistir. A mim, pelo contrário, dá-me mais força para lutar para que o nosso Sporting volte a ganhar o campeonato, de forma limpa e transparente. Parece utopia...»

 

JMA, neste meu texto

A voz do leitor

«Embora possa chocar muita gente, não tenho dúvidas de que Gelson Dala traz mais ao Sporting que Vietto. Mais golos, maior dinamismo, maior polivalência e uma muito maior margem de progressão. Não há nenhum jogador a actuar em Portugal com tanto potencial para marcar a diferença no Sporting quanto Gelson Dala.»

 

JG, neste meu texto

A voz do leitor

«Varandas não é um herói nem um vilão, mas foi montado um circo mediático para promover a sua imagem no meio de uma crise (vamos partir do princípio que foi um mero acaso) a que os anti-Varandas responderam de forma completamente idiota. Talvez Varandas tenha feito tudo da forma mais correcta possível, mas tal como em outras ocasiões, até quando faz algo positivo, fica sempre a ideia de que algo foi mal feito.»

 

Fernandes, neste meu postal

A voz do leitor

«O campeonato acabou. Não fará mal aos clubes e ao país que o futebol desça à terra, onde habita 99,9% da população do globo. Os tempos são de excepção e não de normalidade. O futebol, que vive em permanente excepção, vai habituar-se agora a viver na normalidade, isto é, em excepção. Parece um contra-senso, mas não é.»

 

João Gil, neste meu texto

A voz da leitora

«Eu não desejo que o Varandas saia da presidência do clube, nem sequer da SAD. O que seria extraordinariamente importante e até, acho eu, garante de mais estabilidade para ele, seria encontrar uma equipa bem competente para dirigir o futebol a exemplo da que tem nas modalidades. Tão simples quanto isto. Volto a lembrar, sem me alongar, que nos últimos e largos anos foi com este modelo que fomos campeões. A felicidade hoje é grande, mas não pode esconder a triste realidade.»

 

Maria Inês, neste meu texto

A voz do leitor

«A roubalheira ao Sporting é um desporto dentro do futebol nacional, por si só. Há décadas que é assim, com o alto patrocínio de SLB e FCP, clubes aliados que têm um pacto antigo entre si destinado a varrer o Sporting de qualquer chance de disputar as competições no mesmo pé com os demais.»

 

João Gil, neste meu texto

A voz do leitor

«Considero "O Mundo Sabe Que" um mal inspirado hino. Por muito que a melodia contagie, preferia ouvir um tema original com uma letra que apelasse menos à emoção e mais à raça, que é o ADN do Sporting. Aliás, num momento em que tanto se discutem algumas particularidades sociais dos adeptos de futebol, nomeadamente daqueles que gravitam em torno das claques, devemos ponderar o orgulho em afirmar “pelo teu amor eu sou doente”. Somos capazes de melhor, não precisamos de nos inspirar nas plateias de outros estádios para termos um hino original e verdadeiramente inspirador.»

 

Leão de Quiosque, neste meu texto

A voz do leitor

«Os clubes como o Sporting são entidades que gozam de um estatuto público especial. É importante que em situação excepcional como esta se ponham ao serviço da comunidade. O presidente do Sporting dá um bom exemplo. Os ressabiados e imbecis odeiam o facto do presidente do Sporting ser médico e, por consequência, útil à comunidade, nessa qualidade. Percebe-se.»

 

João Gil, neste meu texto

A voz do leitor

«Dos contratados por Varandas só o Plata parece ter alguma qualidade. O resto é só entulho. Hoje [3 de Março] o Vietto (7,5 milhões de euros por uma perna) foi uma nulidade. Não acerta um passe, um remate e, para coroar a miserável exibição, ainda assiste um jogador do Famalicão para o terceiro golo. O nosso Sporting tem pior equipa que o Famalicão, Braga e Rio Ave.»

 

Vítor Marques, neste meu texto

A voz do leitor

«Voltando ao tempo do Paulo Bento, recordo-me da desconfiança dos Sportinguistas com o Patrício, etc, dos assobios em Alvalade aos nossos jovens (o Nani incluído) e da rábula do João Moutinho (apelidado de Maçã Podre pelo presidente da altura para ir ao encontro de parte da massa adepta).»

 

Rui Miguel, neste meu texto

A voz do leitor

«Quanto ao que se passou na foto [do homicídio na final da Taça de Portugal de 1996], onde infelizmente estou, foi tudo muito mal resolvido, de tal modo que ainda hoje temos esses execráveis seres a imitar o som do very light. O homicida, enquanto esteve foragido da prisão, frequentava de forma descansada o estádio dos lampiões, demonstrativo do que é o desporto em Portugal. Tendo sido assassinada uma pessoa daquela forma, não percebo porque continuou o jogo. Para mim terminou ali, minutos mais tarde estava fora do estádio.»

 

António 1969, neste meu texto

A voz do leitor

«Não seria normal o presidente do Sporting Clube de Portugal ou o seu gabinete de Comunicação (se houver) desejar as melhoras a um treinador que até há pouco tempo esteve ao serviço do Clube, foi jogador do Sporting, assim como o seu pai, e é visto como sportinguista de berço?»

 

JMA, neste meu texto

A voz do leitor

«Muitas das críticas feitas então a Peseiro traduziam uma posição de negação da realidade. Estávamos a recuperar do mais devastador ataque alguma vez feito contra o Sporting. Tínhamos Bas Dost de fora e Mathieu lesionado. Peseiro, com toneladas de pragmatismo, mantinha a equipa colada aos primeiros lugares agarrada com unhas e dentes à bóia de salvação que Cintra tinha tecido. Os sócios queriam ópera embora devessem saber que parte dos solistas tinham dado o salto e partido depois do assalto de que foram vítimas.»

 

JG, neste postal

A voz do leitor

«O que verdadeiramente me intriga é que Varandas tem no Sporting aquele que foi adjunto do guru JJ durante mais de dez anos e, que, em vez de passar o dia sentado, a ver vídeos de jogadores que nunca irá comprar, bem podia pegar na equipa, sempre saía mais barato e talvez não fosse pior. Será que não tem o nível 4? Ah, mas não temos lá o Ferro com contrato de figurante para enganar o pagode? Será por fetiche? não é careca nem barbudo?»

 

MB, neste meu texto

A voz do leitor

«O que é realmente giro é o actual estado de coisas: um pateta como presidente, incapaz de comunicar, amador no que toca a tudo o que respeita a gestão desportiva de um clube de futebol, que se incompatibilizou com os sócios e que cada vez que abre a boca desvaloriza a marca do clube.»

 

Bruno de Carvalho, neste texto do Filipe Moura

A voz do leitor

«Se queremos melhorar o plantel sem gastar os milhões que não temos, a criteriosa escolha das aquisições é fundamental! Não só em termos de qualidade, como em termos de equilíbrio do plantel. Aproveitar melhor os jogadores de qualidade que já temos, sejam da formação ou tenham vindo de fora, é igualmente importante. Para conseguir tudo isto, acima de tudo, é necessário que quem gere o futebol profissional e a formação seja competente. Pelo que se passou nesta época, e também nas anteriores, fica claro que se exige muito mais competência. Sabemos o que tem de mudar, mas também de forma criteriosa. E as mudanças são para ontem...»

 

António 1969, neste meu texto

A voz do leitor

«O amadorismo revelado por esta direcção é assustador. Em clube algum do mundo é o treinador que é despedido a apresentar o novo treinador da equipa? Mas isto cabe na cabeça de alguém!? No dia de um jogo importantíssimo para alcançar o último objectivo (classificação para as provas europeias do próxima ano), a direcção permite o que se passou!? Depois de Maio de 2018, nunca pensei voltar a sentir o que sinto.»

 

RRR, neste meu texto

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D