Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

A voz do leitor

«Uma coisa é eu ir ao futebol e num normal acesso de desespero chamar um nome ao árbitro ou a um adversário. Sociedades assépticas não existem ou eu pelo menos não gostaria de viver numa. Outra coisa é eu, dirigente, apoiar uma claque que faz do insulto modo de vida. Isso não aceito.»

 

Plínio, neste postal

A voz do leitor

«A Loja Verde online proporciona experiências inovadoras. Facturamos a expedição da subscrição online (3,99€), repito, online, do Jornal do Sporting; creditamos (3,99€) a expedição da subscrição online no Jornal. Isto tudo, vá lá, vá lá, na mesma factura. O bonito que seria a emissão de nota de crédito, não? Claro que, à primeira, retrocedi por achar que me teria enganado a seleccionar (em vez de online, papel). Não me enganei, não senhor. Mas, mesmo assim, foi preciso confirmar a morada (postal) para envio da encomenda... virtual. A consulta faz-se online, não recebi o jornal em formato papel, muito obrigada por perguntarem.»

 

CAL, neste texto do Eduardo Hilário

A voz do leitor

«Matheus, larga o twitter e o instagram, corta o cabelo, e joga futebol. És novo e talentoso, e se o teu paizinho não te sabe dizer isso, aceita o que o Peseiro te diz, acredita que é um grande favor que te está a fazer. Não queiras ser mais um que podia ser e não foi.»

 

SportingSempre, neste texto do Edmundo Gonçalves

A voz do leitor

«Bruno Fernandes está em má forma ou está com dificuldade em entender o esquema de jogo de Peseiro? Espero que seja apenas uma questão de falta de forma. Faz-nos muita falta. Até porque não temos Geraldes que, além de falar, recorria à ironia com referências literárias muito do apreço dos nossos treinadores.»

 

JG, neste texto do Pedro Azevedo

A voz do leitor

«Um pavilhão é um pavilhão, um estádio é um estádio. E o mundo é o mundo, e o futebol uma indústria de nível mundial. Parece que há quem não entenda isso. Modalidades a ganhar, prejuízos para cobrir. Todas deficitárias. Futebol a ganhar, milhões para distribuir.»

 

SportingSempre, neste meu postal

A voz do leitor

«O problema do Sporting e de outros clubes é ter treinadores que estão a prazo (longo ou curto, conforme os resultados obtidos) e podem pôr em causa toda a formação, que por vezes demora mais de uma década a construir. O Sporting deveria ter um grupo de jogadores à disposição do treinador e fazer um ou outro ajuste, também à medida do treinador, no momento. E mais nada.»

 

JMA, neste meu texto

A voz do leitor

«Resumindo, ganhou o "centrão", dividindo os seus 80% entre o centro-direita do Varandas e centro-esquerda do Benedito. Varandas terá agora carta branca para governar, e o Benedito será a nossa reserva moral e o plano B, caso o projecto do Varandas não encontre o rumo do sucesso até ao final do seu mandato. Mas sem quezílias nem guerrilhas. O caminho faz-se caminhando.»

 

Rui Miguel, neste texto do Duarte Fonseca

A voz do leitor

«Às vezes, gostava de conseguir pura e simplesmente "desligar" por algum (breve) tempo, desde que fosse garantido que durante esse período de tempo ninguém pegava fogo ao Estádio, o Rampante não aparava a juba, os jogadores de futebol sénior não formavam uma boys band, o Presidente não fazia striptease em directo na CMTV, enfim, depois dos últimos meses, depois de dias e dias taquicárdica a cada consulta online de jornais, uma pausa inofensiva, seria bem-vinda.»

 

CAL, neste texto do José da Xã

A voz do leitor

«Mais dois campeões no dia de hoje [sábado], Daniel Carriço e Bas Dost. Simplesmente inacreditável que um holandês chegado há dois dias e violentamente agredido em Alcochete venha dar desta forma uma lição a muitos profissionais e sócios do clube que não se deram ao incómodo de ir votar. Se já muito admirava Bas Dost e para mim foi o jogador mais importante a voltar, agora simplesmente nem sei que dizer.»

 

SportingSempre, neste meu texto

A voz do leitor

«Depois de ter estado na Assembleia Geral de 23 de Junho, desta vez fiz o voto por correspondência - dos válidos com assinatura autenticada. Tenho acompanhado no sofá, a 300 kms, e, ganhe quem ganhar, temos o Sporting de volta! Lindo o ambiente, o civismo, a elevação! Estamos de volta! Orgulhoso por também poder ter contribuído para isto! Confesso estar até emocionado.»

 

Carlos Correia, neste texto do José Navarro de Andrade

A voz do leitor

«Isto dos presidentes deve merecer profunda reflexão. Lembro Vale e Azevedo, populista, adorado pelos benfiquistas até descobrirem a "jogada". Pouco tempo depois de perder as eleições para Manuel Vilarinho, foi preso. Os Sportinguistas, na altura, gozaram o prato… Pois. Não te rias do teu vizinho que o mal vem-te pelo caminho. Vivendo e aprendendo... até ao final do inverno.»

 

Leão de Queluz, neste meu postal

A voz do leitor

«Era bom o Sporting deixar a política para quem é da política, e o desporto para quem é do desporto. Entrar definitivamente numa nova era, a partir de dia 8 de Setembro. Já agora o que acha deste desfilar de advogados, e sociedades de advogados, transversal a todos os candidatos?»

 

Rui Silva, neste meu texto

A voz do leitor

«O empréstimo de Palhinha, nas condições que foram divulgadas pelo próprio Braga, sai fora da minha capacidade de compreensão. Matheus Pereira é claramente acima da média e uma das nossas poucas fortes promessas, mas continua a não ser aposta de um clube que se diz de formação. Parece que a palavra formação só serve de chavão para candidaturas ou para puxar os louros quando brilham lá fora e quase nem calçaram as botas cá.»

 

Ângelo, neste meu texto

A voz do leitor

«Espero que o próximo presidente:


1) Acabe com as "casinhas" das claques
2) Deixe de ceder bilhetes às claques
3) Deixe de dar dinheiro às claques
3) venda os lugares ocupados pelas claques como o faz com todas as demais áreas do Estádio
4) Organize uma falange profissional e paga de animadores (como já existe noutros clubes)

Se a rapaziada das claques ama assim tanto o clube, torne-se sócia (muitos nem isso são...) e compre bilhetes e gameboxes como os outros. Cortem na cerveja, na ganza e na coca que já têm dinheiro p'ra isso...»

 

Rute Rockabilly, neste texto do António de Almeida

A voz do leitor

«Ainda hoje [ontem] um Muriel qualquer que marcou seis golos em mais de 40 jogos recusou vir para Alvalade. Como é que o clube de Ronaldo, Figo, Manuel Fernandes, Rui Patrício, Futre, Quaresma, Damas, Jordão, Balakov, Hilário, Fraguito, Oceano, Yazalde, William, João Mário, Dinis, o clube dos Cinco Violinos, entre outros talentos, pode sujeitar-se a este tipo de humilhações de jogadores de quarta categoria?»

 

JG, neste meu texto

A voz do leitor

«Não gosto de actos de vandalismo, quer este atinja obras monumentais, quer danifique vulgares edifícios ou obras destituídos de qualquer valor artístico, arquitectónico ou histórico, como é, além deste, também o caso dos que vêem as paredes pintadas por achavascados militantes da Juve Leo.»

 

Marcus Brutus, neste meu postal

A voz do leitor

«Não que há que cortar radicalmente, há sim que rever e reformular os acordos com as claques, responsabilizando-as de modo a que estas sejam realçadas mais por situações que dignifiquem o clube, e com este acontecimento estarão ainda mais receptivas a mudarem certas práticas negativas, mas de alguma forma querer acabar com elas não parece que seja o caminho.»

 

Manuel Ferreira, neste meu texto

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D