Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Deixemo-nos de espanholices

Ponto de ordem à mesa: jogar em casa seja com quem for para não perder, não me parece estar no adn do Sporting. Ora, ontem vimos um Sporting, treinado por um holandês adepto do futebol de ataque e que aqui elogiei entusiasticamente, a jogar para não perder contra o FCPorto, que também jogou para empatar, revelando que não joga tanto assim como por aí se apregoa e que o colinho definitivamente mudou de lugar (as "crónicas" que rezam de favorecimentos escandalosos aos tripeiros afinal parecem ser verdade).

Vamos lá por partes.

Primeira: É sina do Sporting jogar sempre com um jogador a menos. Hoje foi Diaby que não esteve em campo 80 minutos;

Segunda: É sina do Sporting ter treinadores que se preocupam mais com a sua carreira do que com o clube. Eu explico: Hoje, Keizer jogou o seu futuro como treinador, "cagando" no interesse do Sporting. Se for preciso, darei explicação suplementar;

Terceira: Geraldes, Phellype (ou lá como se chama o moço), Raphinha, Miguel Luis... Se não servem, por que raio estão no plantel?

Quarta: Já vejo jogos em Alvalade há um ror de anos. Sinceramente não me lembro de nos acagaçarmos tanto perante um adversário. E se já jogámos com os melhores do Mundo...

Quinta: Posso estar enganado, mas hoje assistimos a uma verdadeira metamorfose táctica e a um abandono de princípios de jogo que, queiramos ou não, transformaram Keizer em mais um treinador português. Ridículo jogar em casa para empatar como se de um clube pequeno se tratasse (não vos incomodou ouvir Conceição referir isso mesmo na conferência de imprensa?).

Sexta: Se era para não perder pontos para o segundo lugar, alguém devia ter mostrado ao treinador o calendário da segunda volta: Braga e Benfica ainda têm que jogar em Alvalade.

Sétima e última a modos como os sete pecados, parece-me que o holandês não vai aquecer o lugar e acreditem que não é nada que eu deseje.

Isto é que é a Espanha?

Desde os meus sete anos que passo as minhas férias (agora muito menos que os três meses de antigamente, quando as férias eram grandes) em Cabanas de Tavira. Entretanto cresci e tive filhos e por lá continuo religiosamente todos os verões e outras alturas, que por lá tenho família (já ouviram falar no "Ideal"?). O meu filho mais velho, que fará 35 anos no próximo dia 23, teria à volta dos quatro, cinco anos e era um verdadeiro "índio". Eu e a mãe encontrámos uma forma de evitar que o terror grassasse na ilha junto dos outros, na altura poucos, banhistas. "Portas-te bem e levamos-te a Espanha". Era uma chantagenzinha sem qualquer intenção de ser cumprida, mas um dia ele exigiu! E como era justo,  lá fomos fazer os poucos quilómetros até Vila Real de Santo António e lá esperámos na fila para o ferry (a ponte é posterior), eu munido da minha "Caderneta Militar" (realmente, a gente vivia na pré-história) para ter autorização para sair do país e lá embarcámos nós e o carro (um Opel Corsa, se a memória me não falha) com azimute para Ayamonte.

Quem já fez o percurso, sabe que é relativamente rápido e sabe onde atraca o barco e onde se estaciona. A travessia foi uma animação, é fácil de perceber, mas depois de saírmos do ferry e de estacionarmos, a mãe diz-lhe: "pronto, filho, 'tás a ver, estamos em Espanha". E o Tiago, do "alto" dos seus quatro ou cinco anos respondeu-lhe, indignadíssimo: "isto é que é a Espanha?!".

O que tem isto a ver com o jogo de hoje? Nada. Apenas que se o meu filho Tiago lá estivesse perguntaria com o mesmo tom, talvez não indignadíssimo, mas mais para aquilo que é hoje a sua forma de estar, em tom jocoso, "isto é que é o Porto?".

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D