Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Fogo amigo

9EF.tmp.png

 

É comum entre militares dizer-se que o fogo amigo mata mais que o do inimigo (se assim não for que me corrijam os militares que por aqui possam passar, incluindo o presidente do Sporting Clube de Portugal, claro).

Ora ontem o fogo do amigo, foi um fogo amigo, numa entrevista morna e sensaborona que Frederico Varandas deu a Rui Santos na CMTV da TVI.

Não me interpretem mal... Na resposta às perguntas feitas pelo entrevistador, o presidente do Sporting esteve bem. Eu diria que esteve até muito bem! Gostei do que ouvi e da forma como as respostas foram dadas. Frederico Varandas foi claro no seu raciocínio e claro também no discurso, o que é uma evolução notável, de modo a que se entendesse bem a sua mensagem.

Ou seja, se aquilo tivesse sido uma entrevista à Caras, passe a publicidade, o objectivo teria sido atingido com mérito. Uma coisa assim em forma de registo monocórdico, num tom intimista, uma conversa de café. E dessa parte eu gostei, confesso.

Faltaram no entanto na entrevista de ontem muitas perguntas que eventualmente poderiam ser inconvenientes e que a maioria dos sócios e adeptos que a estavam a ver gostariam de ver respondidas e essas, ou foi acordado previamente que não seriam feitas, ou Rui Santos estava mal preparado. Provavelmente ambas e seria interessante sabermos o "estado da arte" e o que se propõe fazer para endireitar a casa.

Desta entrevista quero realçar dois aspectos, um positivo e outro negativo, a saber: Positivo, a garantia dada pelo presidente e na qual eu acredito, de que o Sporting não será apanhado nas malhas destes processos que por aí andam a ser investigados; Negativo, a chamada à entrevista, por Rui Santos, de Bruno de Carvalho. Não havia qualquer necessidade (se a pergunta estava no guião, não sendo necessária, a resposta ainda assim foi esclarecedora).

Ficámos a saber que Frederico Varandas se recandidatará, portanto espero que o espírito democrático que apesar de tudo (falo das guerras de guerrilha que se vão mantendo em banho-maria) se vive no clube, permita que a SportingTV cumpra o seu objectivo de informar os sócios e promova debates entre os vários candidatos, esperemos que mais dois ou três e que os próprios se prontifiquem a comparecer, para esclarecimento dos seus programas e linhas de acção.

 

Nota: Este postal não tem a pretensão de fazer um balanço da presidência de Frederico Varandas, antes de "analisar" a entrevista dada pelo presidente a Rui Santos, por quem de comunicação não percebe "um boi"...

Mentalidade ganhadora/perdedora

Nestes tempos esquisitos de pandemia e teletrabalho associado, durante a tarde a televisão faz-me companhia, depois de a "acender" à hora do almoço para ver o "telejornal". Em regra, depois das notícias mudo para o canal 11, que é muito interessante e vou dando uma olhadela, para limpar a vista dos ecrãs dos portáteis. Há por lá uma rubrica/programa de nome "Sagrado Balneário", apresentada por Toni (um senhor!) e António Carraça. Dedicada a antigos jogadores, com o objectivo de contarem de forma descontraída as suas carreiras e principalmente peripécias acontecidas durante a dita cuja. Já por lá passaram muitos, uns craques outros nem tanto. Há relato de situações hilariantes e caricatas, no fundo é um espaço despretensioso, leve, alegre, que tem por objectivo criar durante o seu tempo de emissão, empatia entre o "entrevistado" e os espectadores.

Alguns dos que por lá já passaram jogaram em grandes clubes em Portugal (nos três) e no estrangeiro e onde quero chegar com toda a ladainha que atrás rascunhei é que todos, sem excepção, os que passaram pelo FCPorto referiram a pressão que é ter que ganhar; Dentro e fora do balneário. Um exemplo de quem jogou nos três grandes: "Um simples pedido de autógrafos. No Sporting ou Benfica pedem(iam) um autógrafo, dá cá o papel e a caneta, como é que te chamas, assinar e toma. Obrigado, resposta do adepto. No Porto? No Porto era igual, mas no final o adepto não agradecia, dizia: Temos que ganhar no Domingo, cara...!"

Vem isto a propósito da derrota, eu diria desleixada, do Sporting nos Açores, na última jornada.

Concordando inteiramente com o Pedro Correia no post abaixo e tendo toda a confiança no técnico e nos jogadores, não perdemos nada em ser exigentes, antes pelo contrário. Já é tempo de esquecer o "levantar a cabeça e pensar no próximo jogo" tão usado e abusado durante anos a fio no nosso clube.

Cultura de exigência precisa-se, o apoio passa muito por aí e quem a confundir com desapoio andará completamente desajustado daquilo que deve ser o Sporting.

Quero eu com isto afirmar que a mentalidade ganhadora deve ser pressionante, a vontade de vencer devendo estar no balneário, deverá ser alimentada por uma exigência de excelência em todos os jogos e nunca por uma atitude fatalista após um desaire.

Outro jogador dos referidos lá em cima, relatando duas viagens de avião de regresso de jogos das competições europeias, após derrota: "Num avião conversava-se, ria-se, mostravam-se as compras. No voo do FCPorto o silêncio era sepulcral."

Há coisas que, apesar da relatividade da importância de um jogo de futebol tão bem descrita por Bill Shankly, quando afirma que "algumas pessoas acreditam que o futebol é uma questão de vida ou morte. Fico muito decepcionado com essa atitude. Posso assegurar que futebol é muito, muito mais importante[", se achamos que devemos abraçar, deveremos copiar. Esta cultura de vitória, esta mentalidade ganhadora, esta cultura de exigência poderá ajudar a que deixemos de dizer que "temos que jogar três vezes mais que eles para ganhar" e a largarmos a nossa tão querida fatalidade. Talvez assim só duas vezes passem a ser suficientes...

Dia de anticiclone

Veio-me à memória Anthimio de Azevedo, cara célebre do "tempo" na RTP, que nos explicava com palavras que todos entendíamos, os letrados e os menos, os segredos do tempo para o dia seguinte.

Aquilo podia dar as voltas que desse, mas lá aparecia sempre o anticiclone dos Açores, que em regra nos trazia vento e chuva, um tempo desgraçado portanto, ainda que a chuva faça muita falta, excepto nas minhas costas, que sem chuva a sério nem vinho de jeito há.

E hoje então, veio-me à memória o anticiclone.

Um anticiclone que deu cabo dos neurónios ao Neto. Ao Esgaio. Ao Pedro Gonçalves. Ao Nuno Santos. Ao Paulinho. Ao Tabata. E quando uma tempestade destas toma conta de uma equipa, e no banco o meteorologista não percebe patavina de prever o tempo, a alta pressão passa a baixa pressão e o facto de ter estado duas vezes acima das nuvens, não foi suficiente para evitar uma enxurrada das antigas.

Mau tempo no (canal)s Açores, diria Vitorino com a sua voz calma e reconfortante.

Mas hoje nem isso, não há bonança que salve esta tempestade.

E sem paninhos quentes, isto não foi apenas uma brisa, foi um fdp dum furacão!

Orgulho

O folhetim em curso no Benfica demonstra ainda com mais evidência como são hoje gritantes as diferenças entre o Sporting e o nosso mais velho rival.

Por contraste, tudo isto realça ainda mais o contraste entre o amadorismo reinante no SLB e o profissionalismo que prevalece em Alvalade.

Parece-me que é fundamental sublinharmos estas evidências. Sem arrogância. Mas com genuíno e compreensível orgulho.

O Sporting virtual e não só. Um balanço

Ultimamente, é esta a minha rotina com o Sporting:

  • esperar que Rúben Amorim fale
  • ver o jogo da equipa sénior de futebol, no estádio ou na tv.
  • ouvir Rúben Amorim depois do jogo
  • aguardar o backstage do jogo, no Youtube do Sporting. Tem sido feito um extraordinário trabalho no canal do nosso clube, convido quem não conhece a passar por lá. Do já referido backstage aos variados ADN de Leão, há um caminho seguro a ser feito, que merece no mínimo ser acompanhado.
  • acompanhar modalidades, resultados e calendários, nas redes sociais + assistir a um ou outro jogo no João Rocha. 

 

Se me dissessem há quatro anos - talvez nem tanto - que esperaria por palavras de Rúben Amorim, não sei que pensaria. No entanto, cá estamos, e ainda bem.

Gosto de viver o clube assim, perceber referências que passam de ecrã para realidade, da realidade do relvado, para a bancada, da bancada para a quadra. Gosto de conhecer melhor convívios e dinâmicas, levam-me de certa forma aos tempos em que ia assistir aos treinos e observava como se davam os meus ídolos. Gosto - e não temos todos de gostar do mesmo - que o virtual acompanhe o real e vice-versa.

Durante o confinamento, tudo foi virtual: via os jogos na TV, fazia o pré e pós-match no clubhouse, celebrava no instagram e no whatsapp. Não me conformo com não termos visto o Sporting campeão no estádio, mas, não podendo ser, aproveitei cada momento em casa. Também vi mais hóquei e futsal que em toda a minha vida, distingui finalmente cada um dos atletas das equipas seniores masculinas (não vamos elevar mais que isto as expectativas sobre o que aprendi) e celebrei com eles, à distância.

No regresso, voltei ao estádio, vou ao João Rocha de vez em quando, continuo a acompanhar o Sporting nas redes. Quando está bem feito, é bonito de se ver, vale para dentro e fora de campo.

 

Está feito um balanço do que têm sido os meus últimos tempos de Sporting.

Voltarei, prometo ser breve.

 

PS: só para assinalar um ano de "Onde vai um vão todos", passado ontem. Dito pelo treinador, alavancado nas redes sociais, celebrado nas ruas em Maio.

Sonho tornado realidade

Entrámos sem dois titulares absolutos na casa do velho rival. Apesar disso dominámos do princípio ao fim. A diferença exibicional das duas equipas foi imensa. Cereja em cima do bolo: ainda antes de terminar a partida já os adeptos lampiânicos assobiavam, insultavam e "despediam" o técnico.

Este é o Sporting que quase todos nós desejávamos há muitos anos. Um sonho enfim tornado realidade.

SPORTING na TV, sem dispensar presença no estádio e no pavilhão... e na Assembleia Geral no sábado!

SÁBADO, 23 DE OUTUBRO

8h00 - YOUTUBE EJU
Judo / Seniores - Mariana Máximo (-57 kg); Wilsa Gomes e Margarida Brás (-63 kg)
Open Europeu de Málaga

14h00 - SPORT TV 5
Futsal / Seniores - AD Fundão vs. Sporting CP
4.ª jornada da Liga Placard

15h00 - SPORTING TV
Futebol / Equipa B - Sporting CP vs. FC Alverca
6.ª jornada da 1.ª fase/Série B da Liga 3

15h00 - BTV
Futebol / Iniciados Sub-14 - SL Benfica vs. Sporting CP
4.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão

17h00 - FPP TV / SCM TV
Hóquei em Patins / Seniores - SC Marinhense vs. Sporting CP
8.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão

18h00 - FPB TV
Basquetebol / Seniores - CD Póvoa vs. Sporting CP
4.º jornada da Liga BETCLIC

19h00 - LIGA AMADORA TV
Polo Aquático / Seniores - CA Pacense vs. Sporting CP
1.ª jornada da Fase Regular do Campeonato de Portugal A1

20h30 - SPORT TV 1
Futebol / Seniores - Sporting CP vs. Moreirense FC
9.ª jornada da Liga Portugal BWIN

DOMINGO, 24 DE OUTUBRO

7h30 - YOUTUBE
Atletismo / Seniores - Jéssica Augusto
Meia maratona de Valência

8h00 - YOUTUBE EJU
Judo / Seniores - João Fernando e Francisco Costa (-81 kg); Diogo Brites (-100 kg)
Open Europeu de Málaga

13h00 - SPORTING TV
Futebol / Sub-23 - Sporting CP vs. SL Benfica
7.ª jornada da 1.ª fase/Série B da Liga Revelação

15h00 - SPORTING TV
Voleibol / Seniores Feminino - Sporting CP vs. Boavista FC
6.ª jornada da 1.ª fase da Liga LIDL

17h30 - SPORT TV 6 / FPV LIVE STREAMING
Voleibol / Seniores - Leixões SC vs. Sporting CP
5.ª jornada da 1.ª fase da Liga Una Seguros

TERÇA-FEIRA, 26 DE OUTUBRO

17h45 - SPORTING TV
Andebol / Seniores - G. Tatabanya KC vs. Sporting CP
2.ª jornada do Grupo D da Liga Europeia

20h30 - SPORTING TV
Basquetebol / Seniores - Sporting CP vs. Ionikos BC
3.º jornada do Grupo F da FIBA Europe Cup

17h00 - FPP TV / HCTV
Hóquei em Patins / Seniores - HC Turquel vs. Sporting CP
7.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão

21h15 - SPORT TV 1
Futebol / Seniores - Sporting CP vs. FC Famalicão
2.ª jornada da 3.ª fase/Grupo B da Allianz Cup

QUARTA-FEIRA, 27 DE OUTUBRO

16h30 - CANAL 11
Futsal / Seniores - Sporting CP vs. ACCS FC
1.ª jornada da Ronda Principal/Grupo 2 da Liga dos Campeões

QUINTA-FEIRA, 28 DE OUTUBRO

11h00 - SPORTING TV
Futebol / Sub-23 - Sporting CP vs. CS Marítimo
8.ª jornada da 1.ª fase/Série B da Liga Revelação

16h30 - CANAL 11
Futsal / Seniores - MFC Atyrau vs. Sporting CP
2.ª jornada da Ronda Principal/Grupo 2 da Liga dos Campeões

(fonte: https://www.sporting.pt/pt/noticias/clube/noticias/2021-10-22/sporting-na-tv)

23 de outubro, bipolarização indesejável mas inevitável

Inevitável, estamos a caminhar para a cristalização de 2 lados no Sporting, cada um reclamando para si um "a favor ou contra nós".

Esta bipolarização interessa a muita gente, mas duvido que o clube ganhe alguma coisa com isto. Assembleias Gerais que mais parecem arenas romanas e/ou eleições antecipadas, tornam-se um absurdo para a generalidade dos associados cujo pensamento está unicamente no Sporting e nas suas vitórias. Detesto sentir-me "encostado" nas minhas livres escolhas. Se é verdade que não se deve regressar ao passado, por não fazer sentido nem ser caminho, também tem de haver cuidado para não tornar o futuro num regresso a uma espécie de passado que não se quer. 

Qualquer  que seja o resultado no dia 23, não se iluda quem tiver a maioria dos votos pois estes não expressarão um sentir profundo dos sócios do clube, os quais entendem mal a guerrilha permanente interna, por quem a faz e por quem a provoca.

O meu apelo é à participação e a que haja tino. Temos um longo campeonato pela frente e as nossas equipas têm de sentir o massivo apoio dos Sportinguistas, permanente e em cada pogo, e não os estilhaços provocados por balas perdidas de snipers da companhia ou de atiradores furtivos.

E muito mais importante é, às 20:30 h, o jogo com o Moreirense. Afinal, joga o campeão de Portugal!

SPORTING na TV

SEXTA-FEIRA, 15 DE OUTUBRO

16h30 - FACEBOOK
Ralis / RC3N - Rafael Cardeira/André Couceiro
PEC 1 do Rali Vidreiro

20h15 - TVI / SPORT TV 2
Futebol / Seniores - CF “Os Belenenses” vs. Sporting CP
3.ª eliminatória da Taça de Portugal

 

SÁBADO, 16 DE OUTUBRO

7h30 - WSL
Surf / Feminino - Teresa Bonvalot
WSL Women's Challenger Series Roxy Pro France

9h00 - IJF LIVE / YOUTUBE
Judo / Seniores - João Fernando (-73 kg); Wilsa Gomes (-63 kg)
Eliminatórias do Grand Slam de Paris

9h45 - FACEBOOK
Ralis / RC3N - Rafael Cardeira/André Couceiro
PEC 2 / 3 / 4 do Rali Vidreiro

14h15 - FACEBOOK
Ralis / RC3N - Rafael Cardeira/André Couceiro
PEC 5 / 6 / 7 do Rali Vidreiro

15h00 - SPORTING TV
Voleibol / Seniores - Sporting CP vs. AA Espinho
4.ª jornada da 1.ª fase da Liga Una Seguros

15h00 - A BOLA TV
Andebol / Seniores - ABC vs. Sporting CP
6.ª jornada do Campeonato Placard Andebol 1

16h00 - SPORT TV 6 / IJF LIVE / YOUTUBE
Judo / Seniores - João Fernando (-73 kg); Wilsa Gomes (-63 kg)
Finais do Grand Slam de Paris (em caso de apuramento)

18h00 - SPORTING TV
Voleibol / Seniores Femininos - Sporting CP vs. CD Aves
4.ª jornada da 1.ª fase da Liga LIDL

18h00 - RTP 2
Basquetebol / Seniores - AA Coimbra vs. Sporting CP
3.º jornada da Liga BETCLIC

19h00 - CANAL 11
Futsal / Seniores - AD Modicus vs. Sporting CP
2.ª jornada da Liga Placard

 

DOMINGO, 17 DE OUTUBRO

7h30 - WSL
Surf / Feminino - Teresa Bonvalot
WSL Women's Challenger Series Roxy Pro France

10h30 - RTP 1
Atletismo / Seniores - Fernando SerrãoRui TeixeiraSara Moreira
Meia maratona de Lisboa

11h00 - SPORTING TV
Futebol / Juvenis - Sporting CP vs. Vitória FC
9.ª jornada da 1.ª fase/Série D do Campeonato Nacional

15h00 - SPORTING TV
Hóquei em Patins / Seniores - Sporting CP vs. OC Barcelos
6.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão

16h00 - PORTO CANAL
Voleibol / Seniores Femininos - AJM/FC Porto vs. Sporting CP
5.ª jornada da 1.ª fase da Liga LIDL

 

SEGUNDA-FEIRA, 18 DE OUTUBRO

7h30 - WSL
Surf / Feminino - Teresa Bonvalot
WSL Women's Challenger Series Roxy Pro France (em caso de apuramento)

12h00 - YOUTUBE
Kickboxing / Seniores - André Santos (Low kick -63,5 kg); Tiago Santos (K1 -63,5 kg)
1.ª ronda de qualificação Campeonato do Mundo WAKO

 

TERÇA-FEIRA, 19 DE OUTUBRO

7h30 - WSL
Surf / Feminino - Teresa Bonvalot
WSL Women's Challenger Series Roxy Pro France (em caso de apuramento)

9h00 - YOUTUBE
Kickboxing / Seniores - André Santos (Low kick -63,5 kg); Tiago Santos (K1 -63,5 kg)
2.ª ronda de qualificação Campeonato do Mundo WAKO

17h45 - ELEVEN SPORTS 2
Futebol / Seniores - Beşiktaş JK vs. Sporting CP
3.ª jornada do Grupo C da Liga dos Campeões

19h45 - SPORTING TV
Andebol / Seniores - Sporting CP vs. Kadetten Schaffhausen
1.ª jornada do Grupo D da Liga Europeia


QUARTA-FEIRA, 20 DE OUTUBRO

7h30 - WSL
Surf / Feminino - Teresa Bonvalot
WSL Women's Challenger Series Roxy Pro France (em caso de apuramento)

9h00 - YOUTUBE
Kickboxing / Seniores - André Santos (Low kick -63,5 kg); Tiago Santos (K1 -63,5 kg)
1.ª ronda de qualificação Campeonato do Mundo WAKO (em caso de apuramento)

15h00 - SPORTING TV
Futsal / Seniores - Sporting CP vs. Portimonense SC
3.ª jornada da Liga Placard

20h30 - SPORTING TV
Basquetebol / Seniores - Sporting CP vs. Belfuis Mons-Hainaut
2.º jornada do Grupo F da FIBA Europe Cup

 

QUINTA-FEIRA, 21 DE OUTUBRO

7h30 - WSL
Surf / Feminino - Teresa Bonvalot
WSL Women's Challenger Series Roxy Pro France (em caso de apuramento)

9h00 - YOUTUBE
Kickboxing / Seniores - André Santos (Low kick -63,5 kg); Tiago Santos (K1 -63,5 kg)
1.ª ronda de qualificação Campeonato do Mundo WAKO (em caso de apuramento)

(Fonte da Informação: https://www.sporting.pt/pt/noticias/clube/noticias/2021-10-15/sporting-na-tv)

Holandeses em Alvalade

Daqui a nada, o Sporting regressa ao convívio dos maiores, jogando a Liga dos Campeões. Para começar, recebe o Ajax, num embate entre duas das melhores escolas do mundo. Teremos Inácio, Esgaio, Vinagre, Palhinha, Nunes e Tomás versus Timber, Schuurs, Blind, Klaassen ou Gravenberch. É uma boa oportunidade para lembrar os holandeses (perdão, neerlandeses) que jogaram por cá e os portugueses que vestiram a camisola do Ajax.

A presença lusa na ArenA cinge-se a um nome: Dani. O extremo formado no Sporting chegou a Amsterdão, com escala em Londre, em 1996, para quatro boas épocas, as melhores da sua carreira. Ajudou a vencer um campeonato e duas taças e marcou 17 golos em quase 100 jogos (98). Conviveu com Van der Sar, irmãos De Boer, Litmanen, Babangida ou Kluivert. Foi treinado por Van Gaal, Morten Olsen, Jan Wouters e Hans Westerhof.

Em 1987 chegaria a Lisboa Frank Rijkaard mas o génio holandês não chegou a jogar pelo Sporting. Em 1986-1987, Peter Houtman, avançado vindo do FC Groningen, viria para Alvalade para 36 jogos e 8 golos. Nada mau. Em 1992-1993 chegaria a classe defensiva de Stan Valckx, contemporâneo de Figo, Peixe ou Balakov. Faria 90 jogos e marcaria 6 golos. Em 2011-2012, regressaram os holandeses ao Sporting. Para liderar o meio-campo, Stijn Schaars e para ser goleador, Ricky Van Wolfswinkel. Tiveram ambos sucesso. Schaars fez 66 jogos em duas épocas, marcou 6 golos e fez 7 assistências. Já o avançado, fez 45 golos em 88 jogos. No ano seguinte, chegou Labyad, de origem marroquina e hoje internacional por Marrocos. Prodígio no PSV, teve pouco sucesso por cá, acabando por renascer no Utrecht e chegar ao… Ajax, onde está na quarta temporada, mesmo jogando pouco. Em todos os sentidos.

Em janeiro de 2016, chegou Marvin Zeegelaar, das escolas do…Ajax, mas então a atuar no Rio Ave. Fez 39 jogos e marcou 1 golo, não deixando grandes saudades. No verão de 2016 chegou a Alvalade, Bas Dost, a meu ver, o melhor holandês a jogar pelo Sporting. Mesmo com as sequelas físicas e psicológicas do ataque a Alcochete (de que foi a figura simbólica), fez 127 jogos e sobretudo marcou 93 golos, oferecendo, ainda, 14. Deixa saudades até hoje, sobretudo numa altura em que não há um 9 no plantel e ele é suplente do Club Brugge. Consigo chegou Luc Castaignos, o pior holandês a jogar pelo Sporting e um dos piores avançados que vestiram de verde e branco. Castaignos, antigo miúdo maravilha do Feyennord e com passagem pelo Inter, participou em 17 jogos e não marcou nem um golo. No ano passado, Mees De Wit ainda treinou com a equipa A, mas nunca se estreou. Esqueci-me de alguém?

Adenda: falhou-me o defesa Khalid Boulahrouz. De origem marroquina, o central trocou o Estugarda pelo Sporting em 2012, depois de uma carreira com passagens por Hamburgo, Chelsea ou Sevilha. Nunca convenceu e só fez 19 partidas. Partiu para a Dinamarca antes de acabar no Feyennord, dois anos depois da estadia por cá. 

Estou pronta para que comece (e corra bem)

O meu certificado só fica válido este fim de semana, por isso fiz teste, comprei bilhe... esperem, a ordem foi outra: comprei o meu bilhete quarta, ontem fui fazer o teste antigénio na farmácia, cujo relatório recebi ao fim do dia (negativo) e hoje vou ao jogo.

Volto hoje a Alvalade. Desde dia 8 de Março de 2020 que não vou "a casa". Foi dia de Sporting - Desportivo das Aves, foi dia de estreia de Amorim. Jogámos contra 9 e vencemos 2-0. Depois confinámos sem saber bem que esperar, fez-se o resto da época como se pôde. A seguir, 2020/21 correu bem, tão bem, à equipa de futebol do Sporting...

Hoje será dia de celebrar um regresso, um reencontro, duas taças e um campeonato! As horas não passam, só quero (e vou) lá estar. 

Que nos corra bem! 

Pelo Sporting, contra as mentiras (sempre)

57501366_303.jpg

 

O semanário Expresso, em peça assinada pelo jornalista David Dinis, põe em foco as mentiras com selo oficial propaladas pelo titular da pasta da Administração Interna que pretenderam atingir a reputação e a credibilidade do Sporting.

Recordo que as inaceitáveis declarações deste ministro, na sexta-feira da semana passada, procuraram imputar ao nosso clube os desacatos ocorridos na noite de 11 de Maio e na madrugada do dia 12, a propósito da celebração do título, alimentando implicitamente o mito de que o Sporting é responsável pela proliferação da chamada "variante delta" em Portugal.

Declarações proferidas a propósito da divulgação do relatório da Inspecção Geral da Administração Interna àqueles acontecimentos que o ministro recebeu na segunda-feira e só entendeu divulgar quatro dias depois, no final da semana, convocando os jornalistas sem lhes fornecer cópias do documento - só recebidas mais tarde, nas redacções. E com nomes rasurados, também por decisão ministerial: ficamos sem saber quem disse o quê nas reuniões realizadas. Qualquer semelhança entre este lamentável comportamento e a transparência governativa é pura coincidência.

Destaco de seguida trechos desta peça, sob o título "Ninguém defendeu a proibição dos festejos". Para que os leitores concluam, uma vez mais, quem falta à verdade neste caso.

Os sublinhados a negro são da minha responsabilidade.

 

«O Sporting pediu uma reunião em Março ao Ministério da Administração Interna mas a resposta foi que era cedo. A Câmara de Lisboa pediu uma reunião à PSD em Abril, mas a resposta foi que era cedo e que o Governo podia "proibir" os festejos por causa da pandemia.»

..........

«As duas reuniões para decidir o que fazer na noite em que o Sporting se tornaria campeão nacional de futebol só aconteceriam a cinco e quatro dias do jogo decisivo, já com o País fora do estado de emergência, com a vacinação dos mais idosos avançada e sem que alguém defendesse que não deveria haver qualquer festa com adeptos

..........

«Depois de [Fernando] Medina dizer claramente que preferia um evento com adeptos organizado ("é melhor organizar um festejo do que nada preparar"), o número dois da DGS chegou a quantificar as propostas em cima da mesa: se os festejos com adeptos fossem no interior do estádio, com as regras de distanciamento em vigor para outros eventos (nos estádios ainda estão proibidos), só seria permitida a entrada de 2500 pessoas; se fosse uma festa limitada no Marquês, não caberiam mais do que seis mil.»

..........

«Foi quando Medina perguntou como se controlariam os milhares que se juntariam à volta do estádio que o encontro chegou a um impasse. Esta hesitação repetiu-se na reunião do dia seguinte, no salão nobre do MAI: aí, nem o chefe de gabinete do secretário de Estado do MAI (que presidiu à reunião) nem o do secretário de Estado da Saúde - ou seja, ninguém do Governo - deram indicação para não haver festa com adeptos

..........

«O impasse acaba por se desfazer na véspera do jogo: a Secretaria de Estado do MAI enviou um e-mail às forças de segurança para prepararem tudo o que estava "acordado entre a Câmara e o Sporting" e garantirem a segurança das comemorações. Em anexo seguia um ofício, assinado pelo ministro Eduardo Cabrita, que aceitava a solução da autarquia e do clube

 

 

Leitura complementar: Pelo Sporting, contra as mentiras.

Pelo Sporting, contra as mentiras

57501366_303.jpg

 

Confesso-me farto de tanta mentira com selo oficial pondo em causa a reputação e a credibilidade do Sporting. Neste blogue a discussão partidária está ausente, pois aqui se reúne gente das mais diversas sensibilidades políticas. Mas questões políticas podem - e devem - ser discutidas sempre que estiver em causa o Sporting. 

Vem isto a propósito das inaceitáveis declarações do ministro da Administração Interna tentando imputar ao nosso clube os desacatos ocorridos na noite de 11 de Maio e na madrugada do dia 12, a propósito da celebração do título, alimentando implicitamente o mito de que o Sporting é responsável pela proliferação da chamada "variante delta" em Portugal.

Destaco de seguida trechos de uma longa peça ontem divulgada pelo diário Público, assinada pela jornalista Mariana Oliveira, sob o título "Eduardo Cabrita validou festejos do Sporting que PSP desaconselhou". Para que os leitores concluam quem falta à verdade neste caso.

Os sublinhados a negro são da minha responsabilidade.

 

«O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, validou na véspera da conquista do campeonato de futebol pelo Sporting os festejos dos leões exactamente nos modos em que estes vieram a ocorrer, com um desfile dos jogadores de vários quilómetros pela cidade de Lisboa com um trio eléctrico a acompanhar. O despacho de Cabrita foi comunicado às 22h30 de 10 de Maio por email à PSP (...) Ou seja, a PSP recebeu a ordem apenas 22h antes do início do jogo em que o Sporting se sagrou campeão.»

..........

«A resposta de Cabrita é remetida à PSP pelo gabinete do secretário de Estado adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, o membro do Governo que dirigiu todo o processo dos festejos. Curioso é que a própria IGAL [Inspecção Geral da Administração Interna] dá como facto provado que a reunião que decorreu nesse dia no Ministério da Administração Interna - e que foi presidida pelo chefe de gabinete de Antero Luís - acabou "por terminar após as 19h, sem qualquer decisão". Igualmente interessante é o facto de os nomes dos participantes no encontro (e de todas as pessoas referidas ao longo das 81 páginas do relatório) terem sido rasurados com a justificação da "salvaguarda dos dados pessoais", o que não permite perceber quem tomou algumas decisões.»

..........

«A posição de Cabrita é levada ao conhecimento de Antero Luís, que dá as seguintes orientações: "Deve a PSP articular com a CML [Câmara Municipal de Lisboa] e o SCP no sentido de promover as medidas consideradas adequadas para garantir a segurança dos festejos propostos pelo promotor (SCP), insistindo-se nas recomendações enviadas ontem." Sobre estas recomendações, a IGAL, uma entidade integrada no Ministério da Administração Interna, nada diz. Admite, contudo, que no dia 9, domingo, já o Sporting tinha recebido a "notícia informal" de que haveria autorização para realizar o cortejo

..........

«A IGAL foca as suas críticas sobre os festejos na CML e no próprio Sporting, legitimando a actuação da PSP que, contabiliza, efectuou 617 disparos de armas de munições de menor letalidade, nomeadamente balas de borracha. (...) Não faz qualquer análise ou crítica à actuação da sua tutela política, directamente envolvida nesta polémica. E concentra grande parte da culpa no facto de a Câmara de Lisboa não ter recusado a "manifestação" que a Juventude Leonina pretendia fazer junto ao estádio, com a transmissão do jogo num ecrã gigante e com instalação sonora.»

..........

«O relatório deixa claro que foi o clube que, dois meses antes de conquistar o título, contactou o gabinete de Antero Luís para realizar uma reunião preparatória dos eventuais festejos, que apenas se realiza cinco dias antes de o clube se sagrar campeão. A 6 de Maio é igualmente dito que foi o Sporting a ter a iniciativa de marcar uma reunião com o gabinete do secretário de Estado, encontro que se realiza nesse dia na Câmara de Lisboa. No dia seguinte, nova reunião, desta vez no MAI.»

..........

«A cronologia torna perceptível que houve diversos erros na actuação da polícia. Isso é reconhecido pela própria inspecção-geral, que escreve que a planificação dos festejos "evidencia alguma desarticulação, quer interna (na PSP), quer com a realidade no terreno no dia dos festejos." (...) Uma parte substancial do contingente policial destacado para o evento [estava] desde o fim da tarde no Marquês de Pombal, onde só começaram a surgir grupos significativos a partir das 22h30. Já junto ao estádio, onde havia milhares de pessoas desde meio da tarde, havia poucas equipas que tiveram de ser reforçadas com elementos deslocados do Marquês.»

O Meu Sporting

spor.png

(Matadouro, Ilha de Moçambique, Maio de 2008)

Blogo desde 2003. Ao longo dos anos fui colocando alguns textos sobre o Sporting. Há cerca de uma década o Pedro Correia convidou-me para integrar o És a Nossa Fé!. O que aumentou a minha atenção sobre o clube e o número de textos que lhe fui dedicando. Para mim o futebol é um placebo, sarando as agruras da vida. Ou seja, quanto mais ando em futebóis pior estou, isso é garantido. E não sigo muito institucional, qual adepto exemplar, mergulhado na vida associativa e no acompanhamento das actividades desportivas. Mas vou botando sobre o assunto, numa mistura entre o adepto, que finge tão completamente que chega a fingir que é clubismo o clubismo que deveras sente, e o bloguista, que julga ser o Sporting, mais do que qualquer outro clube, um verdadeiro microcosmos do país, dos processos vigentes em Portugal. Também por isso me vou deixando levar pelas várias crises directivas do clube.

Agora fiz uma colecção de 41 textos sobre o Sporting e o futebol, escritos entre 2004 e 2021. Chamei-lhe “O Meu Sporting”. Quem nela tiver interesse bastar-lhe-á "clicar" neste título e gravar o documento pdf.

Tal como todas as outras seis colecções de textos de blogs e jornais que fiz, e que fui colocando na minha conta na rede academia.edu,  esta é uma memória, dedicada à minha filha Carolina. Pois pode ser que um dia venha a ter curiosidade sobre o que o pai andou a botar em blogs e jornais, nesta escrita inútil e desinteresseira. E se outros encontrarem motivos de interesse e mesmo prazer no aqui agreguei isso ser-me-á agradável. Bastante, mesmo, digo-o desprovido de qualquer pingo desse blaseísmo que tanto abomino.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D