Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Este homem não paga, ri de quê?

IMG_20211012_211659.jpg

Lembram-se de uma publicidade que dizia: "Este homem paga, ri de quê?".

Ria-se porque pagava com o cartão multibanco, que apareceu pouco tempo depois da chave 24 do Montepio, estávamos nos finais dos anos oitenta do século passado.

Não serei tão radical como o meu colega/camarada de "blog"  Paulo, uns "posts" abaixo; aquilo que penso, ajudaria a melhorar o ambiente na selecção, era que podiam fazer uma "vaquinha" para ajudar o rapaz, para ele poder jogar com a cabeça mais limpa.

Fernando Santos daria o exemplo, "eu avanço com dois milhões", "se o Fernando dá dois, eu dou quatro" dizia João Mário, e por aí fora até aos 18 milhões, depois de terem reunido os 18 milhões, dizia Cristiano Ronaldo: "não disse nada até agora, queria ver até onde ia a vossa solidariedade, os 18 milhões estão reunidos e eu apesar das despesas que tive com a demolição da marquise, avanço com mais 18 milhões para o meu Sporting".

Fica a ideia, a selecção que resolva, rapidamente, o problema que têm com o Sporting ou então qualquer dia convocam o João Rendeiro, ele vem dar uns pontapés na bola, depois volta para Belize ou para Singapura e, aparentemente, está tudo bem.

Solidariedade, um dever!

Ajudar e ser solidário, é um dever que está inscrito no ADN sportinguista.

Nos últimos dias testemunhei 2 casos que justificam um nosso gesto.

O Mateus, bravo sportinguista de 10 anos, com um gravissimo problema de alergias, não pede para ele mas sim a ajuda possível para os Bombeiros da Lourinhã construirem um heliporto, que pode salvar vidas incluindo a dele (o apelo no Facebook https://fb.watch/7vzkHoUOl2/ e alguns videos do programa da TVI sobre o Mateus: https://tvi.iol.pt/goucha/videos?&pagina=3). Quem puder e quiser contribuir, nem que seja com 1€ pode fazê-lo por transferência, para o IBAN: PT50004551904023179348119 -Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Lourinhã (para recibo de donativo, enviar mail com Nome, Morada e NIF para secretaria@bvlourinha.com). 

O outro caso é o de um sportinguista do Fundão a quem foi diagnosticado Esclerose Lateral Amiotrófica, e cujo Núcleo está a organizar um sorteio para o ajudar. Quem contribuir para o Ângelo pode comprar as rifas junto do Núcleo Sporting do Fundão.

Rifas_SCPfundão.jpg

ou fazer transferência para a Conta Solidária: PT50004540204034245768003 - Ângelo Querido
MB Way: 925264770
Facebookwww.facebook.com/JUNTOSPELOANGELO/
Instagram: https://instagram.com/juntospeloangelo

Jornal Sporting - Iniciativa solidária destinada a Cabo Delgado

1620416988468_image~3.png

Texto: Maria Gomes de Andrade / Fotografia: César Lomba

 
Ciente da situação crítica que se vive em Moçambique, e a exemplo de outras iniciativas já promovidas naquele país e em São Tomé e Príncipe, assim como um pouco por todo o lado em território nacional, a Fundação Sporting resolveu realizar uma iniciativa de recolha de fundos a favor de Cabo Delgado. Com a capacidade de inovação a que já nos habituou, a Fundação Sporting estabeleceu uma parceria com diversos chefs de cozinha e deu início a um ciclo de jantares com a participação de Sportinguistas que têm estado envolvidos em diversos projectos de apoio social.
 
O primeiro jantar decorreu na quarta-feira à noite na Taberna do Calhau, em Lisboa, com cerca de 20 pessoas, que se juntaram para ajudar a Fundação Sporting e apreciar a comida do chef Leopoldo Calhau e cuja sobremesa foi a possibilidade de assistirem ao encontro da equipa principal de futebol do Sporting Clube de Portugal diante do Rio Ave FC (0-2), num ambiente totalmente verde e branco.
 
"O jantar foi muito agradável, correu muito bem e foi coroado com a nossa vitória em Vila do Conde, começou por dizer ao jornal Sporting a vice-presidente do Clube e da Fundação Sporting, Maria Serrano, acrescentando: "Estes jantares servem para juntar a familia Sportinguista, mas, acima de tudo, para angariar fundos para a Fundação Sporting, que depois os utilizará nos diversos projectos que desenvolve".
 
"Para já, a verba resultante dos primeiros jantares vai servir para comprarmos mantas que serão entregues em Cabo Delgado, numa acção conjunta com o actor/humorista Eduardo Madeira, que está a recolher bens para ajudar nessa zona de Moçambique. Nós, Fundação Sporting, além das mantas vamos contribuir com material desportivo do Sporting CP, comentou. O próximo jantar está marcado para a próxima segunda-feira, dia 10 de Maio, e vai ser confeccionado pelo chef João Rodrigues, estando marcado igualmente para a Taberna do Calhau, que voltou a disponibilizar o espaço para esta acção.
 
"A ideia é fazermos estes jantares quase todas as semanas para que possamos conseguir ajudar mais gente. Nesse sentido, lanço o desafio aos brilhantes chefs Sportinguistas que temos em Portugal, de Norte a Sul, para se disponibilizarem a participar nesta acção. Para isso só têm de entrar em contacto com a Fundação. Queremos alargar o convívio para lá de Lisboa e para isso contamos com a solidariedade e a ajuda de todos", afirmou Maria Serrano, que revelou que a ideia é também, no futuro e quando as medidas impostas pela Direcção Geral da Saúde forem menos restritivas, alargar a participação nestes jantares a mais pessoas, pois actualmente as limitações ao número de pessoas por mesa não permite aumentar o leque de convivas.
 
Fonte: Edição Jornal Sporting N.° 3818
 
Fica a divulgação. Poderá dar-se o caso de contribuir para despertar a vontade de realizar esta iniciativa num qualquer recanto do nosso país. Haja vontade que mesmo sem sobremesa igual à descrita, haverá certamente quem se disponibilize para ajudar... a ajudar.

Pedido de ajuda

Hoje escrevo por uma razão bem diferente da habitual e espero que não me levem a mal.

O Miguel é um menino de 6 anos, grande Sportinguista, filho e neto de Sportinguistas. Conheço bem esta família, desde a infância, são genuinamente boas pessoas.

 O Miguel sofre de uma doença rara e complicada. Só um transplante de medula pode salvar-lhe a vida. Se puderem ser dadores, por favor, ajudem.

#OndeVaiUmVãoTodos 

 

22042297_dW57a.jpeg

 

Mais informação: https://www.facebook.com/Todos-com-o-Miguel-102362165156215/

Atualização: Não falemos de futebol, mas de solidariedade e de sportinguismo

Atualização: O objetivo de ajudar a Matilde foi já ultrapassado. Esta é vitória que sabe muito bem, vale por muitos golos na baliza. Sermos solidários e unirmo-nos a fazer o bem só reafirma, na diferença, a nossa condição leonina e o Sporting como muito mais que um clube. Obrigado a todos e, em especial, ao promotor desta iniciativa da Tasca Solidária: #Missão Matilde, o Cherba.

Missão Matilde.jpg

Coro de vergonha quando vejo muitas vezes enfatizarmos as nossas divergências no Sporting, por isto ou por aquilo. Mea culpa. E nos anos mais recentes essa tem sido uma triste e dura realidade, apenas um pouco atenuada pela atual campanha da equipa. Mas há momentos em que esquecemos divergências e distâncias e estamos à altura dos pergaminhos de (verdadeiros) 115 anos de história, em que justificamos a razão do SPORTING ser muito mais que um clube. Vem tudo isto a propósito da Matilde. Uma menina linda que só quer ser feliz e conhecer os jogadores e o treinador do Sporting (espero que alguém no clube esteja atento). Uma leoa, cuja história é comovente e que não deixou indiferente o suspeito do costume, o Cherba, da Tasca. Depois da campanha de Natal, agora mais uma hora da verdade. Depois de ver a Matilde num programa da SIC, o Cherba lançou o repto Tasca Solidária: #MissãoMatilde, que consistiu em recolher fundos para adquirir material tecnológico para invisuais, para tornar um pouco melhor a vida da Matilde e da mãe, mulher coragem. Desafio exigente pois tratava-se de angariar 16.579€, e os tempos não estão fáceis. A história aqui no blogue e o que éstá proposto adquirir para a Matilde: http://atascadocherba.com/2021/02/03/tasca-solidaria-matilde-e-o-coracao-que-sente/

Somos gente boa, temos um coração solidário, somos Sporting. Pois bem,  praticamente desde 5ª feira e até ao fim de semana foi possível reunir muitos contributos, faltando apenas 2.864€ para atingir totalmente o objetivo. 

Sei que muitos de nós já ajudaram, sem vaidade nem holofotes, mas se entretanto ainda quiserem podem transferir o que quiserem e puderem para: (IBan) PT50 0023 0000 4545 0941 0929 4

Este não é um campeonato de bola na baliza, mas de solidariedade em que temos também de ser campeões para honrar a nossa divisa: Esforço, dedicação, devoção, glória. A Matilde, a nossa querida sportinguista, merece! 

E era só deste exemplo que vos queria dar conta. Se não conhecem a história e quiserem: https://sic.pt/Programas/julia/episodios/2021-01-26-Julia---26-de-janeiro---Parte-1---Abandonada-pela-mae-em-crianca-cuida-da-filha-invisual

22014614_utWtl.jpeg

O desafio da vida dela

joana-cruz-sporting.jpg

Estamos contigo, Joana

 

Gosto da Joana Cruz. Por ser sportinguista de raiz e coração. Porque demonstra garra de leoa. Porque revela um imbatível sentido de humor. Porque tem uma excelente voz. Pelos saborosos diálogos que mantém com entrevistados vários no seu programa ADN de Leão, na Sporting TV. Por ser uma das melhores profissionais da rádio em Portugal.

A Joana, sabemos agora, enfrenta o desafio da sua vida: está a combater um cancro, doença que aflige tanta gente neste país onde só se fala de Covid-19. 

Ela merece o nosso apoio. Ela merece o incentivo de todos quantos nos gabamos de ser leões. Ela merece que lhe digamos, em uníssono: tu vais vencer, Joana. Vais derrotar a doença, vais superar a prova, vais golear o cancro.

Nós estamos contigo. Somos a tua claque.

Algo diferente ou somente um agradecimento

Durante os últimos 19 dias vivi num turbilhão de emoções. Deixei de ir a Alvalade, não vi alguns dos jogos do Sporting, senti-me (quase) distante do clube.

Tudo porque o velho leão estava ferido e havia que recuperá-lo, conforme por aqui fui anunciando.

Ontem, finalmente, foi dia do velho leão regressar a casa.

Por isso é tempo de uma forma humilde agradecer a todos quantos por aqui me desejaram as melhoras do meu pai. E foram muitos, muitos mesmo. Amigos deste blogue, leitores e comentadores adeptos do Sporting e de outros clubes.

Provou-se que na hora da solidariedade humana não há clubismos! Fiquei deveras sensibilizado.

Mais uma vez bem-hajam a todos!

A gente lê-se por aí!

Verdes são os campos…

 (Campos do Mondego após a passagem da tempestade Leslie) (*)

 

Verdes são os campos,

De cor de limão:

Assim são os olhos

Do meu coração.

 

Campo, que te estendes

Com verdura bela;

Ovelhas, que nela

Vosso pasto tendes,

De ervas vos mantendes

Que traz o Verão,

E eu das lembranças

Do meu coração.

 

Gados que pasceis

Com contentamento,

Vosso mantimento

Não no entendereis;

Isso que comeis

Não são ervas, não:

São graças dos olhos

Do meu coração.

 

(Camões, por José Afonso)

 

(*) A nossa homenagem às populações afectadas!

 

As mensagens dos atletas das modalidades no Facebook

Deixei na tão falada postagem de Carlos Ruesga no facebook em defesa do presidente Bruno de Carvalho o seguinte comentário:

Caro Carlos, agradeço a tua dedicação ao Sporting e os títulos que ajudaste o nosso clube a ganhar. Também me solidarizo contigo e com a equipa de andebol do Sporting face aos ataques de que tem sido alvo. Gostaria, porém, de te fazer umas perguntas: como reagirias se em cada derrota pusessem em causa publicamente a tua dedicação e o teu profissionalismo? Como reagirias se te chamassem publicamente "menino mimado"? Aguardo a tua resposta. Obrigado.

Recebi dois "gostos", um comentário de apoio e dois comentários em sentido contrário, mas nenhuma resposta do jogador.

Entretanto, uma atitude semelhante parece estar a ser seguida (espontaneamente?) por jogadores de outras modalidades. A este respeito, queria dizer duas coisas. A primeira é que ninguém nega que esta direção fez um trabalho notável nas modalidades. A segunda é que me parece óbvio que Bruno de Carvalho já está em campanha eleitoral.

Clubes solidários

A receita do próximo jogo Barcelona-Real Madrid reverterá por inteiro para os cofres do malogrado clube Chapecoense, que perdeu quase toda a equipa de futebol num trágico acidente aéreo na Colômbia, onde iria disputar a final da Taça Sul-Americana, o seu primeiro troféu internacional.

É reconfortante percebermos que a solidariedade ainda não se tornou mera flor de retórica no desporto. O Chapecoense merece todo o nosso apoio, merengues e culés merecem o nosso aplauso.

Não importa só ganhar dentro das 4 linhas

Quem ler este título deve ficar a pensar que vai ler algo sobre as manobras de bastidores que algumas instituições e figuras do futebol português protagonizam.

Desengane-se! Hoje escrevo porque sábado é dia de bola e não só. Está de regresso o campeonato. Às 18H15 entramos em campo para defrontar o Marítimo. E como sempre é para vencer.

Não é que seja preciso motivo para ir ao estádio, local que, segundo o meu colega Pedro Correia, é o terceiro mais bonito de Lisboa, a seguir à Torre de Belém e ao Mosteiro dos Jerónimos. Ainda para mais quando joga o nosso grande amor.

Mas para todos aqueles que, por causa das férias ou fim de semana grande, estavam a pensar não ir, pensem na grande vitória que podemos conseguir este fim de semana. E não estou a falar dentro das 4 linhas. Do lado de fora há muita maneira de fazer a diferença, e nós podemos fazê-la ajudando os Bombeiros Portugueses, esses verdadeiros heróis. 

Aproveitando o jogo da jornada inaugural que nos coloca frente ao Marítimo, o Sporting decidiu lançar uma campanha de recolha de alimentos, para poder enviar um carregamento como deve ser, a quem realmente merece. O que se pede é que todos levem água, barras de cereais, fruta fresca e leite e os entreguem aos voluntários que se encontrarão junto aos torniquetes. Por isso já sabe, não falte.

 

 

Porque o futebol não é tudo!

Porque o futebol não é tudo, hoje deixo aqui mais um exemplo de uma excelente iniciativa que o nosso grande clube está a apoiar.

Inseridos no Projecto Vida da Fundação Salesianos, um grupo de voluntários vai rumar a Cabo Verde, no mês de Agosto, com o intuito de promover os valores e ideias de D.Bosco, fundador dos Salesianos.

Com o objetivo de desenvolver diversas atividades tais como o apoio comunitário, apoio ao estudo, educação para a saúde, apoio psicológico, e evangelização da Fé Cristã, a Missão Junta Mon (palavra em crioulo que significa “união”) partirá, em Agosto, para junto das crianças e jovens desfavorecidos, da ilha de Santo Antão.

Mas onde é que entra o Sporting Clube de Portugal na equação perguntam muitos de vós. O nosso clube, através do actual treinador de guarda redes e ex guarda redes da nossa equipa, Nélson Pereira, entregou à missão alguns artigos, autografados pelos jogadores, que serão leiloados.

 

13813652_1310710508958172_2413499309579363883_n.jp

O leilão decorre entre os dias 21 e 27 de Julho e conta com os seguintes artigos:

13700057_1310704852292071_6726372847980269576_n.jp

Bola autografada pelos jogadores do Sporting Clube de Portugal, excepto os que participaram no Europeu. 

 

13775412_1310704855625404_2026682516466101563_n.jp

Luvas de guarda redes assinadas por Azbe Jug.

 

13710025_1310704892292067_5449278258873210634_n.jp

T-shirt Oficial da época 2015/2016 assinadas pelos jogadores do Sporting Clube de Portugal, excepto os que participaram no Europeu.

 

13692712_1310704858958737_1581904035301485092_n.jp

Chuteiras Oficiais do Slimani assinadas pelo próprio (tamanho 43). 

 

Para participar, aceda à página facebook da Missão Junta Mon e, na fotografia do artigo desejado, deixe um comentário com o valor que oferece acima do valor base. 

E já sabe, ajude! Porque o que para nós pode parecer pouco, para outras pessoas é o mundo.

Excelente iniciativa

13177046_10153466290086555_4188743231108886448_n.j 

O Sporting está de parabéns por mais esta enorme iniciativa. O plantel da nossa equipa principal de futebol visitou, ontem à tarde, o IPO Lisboa. Fazem falta mais eventos destes para apoiar e animar quem mais precisa, porque a vida é mais que futebol e o desporto deve acima de tudo transmitir e fomentar valores de respeito e amor ao próximo.

Ainda há esperança

No seguimento deste excelente postal do Gabriel Santos, esta notícia demonstra que o futebol pode ser muito mais do que um jogo. Que pode empenhar-se em causas que o enobrecem.

selecção já deu o exemplo, simbólico.

 

card_seleccao_silencio.jpg

 

Cada clube pode, na medida das suas possibilidades, dar um pouco mais que isto, concretamente os três grandes.

Senhor presidente, vamos também fazer a nossa parte?

 

Solidários

 

Em momentos como este não pode haver posições ambíguas: temos de apoiar a direcção na atitude de firmeza revelada perante dois inadmissíveis actos de insubordinação interna que ameaçavam contagiar parte do plantel a poucos dias do início do campeonato. Para gozo dos nossos adversários mais directos e de certa imprensa que não esconde um ódio antigo ao Sporting.

Contemporizar com "levantamentos de rancho" tornaria vã a palavra disciplina nas hostes leoninas. Far-nos-ia voltar aos tempos em que jogadores medíocres, alimentados por uma profusão de empresários sem escrúpulos e "fundos" anónimos com apetite insaciável, impunham direitos sem cumprirem deveres.

É tempo de nos mostrarmos solidários com quem gere os destinos do clube, sufragado por uma das mais expressivas maiorias eleitorais de sempre. O Sporting é mais importante do que qualquer atleta, venha ele de onde vier, tenha ele o nome que tiver.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D