Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Em frente leões...

Desde a retoma do futebol em Portugal e Inglaterra, apesar do Verão, os dias passaram a cinzentos para a seita tóxica, idólatra do falso profeta.

De repente e contrariando a narrativa do youtuber e acólitos, que anunciavam a iminência da pior classificação de sempre, Ruben Amorim apostou em vários jovens da formação, alcançando várias vitórias, conseguindo a melhor série da época até ao momento e recuperou o 3º lugar. A agravar o estado de alma dos letais ao Sporting, um dos seus ódios de estimação, o nosso ex-capitão e melhor jogador do clube na última década, está a triunfar em Inglaterra. Uma visita rápida pelas redes sociais é suficiente para perceber a azia dos fiéis...

O leão reina na savana, seguindo em frente, indiferente ao ulular da hiena e oxalá assim continue, primeiro e acima de tudo e todos, está o Sporting Clube de Portugal. 

Sinais positivos no horizonte...

Três jogos não são suficientes para alterar o que penso e muito já escrevi sobre a liderança de F. Varandas e H. Viana no futebol leonino, nem tão pouco para formar opinião sobre Ruben Amorim, mas dá para perceber que algo está a mudar para melhor no reino do leão:

- Para o treinador não parecem existir vacas sagradas. Clara como água a mensagem enviada ao plantel, mas com elevação, sem fanfarronice desnecessária e injustificada, pelo contrário, mantendo elevação.

- Opção pelo modelo de jogo em que acredita.

- Aposta clara em jovens, é certo que beneficia das bancadas sem adeptos, assobiando ao primeiro erro, colocando desnecessária pressão nos jogadores mais inexperientes. E. Quaresma, Jovane Cabral, Matheus Nunes e Max parecem alguns furos acima dos colegas, Coates foi ontem um verdadeiro patrão como há muito não o via, Wendel também mostrou bom futebol.

- Mas nem tudo está bem. Após o golo e com as substituições, o meio-campo do SCP desapareceu, o Paços de Ferreira aproximou-se da nossa baliza e deixámos de conseguir sair a jogar. O treinador tem ainda muito trabalho pela frente, precisa fazer crescer alguns jogadores e observar os que apesar de representarem outros emblemas por empréstimo, pertencem aos quadros do Sporting Clube de Portugal. Estão nesta condição João Palhinha, Gelson Dala, Daniel Bragança ou Ivanildo Fernandes.

- A aposta nos jovens da formação tornou evidente o que há muito vínhamos aqui escrevendo, a desnecessária e errada opção pela compra de jogadores em campeonatos periféricos, que pouco ou nada acrescentaram, demasiado caros, com elevada massa salarial e desperdiçando dinheiro em comissões. Para no final da época obter resultado idêntico.

 

Mas não existem leões sem hienas a rondar a área. Ontem mesmo alguns imbecis, nas redes sociais, se mostravam satisfeitos pela lesão de Vietto. Alguém que se afirme sportinguista e fique feliz com a lesão de qualquer jogador que envergue a verde e branca não é digno de ser considerado um leão. No máximo será uma hiena, ou talvez um abutre...

Impossibilitado de praticar a piro-javardice na bancada sul, um dos gangs que ali se alberga colocou tarjas junto à academia. Nada de novo, mas não merece relevância. O clube não deve oferecer protagonismo a quem não o justifica, tal como às declarações do cabecilha do gang vizinho, os cães ladram, mas a caravana passa...

Apesar de crítico da direcção de Frederico Varandas, estarei com ele se comunicar ao Estado que o Sporting Clube de Portugal deixa de ter grupos organizados de adeptos. Não precisamos de arruaceiros, nem queremos ter algo a ver com a violência no desporto ou actividades ilícitas em benefício de cadastrados que infiltraram organizações que nasceram com o único propósito de apoiar o clube. Obviamente que os adeptos que se movem única e exclusivamente pelo amor ao clube saberão distinguir e continuarão nas bancadas, os outros, não lhes sentiremos a falta, pelo contrário, talvez se consiga tornar o estádio de Alvalade num lugar mais aprazível, trazendo ao espectáculo desportivo crianças, famílias e pessoas que verdadeiramente gostem de assistir ao jogo. Ninguém joga sozinho, do outro lado estará sempre um adversário e nunca um inimigo, tal como ao nosso lado estarão sempre outros adeptos, com quem partilhamos vitórias e sofremos derrotas, jamais cúmplices ou comparsas de qualquer seita ou tribo guerreira imbecil.

Miserável gestão...

A concretizar-se a notícia avançada pela comunicação social que João Palhinha sairá do SCP após o final de época, estaremos em presença de mais um miserável acto de gestão da SAD, cuja responsabilidade será total e directamente imputada a Frederico Varandas.

O SCP está carenciado na posição 6, João Palhinha fez uma excelente época, o treinador Ruben Amorim conhece as potencialidades do jogador, pelo que o temos tudo a ganhar fazendo regressar o jogador a Alvalade. Concordo que todos os jogadores sejam negociáveis, mas sabendo que a venda no final da época implica o pagamento de 20% ao SCB, a entrada do jogador no plantel da próxima época representaria uma valorização imediata de 20% em caso de transferência no mercado de Inverno ou final da próxima época, evitando-se financiamento a rival directo. Mas ainda poderá ser pior, se descontadas as comissões para o empresário e percentual para o SCB, formos contratar refugo de fundo de catálogo a empresário amigo. E assim o plantel vai ficando cheio de entulho...

Gostaria também de saber as intenções dos dirigentes leoninos para Gelson Dala, Ivanildo e D. Bragança. Também são para continuar a emprestar? Ou servirem de moeda de troca nalgum negócio, que possibilite o ingresso de mais pinos no SCP? 

Os incompetentes que dirigem o clube podem até chegar a 2022, mas fiquem desde já com algumas certezas, não serão reeleitos com os meus votos em circunstância alguma. Até lá votarei contra o orçamento, qualquer que seja o mérito do documento. Se tentarem vender a SAD, votarei contra. Este mandato foi uma oportunidade perdida para reerguer o clube, miseravelmente apenas nos trazem agonia e angústia. Que 2022 chegue depressa...

Gestão do plantel ou busca por comissões?

Frederico Varandas entrevistado pelo Record, afirmou em Março, que João Palhinha regressará na próxima época ao Sporting.  Jogador importante na estratégia vitoriosa de Ruben Amorim em Braga, decisivo em vários jogos, com contrato até 2023 e sabendo que o plantel não tem hoje qualquer jogador que lhe seja superior na posição, é perfeitamente natural o seu ingresso no plantel após término do empréstimo. Durante o período de confinamento, foi publicada a notícia que o jogador terá mudado de empresário.

Hoje, sem qualquer razão plausível, o Jogo afirma que o jogador não entra nos planos de Ruben Amorim para a próxima época, atendendo à prestação do jogador em Braga, ao facto de não se jogar futebol desde Maio e nem sequer existirem treinos colectivos, quero acreditar que é apenas carvão, pois a ser verdade, contituiria um daqueles mistérios inexplicáveis do mundo de futebol. 

Mais, não sendo desejado em Alvalade, o jogador rumaria ao Wolverampton. O que significaria 15% para o S.C.Braga, mais as devidas comissões aos agentes envolvidos na transferência. Enquanto isso os adeptos do Sporting C.P. teriam que se contentar com a titularidade de I. Doumbia, isto se não vier mais um daqueles pinos que nem teriam lugar na equipa B, por 5 milhões de Euros ou mais, para gastar de imediato a parte que caberia ao SCP no negócio. 

Os sócios querem ver no plantel jogadores da formação, João Palhinha, Daniel Bragança, Ivanildo, Gelson Dala, entre outros, têm que estar no Sporting para o arranque da próxima época. Frederico Varandas não pode continuar autista, ou percebe os sócios, ou tem de sair. Pela minha parte, não lhe quero dar mais benefício da dúvida, já lhe demos tempo mais que suficiente, ou mudamos de rumo, ou mudamos de presidente. ´

 

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D