Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Do que eu não gostei mesmo nada hoje

IMG_20190315_210048.jpg

Não gostei mesmo nada de estar periodicamente a ser bombardeado com a publicidade que a fotografia ilustra, durante um jogo do Sporting no estádio de Alvalade. Era propaganda do hipermercado "Continente", e dizia respeito a um jogo da seleção nacional, é certo. Mas não deixa de ser muito perturbador para a vista de um sportinguista - tal como os fumos da Juve Leo. (A questão de por que joga a seleção nacional no "Estádio do Sport Lisboa e Benfica" se o estádio é "do Sport Lisboa e Benfica" é relevante mas não a quero discutir agora.) A intenção provocatória, num evento oficial (um jogo da liga), é evidente e não deveria ser aceite por um clube que se dá ao respeito. Esta publicidade é muito mais grave que outras polémicas mesquinhas (por serem privadas e só dizerem respeito a privados) em que o Sporting se envolveu, como a cor dos carros dos futebolistas e das sapatilhas que eles usam, ou o equipamento que convidados de crianças sportinguistas usam nas suas festas de anos.

 

[pub.] Um ano em frases

250x[1].jpg

 

Acaba de chegar às livrarias o meu mais recente livro, intitulado 2017 - As Frases do Ano. Um registo dos acontecimentos do ano passado (sem falhar um dia) em discurso directo. Com declarações de políticos, jornalistas, empresários, desportistas, escritores, actores, cantores, humoristas. Sem esquecer personalidades tão diversas como Madonna ou o Papa Francisco, que de algum modo marcaram também a actualidade portuguesa em 2017. 

Esta obra tem 262 páginas e é editada pela Contraponto, do grupo Bertrand-Círculo de Leitores. 

 

Aqui ficam algumas das frases recolhidas, só para vos abrir o apetite:

«Os portugueses são os nórdicos do século XXI.» (Marcelo Rebelo de Sousa)

«Mário Centeno é o Ronaldo do Ecofin.» (Wolfgang Schäuble)

«Nunca recebi dinheiro de ninguém.» (José Sócrates)

«Fiquei praticamente com o correspondente a dois salários mínimos.» (Ricardo Salgado) 

«Mariana Mortágua há-de ser ministra das Finanças.» (Francisco Louçã)

«O PS nunca mais vai precisar da direita para governar.» (Pedro Nuno Santos)

«Prefiro um enfarte à desilusão de o Benfica perder.» (Ricardo Araújo Pereira)

«Bardamerda para todos aqueles que não são do Sporting.» (Bruno de Carvalho)

«É extraordinário como gostamos de comer merda desde que seja açucarada.» (António Lobo Antunes)

«Os homens têm medo de mulheres livres.» (Isabel Moreira)

«É evidente que Nossa Senhora não apareceu em Fátima.» (Padre Anselmo Borges)

«Faz imensa falta uma primeira-dama em Belém.» (Maria Cavaco Silva)

«Que venha a chuva. Bom dia.» (Catarina Martins)

 

Espero que gostem.

Sobre frangos, cervejas e Charlie Hebdo

Consciente do monumental frango dado na criação de um spot publicitário de muito mau gosto, a Sagres já veio a público retratar-se. Porém, há por aí uns pseudo-intelectuais muito preocupados com o estado do país em particular e do mundo em geral que querem comparar um anúncio de cerveja a um ataque terrorista e não param de dizer que também são Charlie.

Então é assim:


1. Um jornal é um jornal e a liberdade de imprensa é sagrada. Um anúncio publicitário não é um jornal. É um produto comercial que apela ao consumo de um determinado bem com o intuito de proporcionar lucro a quem o promove.


2. Um anúncio publicitário quer obter mais clientes. Este anúncio publicitário hostiliza potenciais clientes. É um falhanço absoluto enquanto produto.


3. Se todos somos Charlie, eu reivindico o meu direito a expressar a minha opinião para poder dizer que não gostei do filme, achei a ideia triste e lamentável e que cá em casa só se compra Super Bock (não é de hoje, já o tinha dito aqui: http://sporting.blogs.sapo.pt/835670.html).


4. Aliás, se agora andamos todos com o trunfo do Charlie Hebdo na manga como se fosse um joker, então reinvindico o meu direito inalienável a ser Sportinguista e recuso-me a tolerar a intolerância de uns certos ditadorzecos anti-adeptos (o clube deles é o anti-Sporting).


Tenho dito.

 

Nota: Reparem que só falo no Sporting. Não menciono qualquer clube ou agremiação futebolística. Antes de enviarem a artilharia pesada para a caixa de comentários lembrem-se que serão vocês a estabelecer as ligações.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D