Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Os melhores golos do Sporting (56)

 

Golo de MAURÍCIO PINILLA

Sporting - AZ Alkmaar (2-1)

28 de Abril de 2005, Estádio José Alvalade

 

Empolgante para uns, desesperante para outros, é dificil ficar-se indiferente a Maurício Pinilla. Uma coisa me parece certa: o chileno é um dos muitos jogadores que deixa a ideia de que podia ter alcançado mais.

 

Atualmente com 32 anos, aproxima-se do final de uma carreira, que à excepção de uma Copa América acaba por ser algo modesta. Mas no início desta prometeu muito, com golos como o segundo do Sporting, na vitória sobre os holandeses do AZ Alkmaar, no jogo da 1ª mão das meias-finais da Liga Europa, na época 2004/2005 (ver 00:35).

 

Numa eliminatória que fica na história, num ano que a equipa treinada por José Peseiro presenteou todos com o que Ruud Gullitt apelidou de "sexy football", apesar do desfecho, houve muitos bons momentos. Aqui fica um deles. Para lembrar sempre.

Os melhores golos do Sporting (36)

 

Golo de PINILLA

Sporting 4 Moreirense 1

28 de novembro de 2004

 

Mauricio Pinilla fez 32 anos no mês passado. É um avançado chileno, cheio de tatuagens e ginga, que tem uma carreira modesta passada em Itália (Atalanta, Cagliari, Génova, Palermo, Grosseto, Chievo e Inter); Espanha (Celta e Racing); Escócia (Hearts); Chipre (Apollon) e, claro, Chile (Universidad do Chile, por duas vezes). O seu maior feito foi ter vencido a Copa América em 2015. O seu segundo maior feito foi quase ter eliminado o Brasil do “seu” Mundial, atirando uma bola à barra de Júlio César.

 

Quando tinha 20 anos e só tinha marcado dois golos na Europa, chegou a Alvalade. Corria o ano de 2004 e o jovem chileno pôs-se ao dispor do Mister Peseiro, envergando a camisa 87. No ataque, tinha a concorrência de Niculae, Sá Pinto, Douala, Danny (iria para a Rússia a meio da época), Liedson, Saleiro e Mota. Não vingou, tendo ficado apenas tempo suficiente para marcar 7 golos em 28 partidas. Lembro-me bem de ter marcado ao AZ (Co Adriaanse ficou lixado) e de ter feito um hat-trick ao Braga.

 

Mas o golo que aqui destaco foi marcado ao Moreirense. Numa noite fria de novembro, fez o 1-0. Carlos Martins, Hugo Viana e Liedson fariam os outros três da equipa da casa e Afonso Martins (sete anos de leão ao peito) reduziu. Aos 8 minutos de jogo o chileno recebe com o peito e mesmo parecendo atrapalhado, vira-se, deixa dois defesas para trás e quando tem já quatro homens à sua volta, remata para um golão. Indefensável para angolano João Ricardo. Pini, Pini, Pinigol!

 

 

Um final de semana normal no futebol português

30 de Abril de 2005, um sábado como tantos outros.

1 de Maio de 2005, um domingo como tantos outros, mais uma jornada de glória para as nossas cores.

O dia de Pinigol e de um hat trick verdadeiro.

Braga, 0 vs. Sporting, 3; a primeira derrota do Braga de Jesualdo Ferreira no campeonato com um dos grandes (empatara duas vezes com o Benfica, uma com o Porto, outra com o Sporting e fora vencer ao Dragão).

Maurício Pinilla, internacional chileno, com 21 anos, demora 21 minutos a marcar três golos que contribuiriam para os 63 que o Sporting de Peseiro somava nessa jornada 31 (o Benfica de Trap tinha 49, o Porto de Couceiro 35).

Voltemos então ao dia 30 de Abril, o jogo com o Estoril no Algarve tinha sido na jornada anterior, nessa noite o Benfica recebia na Luz o Belenenses, o verdadeiro Belenenses. A equipa de Belém domina o jogo mas perde da forma habitual naquelas paragens. O grande herói benfiquista nesse dia chama-se Mário Mendes (o árbitro) assinala mal um penalty a 20 minutos do fim, marcado por Simão e no último minuto do jogo sonega ao clube da cruz de Cristo a oportunidade de empatar, Ricardo Rocha, defesa do Benfica atropela o rápido Lourenço (mais um da nossa formação) mas Mário Mendes que antes vira o que não aconteceu desta vez não consegue ver o acontecido. "Colinho" ontem, "colinho" hoje... há coisas no futebol português que não mudam.

O jogo acaba; Mário Mendes 1; Belenenses verdadeiro 0.

Aquilo que peço para domingo é que os nossos "Pinillas" sejam mais fortes, melhores e mais competentes que os "Mários Mendes" deles... que seja um grande jogo de futebol e que o Sporting vença.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D