Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Uma pergunta a Frederico Varandas

A administração da SAD já emitiu algum protesto em relação à inaceitável aleivosia deste comentador da SIC, proferida na véspera da entrevista do presidente Frederico Varandas ao mesmo canal?

Aguardo resposta. Se ninguém me responder, acaba por ser uma resposta também.

Naturalmente, cá estarei para ajuizar. E não deixarei de o fazer, fica garantido desde já.

Que onze titular na Holanda?

O Sporting inicia amanhã, na cidade holandesa de Eindhoven, a campanha 2019/2020 da Liga Europa. Com uma equipa cada vez mais transformada numa espécie de manta de retalhos. Ainda sem Luiz Phellype e agora sem Mathieu nem o recém-chegado Jesé.

As boas notícias são os regressos de Vietto e Jovane, e o ingresso (que merece saudação especial) de Pedro Mendes.

 

Segue-se a lista de convocados.

 

Guarda-redes:

Renan

Luís Maximiano

Hugo Cunha

 

Defesas:

Ilori

Coates

Neto

Rosier

Borja

 

Médios:

Idrissa Doumbia

Eduardo

Miguel Luís

Acuña

Wendel

Bruno Fernandes

 

Avançados

Bolasie

Jovane

Vietto

Plata

Pedro Mendes

Rafael Camacho

 

Fica a pergunta aos nossos leitores: em que jogadores apostam para o onze titular neste desafio com o PSV?

Bruno Fernandes: muitas incógnitas

Bruno-Fernandes-Sporting-Lisbon-F365-2[1].jpg

 

Um bitaiteiro benfiquista anuncia na televisão, investido da sua nova condição de porta-voz oficioso do Sporting, que Bruno Fernandes «já está vendido». Por «setenta milhões de euros», especifica.

Subsistem muitas incógnitas em torno deste suposto negócio. Demasiadas. Deixando os adeptos do clube às escuras. Desconsideração suplementar: tomar-se conhecimento do que ocorre no Sporting pela boca de um adepto de um clube rival.

Está em causa, sublinho, o presente e o futuro do melhor jogador do campeonato português. Nós, sócios, exigimos ser informados. Não por picaretas falantes alérgicas às nossas cores, mas pela estrutura directiva da SAD.

 

É urgente sabermos as respostas a estas perguntas:

- Bruno Fernandes deixou de ser activo leonino?

- Quem é (ou quais são) a(s) entidade(s) compradora(s)?

- Que preço ficou fixado?

- Quais as modalidades de pagamento?

- A quantos ascendem os "custos de intermediação"?

- Quantos milhões encaixa a SAD de imediato?

- Que compromissos assumiu o Sporting neste negócio?

- Foi reservada percentagem de receitas em futuras transferências?

- Existe cláusula anti--rivais no novo enquadramento contratual do jogadador?

- Teremos, a partir de agora, como capitão da equipa alguém que já não pertence ao Sporting?

- Até quando poderemos contar com Bruno Fernandes?

 

O silêncio tornou-se insustentável.

Queremos ser esclarecidos. Não por papagaios de ocasião, mas pelo presidente do Sporting Clube de Portugal.

Mas como é que se treina no Sporting?

tulips-bed-colorful-color-69776[1].jpg

 

Pela enésima vez, Marcel Keizer chegou-se ao microfone, na conferência de imprensa, para debitar um daqueles chavões a que já nos habituou em inglês macarrónico e mastigado: «Jogámos mal.»

Com tantos jornalistas presentes nestas desoladoras sessões públicas, espanta-me como é que ainda nenhum fez ao técnico oriundo do país das tulipas a pergunta que há muito se impõe: «Afinal o que fazem vocês durante os treinos?»

Como ninguém a faz, deixo-a eu aqui.

O que faz falta?

Temos o melhor guarda-redes da Liga portuguesa, Renan Ribeiro.

Temos o melhor defesa central do nosso campeonato, Jérémy Mathieu.

Temos um ala esquerdo que é titular da selecção da Argentina, Marcos Acuña.

Temos aquele que é o mais eficaz ponta-de-lança do futebol nacional, Bas Dost.

Temos um capitão de equipa, médio criativo, que é de longe o melhor profissional a actuar nos relvados portugueses, Bruno Fernandes.

Com todos estes atributos individuais, continua a faltar-nos uma equipa que empolgue os adeptos e atemorize os adversários.

Se não é por falta de qualidade dos jogadores, qual será o problema?

Três perguntas

 

Por que motivo Marcel Keizer deixou Matheus Pereira fora do jogo de hoje do Sporting na Bélgica?

 

Rosier e Camacho, recém-chegados ao Sporting, já estão fora das opções do técnico porquê?

 

O que se passa com Battaglia, que continua sem comparecer nestes jogos da pré-temporada?

 

Obrigado, desde já, pelas informações que puderem prestar-me enquanto sócio e adepto do Sporting.

 

Fazem falta mais extremos no Sporting?

Dizem-me que a SAD leonina anda à procura de mais um extremo. Acho estranho: esta parece-me ser uma das posições em que estamos menos carenciados, na medida em que já contamos com sete atacantes nas duas alas. 

Recapitulando, são estes (por ordem alfabética): Acuña, Camacho, Diaby, Jovane, Matheus Pereira, Plata e Raphinha. Fora Vietto, que o treinador Marcel Keizer experimentou já por duas vezes na ala esquerda, mas não parece minimamente vocacionado para servir o Sporting nessa zona do terreno, distante da sua posição natural. E sem contar com o Bruno Tavares, jovem extremo de 17 anos, da nossa formação, que acaba de prolongar o vínculo ao clube por três épocas, ficando salvaguardado com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

 

Face a isto, três perguntas aos leitores:

- Faz sentido adquirir mais extremos?

- Quem devem ser as apostas principais do técnico holandês para as alas ofensivas?

- Atendendo à abundância que se verifica, quais destes sete jogadores serão excluídos do plantel principal para a temporada 2019/2020?

Cinco de saída

As prementes dificuldades financeiras - ditadas sobretudo pela necessidade do pagamento das dívidas contraídas durante a magnífica gestão da dupla Carvalho & Vieira - levam a Direcção leonina a admitir vender quatro jogadores de primeira linha: Acuña, Bas Dost, Bruno Fernandes e Coates. Enquanto Mathieu, que em Outubro fará 36 anos, tenciona pôr ponto final na carreira de jogador profissional de futebol.

Eis a pergunta que se impõe: quem poderá substituir estes cinco craques?

Copo meio cheio ou meio vazio ?

Com a vitória em Chaves chegámos ao 3º lugar da Liga. Ganhámos já a Taça da Liga. Na Liga Europa fomos eliminados por uma equipa espanhola que ainda lá está, depois de ter eliminado o Zenit. Estamos na luta pela final da Taça.

No futebol de formação competimos pelos primeiros lugares, tal como no futebol feminino.

Nas modalidades de pavilhão mantemos o nível da época passada. Ainda hoje ganhámos a Taça do Futsal ao Benfica.

O empréstimo/resgate obrigacionista foi concluido.

A reestruturação da dívida bancária está prestes a ser concluída.

O processo das rescisões está a ser resolvido nas condições em que pode ser resolvido. Patrício e William já estão, importa terminar Gelson e aguardar os prazos da justiça para os outros três.

O relacionamento com as claques está péssimo, parece que sem amendoins não há macacos.

A reestruturação da Academia e do "back-office" do futebol profissional é um facto.

Depois de tudo o que se passámos, do assalto à Academia que conduziu à destituição e posterior suspensão dum presidente, da eleição do novo presidente por pouca margem nas eleições mais concorridas de sempre, o que já se conseguiu é muito ou pouco? 

O copo está como?

SL

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D