Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Mr. President

aaaa.jpg

 

Como excelente escriba que é, com dezenas de anos a "virar frangos",  o Pedro Correia, consegue "traduzir" para português entendível aquilo que com dislexia, atabalhoamento e alguma falta de habilidade para a oratória, o presidente Frederico Varandas vai dizendo nas várias entrevistas, que não são muitas e entende-se porquê, que vai concedendo. Ainda assim os tempos escolhidos para intervir parecem-me adequados. Diz o Povo e com toda a razão, que quem muito fala pouco acerta e se Frederico Varandas é pródigo em "calinadas", mais vale aparecer pouco e razoavelmente bem, do que andar constantemente a "cuspir perdigotos".
Quanto ao que o Pedro "traduziu" no post abaixo, concordo que foi uma entrevista com sumo, finalmente. Virada para fora quase exclusivamente e abordando o que interessa da forma que interessa e fazendo saber que se está atento ao que se passa nos tribunais.
Passou um pouco ao lado na "frente interna", mas como a encomen...entrevista tinha um objectivo definido, ele foi plenamente atingido. Esperemos que para assuntos internos haja uma segunda entrevista de balanço desta época e lançamento da próxima, com muitas novidades em relação à facilitação do acesso ao estádio, à bilhética, àquilo a que por estes tempos se apelida de experiência vivenciada e à política de finanças e de plantel. Será igualmente importante.

Não vou escalpelizar a entrevista,  o Pedro Correia já espremeu o que havia a espremer com maestria, mas sim, a posição do Sporting neste assunto da corrupção no futebol está (já estava, mas nunca é demais afirmá-lo) clarificada.
Resta agora não deixar arrefecer o ferro, porque a velocidade da justiça infelizmente é lenta e se os assuntos quentes não forem abordados com uma regularidade constante, passam ao rol do esquecimento e daqui a alguns anos, muitos para arrefecer o suficiente, alguém lavra uma sentença sobre uma qualquer toupeira, tão insignificante e inóqua, que a bicha continuará, até porque é cega, alegremente a escavar túneis para os amigos. Pro bono, como o Boaventura e o Gonçalves, assunto aliás muito bem "esgalhado" quando comparado, dando uma patada (de Leão) ao Ministério Público: "O MP considera que César Boaventura sente-se na disponibilidade de, por iniciativa própria, gastar 480 mil euros para a sua equipa ganhar… Isto não faz sentido para ninguém." "Paulo Gonçalves era assessor jurídico e braço direito de Luís Filipe Vieira… De Paulo Gonçalves não se podia dizer o que o MP diz de César Boaventura, que não tinha cargos na SAD…" 

E termino com uma concordância plena com Frederico Varandas: "Prefiro nunca ganhar do que ganhar com estes esquemas."

Justiça

Agora foi o Boaventura que foi condenado por corrupção e outras vigarices para beneficiar o Benfica.

A exemplo de Paulo Gonçalves, entenderam os doutos juízes que apesar de um criminoso (ups! ainda não transitou em julgado) ter cometido uma carrada de crimes para beneficiar um clube/SAD e ele/a terem acabado por beneficiar desses crimes, o facto de não haver ligação contratual entre ambos, não incrimina o beneficiado. Calhou, foi sorte ter um amigo que os ajudava. Nem o velho crocodilo nos tempos em que se pirou para Vigo conseguiu tal façanha.

Que merda de justiça esta, é o que se me apraz dizer.

Não vai nada, sr. presidente?

WhatsApp Image 2023-02-23 at 09.29.39.jpeg

 

Tal como eu, o Sporting Clube de Portugal, SAD e clube, tem em sua posse o acórdão da sentença do Processo Comum Coletivo n.º 6.421/17.2JFLSB , no qual foram condenados entre outros Paulo Gonçalves, por corrupção activa.

Está lá escarrapachado, na matéria provada que "O arguido Paulo Casimiro de Jesus Leite Gonçalves era, à data dos factos adiante descritos, trabalhador da Sport Lisboa e Benfica - Futebol SAD, por contrato de trabalho, em regime de comissão de serviços, celebrado em 22 de janeiro de 2007 e mantido por contrato de trabalho sem termo celebrado a 20 de novembro de 2009. O arguido Paulo Casimiro Gonçalves prestava a atividade de assessor da administração, assegurando a assessoria do presidente do conselho de administração para a área jurídica relacionada com o futebol profissional e para as relações institucionais da sociedade, reportando diretamente à administração e também ao Presidente.
O arguido Paulo Casimiro Gonçalves, na estrutura da Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, ocupava posição equiparada a diretor. Desempenhou a função de secretário do conselho de administração da Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD por deliberação de 31 de outubro de 2008 até, pelo menos, 31 de julho de 2009. A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, NIPC 504882066, é uma sociedade anónima desportiva, com sede na Avenida Eusébio da Silva Ferreira, Estádio do Sport Lisboa e Benfica, Lisboa, que tem por objeto a participação nas competições profissionais de futebol, a promoção e organização de espetáculos desportivos e o fomento, ou desenvolvimento, de atividades relacionadas com a prática desportiva profissionalizada na modalidade de futebol, sendo presidente do conselho de administração, à data dos factos, Luís Filipe Ferreira Vieira".

Da justiça federativa não espero nada, que para a justiça federativa há que malhar nos fracos e no Sporting (vide as vezes que o presidente do Sporting à altura dos factos foi castigado e após recursos, depois de cumprir os castigos, foi ilibado).

Mas perante este acórdão, com as idiosincrasias próprias da justiça portuguesa, como muito bem refere Eduardo Dâmaso na nota editorial acima, que espera o presidente do Sporting para dizer, ou mandar dizer alguma coisa por outrém, sobre um assunto que claramente prejudicou o Sporting desportiva e financeiramente? Ou o campeonato de 2015/16, que o presidente Frederico Varandas afirmou ter-nos sido criminosamente roubado, dizendo ter disso provas, já não interessa para nada? Ou era apenas basófia? Ou a antipatia para com corruptos só tem um sentido? Que se passa no Sporting, senhor presidente, temos rabos de palha e temos algum entendimento com esta gente, ora comprovadamente favorecida pelos condenados neste processo? Só chamamos bandidos a uns e esquecemo-nos dos outros? Somos um clube de bem e não nos queremos chatear com os vizinhos, mesmo que eles nos "encavem" à grande e à francesa? É certo que estes factos, provados pela sentença proferida, são posteriores àquele campeonato, mas não era Paulo Gonçalves, como claramente refere o acórdão, funcionário da Benfica SAD, desde Janeiro de 2007? Para o facto convém não esquecer que também aquele campeonato está em investigação/inquérito e nada melhor que alguém do Sporting viesse lembrar isso.

Fale, senhor presidente, creio que todos gostaríamos de saber o que pensa sobre este assunto e o prejuízo que ele poderá ter causado ao Sporting. Fale, senhor presidente. Ou cale-se e meta a viola no saco.

 

É! Toupeira!

Leiam o título como se fossem o forcado da cara numa pega de um sabido de 500 kg.

Se nunca estiveram em frente a um boi, juro-vos que o cagaço é muito maior do que o de quem já esteve, porque o bicho mete medo.

Já quem esteve em frente a uma toupeira, como a douta juíza que condenou Paulo Gonçalves, sabe o que é enfrentar uma verdadeira besta. O ex-tudo no Benfica foi condenado a dois anos e meio por corrupção activa (com pena suspensa, talvez por ser réu primário, aceita-se) quando era funcionário do Benfica, tinha gabinete no estádio da Luz, respondia a Luís Vieira e até representava o clube em sorteios da Liga e da UEFA.

Já perceberam porque é que uma toupeira é muito mais feroz do que um toiro em pontas? Isso, a douta juíza concluiu que nada disto teve a ver com o Benfica.

Ele há corridas de toiros. E há touradas...

Mais um campeonato à Veiga

veiga.jpg

Há vencer, há triunfar com honra e com mérito desportivo.

Há vencer à Veiga.

"Não teria conseguido vencer aquele campeonato sem o Veiga" , Trapattoni

"O Benfica é o clube do povo. Há uma sintonia muito grande entre a alma benfiquista e a forma como sinto o futebol. Por isso é que lutei até ao limite para que o Benfica fosse campeão", José Veiga

Podia continuar com mais exemplos, há coisas que não compreendo.

Todos sabemos como foi conquistado o campeonato de 2004, todos sabemos como foram conquistados todos os campeonatos desde essa altura.

O José Veiga dessa altura é o Paulo Gonçalves de hoje.

O mandante é o mesmo.

Não tenho grande esperança, obviamente, mas gostava que a verdade desportiva prevalecesse e que fosse campeão, o clube e a equipa que dentro do campo provou que o merece ser.

{ Blogue fundado em 2012. }

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D