Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Slimani teria sido óptima escolha

Texto de Rautha

slimanisporting.jpg

 

Foi preciso ano e meio para termos uma janela de mercado relativamente razoável, comparando com três janelas de mercado onde vendemos ao desbarato (nem todos, mas Bas Dost, Nani e El Avioncito foram, literalmente, jogados fora) e comprámos entulho, do qual teremos muitas dificuldades em nos livrar.

 

Relativamente razoável porque comprámos alguns reforços dignos desse nome, até ver - casos de Pote, Nuno Santos, João Mario e Porro.

Mas ainda não fomos capazes de comprar/arrendar um avançado forte e bom no jogo aéreo, o que torna bastante infrutíferos os bons cruzamentos de Nuno Mendes e Porro.

 

Não trouxemos Paulinho, o que é sempre bom, [para não] dar dinheiro ao Braga por um jogador que marcou muitos golos esta época, mas que marcou apenas cinco na Liga 2018/2019, em 29 jogos.

A ser verdade que considerámos dar 15/20/25 milhões por Paulinho mas considerámos incomportável trazer o Slimani, fico estupefacto.

O argelino marcou, esta época que findou, nove golos em 18 jogos, com sete assistências.

Mesmo com 32 anos, continua aguerrido, capaz de pressionar o primeiro defesa da equipa. Boa constituição, boa capacidade física, disponbilidade, poucas lesões.

Teria sido uma óptima escolha para este plantel, com amor pelo clube e uma experiência que seria benéfica.

Na minha opinião de bancada, claro.

 

Voltando [à] "vaca fria", João Mário é um excelente regresso. Um campeão da Europa. Desaproveitado e desmotivado, retorna a casa para dar novo rumo à sua carreira, como Nani fez.

Se, no mínimo, tiver o impacto que Nani teve, ficámos indubitavelmente mais fortes.

 

Ficamos com excelentes opções no meio-campo.

No primeiro jogo pós-Wendel, vimos um Matheus mais solto, mais dinamizador, menos preocupado em equilibrar as correrias de Wendel. Que se mantenha assim e temos um Matheus renovado, Palhinha, João Mário, Pedro Gonçalves. Tudo gente capaz de solidificar aquele meio-campo.

 

Fica a faltar o tal Slimani (similar) e um defesa central capaz de empurrar Feddal para o banco. Ou então aproveite-se Gonçalo Inácio ao máximo, o rapaz tem dado boa conta de si.

 

Texto do leitor Rautha, publicado originalmente aqui.

O menos culpado de todos

O menos culpado de todos se o Sporting destinar 15 ou mais milhões de euros para a contratação do avançado Paulinho?

O próprio jogador, sem dúvida, que procurará mostrar que é capaz de fazer golos e representar um clube com uma grandeza que nem uma multiplicação de Varandas consegue aniquilar.

No que toca à actual gerência, um negócio nesses moldes, beneficiando mais uma vez de forma irracional o clube que procura intrometer-se na luta pela conquista de títulos e de entradas na Champions, acaba com a minha derradeira esperança de que aquilo está em curso no Sporting é apenas um exercício de brutal incompetência de deslumbrados que não sabem fazer melhor. E a alternativa é demasiado terrível.

O mítico Paulinho

O recém-publicado livro de Fernando Correia "Paulinho, esforço, dedicação e devoção ao Sporting" contém a seguinte passagem pelas palavras de Paulinho: «Ele (Domingos Paciência) não me queria no Sporting, mas o presidente Godinho Lopes, o Luís Duque e o Carlos Freitas colocaram o peito à frente e não deixaram. Agradeço-lhes muito. O que fez não se faz a um roupeiro.» Limito-me a fazer esta simples pergunta: Sendo verdade, e não consta absolutamente nada nem ninguém a contrariar a afirmação de Paulinho, o que é que isto diz do carácter de Domingos Paciência e da essência da sua conduta no Sporting? 
Nota: Tenho este post preparado desde ontem e a sua publicação, agora, vem de certo modo complementar o de Eduardo Garcia da Silva.

Paulinho, sempre!

Vergonhoso, o que este senhor escreveu. Os blogs do jornal Record são usados frequentemente pelos seus directores/jornalistas para escrever textos que me revoltam, como Sportinguista. São opiniões pessoais, encomendadas ou não, que tenho de engolir num País democrático. Mas quando se trata do nosso Paulinho sinto as coisas de modo diferente. Para mim, inadmissível. Aqui.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D