Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Palavras certeiras

«As claques têm de recuperar dois aspectos primordiais, a credibilidade e a independência. A credibilidade, porque com inusitada frequência as claques aparecem ligadas a negócios obscuros, traficâncias e violência; pode ser que aqui esteja a pagar o justo pelo pecador, mas é a ideia que a maioria das pessoas tem. Depois há palavras de ordem e cânticos de tal modo rascas, que não se admitem em lado nenhum, muito menos em nossa casa, onde levamos os nossos filhos e família. Porque é que o Sporting há de alinhar por baixo? (...) As claques devem, por definição, manter-se distantes dos poderes constituídos no Sporting, porque esses poderes são etéreos e passageiros e as claques não. E muito menos arvorar-se em tropas de choque ou guardas pretorianas de ninguém, porque essa não é a sua função. A sua função é apoiar a equipa, ser o seu suporte permanente mesmo quando a equipa joga mal e o restante estádio assobia; por isso é uma claque e não um bando de adeptos. E de uma vez por todas acabar com as partes gagas de virar as costas ao jogo, mandar recados por faixas ou hostilizar jogadores da equipa. Acho que qualquer claque pode ter favoritos, mas nunca deverá ter proscritos.»

Carlos Barbosa da Cruz, no Record

Palavras certeiras

«Não é difícil adivinhar que todo este imbróglio só acabará mesmo por prejudicar... o próprio Bruma, e é pena que os que se dizem amigos e dignos de lutar pelos direitos do extremo não percebam isso mesmo.

Ou alguém duvida que o jogador teria tudo a ganhar se já estivesse a treinar-se às ordens de Leonardo Jardim e pudesse ficar pelo menos mais um ano no Sporting, onde teria todas as condições para ser titular e afirmar-se de forma incisiva? Seria uma época, se tudo corresse bem no capítulo físico, que poderia ser benéfica para todos, principalmente para o próprio jogador.»

Miguel Belo, no Record

 

Leitura complementar: Desportistas guineenses querem que Bruma fique

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Mais comentados

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D