Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Rever os estatutos - I

Os estatutos do Sporting Clube de Portugal e regulamentos de funcionamento da Assembleia-Geral carecem de revisão urgente, sob pena de continuarmos, em pleno séc. XXI, presos algures no séc. XX.

Questões processuais menores como aprovação da acta da AG anterior, precisam ficar resolvidas sem estarem sujeitas à interpretação pessoal do PMAG, mas também não serem passíveis de servirem como ferramenta de quem tentar boicotar o normal funcionamento, que deve correr de forma célere.

Nas A.G. eleitorais, onde não existe debate prévio à votação, o esclarecimento decorreu em campanha anterior, faz sentido introduzir o voto electrónico, garantidas que estejam as necessárias medidas de segurança, para evitar qualquer possível tentativa de fraude. Existe hoje tecnologia que o permite fazer.

Na A.G. ordinária, onde se discute e aprova orçamentos e contas do clube, não faz qualquer sentido o voto electrónico, mas também não é imperioso forçar uma ida dos sócios a Lisboa. Pelo menos aos sócios que estejam em Portugal. Será possível encontrar alguns núcleos com condições e que o queiram fazer, onde seja disponibilizada a transmissão em directo da A.G., obviamente que certificando que esses núcleos aderentes, no decorrer da mesma, apenas permitam a presença de sócios do clube, maiores de idade e com as quotas em dia. Será facílimo fazer deslocar a cada um desses locais funcionários do clube para creditarem presenças e contarem os votos obtidos. Diria que 6 a 8 locais (núcleos), incluindo os arquipélagos dos Açores e Madeira, tornariam possível um aumento da proximidade entre clube e sócios. Eventualmente a prazo até conquistaríamos novos adeptos para se fazerem sócios, encurtando distâncias entre o Sporting e sportinguistas.  

Muito bem!

Os Sportinguistas fora de Lisboa e que pagam quota de associados dos Núcleos agradecem a atenção.

 

Tecnologia em estreia no Jogo dos Núcleos

O Sporting Clube de Portugal acaba de lançar uma plataforma online de bilhética exclusiva para os Núcleos do Sporting CP e que, de acordo com Francisco Rodrigues dos Santos, vogal do Conselho Directivo - Expansão e Núcleos, vai “transportar os Núcleos do SCP para a era digital”.

De acordo com o responsável, “a plataforma online de bilhética destinada aos Núcleos do SCP permite-lhes adquirir bilhetes para os jogos no Estádio José Alvalade e no Pavilhão João Rocha, de acordo com a tabela de preços específica para os Núcleos do Sporting CP, através de um portal na internet, de forma célere, descomplicada e acessível.”

Esta tecnologia vem revolucionar a forma como os Núcleos do SCP compram os bilhetes, uma vez que basta entrar na plataforma, seleccionar um lugar na bancada, escolher a forma de pagamento e gravar o documento que contém o ingresso e que permitirá a entrada no Estádio ou no Pavilhão.  

Retirado daqui.

Entretanto, em Maputo

Maputo.jpg

(Vivi 18 anos em Moçambique. Lá acamaradei - sim, não é preciso estar na tropa para "acamaradar" - no Núcleo do Sporting de Maputo, cheio de boa gente, belos convívios. E até inter-clubístico, dado que era - não sei se ainda é - o único núcleo de adeptos de clubes portugueses com instalações próprias. E, como tal, volta e meia tínhamos visitas, benfiquistas, portistas e não só, portugueses e moçambicanos, para ver jogos internacionais ou até derbis. Como deve ser ...

Nos últimos tempos a página-FB do Núcleo de Maputo tornou-se um frenético local de propaganda pró-Bruno de Carvalho e de agressão aos seus opositores. Hoje, tendo deixado terminar o processo de consulta sobre a proposta de revogação, enviei esta mensagem para publicação nessa página-FB do Núcleo. Horas passaram sem ter resposta. Agora, depois dos responsáveis da página a terem actualizado com a colocação de nove outras publicações, compreendo que não a divulgarão. Como tal deixo aqui a mensagem. Pode ser que chegue a Maputo).

nucleo.jpg

 (jpt, eu-mesmo, com o leão do Núcleo do Sporting de Maputo, foto com um bom "par de anos", noto-o)

 
Sou bloguista (no "És a Nossa Fé") e compreendo o ímpeto de publicarmos as nossas posições sobre a vida do clube, pois tanto o faço. Esperei até ao fim deste processo de votação sobre a "revogação do Conselho Directivo" para escrever isto nesta página. Fui assíduo no Núcleo (do Sporting Clube de Portugal em Maputo) nas duas décadas que vivi em Maputo, e acarinho essa memória. Fui aí de férias o ano passado, e logo me congratulei com as novas instalações, que visitei e onde assisti a jogos, em confraternização. Reclamo-me ainda "do Núcleo", por simpatia, por clubismo, ainda que 3 anos tenham passado desde que parti.
 
Recordo a descrição desta página-FB: "Sempre Unidos. O único ponto de encontro oficial para Sportinguistas em Maputo. O local para apoiar e confraternizar, de todos os Sportinguistas que estejam em Maputo e queiram sentir-se mais próximo do seu Clube."
 
Por tudo isto muito lamento, à distância, que esta página tenha servido para tomar partido no debate interno que ocorreu. Assumindo o apoio a uma das opiniões. De forma unilateral. Independentemente dela ter sido minoritária ou maioritária. É uma contradição, avessa ao que é a vida associativa e ao que é a expressão associativa.
 
Para quem, por mero desconhecimento do que é o "associativismo", consiga discordar desta opinião faço notar que até um vil comentário apelando ao assassinato de um sócio (mesmo que jocoso, caramba, mostra a boçal mentalidade de quem o coloca - é isto um sportinguista?) é deixado nesta página destinada a que os "Sportinguistas" possam "confraternizar ... mais próximo do seu Clube".
 
Espero que terminado este momento doloroso da história do Sporting todos nós nos possamos apaziguar, vivendo o associativismo, o clubismo. Aprendendo a viver o associativismo, aqueles que não o sabem. E espero também que a direcção do Núcleo do Sporting em Maputo e/ou os administradores desta página-FB o possam fazer. Aprender. Que é a forma de ser Sporting. Não o é essa, a que escolheram nos últimos tempos.
 
Votos dos melhores sucessos. Saudações Leoninas.
 

Sportinguistas de Aljezur

Realiza-se dia 11 de Fevereiro, um sábado, um grande almoço de confraternização verde e branco em Aljezur.

Todos os Sportinguistas que queiram participar têm à disposição o contacto que aqui partilho.

Um dos objectivos deste encontro é a fundação do Núcleo do Sporting em Aljezur.

Algarvios da zona, aproveitem e façam parte da história do nosso clube, ajudando a fundar mais um núcleo, o nono na zona do Algarve, engrandecendo desta forma o nosso clube.

16244344_1335178863169962_1167736517_n.jpg

 

Uma sede linda

 

Imaginem-se a dar um passeio pelo concelho de Sintra, concretamente pela Várzea, Magoito, Nafarros, Azenhas do Mar, Praia das Maçãs, Colares. De repente, a caminho da Praia da Adraga, ao atravessarem Almoçageme, deparam-se com um núcleo sportinguista. É verdade, ali mesmo em Almoçageme, com a sede num edifício lindo e com dois leões como guardiões. A nossa saudação ao Núcleo Sportinguista de Almoçageme.

 

Esforço, Dedicação e Glória

 

A equipa de futsal do Núcleo Sportinguista de Moura participou no passado Domingo, 5 de Fevereiro, no Torneio Internacional de Futsal em Lausanne, na Suiça.
Sete jogos, sete vitórias consagraram estes embaixadores do nosso clube como campeões absolutos. Aos bravos jogadores e ao Núcleo Sportinguista de Moura os nossos Parabéns e o agradecimento por honrarem o nome do Sporting Clube de Portugal.

 

Também publicado aqui.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D