Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Nomeação e votos

És a Nossa Fé está nomeado para os Sapos do Ano, na categoria blogue de desporto. Agradecemos aos leitores que nos nomearam e prometemos continuar a suscitar o vosso interesse. Porque este blogue, como várias vezes tenho sublinhado, não é só feito por quem o escreve: é também por quem o lê.

Não por acaso, todos os dias aqui destacamos quem nos comenta. E o comentador de hoje pode tornar-se o autor de amanhã.

Agora venham daí os vossos votos. Serão bem-vindos.

Entre os mais comentados

Nos 23 destaques feitos pelo Sapo em Outubro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções - atingindo, portanto, a quota máxima. O que acontece pelo sexto mês consecutivo.

Mais: este foi o único blogue a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 21 vezes no pódio dos mais comentados - com seis "medalhas de ouro", treze de "prata" e duas de "bronze".

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Dois erros (56 comentários, o mais comentado do dia)

Os melhores adeptos do mundo? (28 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Anatomia da Grei leonina (19 comentários)

O que Varandas herdou (40 comentários)

Duche antecipado (52 comentários, segundo mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (58 comentários, segundo mais comentado)

Convém lembrar (74 comentários, segundo mais comentado)

Um mês depois (62 comentários, segundo mais comentado)

Uma pergunta de fácil resposta (102 comentários, o mais comentado do dia)

Treze treinadores em seis épocas (76 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Levantar a cabeça (39 comentários)

Saber comunicar (52 comentários, segundo mais comentado)

A jagunçada (62 comentários, o mais comentado do dia)

Responda quem souber (64 comentários, segundo mais comentado)

O mistério Wendel (48 comentários, segundo mais comentado)

Quente & frio (82 comentários, o mais comentado do dia)

Sousa Cintra sobre Peseiro e Jesus (74 comentários, segundo mais comentado)

Ponto da situação (58 comentários, terceiro mais comentado)

Silêncio (82 comentários, segundo mais comentado)

Rui, Viviano, Salin, Renan, Maximiano (50 comentários, segundo comentado)

Quem joga para empatar acaba por perder (86 comentários, segundo mais comentado)

Este está disponível (62 comentários, segundo mais comentado)

Quem são os três melhores? (110 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1438 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do Pedro Boucherie Mendes e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos 20 destaques feitos pelo Sapo em Setembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 20 menções - atingindo, portanto, a quota máxima. O que acontece pelo quinto mês consecutivo.

Mais: este foi o único blogue a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 18 vezes no pódio dos mais comentados - com dez "medalhas de ouro", seis de "prata" e duas de "bronze".

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Mais dois que vão (78 comentários, o mais comentado do dia)

Sousa Cintra (52 comentários, segundo mais comentado do dia)

Passado (50 comentários, o mais comentado do dia)

Jovane Cabral (24 comentários)

Só eu sei porque não fico em casa! (60 comentários, o mais comentado do dia)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - Eleições  (65 comentários, segundo mais comentado)

Absolutamente derrotados (38 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Esta gente precisa de tratamento (96 comentários, o mais comentado do dia)

O que eu espero (1)  (28 comentários)

O que eu espero (2) (42 comentários, o mais comentado do dia)

A "rica herança" de Carvalho (52 comentários, segundo mais comentado)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - De volta! (42 comentários, o mais comentado do dia)

Assim se ia desgovernando (38 comentários, o mais comentado do dia)

Abraço (38 comentários, segundo mais comentado)

Indignaçõezinhas muito selectivas (44 comentários, segundo mais comentado)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - Cara baga? (38 comentários, terceiro mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (108 comentários, o mais comentado do dia)

Coragem, Peseiro! (67 comentários, segundo mais comentado)

Um recado às viuvinhas (48 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (102 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1120 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do José da Xã, do Duarte Fonseca e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Valeu quase por uma sondagem

Lembrei-me de recapitular, por curiosidade, os votos publicamente assumidos por quantos fazem este blogue ao longo da campanha eleitoral leonina que desembocou no histórico escrutínio de sábado.

Para perceber quem teria sido o eleito do És a Nossa Fé.

 

Breves notas prévias:

- A maioria dos autores não exprimiu apoio a nenhum candidato;

- Dois colegas admitiram estar indecisos perante duas opções distintas;

 - Durante a campanha tivemos dois autores convidados que exprimiram intenções de voto;

- Registou-se um "empate técnico" entre Frederico Varandas e João Benedito: valeu, portanto, quase por uma sondagem, antecipando de algum modo o que viria a resultar das urnas. Com o primeiro a vencer, por ter mais votos, e o segundo a congregar mais votantes.

 

.....................................................

 

Entre os que tomámos posição, alinhámo-nos do seguinte modo:

 

Por Frederico Varandas

Francisco Chaveiro Reis - «Ainda não sei a quem oferecer os meus cinco votos a oito de Setembro. Só conhecendo o elenco e a suas ideias, poderei escolher um favorito. Mas será difícil ter uma opinião que não esta: Frederico Varandas lidera a corrida, destacadíssimo.»

Helena Ferro de Gouveia - «Aceitei integrar a equipa de Frederico Varandas e pensar a inclusão da mulher no desporto. Dia 17 de Julho, pelas 18.30, na sede de campanha, apresento o #we too, porque nós sportinguistas queremos ver mais treinadoras, mais atletas do sexo feminino, mais modalidades abertas a mulheres, queremos um sério combate ao assédio sexual no desporto.»

João Távora - «Tomei a decisão de votar em Frederico Varandas. Convenceram-me a sua genuína vontade de ocupar o cargo, reflectida no corajoso e antecipado anúncio da sua candidatura, a lufada de juventude que transparece e a consistência da sua carreira como médico e militar, que dá indicações dum perfil decidido, resiliente e ponderado, qualidades necessárias para o difícil período que o nosso emblema enfrentará nos próximos tempos.»

Pedro Almeida Cabral - [Integrou a lista de candidatos aos órgãos sociais do Sporting liderada por Varandas, tendo tomado posse no domingo como secretário da Mesa da Assembleia Geral]

Pedro Boucherie Mendes - «Votarei em Frederico Varandas, satisfeito com a minha impressão e com o que ouvi dele e da sua candidatura. Nada tenho contra os outros candidatos, pelo que, qualquer que vença, será o meu presidente.»

Eu - «Obviamente, faço minhas as palavras do Mestre [que anunciou voto em Varandas].»

Ricardo Roque - «Declaração de interesses: integro a comissão de honra de Frederico Varandas, líder da candidatura Unir o Sporting. A minha intervenção no blogue não será condicionada por este meu posicionamento.»

 

Por João Benedito

Duarte Fonseca - «Votarei em João Benedito. (...) Provou inequivocamente durante a campanha que foi o candidato que mais evoluiu no seu discurso e que teve a capacidade de se adaptar a todas as circunstâncias mesmo quando o retiraram da sua zona de conforto.»

Frederico Dias de Jesus - «João Benedito terá os meus votos para Presidente do Sporting Clube de Portugal. Ninguém nasce presidente de nada, um presidente constrói-se à medida que se vai ultrapassando desafios. A capacidade que deve ter é a de liderança e de agregar pessoas com valências e conhecimentos.»

Leonardo Ralha - «O meu voto - e trata-se literalmente de um voto, pois segui durante quase toda a vida o ensinamento de Groucho Marx quanto a pertencer a clubes que me aceitem - neste sábado será entregue a João Benedito.»

Luís de Aguiar Fernandes - «Os meus quatro votos vão para João Benedito, obviamente.»

Pedro Bello Moraes - «Voto em João Benedito porque foi campeão várias vezes pelo Sporting. Logo, é campeão. O Benedito é um campeão. E no Sporting. Do Sporting. É, por isso, de todos os candidatos, o único que tem a cultura do clube que eu quero ver preservada, cultivada, aumentada, fortalecida.»

Rui Cerdeira Branco - «Neste momento acho mais comportáveis os riscos apresentados pelo João Benedito e mais valiosa a sua capacidade de unir a família e de projectar o Sporting para o futuro como um clube vencedor. Se as eleições fossem hoje votava no João Benedito.»

Zélia Parreira - «É o meu candidato. Tem a vontade e a garra necessárias. Tem o Sporting entranhado nas veias e na alma. Nada do que ele fez até hoje me envergonha ou embaraça, sempre foi motivo de orgulho sportinguista.»

 

Por Dias Ferreira

Filipe Costa e Silva (autor convidado) - «Devo dizer que faço parte dlista do Dr. Dias Ferreira e é sobretudo a este nível que aceitei o repto de vos escrever sobre futebol, num momento em que me parece determinante que os sportinguistas percebam que é hora de ser Sporting novamente.»

 

Por Rui Jorge Rego

Pedro Guerreiro Cavaco (autor convidado) - «Faço desde já uma declaração de interesses. Apoio Rui Rego e faço parte da Lista E, candidata à Assembleia Geral.»

 

Por Benedito ou Dias Ferreira

Edmundo Gonçalves - «Estou indeciso entre Benedito e Dias Ferreira, não sei se hei-de dar o meu aval ao novo pelas suas ideias inovadoras em detrimento do mais velho, ou se ao mais velho pela sua sabedoria e tudo o que isso possa ser uma mais-valia para o clube, em detrimento do mais novo.»

António F«Edmundo, o seu texto é o meu pensamento.»

 

 

ADENDA: Se por lapso tiver omitido a posição de algum colega, peço o favor de me corrigir.

Entre os mais comentados

Nos 23 destaques feitos pelo Sapo em Agosto para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções - atingindo, portanto, a quota máxima. O que acontece pelo quinto mês consecutivo.

Mais: este foi o único blogue a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 22 vezes no pódio dos mais comentados - com quinze "medalhas de ouro", seis de "prata" e uma de "bronze".

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

O que fazer com estes três? (38 comentários, o mais comentado do dia)

Isto merece troféu (56 comentários, o mais comentado do dia)

Reles rufia (64 comentários, o mais comentado do dia)

O queixinhas (76 comentários, o mais comentado do dia)

Dilema (46 comentários, segundo mais comentado do dia)

Implorar (26 comentários, o mais comentado do dia)

Perguntar não ofende (48 comentários, o mais comentado do dia)

Imperdoável (58 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo  (78 comentários, o mais comentado do dia)

Os brunecos (78 comentários, o mais comentado do dia)

Frases da campanha (2) (16 comentários)

Para que serve a Sporting TV? (56 comentários, o mais comentado do dia)

Finalmente, debates na Sporting TV (32 comentários, segundo mais comentado)

Incompreensível (164 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - uma Luz ao fundo do túnel (53 comentários, o mais comentado do dia)

Impressões do debate (22 comentários, segundo mais comentado)

Em quem votaria o Bruno? (1) (46 comentários, segundo mais comentado)

O caminho faz-se caminhando (36 comentários, terceiro mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (184 comentários, o mais comentado do dia)

Afinal só somos 90 mil sócios (84 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - a mão que embala o berço (84 comentários, o mais comentado do dia)

Este não é o Sporting que eu quero (66 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (60 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1481 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques feitos pelo Sapo em Julho para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Fazendo assim o pleno, sem falhar um dia. Para não variar.

Mais ainda: figurámos  22 vezes no pódio dos mais comentados - com onze "medalhas de ouro", dez de "prata" e uma de "bronze". Atingindo assim a quota máxima.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Haja fé (108 comentários, segundo mais comentado do dia)

Cambada de sportingados (74 comentários, segundo mais comentado)

Nada esqueceram, nada aprenderam (96 comentários, segundo mais comentado)

O que disse Sousa Cintra (110 comentários, segundo mais comentado)

Desafio às mulheres sportinguistas (75 comentários, segundo mais comentado)

O caminho faz-se caminhando (80 comentários, o mais comentado do dia)

Assim será (44 comentários, segundo mais comentado)

Hoje giro eu - Bruno acabou com a nostalgia de Cintra (207 comentários, o mais comentado do dia)

O que os jagunços disseram (134 comentários, o mais comentado do dia)

Tanto já feito em tão pouco tempo (146 comentários, o mais comentado do dia)

Quanto pior, melhor (96 comentários, o mais comentado do dia)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - Geraldes contra os burocratas (50 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Que falta de nível (62 comentários, o mais comentado do dia)

Engraçade (78 comentários, o mais comentado do dia)

Obviamente, não (108 comentários, o mais comentado do dia)

Só pode queixar-se de si próprio (86 comentários, segundo mais comentado)

Em busca do salário perdido... (81 comentários, o mais comentado do dia)

Figo: sim ou não? (70 comentários, segundo mais comentado)

Carvão e transparência IV (77 comentários, segundo mais comentado)

Votariam em Sousa Cintra? (128 comentários, o mais comentado do dia)

Inaceitável (82 comentários, o mais comentado do dia)

O ódio (90 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 2001 comentários nestes postais. Da autoria do Edmundo Gonçalves, do Pedro Azevedo, do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

375.764 visualizações

De 1 de Julho a 1 de Agosto, o És a Nossa Fé registou 375.764 visualizações - com 12.122 visualizações médias diárias. Números que, a manterem-se, nos levarão a fechar o ano com cerca de quatro milhões de visualizações - reforçando-nos, portanto, no patamar cimeiro da blogosfera portuguesa. 

Só podemos agradecer a quem nos lê e comenta - no fundo, a quem já não consegue passar sem nós. São cada vez mais e revelam excelente gosto. Tudo faremos para retribuir a dedicação e a devoção de tantos e tão bons leitores.

Ponto de ordem

Cada um sabe de si aqui no blogue. Eu adopto como critério automático, para eliminar um comentário, todo aquele que escreve incorrectamente o nome do nosso clube. 

Isto vale tanto para lampiões como para carvalhistas ressabiados. Num blogue como o nosso, com milhares de visualizações diárias, não querer ou não saber escrever correctamente a palavra Sporting é motivo suficiente, quanto a mim, para ficar à porta. E não entrar.

Declaração de interesses

Integro a comissão de honra de Frederico Varandas, líder da candidatura Unir o Sporting.

A minha intervenção no blogue não será condicionada por este meu posicionamento.

Desejo que a campanha eleitoral decorra com grande elevação, que tenhamos mais candidatos e que os sócios confirmem, através de grande participação no ato eleitoral, que sabem o que querem e que o Sporting Clube de Portugal saia forte para se reerguer.

Entre os mais comentados

Nos 21 destaques feitos pelo Sapo em Junho para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 21 menções. Fazendo assim o pleno, sem falhar um dia. Para não variar.

Mais ainda: figurámos  21 vezes no pódio dos mais comentados - com nove "medalhas de ouro", oito de "prata" e quatro de "bronze". Atingindo assim a quota máxima.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 21 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Hoje giro eu - O jogo da mala (72 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Campeões !!! (145 comentários, o mais comentado do dia)

Os dias do fim... (93 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Porque não fui à MANIF (129 comentários, o mais comentado do dia)

Confirma-se (112 comentários, o mais comentado do dia)

Para arrumar ideias (67 comentários, segundo mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Lost in translation (128 comentários, o mais comentado do dia)

De mal a pior (96 comentários, segundo mais comentado)

Há limites (37 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Hoje giro eu - A reconstrução (70 comentários, segundo mais comentado)

Hoje giro eu - Nós não rescindimos (102 comentários, segundo mais comentado)

Carvalho encostado às cordas (48 comentários, terceiro mais comentado)

Semana decisiva (56 comentários, terceiro mais comentado)

Chenófabo (35 comentários, terceiro mais comentado)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - A estrelinha de Santos (82 comentários, o mais comentado)

Rei da injúria, imperador da calúnia (51 comentários, segundo mais comentado)

Acuso (100 comentários, o mais comentado do dia)

Pungente. E execrável (70 comentários, segundo mais comentado)

Retomemos então a conversa (77 comentários, segundo mais comentado)

Duas, vá, três notas (56 comentários, segundo mais comentado)

Os comentários… (107 comentários, o mais comentado)

 

Com um total de 1757 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do António de Almeida, do JPT, do Edmundo Gonçalves, do António F e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

340.888 visualizações em Junho

Chegamos ao fim de Junho com 340.388 visualizações aqui registadas ao longo do mês. Prova inequívoca - mais uma - da crescente influência e popularidade deste nosso blogue no universo sportinguista.

Nos últimos seis anos e meio, estivemos sempre em sintonia com o pulsar da nação leonina. Antecipámos, nas posições críticas aqui expressas por vários de nós, o fim do mandato de Godinho Lopes em 2013. Este ano sucedeu exactamente o mesmo, relativamente ao mandato de Bruno de Carvalho, que aliás nos elegeu desvairadamente como alvo, ao bradar em Fevereiro contra «o grupo do Café Império». Caiu quatro meses depois, confirmando a validade do aviso que diversas vez lhe deixámos: é impossível alguém resistir incólume quando declara guerra a tudo e a todos em simultâneo. E sobretudo quando gasta o essencial das munições a disparar contra hipotéticos "inimigos internos".

Ele caiu, como o antecessor. Nós prosseguimos. A manter este ritmo, chegaremos ao fim do ano com quatro milhões de visualizações. Fiéis à nossa linha de rumo, em defesa dos interesses permanentes do Sporting, queremos continuar a merecer tantos e tão bons leitores.

És a nossa fé

59F45CF4-864A-4034-B06B-683640436F07

 

Uma curva belíssima, uma equipa fantástica, ÉS A NOSSA FÉ, todos sempre e só pelo SPORTING.

Não cantamos mas podíamos tê-lo feito em mais um jantar no Império, do grupo imortalizado com o mesmo nome pelas palavras de um ex Presidente do clube, 

Repasto bem animado, onde o tema foi eleições e futuro. Sim, porque do passado já não reza a história. 

Em defesa do Sporting de sempre

Nos últimos trinta dias, És a Nossa Fé registou 393.976 visualizações.

Em termos médios, 13.133 visualizações diárias.

Só ontem, foram 17.932.

 

Assinalo apenas para efeitos de memória futura. E para que não restem dúvidas: este tornou-se um dos blogues imprescindíveis, de leitura diária, para milhares de sportinguistas - de todas as tendências, das mais diversas sensibilidades.

Vale a pena prosseguir, pois. Até para que, mais tarde, quem fizer a história destes meses turbulentos tenha aqui abundante matéria de investigação. Como já sucedeu nos atribulados meses que precederam a queda do consulado de Godinho Lopes. Sempre em defesa dos legítimos e genuínos interesses do Sporting - o Sporting que fica e perdura, não o Sporting que passa com a espuma dos dias.

Harpo calado e Groucho ausente

thumbnail_IMG_20180608_221722[1].jpg

 

Eis um retrato, em rigoroso exclusivo, do Grupo do Café Império, imortalizado pelo presidente Bruno de Carvalho numa das suas intervenções mais destemperadas, a 5 de Fevereiro, disparando contra tudo e todos com o País a escutar, numa altura em que ainda queria ouvir a voz dos sócios - ao contrário do que sucede agora.

 

Esta tornou-se a sede informal dos nossos periódicos jantares de grupo, que continuam a ser muito concorridos. A escolha do local não é fortuita: o Café Império foi inaugurado em 1955, numa época em que o Sporting pontificava no futebol nacional, ainda com alguns dos Cinco Violinos - como Travassos e Vasques - em plena actividade.

 

Portraits-Marx-Bros-Monkey-Business-Still[1].jpg

 

Perante a ementa do costume - bife da vazia, com ovo a cavalo e muitas batatas fritas, tudo regado com cerveja da boa - abancámos para mais um convívio, sexta à noite, indiferentes à guerra que se desenrolava nesse mesmo momento nos ecrãs, com Bruno de Carvalho e Jaime Marta Soares roubando protagonismo às telenovelas.

 

Havia um ecrã ligado, mas sem som. O equivalente ao novo "porta-voz" leonino - também ele emudecido. Bruno de Carvalho contratou-o alegadamente para não se desgastar tanto a dar a cara e a enrouquecer ainda mais as cordas vocais. Mas o veteraníssimo Fernando Correia, afinal, tem primado pelo silêncio, enquanto o presidente fala mais que nunca. Um bocado à semelhança dos irmãos Marx: Harpo, o mudo, limitava-se a dedilhar a harpa enquanto Groucho, o fala-barato, palrava pelos cotovelos.

 

café império.jpg

 

Em pleno Sporting versão Groucho, posámos para a fotografia.

 

Aqui estamos quinze: o Filipe Arede Nunes, o Francisco Chaveiro Reis, o Frederico Dias de Jesus, o José Navarro de Andrade, o João Caetano Dias, o João Goulão, o João Távora, o José Pimentel Teixeira, o Luciano Amaral, o Pedro Azevedo, o Pedro Bello Moraes, o Pedro Oliveira, o Rui Cerdeira Branco, o Tiago Cabral e o redactor desta acta. Que não será sujeita a nenhuma providência cautelar, antecipo desde já.

 

Guardámos uma cadeira para o Bruno. Mas, como sempre, ele não apareceu.

Entre os mais comentados

Nos 23 destaques feitos pelo Sapo em Maio para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções. Fazendo assim o pleno, sem falhar um dia. Para não variar.

Mais ainda: figurámos 22 vezes no pódio dos mais comentados - com sete "medalhas de ouro", onze de "prata" e quatro de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Hoje giro eu - O Mustang e o "Cool Dude" (48 comentários, segundo mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Sporting campeão (57 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - A liderança de Bruno (203 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (72 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Pontapés no traseiro (82 comentários, terceiro mais comentado)

Hoje giro eu - Ganhar o que está à mão, perder o que está ao pé  (106 comentários, segundo mais comentado)

Deixar fugir o título (52 comentários, segundo mais comentado)

O pior (56 comentários, segundo mais comentado)

Chega Ricardinho, sai Rui Patrício?  (98 comentários, segundo mais comentado)

Mais do mesmo (108 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - O Circo de Alvalade (176 comentários, o mais comentado do dia)

O que disse Carvalho? «Foi chato» (106 comentários, segundo mais comentado)

Hoje giro eu - Seremos Sporting sempre (183 comentários, o mais comentado do dia)

Agarrados (60 comentários, segundo mais comentado)

Está quase (92 comentários, segundo mais comentado)

Leitura recomendada (38 comentários, terceiro mais comentado)

Quem será o sucessor de Carvalho? (1) (74 comentários, segundo mais comentado)

Um erro colossal (texto revisitado) (70 comentários, o mais comentado do dia)

Os sete (76 comentários)

O que dizia ele há cinco anos (162 comentários, segundo mais comentado)

O crime compensa (54 comentários, terceiro mais comentado)

Hoje giro eu - Não ao radicalismo! (85 comentários, segundo mais comentado)

Mais dúvidas (103 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 2181 comentários nestes postais.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Setecentas visualizações por hora

Até para efeitos de documento futuro, eis os nossos números agregados dos últimos dez dias: 168.158 visualizações registadas no És a Nossa Fé. Significa, portanto, uma média de 16.815 visualizações diárias.

Ou 700 visualizações por hora.

É outra forma de comprovar como os leitores já não conseguem passar sem nós. Fazemos por retribuir: também não conseguimos passar sem quase todos vós. Alguma eventual excepção serve apenas para confirmar a regra.

Mais de 720 visualizações por hora

Em crescendo de audiência, este blogue registou 173.302 visualizações nos últimos dez dias. Acima de 17.300 visualizações diárias, o que corresponde a mais de 720 visualizações por hora, em termos médios. E a 12 visualizações por minuto.

Números que ainda mais nos responsabilizam, sabendo que somos um dos blogues mais lidos em Portugal, muito para além do próprio plano clubístico ou desportivo.

Só ontem

O És a Nossa Fé registou ontem, segunda-feira, 11.592 visitas e 24.526 visualizações. Números que ultrapassam, em larga medida, vários dos nossos jornais em linha. Cá estaremos, para justificar o interesse redobrado de tantos leitores naquilo que escrevemos. Sem papas na língua, como de costume.

[pub.] Tomem nota: quinta, 18.30

Convite Delito_27 abril-page-0.jpg

 

A sessão de lançamento do livro DELITO DE OPINIÃO realiza-se esta quinta-feira, pelas 18.30, na Livraria Almedina, situada no segundo piso do edifício Atrium Saldanha (Praça Duque de Saldanha), em Lisboa.

A obra será apresentada pelo escritor e jornalista Tiago Salazar.

Espero lá por vós, na companhia dos restantes autores desta obra colectiva que reúne alguns dos melhores textos publicados naquele blogue, fundado em Janeiro de 2009. 

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D