Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques  feitos pelo Sapo em Março para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Fazendo assim o pleno, pelo décimo mês consecutivo.

Além disso, figurámos  20 vezes no pódio  dos mais comentados - com treze "medalhas de ouro", seis de "prata" e uma de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em 58% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

A pior equipa técnica de sempre? (Parte 3) (97 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Prognósticos antes do jogo (70 comentários, o mais comentado do dia)

Hara-kiri  (136 comentários, o mais comentado do dia)

Nunca visto (98 comentários, o mais comentado do dia)

No próximo domingo estarei em Alvalade, na bancada... (70 comentários, segundo mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (84 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Rescaldo do jogo de ontem (60 comentários, o mais comentado do dia)

E o nosso dinheiro de volta? (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

A todos os níveis parece uma decisão má (23 comentários)

A responsabilidade criminal nem é o mais importante (2) (75 comentários, o mais comentado do dia)

Os jogadores de Varandas (3) (28 comentários)

Como deve ser apurado o campeão? (70 comentários, o mais comentado do dia)

Indiscutível (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

Os jogadores de Varandas (4) (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

Um pássaro na mão? (84 comentários, o mais comentado do dia)

Obviamente, aplaudo (62 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Tenham vergonha, não vale tudo... (70 comentários, o mais comentado do dia)

Só estas duas (68 comentários, o mais comentado do dia)

Tudo diferente, tudo novo (54 comentários, o mais comentado do dia)

Não posso estar mais de acordo (30 comentários, segundo mais comentado do dia)

A voz do leitor (52 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Diferença (30 comentários, terceiro mais comentado do dia)

 

Com um total de 1369 comentários nestes postais. Da autoria do António de Almeida, do Luís Lisboa, do Sol Carvalho, do Filipe Moura, do leitor JMA e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

 

Quem não viu, tivesse visto

IMG-20200307-WA0003-1-1.jpg

 

Com apertos de mão e sem máscara anti-vírus, à moda antiga, lá nos reunimos uma vez mais, à mesa do "nosso" Café Império, em novo convívio descontraído e acervejado.

Havia que pôr a conversa em dia. E não faltava assunto. Desde logo a contratação do treinador mais caro da história do futebol português, que permitiu ao Sporting de Braga, que equipa de vermelho, receber dez milhões em notas verdes - cinco já e outros cinco até Setembro, afiambrando ainda 155 mil euros em juros, à taxa de 6%. 

Foram escutadas palavras como "fezada", "loucura", "roleta". E até o sinistro vocábulo "lampião".

 

A necessidade de serem alterados os estatutos leoninos foi tema que mereceu amigável discussão - incluindo a possível introdução do princípio "um sócio, um voto". Não custa perceber que nada propiciará tanto debate interno do que este tema. 

Outro, ainda mais premente, relaciona-se com as perspectivas em torno do sucesso do mandato de Frederico Varandas. Aqui existiu maior consenso à volta da mesa, onde se reuniram treze convivas nada supersticiosos: parecem cada vez mais reduzidas as hipóteses de o antigo director clínico do Sporting ser lembrado no futuro como um presidente que deixou um legado positivo, tanto no clube como na SAD.

Este é um dilema que há-de ser sentido, nos dias que vão correndo, pelo actual presidente da Mesa da Assembleia Geral: Rogério Alves terá de estar cada vez mais atento ao que pensam realmente os sócios, pois não quererá ficar associado à história leonina por maus motivos. Ainda que isso implique a convocação de novas eleições para os órgãos sociais do clube antes do ano regulamentar previsto para o efeito, que é 2022.

 

Entre os que já declararam a vontade de defrontarem Frederico Varandas em próxima refrega eleitoral figura o nosso colega e amigo Pedro Azevedo, que no seu blogue pessoal deixou isso bem claro. Demarcando-se do silêncio tacticista que vem imperando nas hostes dos candidatos derrotados por Varandas em 2018 - designadamente João Benedito, José Maria Ricciardi, Fernando Tavares Pereira e Rui Jorge Rego, que por estes dias parecem ter feito voto de clausura mediática.

O Pedro Azevedo foi um dos oradores da noite no Império. Mas todos falámos, cada qual na sua vez, para dizermos o que sentimos neste momento atribulado (mais um) da vida do enorme clube que nos serve de traço de união. Por esta ordem alfabética: Edmundo GonçalvesEduardo Hilário, Francisco Almeida Leite, João Távora, José da Xã, José Navarro de Andrade, José Teixeira, Luís Lisboa, Ricardo RoqueRui Cerdeira Branco e Tiago Cabral. Além do escriba desta acta. 

 

IMG-20200306-WA0011-1.jpg

 

Quiseram servir-nos croquetes de entrada, vá lá saber-se porquê. Mas rejeitámos a sugestão, optando em alternativa por umas saborosas chamuças, regadas a imperial loura ou morena. O bife desta vez não gerou unanimidade à mesa: quem optou em alternativa por omelete de camarão ou polvo salteado com batata doce assada não se queixou. 

20200307_000609-2-1.jpg

O ponto alto chegou antes dos cafés e descafeinados. Com a entrada em cena de uma sobremesa líquida em dose dupla, proporcionada pela nossa estimada "correspondente algarvia" que da Serra de Monchique nos fez chegar duas apreciadas garrafas - uma contendo aguardente de medronho, outra a original melosa, que adiciona mel e limão ao medronho. (Nem sabes o que perdeste, Pedro Oliveira.)

E o repasto prolongou-se, madrugada de hoje já bem entrada, em novo round de amena discussão no passeio fronteiro ao restaurante. Outra saudável tradição que gostamos de cumprir - também marca registada destes joviais jantares de blogue. Que hão-de repetir-se uma vez e outra, para alegria partilhada de quem comparece e talvez para alguma inveja de quem não vai. Como diria o grande António Oliveira, «quem viu, viu; quem não viu, tivesse visto».

Entre os mais comentados

Nos 19 destaques  feitos pelo Sapo em Fevereiro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 19 menções. Fazendo assim o pleno, pelo nono mês consecutivo.

Além disso, figurámos  17 vezes no pódio  dos mais comentados - com nove "medalhas de ouro", sete de "prata" e uma de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em quase metade dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 19 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

F. Varandas cada vez mais perto do fim da linha... - III (137 comentários)

Que diferença (74 comentários)

Leonardo Jardim  (80 comentários, o mais comentado do dia)

 Em quem pensam votar os "Obrigado 71%"? (54 comentários, segundo mais comentado do dia)

Guerreiros da treta (102 comentários, o mais comentado do dia)

A "escola" de Alcochete (104 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

O mito da "União" (74 comentários, o mais comentado do dia)

Na frente (60 comentários, o mais comentado do dia)

Não acertam uma (38 comentários, segundo mais comentado do dia)

Letais ao Sporting (54 comentários, segundo mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (104 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Agitação no pântano (70 comentários, o mais comentado do dia)

Joguem à bola, pá! (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

Foi no Porto. E se fosse em Madrid? (40 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Quente & frio (76 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Rescaldo do jogo de ontem (46 comentários, segundo mais comentado do dia)

Vai marcando, mas longe de Alvalade (44 comentários, segundo mais comentado do dia)

Rafael Leão e Rúben Ribeiro (55 comentários, o mais comentado do dia)

A pique  (86 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de  1334 comentários  nestes postais. Da autoria do JPT, do António de Almeida, do José Cruz, do Edmundo Gonçalves, da CAL e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

És a Nossa Fé: 273 visualizações por hora

Nos últimos cinco dias, registámos 32.730 visualizações neste blogue. Média: 6546 visualizações diárias. Ou, fazendo as contas de outra forma, És a Nossa Fé tem 273 visualizações por hora, em média.

Cada vez com mais e melhores leitores, portanto. Números que registamos com natural satisfação. E como um desafio suplementar para os tempos mais próximos, que prometem proporcionar muitos focos de reflexão e debate.

Saudações Leoninas a todos quantos aqui passam, lendo e comentando.

Entre os mais comentados

Nos  23 destaques  feitos pelo Sapo em Janeiro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções. Fazendo assim o pleno, pelo oitavo mês consecutivo.

Além disso, figurámos  18 vezes no pódio  dos mais comentados - com 12 "medalhas de ouro", cinco de "prata" e uma de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em mais de metade dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

2019 em balanço (6) (16 comentários)

Sporting 2020 (17 comentários)

Sem clube (42 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (102 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Os pupilos do Mustafá (48 comentários, segundo mais comentado do dia)

500k (27 comentários)

Um manicómio em autogestão (110 comentários, o mais comentado do dia)

O que se julga em Monsanto (40 comentários, segundo mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (92 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Jumentude em coro com os mascarados (62 comentários, segundo mais comentado do dia)

Amar o Sporting (30 comentários)

Os "engripados" e o inimputável (80 comentários, o mais comentado do dia)

Não chamem "derby" ao clássico (26 comentários)

Ultra-javardice... (74 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Entradas e saídas (102 comentários, o mais comentado do dia)

V. Setúbal começa a limpar a casa (40 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Tudo muito mau (78 comentários, o mais comentado do dia)

Prioridades, realidades e utopia (34 comentários, segundo mais comentado do dia)

Lá como cá (104 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Prognósticos antes do jogo  (116 comentários, o mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de ontem (58 comentários, o mais comentado do dia)

A melhor venda de sempre no Sporting (134 comentários, o mais comentado do dia)

Podence (61 comentários, o mais comentado do dia)  

 

Com um total de  1497 comentários  nestes postais. Da autoria do António de Almeida, do José Cruz, do Sol Carvalho, do JPT, do leitor JG e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Mais de oito mil visualizações diárias

Nos últimos dez dias, este nosso (e vosso) És a Nossa Fé registou 82.706 visualizações. Ou seja, uma média de oito mil setecentas e seis por dia.

Sinal inequívoco do crescente interesse que suscitamos. Que ninguém tenha dúvidas: é mesmo para continuar assim, cheios de força.

Saudações leoninas a todos os leitores.

Começamos bem

Nos últimos dez dias, ainda a aquecer os motores neste início do nono ano de existência do nosso blogue, registámos 82.222 visualizações. Mais de oito mil visualizações diárias.

Caso para dizer, sem falsas modéstias: entrámos bem em 2020.

Quase um milhão de visitantes em 2019

Fechamos o ano com quase um milhão de visitantes e perto de dois milhões de visualizações.

Concretamente, ao longo de 2019 recebemos 846.220 visitas e registámos 1.873.242 visualizações.

Prova reiterada do interesse que este blogue continua a suscitar junto dos leitores. A oferta é plural e em vários tons, a procura mantém-se incessante.

Os nossos agradecimentos a todos pelas provas de confiança que insistem em transmitir-nos. Prometemos não abrandar o ritmo em 2020.

Entre os mais comentados

 

Nos  22 destaques  feitos pelo Sapo em Dezembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Fazendo assim o pleno, pelo sétimo mês consecutivo.

Além disso, figurámos 20 vezes no pódio  dos mais comentados - com 11 "medalhas de ouro", sete de "prata" e duas de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em metade dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Frederico Varandas cada vez mais perto do fim da linha - III (90 comentários, o mais comentado do fim de semana)

A importância de falar claro (66 comentários, segundo mais comentado do dia)

Que treinador seria bom para o Sporting, sem recursos para ir ao mercado? (70 comentários, segundo mais comentado do dia)

O elo mais fraco  (58 comentários, o mais comentado do dia)

Quente & frio (40 comentários, o mais comentado do dia)

Sem clube (50 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

Matheus Pereira (34 comentários, segundo mais comentado do dia)

Construir a casa pelo telhado (146 comentários, o mais comentado do dia)

Eles (76 comentários, o mais comentado do dia)

Quente & frio (90 comentários, o mais comentado do dia)

Silas, os titulares e a formação (90 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Letais ao Sporting (62 comentários, segundo mais comentado do dia)

Noite de velório (56 comentários, segundo mais comentado do dia)

Que diferença (52 comentários, segundo mais comentado do dia)

Carta ao Pai Natal (67 comentários, o mais comentado do dia)

Quente & frio (52 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Pódio: Camacho, Luís Maximiano, Plata (30 comentários, o mais comentado do dia)

Feliz e Santo Natal a todos os leitores (12 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Que desejos de Natal para o Sporting? (24 comentários, o mais comentado do dia)

Um fim de ano cheio de preços certos (26 comentários)

Vai chamar Joaquim a outro (40 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Feliz Ano Novo (42 comentários)

 

Com um total de  1275 comentários  nestes postais. Da autoria do António de Almeida, do Pedro Boucherie Mendes, do Paulo Guilherme Figueiredo, do José Cruz, do Edmundo Gonçalves e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Feliz Ano Novo

A todos os colegas de blogue. E aos nossos leitores.

Em especial a estes, que ao longo do ano que agora termina estiveram em destaque no És a Nossa Fé:

 

AJSSB

Álamo

Allfacinha

Alma Leonina

Ana Duarte

Ângelo

António

António Batista

António 1969

António Pereira

António Rodrigues

Aracaçu

Áurea

Balakov-Oceano

BlackLion

Bruno

CAL

Cardosão

Carla Pinho

Carlos Azevedo

Carlos Correia

Carlos Ferreira

Daniel Domingues

Daniel Gomes Borges

David

Diogo Castro

Fernando Albuquerque

Filipe Marques

Filipe Vaz Correia

Francisco Morais

Frederico Silva

Gonçalo Branco

Implacável

J.

Jemyself

JF1965

JG

JHC

JMA

J. Melo

João André

João Galhardo

João Gil

João Rafael

João SF

Jorge Santos

José Lima Curral

José Vieira

L

Leão de Queluz

Leão de Quiosque

Leão do Sul

Luís

Luís Almeida

Luís Barros

Luís Costa

Luís Ferreira

Luís Henriques

Luís Moreira

Manuel Parreira

Marcus Brutus

Maria Inês

Maria Oliveira

Mariana Gago da Silva

Mário Bento

MB

MG

Miguel Bento

Miguel Fernandes

Mike Portugal

Nuno Fernandes

Nuno Pereira

Nuno Rocha

Observador

Orlando Marinho

Paulo Maltez

Pedro Batista

Pedro Tarquínio

Pedro Wasari

Plínio

Ricardo Silva

Roberto Dias

Rodrigo Nicolau

Rodrigo Rafael Ribeiro

Romão

Rui Marado Moreira

Rui Miguel

Rumo Certo-Ventos Favoráveis

Rute Rockabilly

Sam

Sá Pinto

Sérgio Gomes

Sporting Com Filtro

Tiago Elias

Vasco Teixeira

Verde Protector

Vítor Cruz

Vítor Hugo Vieira

Entre os mais comentados

Nos  21 destaques  feitos pelo Sapo em Novembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 21 menções. Fazendo assim o pleno, pelo sexto mês consecutivo.

Além disso, figurámos 18 vezes no pódio  dos mais comentados - com 12 "medalhas de ouro", quatro de "prata" e duas de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em 57% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 21 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Nove jornadas, quatro líderes (44 comentários, o mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de ontem (74 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Não é possível (108 comentários, segundo mais comentado do dia)

Triste (70 comentários, segundo mais comentado do dia)

Não sei bem como dizer isto (62 comentários, o mais comentado do dia)

O que ganhámos desde 1986 no futebol (74 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (48 comentários, segundo mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de ontem (42 comentários, o mais comentado do dia)

Um mistério chamado Fernando (66 comentários, o mais comentado do dia)

Lembrar algumas promessas de Varandas (56 comentários, o mais comentado do dia)

Mais do mesmo (38 comentários)

Já chega de tanto erro (56 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Bruno: há que esperar pelo Europeu (28 comentários)

Nunca mais (72 comentários, o mais comentado do dia)

Demiral (44 comentários, o mais comentado do dia)

A inveja é o desporto nacional (38 comentários, o mais comentado do dia)

Uma nau à deriva (58 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Violência machista e benfiquista (24 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Da idolatria (38 comentários, o mais comentado do dia)

Sou brunista (18 comentários)

Quatro casamentos e um funeral (48 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

 

Com um total de 1106 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Boucherie Mendes, do Paulo Guilherme Figueiredo, do Pedro Oliveira e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

The Empire (Group) Strikes Back

Tentativa mal amanhada (bastante, mesmo) de uma "word cloud" de mais um jantar "És a Nossa Fé" (aka, "Grupo do Café Império"), 22 de Novembro de 2019.

Word cloud.png

Foto de família: 

IMG-20191122-WA0053.jpg

 

Presentes (por ordem aproximada de chegada ao recinto): "Caloiro" Paulo G. Figueiredo, "Mister" Pedro Correia, Luciano Amaral, Edmundo Gonçalves, Luís Lisboa, Filipe Arede Nunes, Pedro Azevedo, João Caetano Dias, Pedro Oliveira, José Navarro, José da Xã, Marta Spínola, Francisco Almeida Leite.

Presentes em espírito (e, aqui e ali, na conversa): Todos os autores e leitores do "És a Nossa Fé"

Sempre Presente: Sporting Clube de Portugal

Entre os mais comentados

Nos 23 destaques feitos pelo Sapo em Outubro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções. Fazendo assim o pleno, pelo quinto mês consecutivo.

Além disso, figurámos 19 vezes no pódio  dos mais comentados - com 16 "medalhas de ouro", duas de "prata" e uma de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em 69% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Prognósticos antes do jogo (114 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Varandas, Zenha e o dinheiro (58 comentários, o mais comentado do dia)

Já terminou a pré-temporada? (30 comentários)

Que onze titular hoje em Alvalade? (52 comentários, o mais comentado do dia)

Soma e segue (44 comentários)

2019/2020: os marcadores dos nossos golos (28 comentários)

O futebol português e os heróis do sofá (54 comentários, segundo mais comentado do dia)

O "avançado-centro" vai dedicar-se ao 'rap' (38 comentários)

Os melhores comentadores (48 comentários, o mais comentado do dia)

Um festival de javardice (94 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Torneira fechada (96 comentários, o mais comentado do dia)

O melhor do mundo (62 comentários, o mais comentado do dia)

Cumpra-se a lei (98 comentários, o mais comentado do dia)

Estão optimistas? (62 comentários, o mais comentado do dia)

A confrangedora mediocridade (106 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Nisto, estou com Varandas (158 comentários, o mais comentado do dia)

Olhar para Espanha (64 comentários, segundo mais comentado do dia)

Sobre entradas e saídas (52 comentários, o mais comentado do dia)

Coragem contra as claques (54 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (80 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Rescaldo do jogo de ontem (88 comentários, o mais comentado do dia)

Vão ter de falar (42 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (78 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1600 comentários nestes postais.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

 

Nos 21 destaques feitos pelo Sapo em Setembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 21 menções. Fazendo assim o pleno, pelo quarto mês consecutivo.

Além disso, figurámos  20 vezes no pódio  dos mais comentados - com dez "medalhas de ouro", nove de "prata" e uma de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Absolutamente inaceitável (120 comentários, segundo mais comentado do dia)

Mas como é que se treina no Sporting? (88 comentários, segundo mais comentado)

Mais uma corrida, mais uma viagem (94 comentários, segundo mais comentado)

O que diz Varandas (124 comentários, segundo mais comentado)

Salvar o Sporting dos "salvadores" (42 comentários, segundo mais comentado)

Vieram reforçar ou não? (92 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Portugueses (96 comentários, o mais comentado do dia)

Esclareçam-me, por favor (54 comentários, terceiro mais comentado do dia)

O que diz Salgado Zenha (20 comentários)

Pobre Sporting (84 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (122 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Rescaldo do jogo de ontem (88 comentários, segundo mais comentado)

Um árbitro nocivo ao futebol (92 comentários, o mais comentado do dia)

Que onze titular na Holanda? (64 comentários, segundo mais comentado)

Quente & frio (104 comentários, o mais comentado do dia)

Demissão (78 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Precisamos de árbitros como estes (92 comentários, o mais comentado do dia)

Estamos na corrida aos títulos (52 comentários, segundo mais comentado)

Já chega (182 comentários, o mais comentado do dia)

À deriva (62 comentários, segundo mais comentado do dia)

Ele é um dos nossos (110 comentários, o mais comentado do fim de semana)

 

Com um total de 1860 comentários nestes postais.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

60 mil visualizações em quatro dias

Em apenas quatro dias, entre terça e sexta-feira, o nosso blogue registou 60.052 visualizações, avalizadas pela plataforma Sapo, onde estamos inscritos desde a nossa fundação, em Janeiro de 2012.

Confirmando assim a crescente audiência do És a Nossa Fé. Um blogue que continua a ser vergonhosamente ignorado pela televisão do Sporting e pelo jornal do Sporting. Como se não existisse.

Em matéria de comunicação, a administração de Frederico Varandas tem acumulado erros atrás de erros.

Este é só mais um. Quase uma gota de água, entre tantos outros.

Ambição de campeão

Apaixonado pelo Sporting que sou, é com profundo orgulho que começo hoje a dar o meu modesto contributo para este blog de referência no mundo leonino. E com enorme gratidão pelo convite, claro.

Além da paixão verde-e-branca, e de uma inabalável confiança e sede de troféus, trago alguma experiência - de jornalismo, de Governo e de gestão.

O Sporting Clube de Portugal, naquilo que é a sua história incomparável no desporto em Portugal - que vai desde troféus europeus no futebol a ouro olímpico na maratona - está, para mim, sempre em primeiro lugar. Acima deste ou daquele indivíduo ou grupo. Se aqueles que o dirigem não se considerarem maiores do que esta Instituição, terão o meu apoio, mesmo nos momentos difíceis. Quando/se acharem maiores do que o Sporting, se confundirem com ele, ou simplesmente se aproveitarem dele, terão a minha oposição feroz.

Não podem esperar de mim a fulanização, o ataque pessoal, a descrença. Somos um clube com valores diferentes e temos de lutar por eles todos os dias, todos os minutos e segundos que estamos em campo. 

Vivemos uma fase desafiante, sim. Mas alguma vez houve fases fáceis, num país onde os nossos principais rivais têm um longo historial de manobrar as instituições e as regras a seu favor? A semântica não será o forte de LF Vieira, mas há dias gabava-se da "hegemonia" do seu clube no futebol português...

É importante sermos exigentes dentro de casa, e temos muito trabalho a fazer. Mas não nos podemos distrair de estar absolutamente vigilantes e actuantes em relação a tudo o que se passa à nossa volta. E não é preciso ir muito mais longe do que a última jornada para o demonstrar: três penáltis contra o SCP; uma expulsão absurda a favor do FCP no 1.º minuto de jogo; um Braga (os "guerreiros"...) apático contra o SLB, a marcar dois golos na  própria baliza.

E é isso que mais me preocupa no SCP de Frederico Varandas. Quero ver mais vigilância em relação aos nossos rivais e mais vontade de ganhar. Na entrevista de há dias, queria ter ouvido um plano para chegar ao título nacional - esta época ou, o mais tardar, na próxima. Queria ter ouvido várias vezes a palavra "campeão". Ou "campeonato". Em vez disso, ouvi muitas justificações, às vezes com uma truculência algo excessiva. Demasiado "olhar para dentro" e pouco olhar para fora. Podemos ter a melhor formação e a melhor equipa do campeonato. Mas nunca ganharemos nada enquanto o Sr. Vieira ajudar a compor os orçamentos de um terço (ou mais...) dos clubes da 1.ª Liga, comprando jogadores para depois despachar. Como, aliás, se entreteve a fazer nos últimos meses. É preciso falar sobre isto. Contra isto. 

Nada de masoquismos. Nada de carneirismos. Nada de choradinhos. Zero de dramatismos. Tudo pelo SCP.

SL

Goleada

Nos últimos cinco dias, registámos mais de 55 mil visualizações no És a Nossa Fé. Concretamente, 57.972 visualizações.

Uma goleada, portanto. Sempre em transição ofensiva, como gostam de dizer os doutores da bola.

Entre os mais comentados

 

Nos 22 destaques feitos pelo Sapo em Agosto para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Fazendo assim o pleno, pelo terceiro mês consecutivo.

Além disso, figurámos  21 vezes no pódio  dos mais comentados - com doze "medalhas de ouro" (em mais de metade dos dias), seis de "prata" e três de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Cinco Violinos (46 comentários, terceiro mais comentado do dia)

As gloriosas capas do jornal "A Bola" (18) (48 comentários, o mais comentado do dia)

Que equipa para amanhã? (60 comentários, segundo mais comentado do dia)

Segunda e última (132 comentários, segundo mais comentado)

Mais um (54 comentários, segundo mais comentado)

Estou preocupado (158 comentários, o mais comentado do dia)

Keizer quer dois reforços (132 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (140 comentários, o mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de ontem (40 comentários)

O que faz falta? (178 comentários, o mais comentado do dia)

Varandas preocupado (64 comentários, o mais comentado do dia)

Tatuagens & penteados (48 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (152 comentários, o mais comentado do dia)

Keizer, rua - II (44 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Não falam uns com os outros? (64 comentários, segundo mais comentado)

De comunicado em comunicado (92 comentários, segundo mais comentado)

Os escarros dos papagaios (144 comentários, o mais comentado do dia)

Continuam as poupanças (102 comentários, o mais comentado do dia)

Incompreensível (74 comentários, o mais comentado do dia)

Os hipócritas (78 comentários, o mais comentado do dia)

Avisem-me, por favor (48 comentários, terceiro mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (80 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1978 comentários nestes postais. Da autoria do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D