Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Entre os mais comentados

Nos 20 destaques feitos pelo Sapo em Fevereiro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 20 menções, atingindo assim o pleno. Uma vez mais.

Mas não só: figurámos também 19 vezes no pódio dos mais comentados - com duas "medalhas de ouro" e dezassete de "prata".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

566 jogos depois (36 comentários)

Prognósticos antes do jogo (112 comentários, o mais comentado do dia)

Isto não é sportinguismo, tenham vergonha... (150 comentários, segundo mais comentado do dia)

Que raio de alianças (49 comentários, segundo mais comentado)

Qual será o onze titular? (92 comentários, segundo mais comentado)

Quente & frio (68 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (80 comentários, segundo mais comentado)

No mínimo (54 comentários, segundo mais comentado)

Meios e tempo (58 comentários, segundo mais comentado)

Pontapé para baixo (100 comentários, o mais comentado do dia)

Naufrágio colectivo (180 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (36 comentários, segundo mais comentado)

O destituído (52 comentários, segundo mais comentado)

Inconcebível (50 comentários, segundo mais comentado)

Vale tudo (42 comentários, segundo mais comentado)

Quente & frio (62 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (92 comentários, segundo mais comentado)

Qual será o onze titular? (50 comentários, segundo mais comentado)

É tempo de fazer esta pergunta (56 comentários, segundo mais comentado)

Começar mal (66 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1627 comentários nestes postais. Da autoria do Edmundo Gonçalves, do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Império Leonino

esanossafe.jpg

 

O histórico café Império, agora muito IURD (não é B, é D), acolheu mais uma vez o jantar deste grupo heterógeneo de Sportinguistas, unidos pela participação num espaço de  discussão da actualidade do Clube, e coube-me a mim como caloiro fazer o relato para memória futura. 

Desta vez e enfrentando uma táctica de disposição de mesas que lembrava um duplo pivot à moda de Peseiro e que dificultava um pouco a comunicação do grupo, para além do habitual bife com ovo a cavalo regado com uma cerveja holandesa (que não se chamava Keiser) terminámos com um duplo shot de potente medronheira e licor de mel da serra algarvia atenciosamente oferecido pela nossa colega CAL, à qual muito agradecemos.

Foi realmente um grande prazer conhecer ao vivo as pessoas por detrás das opiniões e comentários expressos no blogue, ouvir das suas experiências e percursos, trocar ideias sobre muita coisa e sair mais rico em termos de entendimento do passado e presente do nosso clube. A conversa prolongou-se já depois na rua, as horas passaram bem depressa, e depois, já na volta para casa, e com a A5 mais uma vez entupida, lá tive que fugir pelo Estádio Nacional e passar em frente do local para mim marcado pela tristeza e vergonha que presenciei na ultima final da Taça. O Sporting é assim, capaz do melhor e do pior.

De tudo o que ouvi, parece-me que, existindo opiniões diferentes sobre muita coisa (por exemplo, de quem seria o treinador mais indicado para substituir o Keizer, não queremos de todo que se repita despedir um treinador sem substituto à altura no dia seguinte), registou-se um grande consenso sobre as mais importantes, a preocupação pela situação financeira do clube, a vontade de que o clube esteja bem e ganhe no estádio e pavilhão seja quem for o presidente, a importância de derrubar trincheiras e unir o clube, de manter a decência e urbanidade no blogue e de existir uma comunicação efectiva entre o clube e os sócios.

Concluindo, num momento marcado pela desconfiança e comportamentos agressivos entre sócios do mesmo clube foi com enorme satisfação que passei a integrar este grupo e voltar aos tempos em que cada Sportinguista era um amigo.

Saudações Sportinguistas e Sporting Sempre !!!

6.750 visualizações diárias

Só nos últimos dez dias, registámos 67.492 visualizações aqui no blogue. À média de 6.750 visualizações por dia. Outra prova - uma entre tantas - da popularidade do És a Nossa Fé. Que está hoje onde sempre esteve: na primeira linha da defesa intransigente dos legítimos interesses do Sporting - custe a quem custar, incomode quem incomodar. Mantendo o saudável pluralismo interno que sempre nos caracterizou.

Aqui não existe "unicidade" nem pensamento único. 

Alguém acha que é chato, como dizia o outro? Temos pena. Mas vamos continuar assim.

Somos muitos

Uma semana acaba, outra semana começa neste oitavo ano de vida do nosso blogue. Na que agora fica para trás, registámos 46.552 visualizações.

Na linha dos últimos 12 meses, em que tivemos mais de 2,2 milhões de visualizações. Concretamente, 2.206.080. Cerca de seis mil por dia.

Números que ainda mais nos animam a prosseguir. Haja o que houver no Sporting, cá estaremos em defesa do nosso clube, sempre maior do que a soma de todos os seus adeptos.

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques feitos pelo Sapo em Janeiro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 20 menções.

Mais ainda: figurámos 11 vezes no pódio dos mais comentados - com cinco "medalhas de ouro", cinco de "prata" e uma de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Mais de um milhão de visitas em 2018 (24 comentários, segundo mais comentado do dia)

Sete anos, 2557 dias (26 comentários)

Prognósticos antes do jogo (28 comentários, segundo mais comentado)

Cambada de imbecis (40 comentários)

Prognósticos antes do jogo (68 comentários, o mais comentado do dia)

Expliquem-me devagarinho (40 comentários, segundo mais comentado)

Ponto da situação (44 comentários)

Lacunas (84 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (70 comentários, o mais comentado do dia)

Um quis ganhar, o outro não (20 comentários)

Amanhã há Taça (36 comentários)

Quem são os três melhores? (90 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (96 comentários, o mais comentado do dia)

Jesus e Peseiro de regresso (26 comentários)

De Peseiro a Keizer (30 comentários)

Pergunta aos leitores (48 comentários, segundo mais comentado)

"Não vamos deixar que isto volte para trás" (26 comentários)

Pérolas de Joaquim Rita (36) (36 comentários, terceiro mais comentado)

Pérolas de Joaquim Rita (37) (34 comentários)

Estranha maneira de "apoiar" a equipa (38 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1012 comentários nestes postais. 

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Mais de um milhão de visitas em 2018

Este nosso blogue, que também é vosso, chega ao fim do ano com números bem expressivos: ao longo de 2018 recebemos 1.070.817 visitas e registámos 2.254.932 visualizações. Numa média diária de 5.704 visualizações - superior à das edições em linha de alguns jornais com expressão nacional.

Números que confirmam o És a Nossa Fé como um dos mais relevantes blogues portugueses, mesmo para além da realidade desportiva. É, portanto, o momento para agradecer a todos quantos nos visitam e nos comentam, mesmo quando discordam do que aqui se escreve: todos merecem a nossa consideração.

Fica a promessa: vamos continuar. Em defesa dos interesses permanentes do Sporting, que estão sempre para além de todas as personalidades e todas as conjunturas.

Entre os mais comentados

 

Nos 21 destaques feitos pelo Sapo em Dezembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 20 menções.

Mais ainda: figurámos 14 vezes no pódio dos mais comentados - com cinco "medalhas de ouro", quatro de "prata" e cinco de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Hoje giro eu - Concílio leonino (78 comentários, o mais comentado do dia)

Quem são os novos cinco violinos? (24 comentários)

Coentrão de regresso? (46 comentários, segundo mais comentado do dia)

O gozo que isto dá (78 comentários, o mais comentado do dia)

Desmentido em toda a linha (82 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (62 comentários, segundo mais comentado)

Obrigado, Cintra (48 comentários, segundo mais comentado)

Alguém me explica? (22 comentários)

Primeiras impressões (30 comentários)

Será mesmo? (24 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (80 comentários, o mais comentado do dia)

Comparações (28 comentários)

A manta é curta... e quando tapa a cabeça, destapa os pés  (32 comentários, segundo mais comentado)

Soma e segue (26 comentários, terceiro mais comentado)

Onde há verde, há esperança... Feliz Natal! (28 comentários, terceiro mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (64 comentários, o mais comentado do dia)

Afinal, é Natal (15 comentários, terceiro mais comentado)

Natal, nascer (17 comentários, terceiro mais comentado)

A diferença (22 comentários)

Quente & frio (32 comentários)

 

Com um total de 838 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do Luís Lisboa, do António de Almeida, do Edmundo Gonçalves do Pedro Oliveira e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Sapo do Ano 2018

21171518_QU3Zm[1].png

 

 

Só para lembrar que, entre centenas de blogues especializados em desporto, este nosso (e vosso) És a Nossa Fé figura entre os cinco finalistas ao galardão Sapo do Ano 2018, saudável competição que por estes dias está a animar a blogosfera, graças a uma excelente iniciativa da Magda Pais e do David Marinho. Continuamos a contar com a vossa confiança. E com o vosso voto. Que pode ser democraticamente exercido no quadradinho da praxe. Nada mais fácil: é só virem aqui e clicarem primeiro no quadrado correspondente a este blogue e depois na palavra "submeter".

Não custa nada.

 

Saudações Leoninas!

 

ADENDA: Aproveito para lembrar que o nosso endereço electrónico é sporting.blogs.sapo.pt.

Entre os mais comentados

Nos  22 destaques  feitos pelo Sapo em Novembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções - atingindo, portanto, a quota máxima. O que acontece pelo sétimo mês consecutivo.

Mais: este foi o único blogue a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 20 vezes no pódio dos mais comentados - com doze "medalhas de ouro", cinco de "prata" e três de "bronze".

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Frases da entrevista de Vieira (72 comentários, o mais comentado do dia)

A chicotada em curso (116 comentários, o mais comentado do dia)

Alto risco (70 comentários, o mais comentado do dia)

Battaglia: quem poderá substituí-lo? (60 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Marcel Keizer (49 comentários, o mais comentado do dia)

Sobre Peseiro (58 comentários, segundo mais comentado do dia)

A orfandade da idolatria (44 comentários, o mais comentado do dia)

O princípio do fim do hooliganismo em Alvalade? (179 comentários, o mais comentado do dia)

Onde estarão eles? (60 comentários, segundo mais comentado)

Basta (54 comentários, o mais comentado do dia)

O país dos minis (53 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Acto terrorista, disseram eles (42 comentários, segundo mais comentado)

Já podem votar em nós (74 comentários, o mais comentado do dia)

O velho crocodilo (38 comentários, segundo mais comentado)

Duas perguntas (48 comentários)

Brás & Braz (22 comentários)

Hoje giro eu - O amor acontece (Love actually) (38 comentários, segundo mais comentado)

O crime (36 comentários, terceiro mais comentado)

Letais ao Sporting (48 comentários, o mais comentado do dia)

Debater sem cobardia (28 comentários, terceiro comentado)

Benfica: enfim o penta (74 comentários, o mais comentado do dia)

Pesada herança (58 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1321 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do Filipe Arede Nunes, do António de Almeida, do Edmundo Gonçalves e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Debater sem cobardia

21171518_QU3Zm[1].png

 

Votar no És a Nossa Fé porquê?

Porque é um espaço de convívio entre aqueles que amam o verdadeiro desporto: o que se desenrola dentro das quatro linhas. Com vibração, calor humano, emoção transbordante.

Características transpostas para este blogue, fundado há quase sete anos. Também aqui se toma partido: somos sportinguistas. O próprio endereço electrónico o confirma desde logo: sporting.blogs.sapo.pt.

Mas isto não significa que sejamos adeptos do pensamento único. Debatemos muito entre nós. E recebemos em nossa casa adeptos de outras cores, com quem mantemos diálogos acalorados mas sem nunca confundirmos adversários com inimigos.

Noticiamos, criticamos, emitimos opinião. E todos assumimos o que escrevemos, assinando com os nossos nomes. Sem anonimatos, sem camuflagens, sem cobardia.

Ser Leão, para nós, também é isto.

 

(Texto que escrevi para justificar o voto em nós nos Sapos do Ano. A votação decorre até 15 de Dezembro.)

KISS - Keep it Simple, Stupid !

Com origem num engenheiro da indústria de defesa americana dos anos 60, este princípio diz que a grande maioria dos sistemas trabalham melhor se forem simples e não sofisticados e portanto que a simplicidade deveria ser um princípio base do seu desenho e toda a complexidade desnecessária evitada.

Isto para dizer o quê? Depois do brilhante génio de Jorge Jesus, e das suas complicadérrimas fórmulas  técnico/tácticas, muito para lá da compreensão de muitos dos jogadores que lhe passaram pelas mãos, que muito custaram e pouco produziram, e do duplo pivot do Peseiro, temos agora um holandês que parece adepto daquele princípio, a táctica é 4-3-3, o modelo é jogar rápido a 1-2 toques e centrar para o Bas Dost. E assim, primeiro jogo, primeira goleada. E quando abriu a boca, antes e depois do jogo, o que se ouviu foram também conceitos claros e simples.

Olhando para trás, os nossos treinadores campeões das dobradinhas, M.Lino, Allison e Boloni também não eram nada de complicar. Muito antes pelo contrário.

Será isso suficiente para o que aí vem ? Claro que não. Mas já deu para deixar de lado as minhas reticências curriculares sobre o Marcel Keizer, e ficar ansioso para ver o que se segue...

 

PS: Entretanto e como é o meu primeiro post aqui, quero agradecer ao Pedro Correia a oportunidade que me deu de integrar o grupo que me fui habituando a ouvir e respeitar, comentando, apoiando ou criticando sob o pseudónimo de SportingSempre, aproveitando também a oportunidade de reafirmar que sou sócio do Sporting há muito, adepto de bancada ainda há mais, leio os jornais e vejo os programas de TV que me apetece e não penso pintar o meu carro (prateado) de verde.

 

Saudações Leoninas,

Luis Lisboa

Sporting Sempre !!!

Já podem votar em nós

21171518_QU3Zm[1].png

 

 

Entre centenas de blogues especializados em desporto, este nosso (e vosso) És a Nossa Fé figura entre os cinco finalistas ao galardão Sapo do Ano 2018, saudável competição que por estes dias está a animar a blogosfera, graças a uma excelente iniciativa da Magda Pais e do David Marinho. É uma prova inequívoca de adesão dos leitores - desde logo aqueles que nos propuseram à pré-selecção, como já tinha assinalado aqui. Continuamos a contar com a vossa confiança. E, a partir de agora, também com o vosso voto. Que pode ser democraticamente exercido no quadradinho da praxe. Nada mais fácil: é só virem aqui e clicarem primeiro no quadrado correspondente a este blogue e depois na palavra "submeter".

Não custa nada.

 

Saudações Leoninas!

 

ADENDA: Aproveito para lembrar que o nosso endereço electrónico é sporting.blogs.sapo.pt.

Mais de 150 mil visualizações por mês

Registámos 51.989 visualizações, aqui no blogue, só nos últimos dez dias. O que aponta, no fim do mês, para uma média superior a 150 mil cliques de quem nos visita em busca de notícias, opiniões, trocas de impressões e motivos para debate - sempre interactivo, sempre em circuito de ida e volta entre quem escreve e quem vai comentando.

Em nome de todos os autores do És a Nossa Fé, agradeço a vossa participação. Quando apoiam, quando discordam e até quando se zangam connosco. Um blogue onde não se discute limita-se a vegetar. E o nosso está bem vivo.

Nomeação e votos

És a Nossa Fé está nomeado para os Sapos do Ano, na categoria blogue de desporto. Agradecemos aos leitores que nos nomearam e prometemos continuar a suscitar o vosso interesse. Porque este blogue, como várias vezes tenho sublinhado, não é só feito por quem o escreve: é também por quem o lê.

Não por acaso, todos os dias aqui destacamos quem nos comenta. E o comentador de hoje pode tornar-se o autor de amanhã.

Agora venham daí os vossos votos. Serão bem-vindos.

Entre os mais comentados

Nos 23 destaques feitos pelo Sapo em Outubro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções - atingindo, portanto, a quota máxima. O que acontece pelo sexto mês consecutivo.

Mais: este foi o único blogue a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 21 vezes no pódio dos mais comentados - com seis "medalhas de ouro", treze de "prata" e duas de "bronze".

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Dois erros (56 comentários, o mais comentado do dia)

Os melhores adeptos do mundo? (28 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Anatomia da Grei leonina (19 comentários)

O que Varandas herdou (40 comentários)

Duche antecipado (52 comentários, segundo mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (58 comentários, segundo mais comentado)

Convém lembrar (74 comentários, segundo mais comentado)

Um mês depois (62 comentários, segundo mais comentado)

Uma pergunta de fácil resposta (102 comentários, o mais comentado do dia)

Treze treinadores em seis épocas (76 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Levantar a cabeça (39 comentários)

Saber comunicar (52 comentários, segundo mais comentado)

A jagunçada (62 comentários, o mais comentado do dia)

Responda quem souber (64 comentários, segundo mais comentado)

O mistério Wendel (48 comentários, segundo mais comentado)

Quente & frio (82 comentários, o mais comentado do dia)

Sousa Cintra sobre Peseiro e Jesus (74 comentários, segundo mais comentado)

Ponto da situação (58 comentários, terceiro mais comentado)

Silêncio (82 comentários, segundo mais comentado)

Rui, Viviano, Salin, Renan, Maximiano (50 comentários, segundo comentado)

Quem joga para empatar acaba por perder (86 comentários, segundo mais comentado)

Este está disponível (62 comentários, segundo mais comentado)

Quem são os três melhores? (110 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1438 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do Pedro Boucherie Mendes e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos 20 destaques feitos pelo Sapo em Setembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 20 menções - atingindo, portanto, a quota máxima. O que acontece pelo quinto mês consecutivo.

Mais: este foi o único blogue a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 18 vezes no pódio dos mais comentados - com dez "medalhas de ouro", seis de "prata" e duas de "bronze".

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Mais dois que vão (78 comentários, o mais comentado do dia)

Sousa Cintra (52 comentários, segundo mais comentado do dia)

Passado (50 comentários, o mais comentado do dia)

Jovane Cabral (24 comentários)

Só eu sei porque não fico em casa! (60 comentários, o mais comentado do dia)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - Eleições  (65 comentários, segundo mais comentado)

Absolutamente derrotados (38 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Esta gente precisa de tratamento (96 comentários, o mais comentado do dia)

O que eu espero (1)  (28 comentários)

O que eu espero (2) (42 comentários, o mais comentado do dia)

A "rica herança" de Carvalho (52 comentários, segundo mais comentado)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - De volta! (42 comentários, o mais comentado do dia)

Assim se ia desgovernando (38 comentários, o mais comentado do dia)

Abraço (38 comentários, segundo mais comentado)

Indignaçõezinhas muito selectivas (44 comentários, segundo mais comentado)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - Cara baga? (38 comentários, terceiro mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (108 comentários, o mais comentado do dia)

Coragem, Peseiro! (67 comentários, segundo mais comentado)

Um recado às viuvinhas (48 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (102 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1120 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do José da Xã, do Duarte Fonseca e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Valeu quase por uma sondagem

Lembrei-me de recapitular, por curiosidade, os votos publicamente assumidos por quantos fazem este blogue ao longo da campanha eleitoral leonina que desembocou no histórico escrutínio de sábado.

Para perceber quem teria sido o eleito do És a Nossa Fé.

 

Breves notas prévias:

- A maioria dos autores não exprimiu apoio a nenhum candidato;

- Dois colegas admitiram estar indecisos perante duas opções distintas;

 - Durante a campanha tivemos dois autores convidados que exprimiram intenções de voto;

- Registou-se um "empate técnico" entre Frederico Varandas e João Benedito: valeu, portanto, quase por uma sondagem, antecipando de algum modo o que viria a resultar das urnas. Com o primeiro a vencer, por ter mais votos, e o segundo a congregar mais votantes.

 

.....................................................

 

Entre os que tomámos posição, alinhámo-nos do seguinte modo:

 

Por Frederico Varandas

Francisco Chaveiro Reis - «Ainda não sei a quem oferecer os meus cinco votos a oito de Setembro. Só conhecendo o elenco e a suas ideias, poderei escolher um favorito. Mas será difícil ter uma opinião que não esta: Frederico Varandas lidera a corrida, destacadíssimo.»

Helena Ferro de Gouveia - «Aceitei integrar a equipa de Frederico Varandas e pensar a inclusão da mulher no desporto. Dia 17 de Julho, pelas 18.30, na sede de campanha, apresento o #we too, porque nós sportinguistas queremos ver mais treinadoras, mais atletas do sexo feminino, mais modalidades abertas a mulheres, queremos um sério combate ao assédio sexual no desporto.»

João Távora - «Tomei a decisão de votar em Frederico Varandas. Convenceram-me a sua genuína vontade de ocupar o cargo, reflectida no corajoso e antecipado anúncio da sua candidatura, a lufada de juventude que transparece e a consistência da sua carreira como médico e militar, que dá indicações dum perfil decidido, resiliente e ponderado, qualidades necessárias para o difícil período que o nosso emblema enfrentará nos próximos tempos.»

Pedro Almeida Cabral - [Integrou a lista de candidatos aos órgãos sociais do Sporting liderada por Varandas, tendo tomado posse no domingo como secretário da Mesa da Assembleia Geral]

Pedro Boucherie Mendes - «Votarei em Frederico Varandas, satisfeito com a minha impressão e com o que ouvi dele e da sua candidatura. Nada tenho contra os outros candidatos, pelo que, qualquer que vença, será o meu presidente.»

Eu - «Obviamente, faço minhas as palavras do Mestre [que anunciou voto em Varandas].»

Ricardo Roque - «Declaração de interesses: integro a comissão de honra de Frederico Varandas, líder da candidatura Unir o Sporting. A minha intervenção no blogue não será condicionada por este meu posicionamento.»

 

Por João Benedito

Duarte Fonseca - «Votarei em João Benedito. (...) Provou inequivocamente durante a campanha que foi o candidato que mais evoluiu no seu discurso e que teve a capacidade de se adaptar a todas as circunstâncias mesmo quando o retiraram da sua zona de conforto.»

Frederico Dias de Jesus - «João Benedito terá os meus votos para Presidente do Sporting Clube de Portugal. Ninguém nasce presidente de nada, um presidente constrói-se à medida que se vai ultrapassando desafios. A capacidade que deve ter é a de liderança e de agregar pessoas com valências e conhecimentos.»

Leonardo Ralha - «O meu voto - e trata-se literalmente de um voto, pois segui durante quase toda a vida o ensinamento de Groucho Marx quanto a pertencer a clubes que me aceitem - neste sábado será entregue a João Benedito.»

Luís de Aguiar Fernandes - «Os meus quatro votos vão para João Benedito, obviamente.»

Pedro Bello Moraes - «Voto em João Benedito porque foi campeão várias vezes pelo Sporting. Logo, é campeão. O Benedito é um campeão. E no Sporting. Do Sporting. É, por isso, de todos os candidatos, o único que tem a cultura do clube que eu quero ver preservada, cultivada, aumentada, fortalecida.»

Rui Cerdeira Branco - «Neste momento acho mais comportáveis os riscos apresentados pelo João Benedito e mais valiosa a sua capacidade de unir a família e de projectar o Sporting para o futuro como um clube vencedor. Se as eleições fossem hoje votava no João Benedito.»

Zélia Parreira - «É o meu candidato. Tem a vontade e a garra necessárias. Tem o Sporting entranhado nas veias e na alma. Nada do que ele fez até hoje me envergonha ou embaraça, sempre foi motivo de orgulho sportinguista.»

 

Por Dias Ferreira

Filipe Costa e Silva (autor convidado) - «Devo dizer que faço parte dlista do Dr. Dias Ferreira e é sobretudo a este nível que aceitei o repto de vos escrever sobre futebol, num momento em que me parece determinante que os sportinguistas percebam que é hora de ser Sporting novamente.»

 

Por Rui Jorge Rego

Pedro Guerreiro Cavaco (autor convidado) - «Faço desde já uma declaração de interesses. Apoio Rui Rego e faço parte da Lista E, candidata à Assembleia Geral.»

 

Por Benedito ou Dias Ferreira

Edmundo Gonçalves - «Estou indeciso entre Benedito e Dias Ferreira, não sei se hei-de dar o meu aval ao novo pelas suas ideias inovadoras em detrimento do mais velho, ou se ao mais velho pela sua sabedoria e tudo o que isso possa ser uma mais-valia para o clube, em detrimento do mais novo.»

António F«Edmundo, o seu texto é o meu pensamento.»

 

 

ADENDA: Se por lapso tiver omitido a posição de algum colega, peço o favor de me corrigir.

Entre os mais comentados

Nos 23 destaques feitos pelo Sapo em Agosto para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções - atingindo, portanto, a quota máxima. O que acontece pelo quinto mês consecutivo.

Mais: este foi o único blogue a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 22 vezes no pódio dos mais comentados - com quinze "medalhas de ouro", seis de "prata" e uma de "bronze".

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

O que fazer com estes três? (38 comentários, o mais comentado do dia)

Isto merece troféu (56 comentários, o mais comentado do dia)

Reles rufia (64 comentários, o mais comentado do dia)

O queixinhas (76 comentários, o mais comentado do dia)

Dilema (46 comentários, segundo mais comentado do dia)

Implorar (26 comentários, o mais comentado do dia)

Perguntar não ofende (48 comentários, o mais comentado do dia)

Imperdoável (58 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo  (78 comentários, o mais comentado do dia)

Os brunecos (78 comentários, o mais comentado do dia)

Frases da campanha (2) (16 comentários)

Para que serve a Sporting TV? (56 comentários, o mais comentado do dia)

Finalmente, debates na Sporting TV (32 comentários, segundo mais comentado)

Incompreensível (164 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - uma Luz ao fundo do túnel (53 comentários, o mais comentado do dia)

Impressões do debate (22 comentários, segundo mais comentado)

Em quem votaria o Bruno? (1) (46 comentários, segundo mais comentado)

O caminho faz-se caminhando (36 comentários, terceiro mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (184 comentários, o mais comentado do dia)

Afinal só somos 90 mil sócios (84 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - a mão que embala o berço (84 comentários, o mais comentado do dia)

Este não é o Sporting que eu quero (66 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (60 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1481 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques feitos pelo Sapo em Julho para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Fazendo assim o pleno, sem falhar um dia. Para não variar.

Mais ainda: figurámos  22 vezes no pódio dos mais comentados - com onze "medalhas de ouro", dez de "prata" e uma de "bronze". Atingindo assim a quota máxima.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Haja fé (108 comentários, segundo mais comentado do dia)

Cambada de sportingados (74 comentários, segundo mais comentado)

Nada esqueceram, nada aprenderam (96 comentários, segundo mais comentado)

O que disse Sousa Cintra (110 comentários, segundo mais comentado)

Desafio às mulheres sportinguistas (75 comentários, segundo mais comentado)

O caminho faz-se caminhando (80 comentários, o mais comentado do dia)

Assim será (44 comentários, segundo mais comentado)

Hoje giro eu - Bruno acabou com a nostalgia de Cintra (207 comentários, o mais comentado do dia)

O que os jagunços disseram (134 comentários, o mais comentado do dia)

Tanto já feito em tão pouco tempo (146 comentários, o mais comentado do dia)

Quanto pior, melhor (96 comentários, o mais comentado do dia)

Tudo ao molho e FÉ em Deus - Geraldes contra os burocratas (50 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Que falta de nível (62 comentários, o mais comentado do dia)

Engraçade (78 comentários, o mais comentado do dia)

Obviamente, não (108 comentários, o mais comentado do dia)

Só pode queixar-se de si próprio (86 comentários, segundo mais comentado)

Em busca do salário perdido... (81 comentários, o mais comentado do dia)

Figo: sim ou não? (70 comentários, segundo mais comentado)

Carvão e transparência IV (77 comentários, segundo mais comentado)

Votariam em Sousa Cintra? (128 comentários, o mais comentado do dia)

Inaceitável (82 comentários, o mais comentado do dia)

O ódio (90 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 2001 comentários nestes postais. Da autoria do Edmundo Gonçalves, do Pedro Azevedo, do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D