Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Entre os mais comentados

Nos  21 destaques  feitos pelo Sapo em Novembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 21 menções. Alcançando assim o pleno, pelo 18.º mês consecutivo. Há um ano e meio que integramos esta lista, dia após dia.

Além disso, figurámos também  20 vezes no pódio  dos mais comentados - com treze "medalhas de ouro", seis de "prata" e uma de "bronze".

Fomos primeiros, portanto, em 61,9% dos dias que estiveram sob escrutínio.

 

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 21 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Mais que incompetência (56 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Rescaldo do jogo de ontem (84 comentários, o mais comentado do dia) 

À frente (54 comentários, segundo mais comentado do dia) 

O factor Amorim (38 comentários, o mais comentado do dia)

Perceber porque ele fala assim (38 comentários, segundo mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (76 comentários, o segundo mais comentado do fim de semana) 

O Sporting é mesmo um grande clube (40 comentários, terceiro mais comentado do dia)  

A ver se nos entendemos (52 comentários, o mais comentado do dia) 

Vieira (56 comentários, o mais comentado do dia)

A vingança de Iuri Medeiros (56 comentários, o mais comentado do dia) 

Contratações de Varandas e Viana (39 comentários, o mais comentado do fim de semana)

E ainda há quem acredite (119 comentários, o mais comentado do dia)  

Somos nós (64 comentários, o mais comentado do dia) 

Ristovski deve ser recuperado? (82 comentários, o mais comentado do dia) 

Do Sporting real e do Sporting virtual (58 comentários, o mais comentado do dia) 

Álbum de recordações (1) (28 comentários) 

Onze magníficos valem 65 milhões (30 comentários, segundo mais comentado do dia) 

28 golos em dez jogos (46 comentários, o mais comentado do dia) 

Pedro Marques (62 comentários, o mais comentado do dia) 

Prognósticos antes do jogo (72 comentários, o mais comentado do dia)

A diferença (62 comentários, segundo mais comentado do fim de semana) 

 

Com um total de 1212 comentários nestes postais. Do Luís Lisboa, do Edmundo Gonçalves e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos  22 destaques  feitos pelo Sapo em Outubro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Alcançando assim o pleno, pelo 17.º mês consecutivo.

Além disso, figurámos também  22 vezes no pódio  dos mais comentados - com dezoito "medalhas de ouro", três de "prata" e uma de "bronze".

Fomos primeiros, portanto, em 81,8% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Pérolas de Joaquim Rita (42) (58 comentários, o mais comentado do dia)

Ensaio Sobre a Cegueira (107 comentários, o mais comentado do dia) 

Francisco Geraldes e Gelson Dala (188 comentários, segundo mais comentado do fim de semana) 

Rescaldo do jogo de ontem (74 comentários, o mais comentado do dia)

Os imbecis (88 comentários, o mais comentado do dia)

Bem-vindo, João Mário (108 comentários, o mais comentado do dia) 

Nem um passo atrás (38 comentários, terceiro mais comentado do dia)  

Jogar feio, jogar bonito (76 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Dois Sportings dentro do Sporting (82 comentários, o mais comentado do dia) 

Quem foi o presidente que trouxe Yazalde? (58 comentários, o mais comentado do dia) 

Ele joga bem e gosta de marcar (38 comentários, segundo mais comentado do dia)  

Prognósticos antes do jogo (112 comentários, o mais comentado do dia)  

O que podemos nós fazer pelo Sporting? (72 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

O meu aplauso a Rúben Amorim (108 comentários, o mais comentado do dia) 

Nas provas reais e nas provas virtuais (46 comentários, o mais comentado do dia) 

 O nosso Bruno (70 comentários, o mais comentado do dia) 

As queixas do Porto e a luta do Sporting (50 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Esteve bem o presidente Frederico Varandas (120 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

Vergonhoso (46 comentários, o mais comentado do dia) 

A diferença entre o real e o virtual (54 comentários, o mais comentado do dia) 

Prognósticos antes do jogo (112 comentários, o mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de ontem (82 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1787 comentários nestes postais. Do Edmundo Gonçalves, do António de Almeida, do leitor Rui Miguel e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos  22 destaques  feitos pelo Sapo em Setembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Alcançando assim o pleno, pelo 16.º mês consecutivo.

Além disso, figurámos também  22 vezes no pódio  dos mais comentados - com doze "medalhas de ouro", nove de "prata" e uma de "bronze".

Fomos primeiros, portanto, em 54,5% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Tiago, Nuno, Gonçalo e... Pote (88 comentários, o mais comentado do dia)

Sétima pergunta aos leitores (70 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Não consigo ver qualquer lógica nisto (166 comentários, o mais comentado do dia) 

Chutado para canto (50 comentários, o mais comentado do dia)

Depois do jogo de hoje (60 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Uma treta (80 comentários, segundo mais comentado do dia) 

André Geraldes: um caso para reflectir (66 comentários, segundo mais comentado do dia)  

Oitava pergunta aos leitores (128 comentários, o mais comentado do dia)

De disparate em disparate (46 comentários, o mais comentado do dia) 

Nona pergunta aos leitores (84 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

Tudo é incerto (54 comentários, o mais comentado do dia)  

Décima pergunta aos leitores (88 comentários, o mais comentado do dia)  

O fracasso de Jesus (44 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Iremos jogar com quem? (84 comentários, o mais comentado do dia) 

Quem beneficia com isto? (42 comentários, o segundo mais comentado do fim de semana) 

Uma nomeação ridícula (62 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Academia Cristiano Ronaldo? Claro que sim (94 comentários, o mais comentado do dia) 

Teorias da conspiração (70 comentários, o mais comentado do dia) 

Há por aí algum optimismo? (62 comentários, o mais comentado do dia) 

F. Varandas cada vez mais perto do fim da linha... IV (72 comentários, segundo mais comentado do fim de semana) 

Rescaldo do jogo de ontem (58 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Ponta-de-lança: quais as vossas sugestões? (90 comentários, segundo mais comentado do dia)

 

Com um total de 1658 comentários nestes postais. Do Filipe Moura, do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Vinte mil

Cumpre-me assinalar um marco importante neste blogue: acabamos de publicar o nosso texto n.º 20 mil, que traz a assinatura do Filipe Moura.

É um número redondo, como agora se diz. E também um número muito expressivo, que confirma a militância de quem escreve e quem comenta no És a Nossa Fé. Cerca de 2400 artigos aqui publicados, em média, a cada ano que vai passando. Num espaço que funciona como permanente foco de reflexão e debate em torno do emblema que nos serve de traço de união. E também como arquivo vivo da história do Sporting desde 1 de Janeiro de 2012.

Vão seguir-se muitos outros. Porque a nossa vontade não esmorece. Porque há um número crescente de leitores a procurar-nos (registámos cerca de um milhão de visualizações desde que começou a pandemia). E porque fazemos questão de marcar presença na defesa dos interesses permanentes do Sporting. Que são sempre mais relevantes do que a soma dos interesses individuais, seja de quem for.

Entre os mais comentados

Nos  21 destaques  feitos pelo Sapo em Agosto para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 21 menções. Alcançando assim o pleno, pelo 15.º mês consecutivo.

Além disso, figurámos também  21 vezes no pódio  dos mais comentados - com doze "medalhas de ouro", cinco de "prata" e quatro de "bronze".

Fomos primeiros, portanto, em 57,1% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 21 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

O súbito "surto de dívidas" (94 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Alterações estatutárias: voto sim a isto (72 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Três momentos-chave (30 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Daria para rir se não fosse obsceno (124 comentários, o mais comentado do dia)

Do Oito ao Oitenta sem rede (62 comentários, segundo mais comentado do dia)

Sobre o i-voting (42 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

Sporting: 80 anos de troféus em relance (62 comentários, o mais comentado do dia)  

Três anos, três títulos (102 comentários, o mais comentado do dia)

Repto aos leitores (146 comentários, o mais comentado do dia) 

Primeira pergunta aos leitores (36 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Segunda pergunta aos leitores (102 comentários, o mais comentado do fim de semana)  

Terceira pergunta aos leitores (84 comentários, o mais comentado do dia)  

Quarta pergunta aos leitores (98 comentários, o mais comentado do dia) 

Quinta pergunta aos leitores (60 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Sexta pergunta aos leitores (106 comentários, o mais comentado do dia) 

Aprender com quem sabe (92 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

Cavani cavou (34 comentários, segundo mais comentado do dia) 

O Calabote do século XXI (100 comentários, o mais comentado do dia) 

Sporting com seis na convocatória sub-21 (38 comentários, o mais comentado do dia) 

Bayern, PSG, Sporting e mais alguns clubes (24 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Talvez seja bom sinal (42 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

 

Com um total de 1560 comentários nestes postais. Da autoria do Tiago Cabral, do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Eles passam, nós persistimos

Só nos últimos cinco dias, registámos 39.150 visualizações no És a Nossa Fé.

Média: 7.850 por dia.

Prova inequívoca - mais uma - do crescente interesse que este nosso blogue suscita junto da comunidade leonina.

Vamos continuar, sem quebra de energia, a caminho de uma nova temporada desportiva. Custe o que custar, haja os obstáculos que houver, num percurso que já leva quase nove anos. Elogiando o que houver para elogiar, criticando o que houver para criticar. Em atmosfera plural e construtiva, como sempre.

Por nós já passaram quatro presidentes e 14 treinadores da equipa principal do Sporting.

Eles vão passando, nós persistimos. De olhos no futuro.

Entre os mais comentados

Nos  23 destaques  feitos pelo Sapo em Julho para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções. Alcançando assim o pleno, pelo 14.º mês consecutivo.

Além disso, figurámos também  23 vezes no pódio  dos mais comentados - com catorze "medalhas de ouro", seis de "prata" e três de "bronze".

Fomos primeiros, portanto, em 60,8% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

A "chama imensa" por Jesus (70 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (78 comentários, o mais comentado do dia) 

Rescaldo do jogo de ontem (44 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Em frente leões... (124 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Prognósticos antes do jogo (44 comentários, o mais comentado do dia)

Os filhos da puta, parte enésima (34 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Perceber a diferença (48 comentários, segundo mais comentado do dia)  

Prognósticos antes do jogo (60 comentários, o mais comentado do dia)

Entradas e saídas: breve antevisão (44 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana) 

Fracasso travestido de sucesso (56 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Os maiores inimigos do Sporting (76 comentários, o mais comentado do dia)  

Prognósticos antes do jogo (74 comentários, o mais comentado do dia)  

Ainda não acabou (78 comentários, o mais comentado do dia) 

Já esquecidos de Alcácer-Quibir (84 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

Da absoluta falta de vergonha (48 comentários, o mais comentado do dia) 

Rescaldo do jogo de hoje (126 comentários, o mais comentado do dia) 

Entre o mau e o péssimo (82 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Nunca mais (86 comentários, o mais comentado do dia) 

Fechou-se o círculo (84 comentários, segundo mais comentado do fim de semana) 

Balanço da década (96 comentários, o mais comentado do dia) 

Receio o pior (80 comentários, segundo mais comentado do dia)  

Para sair (114 comentários, o mais comentado do dia)

A grande questão do momento (80 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1710 comentários nestes postais. Da autoria do Edmundo Gonçalves, do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos  22 destaques  feitos pelo Sapo em Junho para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Fazendo assim o pleno, pelo 13.º mês consecutivo.

Além disso, figurámos também  22 vezes no pódio  dos mais comentados - com quinze "medalhas de ouro", duas de "prata" e cinco de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em 68% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Os crimes de Alcochete (134 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Sporting com Rumo (80 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Os jogadores de Varandas (balanço) (76 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Prognósticos antes do jogo (56 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Um genuíno momento de alegria (40 comentários, o mais comentado do dia) 

Os de sempre (74 comentários, o mais comentado do fim de semana)  

Almas gémeas (72 comentários, o mais comentado do dia)

O contraste não podia ser maior (80 comentários, o mais comentado do dia) 

Democracia? Que democracia? (88 comentários, o mais comentado do dia) 

Uma sucessão de trapalhadas (38 comentários, o mais comentado do dia)  

Prognósticos antes do jogo (58 comentários, o mais comentado do fim de semana)  

Quem rende Vietto? (32 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

A claque em guerra com o clube (86 comentários, o mais comentado do dia) 

Prognósticos antes do jogo (44 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Decidam-se (74 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Desde a chegada de Rúben Amorim (62 comentários, segundo mais comentado do fim de semana) 

O campeão do assobio (62 comentários, o mais comentado do dia) 

Modelo de Governação de Samuel Almeida (57 comentários, o mais comentado do dia) 

O caluniador (60 comentários, o mais comentado do dia) 

Higiene que já tardava (72 comentários, o mais comentado do dia)  

Tranquilidade (88 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Cinco jornadas com Rúben Amorim (40 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1473 comentários nestes postais. Da autoria da CAL, do Francisco Chaveiro Reis e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos  21 destaques  feitos pelo Sapo em Maio para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 21 menções. Fazendo assim o pleno, pelo 12.º mês consecutivo.

Além disso, figurámos  19 vezes no pódio  dos mais comentados - com treze "medalhas de ouro", cinco de "prata" e uma de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em 62% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 21 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

O Sporting faz milionários (90 comentários, o mais comentado do dia)

Irão passar a jogar de máscara? (46 comentários, segundo mais comentado do fim de semana) 

Dois pesos, duas medidas (44 comentários, segundo mais comentado do dia) 

Reflexões de Nuno Saraiva (38 comentários, segundo mais comentado do dia)

Concordam ou não com ele? (42 comentários) 

O que diz Varandas (58 comentários, o mais comentado do dia)  

Um abraço ao Quaresma (68 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Tem tudo para correr mal (64 comentários, o mais comentado do dia) 

Modelo presidencialista - Miguel Poiares Maduro (59 comentários, o mais comentado do dia) 

A terceira volta (34 comentários)   

Uma data para lembrar sempre (38 comentários, o mais comentado do dia)  

Para que nunca se repita (58 comentários, segundo mais comentado do fim de semana) 

Carlos Vieira: antes e depois (50 comentários, o mais comentado do dia)

Antecipar eleições? (81 comentários, segundo mais comentado do dia) 

SAD leonina: ceder ou não ceder? (80 comentários, o mais comentado do dia)

Ponto da situação (44 comentários, o mais comentado do dia) 

Slimani e Beto: sim ou não? (100 comentários, o mais comentado do fim de semana) 

Palhinha é para deitar fora? (86 comentários, o mais comentado do dia) 

A aposta na formação... de capital em Braga (40 comentários, terceiro mais comentado do dia) 

Os jogadores de Varandas (10) (86 comentários, o mais comentado do dia)  

Bruno de Carvalho... (218 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1424 comentários nestes postais. Da autoria da CAL, do António de Almeida, do Paulo Guilherme Figueiredo, do António F. e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Um ano

De Maio de 2019 a Maio de 2020. Um ano, sem falhar um dia. Doze meses consecutivos em que És a Nossa Fé figurou sempre na lista diária dos dez blogues mais comentados em toda a plataforma Sapo. Este é, aliás, o único blogue que pode orgulhar-se de tal proeza.

Uma marca que não teria sido possível sem os milhares de leitores que todos os dias nos visitam, lêem e comentam - só nas últimas 48 horas, registámos 14.819 visualizações. Umas vezes elogiando, outras criticando. Apontando falhas ou manifestando apoio. Vários deles, de resto, têm escrito connosco - passando das caixas de comentários ao espaço principal do blogue. Numa explícita demonstração da importância que lhes reconhecemos.

Um ano em destaque contínuo merece ser assinalado. Porque não é só no futebol que se marcam golos. Também no mundo da comunicação digital isso acontece. E é caso para celebrarmos em conjunto - todos, autores e comentadores. Como elementos de um vasto plantel vestido de verde e branco.

250 mil comentários

Um blogue vale também pelos comentários que suscita e estimula. Sendo esta uma das medidas para avaliar o grau de aceitação de qualquer projecto como o nosso junto da dinâmica comunidade leonina, aqui fica o registo: acabámos de superar a marca dos 250 mil comentários recebidos e arquivados no És a Nossa Fé.

No seu conjunto, nas suas luzes e sombras, nas suas grandezas e misérias, todos ajudam a escrever a história de oito anos e meio do Sporting Clube de Portugal. Importante agora, mais relevante ainda para um investigador futuro. E prova cabal de que muitos nos acompanham. Cada vez mais.

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques  feitos pelo Sapo em Abril para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Fazendo assim o pleno, pelo 11.º mês consecutivo.

Além disso, figurámos 18 vezes no pódio  dos mais comentados - com doze "medalhas de ouro", quatro de "prata" e duas de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em 54,5% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Mudar estatutos: um sócio/um voto (62 comentários, o mais comentado do dia)

Mudar estatutos: limite de mandatos (50 comentários, o mais comentado do dia)

Mudar estatutos: idoneidade dos candidatos aos órgãos sociais do clube (32 comentários)

Adrien, Cédric, João Mário, Slimani, Veloso (30 comentários)

Três perguntas (44 comentários, segundo mais comentado do dia)

Bruno saiu na melhor altura (52 comentários, segundo mais comentado do dia)

Faz hoje dois anos que aconteceu em Alvalade (120 comentários, o mais comentado do dia)

Bruno tem toda a razão (48 comentários, o mais comentado do dia)

Noites de pesadelo (52 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Nenhum destes capitães sabe escrever? (30 comentários)

Destilar ódio (76 comentários, o mais comentado do dia)

É tempo de fazer estas perguntas (50 comentários, o mais comentado do dia)

Uma enorme incógnita (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

Não aprendeu mesmo nada... (180 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Os batoteiros (30 comentários)

 O lampião (68 comentários, o mais comentado do dia)

O Tarzan do 5.º Esquerdo (38 comentários, terceiro mais comentado do fim de semana)

Insúa e Nani: e se votassem? (60 comentários, o mais comentado do dia)

Evidência histórica (3) (84 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

O fim das claques? (42 comentários, o mais comentado do dia)

Altice suspende pagamentos a todos os clubes da I e II Liga (31 comentários, terceiro mais comentado do dia)

O FC Porto deve ser proclamado campeão? (72 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1325 comentários nestes postais. Da autoria do António de Almeida, do Edmundo Gonçalves, da CAL e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques  feitos pelo Sapo em Março para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Fazendo assim o pleno, pelo décimo mês consecutivo.

Além disso, figurámos  20 vezes no pódio  dos mais comentados - com treze "medalhas de ouro", seis de "prata" e uma de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em 58% dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

A pior equipa técnica de sempre? (Parte 3) (97 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Prognósticos antes do jogo (70 comentários, o mais comentado do dia)

Hara-kiri  (136 comentários, o mais comentado do dia)

Nunca visto (98 comentários, o mais comentado do dia)

No próximo domingo estarei em Alvalade, na bancada... (70 comentários, segundo mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (84 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Rescaldo do jogo de ontem (60 comentários, o mais comentado do dia)

E o nosso dinheiro de volta? (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

A todos os níveis parece uma decisão má (23 comentários)

A responsabilidade criminal nem é o mais importante (2) (75 comentários, o mais comentado do dia)

Os jogadores de Varandas (3) (28 comentários)

Como deve ser apurado o campeão? (70 comentários, o mais comentado do dia)

Indiscutível (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

Os jogadores de Varandas (4) (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

Um pássaro na mão? (84 comentários, o mais comentado do dia)

Obviamente, aplaudo (62 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Tenham vergonha, não vale tudo... (70 comentários, o mais comentado do dia)

Só estas duas (68 comentários, o mais comentado do dia)

Tudo diferente, tudo novo (54 comentários, o mais comentado do dia)

Não posso estar mais de acordo (30 comentários, segundo mais comentado do dia)

A voz do leitor (52 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Diferença (30 comentários, terceiro mais comentado do dia)

 

Com um total de 1369 comentários nestes postais. Da autoria do António de Almeida, do Luís Lisboa, do Sol Carvalho, do Filipe Moura, do leitor JMA e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

 

Quem não viu, tivesse visto

IMG-20200307-WA0003-1-1.jpg

 

Com apertos de mão e sem máscara anti-vírus, à moda antiga, lá nos reunimos uma vez mais, à mesa do "nosso" Café Império, em novo convívio descontraído e acervejado.

Havia que pôr a conversa em dia. E não faltava assunto. Desde logo a contratação do treinador mais caro da história do futebol português, que permitiu ao Sporting de Braga, que equipa de vermelho, receber dez milhões em notas verdes - cinco já e outros cinco até Setembro, afiambrando ainda 155 mil euros em juros, à taxa de 6%. 

Foram escutadas palavras como "fezada", "loucura", "roleta". E até o sinistro vocábulo "lampião".

 

A necessidade de serem alterados os estatutos leoninos foi tema que mereceu amigável discussão - incluindo a possível introdução do princípio "um sócio, um voto". Não custa perceber que nada propiciará tanto debate interno do que este tema. 

Outro, ainda mais premente, relaciona-se com as perspectivas em torno do sucesso do mandato de Frederico Varandas. Aqui existiu maior consenso à volta da mesa, onde se reuniram treze convivas nada supersticiosos: parecem cada vez mais reduzidas as hipóteses de o antigo director clínico do Sporting ser lembrado no futuro como um presidente que deixou um legado positivo, tanto no clube como na SAD.

Este é um dilema que há-de ser sentido, nos dias que vão correndo, pelo actual presidente da Mesa da Assembleia Geral: Rogério Alves terá de estar cada vez mais atento ao que pensam realmente os sócios, pois não quererá ficar associado à história leonina por maus motivos. Ainda que isso implique a convocação de novas eleições para os órgãos sociais do clube antes do ano regulamentar previsto para o efeito, que é 2022.

 

Entre os que já declararam a vontade de defrontarem Frederico Varandas em próxima refrega eleitoral figura o nosso colega e amigo Pedro Azevedo, que no seu blogue pessoal deixou isso bem claro. Demarcando-se do silêncio tacticista que vem imperando nas hostes dos candidatos derrotados por Varandas em 2018 - designadamente João Benedito, José Maria Ricciardi, Fernando Tavares Pereira e Rui Jorge Rego, que por estes dias parecem ter feito voto de clausura mediática.

O Pedro Azevedo foi um dos oradores da noite no Império. Mas todos falámos, cada qual na sua vez, para dizermos o que sentimos neste momento atribulado (mais um) da vida do enorme clube que nos serve de traço de união. Por esta ordem alfabética: Edmundo GonçalvesEduardo Hilário, Francisco Almeida Leite, João Távora, José da Xã, José Navarro de Andrade, José Teixeira, Luís Lisboa, Ricardo RoqueRui Cerdeira Branco e Tiago Cabral. Além do escriba desta acta. 

 

IMG-20200306-WA0011-1.jpg

 

Quiseram servir-nos croquetes de entrada, vá lá saber-se porquê. Mas rejeitámos a sugestão, optando em alternativa por umas saborosas chamuças, regadas a imperial loura ou morena. O bife desta vez não gerou unanimidade à mesa: quem optou em alternativa por omelete de camarão ou polvo salteado com batata doce assada não se queixou. 

20200307_000609-2-1.jpg

O ponto alto chegou antes dos cafés e descafeinados. Com a entrada em cena de uma sobremesa líquida em dose dupla, proporcionada pela nossa estimada "correspondente algarvia" que da Serra de Monchique nos fez chegar duas apreciadas garrafas - uma contendo aguardente de medronho, outra a original melosa, que adiciona mel e limão ao medronho. (Nem sabes o que perdeste, Pedro Oliveira.)

E o repasto prolongou-se, madrugada de hoje já bem entrada, em novo round de amena discussão no passeio fronteiro ao restaurante. Outra saudável tradição que gostamos de cumprir - também marca registada destes joviais jantares de blogue. Que hão-de repetir-se uma vez e outra, para alegria partilhada de quem comparece e talvez para alguma inveja de quem não vai. Como diria o grande António Oliveira, «quem viu, viu; quem não viu, tivesse visto».

Entre os mais comentados

Nos 19 destaques  feitos pelo Sapo em Fevereiro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 19 menções. Fazendo assim o pleno, pelo nono mês consecutivo.

Além disso, figurámos  17 vezes no pódio  dos mais comentados - com nove "medalhas de ouro", sete de "prata" e uma de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em quase metade dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 19 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

F. Varandas cada vez mais perto do fim da linha... - III (137 comentários)

Que diferença (74 comentários)

Leonardo Jardim  (80 comentários, o mais comentado do dia)

 Em quem pensam votar os "Obrigado 71%"? (54 comentários, segundo mais comentado do dia)

Guerreiros da treta (102 comentários, o mais comentado do dia)

A "escola" de Alcochete (104 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

O mito da "União" (74 comentários, o mais comentado do dia)

Na frente (60 comentários, o mais comentado do dia)

Não acertam uma (38 comentários, segundo mais comentado do dia)

Letais ao Sporting (54 comentários, segundo mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (104 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Agitação no pântano (70 comentários, o mais comentado do dia)

Joguem à bola, pá! (36 comentários, segundo mais comentado do dia)

Foi no Porto. E se fosse em Madrid? (40 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Quente & frio (76 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Rescaldo do jogo de ontem (46 comentários, segundo mais comentado do dia)

Vai marcando, mas longe de Alvalade (44 comentários, segundo mais comentado do dia)

Rafael Leão e Rúben Ribeiro (55 comentários, o mais comentado do dia)

A pique  (86 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de  1334 comentários  nestes postais. Da autoria do JPT, do António de Almeida, do José Cruz, do Edmundo Gonçalves, da CAL e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

És a Nossa Fé: 273 visualizações por hora

Nos últimos cinco dias, registámos 32.730 visualizações neste blogue. Média: 6546 visualizações diárias. Ou, fazendo as contas de outra forma, És a Nossa Fé tem 273 visualizações por hora, em média.

Cada vez com mais e melhores leitores, portanto. Números que registamos com natural satisfação. E como um desafio suplementar para os tempos mais próximos, que prometem proporcionar muitos focos de reflexão e debate.

Saudações Leoninas a todos quantos aqui passam, lendo e comentando.

Entre os mais comentados

Nos  23 destaques  feitos pelo Sapo em Janeiro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções. Fazendo assim o pleno, pelo oitavo mês consecutivo.

Além disso, figurámos  18 vezes no pódio  dos mais comentados - com 12 "medalhas de ouro", cinco de "prata" e uma de "bronze". Fomos primeiros, portanto, em mais de metade dos dias que estiveram sob escrutínio.

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

2019 em balanço (6) (16 comentários)

Sporting 2020 (17 comentários)

Sem clube (42 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (102 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Os pupilos do Mustafá (48 comentários, segundo mais comentado do dia)

500k (27 comentários)

Um manicómio em autogestão (110 comentários, o mais comentado do dia)

O que se julga em Monsanto (40 comentários, segundo mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (92 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Jumentude em coro com os mascarados (62 comentários, segundo mais comentado do dia)

Amar o Sporting (30 comentários)

Os "engripados" e o inimputável (80 comentários, o mais comentado do dia)

Não chamem "derby" ao clássico (26 comentários)

Ultra-javardice... (74 comentários, segundo mais comentado do fim de semana)

Entradas e saídas (102 comentários, o mais comentado do dia)

V. Setúbal começa a limpar a casa (40 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Tudo muito mau (78 comentários, o mais comentado do dia)

Prioridades, realidades e utopia (34 comentários, segundo mais comentado do dia)

Lá como cá (104 comentários, o mais comentado do fim de semana)

Prognósticos antes do jogo  (116 comentários, o mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de ontem (58 comentários, o mais comentado do dia)

A melhor venda de sempre no Sporting (134 comentários, o mais comentado do dia)

Podence (61 comentários, o mais comentado do dia)  

 

Com um total de  1497 comentários  nestes postais. Da autoria do António de Almeida, do José Cruz, do Sol Carvalho, do JPT, do leitor JG e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Mais de oito mil visualizações diárias

Nos últimos dez dias, este nosso (e vosso) És a Nossa Fé registou 82.706 visualizações. Ou seja, uma média de oito mil setecentas e seis por dia.

Sinal inequívoco do crescente interesse que suscitamos. Que ninguém tenha dúvidas: é mesmo para continuar assim, cheios de força.

Saudações leoninas a todos os leitores.

Começamos bem

Nos últimos dez dias, ainda a aquecer os motores neste início do nono ano de existência do nosso blogue, registámos 82.222 visualizações. Mais de oito mil visualizações diárias.

Caso para dizer, sem falsas modéstias: entrámos bem em 2020.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D