Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Balanço (3)

Miguel-Lopes1[1].jpg

 

O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre MIGUEL LOPES:

 

- Francisco Melo: «É certo e sabido que não tem tiques de Slimstar, nem amuos de vedeta, e não sendo o melhor lateral-esquerdo do mundo, não compromete.» (19 de Agosto)

- Eduardo Hilário: «Num plantel com Cédric, Miguel Lopes e Esgaio, não há lugar para André Geraldes.» (22 de Agosto)

- Edmundo Gonçalves: «Que belos jogos tem vindo a fazer.» (7 de Abril)

- Eu: «Evidenciou-se novamente em dimensões importantes das tarefas que lhe são confiadas enquanto lateral direito: velocidade, capacidade de drible e qualidade de passe. Foi dele a assistência para o primeiro golo. Baixou de rendimento na segunda parte, devido a aparentes problemas de ordem muscular, mas voltou a justificar a titularidade.» (12 de Abril)

Pódio: Miguel Lopes, João Mário, Carrillo

Por curiosidade, aqui fica a soma das classificações atribuídas à actuação dos nossos jogadores no Sporting-V. Guimarães pelos três diários desportivos:

 

Miguel Lopes: 18

João Mário: 18

Carrillo: 18

Nani: 16

Adrien: 15

Ewerton: 15

Slimani: 15

Rui Patrício: 15

William Carvalho: 14

Jefferson: 13

Paulo Oliveira: 12

Carlos Mané: 12

André Martins: 9

Tobias Figueiredo: 1

 

Os três jornais elegeram Miguel Lopes como figura do jogo.

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Da goleada. O Sporting impôs-se hoje com toda a clareza ao V. Guimarães. Venceu e convenceu.

 

Da desforra. Ri melhor quem ri por último. O triunfo de hoje foi duplamente saboroso por ter sido contra a equipa que nos impôs a mais amarga derrota da temporada - ainda durante a primeira volta do campeonato. Ao intervalo já ganhávamos por 3-0 - os números da nossa derrota em Guimarães.

 

De João Mário. Deu início à vitória, logo aos 14', com um belo golo a partir de um excelente cruzamento de Carrillo. Revelou a qualidade de sempre - energia, combatividade, destreza técnica - mas reforçou-a ao aperfeiçoar uma veia goleadora que lhe faltava. Actuou, sobretudo durante a primeira parte, no apoio directo a Slimani e soube prender os centrais adversários.

 

De Miguel Lopes. Óptima primeira parte, coroada com um disparo à barra aos 32' que esteve na origem directa do segundo golo. Movimentou-se muito bem na ala direita, onde actuou como substituto de Cédric, com velocidade e capacidade de drible. E desta vez os centros saíram-lhe com precisão. Um deles, aos 45', conduziu ao terceiro golo, marcado por Slimani. Já tinha sido ele a recuperar a bola, entregando-a a Carrillo, no lance do primeiro golo. O melhor em campo.

 

Do nosso corredor direito. Chegou a ter momentos brilhantes, sobretudo na última meia hora do primeiro tempo. Miguel Lopes e Carrillo articularam muito bem o jogo ofensivo. Não por acaso, os três primeiros golos surgem desta ala.

 

De Adrien. Marcou de grande penalidade, aos 34'. Demonstrando ser o nosso maior especialista em penáltis. E voltou a actuar com garra e determinação no meio-campo leonino. Aos 75' teve um gesto altruísta ao aceder ao pedido de Nani para marcar o penálti. Pedido aceite. E Nani marcou, ao contrário do que sucedera contra o Arouca no início do campeonato.

 

De Ewerton. Marco Silva voltou a apostar nele como titular no eixo da defesa. Aposta ganha. O brasileiro - reforço de Inverno do Sporting - confirmou as qualidades já reveladas nas duas partidas anteriores. Fez vários cortes oportunos e decisivos. Um deles, aos 89', quando já jogávamos com dez e Tobias Figueiredo funcionava como segundo defesa central (no lugar de Paulo Oliveira, entretanto expulso).

 

De Slimani. Marcou o segundo golo, de cabeça, confirmando que é o melhor jogador de área deste Sporting 2014/15. E nunca virou a cara à luta, como bem se comprovou ao ficar com a cabeça ensanguentada num dos vários choques que protagonizou. Já totaliza 11 golos nesta época oficial, tendo superado Montero.

 

Que tivéssemos reforçado a terceira posição. Com esta vitória, encurtámos a distância em relação ao Benfica (três pontos) e ao FC Porto (dois). E estamos cada vez mais longe do Braga (que se encontra agora nove pontos atrás do Sporting).

 

Que continuemos invictos em casa. Vinte e seis jornadas sem uma derrota em Alvalade.

 

 

Não gostei

 

Deste V. Guimarães. Uma sombra da equipa que defrontámos na primeira volta. É certo que não contou com Hernâni (transferido entretanto para o FCP) e João Afonso (lesionado), mas isso não explica tudo.

 

Da imprudência de Paulo Oliveira. Já advertido com um cartão amarelo, fez outra falta sem necessidade que o levou a ser expulso quando ganhávamos por 4-0. Não contaremos com ele na próxima jornada, frente ao Paços de Ferreira.

 

Dos cartões em excesso. Neste jogo Miguel Lopes, Adrien, William Carvalho e Carlos Mané também viram o amarelo. Adrien será outra baixa contra o Paços de Ferreira.

Puro Sporting

Nani voltou. Quase 7 meses depois de aqui mesmo ter acalentado tal desejo. Que maravilha!

A última vez que um reforço me entusiasmou tanto, tanto foi em Agosto de 2001, um senhor chamado... Mário Jardel. A sua vinda suscitou no interior de cada sportinguista a forte convicção de que o título, mais do que nunca, poderia ser uma realidade em Maio do ano seguinte. E assim aconteceu.

Salvas as devidas distâncias, a equipa desta época não tem os craques dos tempos de Jardel, mas uma tripla como Nani, Carlos Mané e Carrillo faz-nos sonhar.

Entretanto, noticiam os periódicos desportivos que Miguel Lopes, sportinguista dos 7 costados, aceita reduzir o salário para ficar no plantel. Hoje mesmo participou no treino aberto ao público. Miguel Lopes é certo e sabido que não tem tiques de Slimstar, nem amuos de vedeta, e não sendo o melhor lateral-esquerdo do mundo, não compromete. A sua permanência só fica comprometida com o facto de já haver, à partida, dois jogadores para a sua posição. 

A semana e meia do fecho do mercado de inverno, quem diria que o reforço mais sonante da nossa Liga não é nenhum dos 13 reforços do Porto, alguns dos quais contratados a peso de ouro, nem tampouco nenhum reforço do Benfica, mas Nani, simplesmente, Nani!

Do dia para a noite

Bruma, 17 de Junho:

«Sempre tive uma boa relação com o Sporting. Nunca me trataram mal. É o clube do meu coração. O Sporting é o clube que eu amo.»

 

Miguel Lopes, 7 de Julho:

«Nunca quis sair do Sporting, mas como sportinguista tive de o fazer.»

 

Advogado de Bruma, 11 de Julho:

«Bruma está com a cabeça totalmente fora do Sporting.»

 

Dois casos, duas atitudes, dois modo antagónicos de estar no futebol. Um jogador que não foi formado no Sporting mas é sportinguista do coração e outro que, devendo tudo ao clube, afinal só é sportinguista da boca para fora. Ou, pelo menos, assim parece.

Ilustríssimo presidente Pinto da Costa

Ficámos hoje a saber, através de declarações suas, que do atual plantel do Sporting "só o Rui Patrício teria qualidade para jogar no FC Porto". Eu acho estas suas declarações altamente preocupantes. Mas, ao contrário do que se possa julgar, eu acho-as preocupantes... para os jogadores do FC Porto, e não do Sporting. Com efeito, do plantel do Sporting faz parte Miguel Lopes, que há poucos meses atrás era jogador... do FC Porto. Será que Pinto da Costa alguma vez terá dito a Miguel Lopes que ele "não tem categoria" para jogar no FC Porto? Esta questão deveria ser esclarecida. Se nunca tiver dito isto ao Miguel, conclui-se que o presidente não é um homem digno de confiança, nem para com os jogadores do seu clube. Se eu fosse a eles, ficaria mesmo preocupado.
Fosse o selecionador um outro e a história demonstra que, no período a seguir a um jogador do Sporting receber um elogio seu, esse jogador não é convocado para a seleção. O que vale é que com o atual selecionador esta hipótese nem se põe, mas se eu fosse ao Rui Patrício que, tanto quanto eu sei, gosta muito e sente-se honrado de representar a seleção nacional, ficaria apreensivo.
De qualquer maneira, senhor presidente, consta que o senhor foi reeleito com mais de 99% dos votos. Parabéns. Para usar a mesma conhecida expressão de um simpático dirigente do PCP, eu duvido seriamente que o FCP não seja uma democracia.

Vai mais uma troca?

Sportinguista desde pequenino? OMFG, diria eu se fosse norte-americano...

Retórica à parte, Miguel Lopes é um bom jogador e poderá ajudar o Sporting na lateral-direita, contribuindo para a evolução de Cédric & Cia.

É só pena que não seja o elemento do plantel do FC Porto de que mais precisávamos. Esse seria o Kleber, pois terminaria esta particularidade de o Sporting ter apenas um ponta-de-lança disponível para a temporada.

Não foi desta, mas não devemos desesperar. Pode ser que o Pinto da Costa tenha interesse em povoar o meio-campo do Dragão com esses dinâmicos Elias e Pranjic, os quais passariam a jogar para a frente, igualando o milagre da resistência às lesões de Izmailov.

Sábias palavras

As do 'nosso' José de Pina, no facebook:

Miguel Lopes e Izmailov foram trocados directamente sem dinheiro envolvido. Miguel Lopes ía sair a custo zero, logo, Izmailov ficou de borla para o Porto. GRÁTIS! Numa futura venda ambos os clubes têm 50% do passe, só que, Izmailov tem 30 anos e pode nunca mais ser vendido, Miguel Lopes com 26 anos de certeza que será vendido. Conclusão: Porto irá receber futuramente dinheiro de um jogador que ía sair a custo zero e fica com Izma (que pode dar certo) e o Sporting fica sem Izmailov (que tinha mercado), por metade do preço de Miguel Lopes, um banal defesa direito que recebe 1 MILHÃO por ano. E ninguém vai preso no Sporting?

O bold é meu. 

Preço Justo

Se a intenção da direcção é, como afiança o Record, trocar, sem quaisquer compensações financeiras para um ou outro lados, Izmailov por Miguel Lopes, o negócio é extraordinariamente pesado para o Sporting. O Sr. Eng. Godinho Lopes devia, antes, pedir ao Sr. Pinto da Costa para aceder  a um acordo mais equilibrado, do género nós cedemos o Izmailov e o Porto, em contrapartida, não nos manda o Miguel Lopes. 

Está tudo louco?

Eu sei que estamos com problemas financeiros. Sei que Izmailov é um jogador caro, sei que tem tido problemas de lesões e confusões. Sei também que é só o nosso melhor jogador. Percebo e compreendo que seja necessário vender. Mas ao Porto? Mas o que é isto? 

Acho inaceitável este negócio. Então mas não pode simplesmente ir para a Rússia? Não há nenhum clube no mundo que queira Marat Izmailov? É que parece quase que o tipo vai de borla. Não me digam que Miguel Lopes ou Kadu são moedas de troca. 

Miguel Lopes? Mas e o Cédric e o Arias não chegam? 

Kadu? Mas quem é o Kadu? O que fez este jogador de diferente de Victor Golas? E não há outros de 18 anos por Alcochete? 

Já não chega desta palhaçada?

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D