Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

O Rumo Certo

Esqueçam a capa, esqueçam as lampionices de V. Serpa, Delgado e F. Guerra, "A Bola" tem hoje 9 belas páginas sobre o nosso Sporting Clube de Portugal, com destaque para Bruno Fernandes (o lado pessoal deste nosso grande jogador, grande capitão e grande homem também), Marcel Keizer (os números não mentem) e Miguel Albuquerque.

Grande entrevista deste último, 16 anos de trabalho no Sporting, entrevista essa com ênfase no futsal mas passando pelas modalidades principais, e explicitando uma política desportiva para as modalidades ganhadora e sustentável com a qual me identifico em absoluto.

Frases a reter:

" ...esta conquista tem de ser um exemplo de perseverança, o exemplo do que é perseguir um objectivo de uma forma fria e calculista, de acreditar sempre num objectivo e de ter um projecto para chegar a um objectivo e uma linha condutora para nos levar ao sucesso." (foram três finais perdidas para finalmente ganhar a 4.ª)

"... temos tido a preocupação de criar referências e ter uma mescla de jogadores experientes, estrangeiros internacionais com jogadores da nossa formação... O ADN do Sporting será sempre a formação, no futebol e nas modalidades. Mas não ganhamos nada só com a formação."

"Não vamos acrescentar modalidades. O Sporting precisa de reequilibrar as suas modalidades, reorganizar os projectos desportivos; temos de começar a olhar mais para a formação."

"O Sporting não vai conseguir ganhar sempre.... O que eu quero é ganhar muitas vezes. Fazer um projecto de cinco anos e dizer assim: em cinco anos ganhámos 3, e se ganharmos 3 é positivo porque ganhamos mais do que os outros."

"O investimento nas modalidades é para continuar....ninguem ganha se não investir. Tem é de haver equilíbrio."

É isto mesmo. O rumo certo, independentemente dos condicionalismos do momento, das fraquezas e infortúnios, o rumo que corresponde ao lema do Clube. 

Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting.

SL

A importância da estabilidade

Lembram-se dos nomes que chamaram há dois anos a Nuno Dias?

Eu lembro-me. Não esqueço.

 

Parabéns a ele, que resistiu a tudo - incluindo ao "fogo amigo", que ficou bem evidente após a final perdida em 2017.

Parabéns a Miguel Albuquerque, peça indispensável das modalidades leoninas, sempre com vocação vencedora.

E, claro, parabéns aos jogadores. Destaco o capitão João Matos, o campeão com mais títulos no futsal português. E o grande guarda-redes Guitta, que fez a diferença na final de ontem com uma exibição inesquecível: foi, de longe, a melhor contratação leonina desta época. Com reflexos óbvios na conquista do nosso primeiro troféu europeu numa modalidade que apaixona cada vez mais adeptos.

 

Lembro que Nuno Dias trabalha desde 2012 no Sporting. Isto apenas confirma que não basta a competência: é também fundamental haver estabilidade.

O caminho faz-se caminhando. Nada se consegue com fogachos de curto prazo.

Em que ficamos?

ripe-banana-bananas-stock-today-150710-tease_fc46b

Já foi publicado por aí nos jornais e na blogosfera leonina, não será necessário estar com muitos rodriguinhos: O Sporting foi ao FCPorto jogar na modalidade de hoquei em patins. Dirigentes do FCPorto ameaçaram durante os dias que antecederam o jogo, que os dirigentes do Sporting iriam ser "apertados". Durante o jogo uns filhos da puta invadiram o espaço destinado à comitiva do Sporting e um deles deu um murro no olho da mulher de Miguel Albuquerque, há fotos a circular. 

É certo que no fim de semana estive um pouco a "leste", mas só hoje um comentário a um post do Pedro Correia me despertou a curiosidade para o caso.

Entretanto ainda não vi nenhuma posição pública (não se exige peixeirada, só que se marque uma posição) do clube sobre o assunto, antes uma comunicação de Miguel Albuquerque, que me parece a título pessoal. 

Independentemente de o caso, grave, ter que merecer a atenção da federação respectiva e os portistas terem que ser severamente punidos, onde anda o tipo que assina por secretário de estado do desporto? E onde andam aquelas medidas xpto que o governo tomou aqui há meses?

E onde está uma posição clara deste Conselho Directivo contra estas atitudes anti-desportivas? Diabo, diz-se que o calado morreu de velho, mas não consta que tivesse ganho nada com isso e já é muita trampa a circular e os nossos dirigentes sem reacção.

O caminho faz-se caminhando

Miguel Albuquerque, que chegou a ser apontado como eventual candidato à presidência leonina, declara apoio à candidatura de Frederico Varandas. Segundo o jornal A Bola, em caso de vitória de Varandas poderá ser o futuro director-geral para as modalidades. Com a incumbência de trazer o basquetebol de regresso a Alvalade.

Albuquerque, personalidade muito acarinhada por sócios e adeptos, assumiu em 2009/2010 as funções de director do futsal leonino. Como responsável máximo da modalidade, apresenta um excelente currículo: 25 títulos nacionais e 35 distritais. 

O caminho faz-se caminhando. Varandas continua a marcar pontos na pré-campanha eleitoral do Sporting. Sem necessidade de permanecer acampado noite após noite nos estúdios televisivos - o que não seria prova de força, mas de fraqueza.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D