Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Balanço (20)

markovic4[1].jpg

  

  O que escrevemos aqui, durante a temporada, sobre MARKOVIC:

 

- Alexandre Poço: «Vamos gritar "Marko, Marko, Marko" ao mesmo tempo que fazemos vénias sucessivas como ontem fizemos ao Gelson e ao Adrien. Ele precisa de tempo (3/4 jornadas e está no ponto), a magia está lá toda.» (15 de Setembro)

- Luís de Aguiar Fernandes: «Podem dizer que o Markovic se esqueceu do que é jogar à bola.» (31 de Outubro)

- Francisco Vasconcelos: «Ainda não devo ter acordado bem e estou a sonhar, mas parece que finalmente o Markovic ficou de fora dos convocados.» (6 de Novembro)

- Eu: «Disparate sem nome é insistir em Markovic. Jogar com o sérvio é jogar só com dez. Voltou a acontecer: colocado no onze titular, como segundo avançado, o ex-jogador do Benfica nada fez de positivo. Agarra-se à bola e transporta-a para lugar nenhum, perde com facilidade a noção de espaço, é um parafuso solto no colectivo.» (7 de Dezembro)

- Luciano Amaral: «A equipa técnica e a direcção arranjaram um amontoado de coxos que não dão qualquer garantia (Elias, Markovic, Alan Ruiz, André, Petrovic...). E assim é preciso pôr sempre os mesmos a jogar e eles não não chegam para todas.» (13 de Dezembro)

- Francisco Chaveiro Reis: «Gastamos de mais em jogadores que jogam de menos. Douglas, Meli, Petrovic, Paulista, Elias, Castaignos, Markovic ou André têm as portas de saída escancaradas.» (19 de Janeiro)

- Francisco Melo: «Apesar das sucessivas apostas feitas por Jorge Jesus (que fez do relançamento da carreira do seu ex-pupilo um dos seus propósitos para esta temporada), a verdade é que Markovic esteve longe, muito longe, de justificar as elevadas expectativas geradas com a sua chegada ao Sporting.» (23 de Janeiro)

- Rui Cerdeira Branco: «Teve mais oportunidades do que qualquer jogador da cantera, provavelmente do que todos eles juntos e nunca passou de um fantasma do que foi, mal amado em Alvalade, fator imediato de azia para muitos adeptos.» (14 de Maio)

Foi (L)azar, Markovic!

img_770x433$2016_09_25_02_00_44_1161243.jpg

Na semana passada, colega de trabalho portista, em conversa sobre o fiasco que se revelara a passagem de Markovic pelo Sporting, partilhava a seguinte reflexão «quando um jogador que é avançado, chega a um clube como o Sporting e escolhe como número da camisola o 3, não pode estar bem da cabeça».

Apesar das sucessivas apostas feitas por Jorge Jesus (que fez do relançamento da carreira do seu ex-pupilo um dos seus propósitos para esta temporada), a verdade é que Markovic esteve longe, muito longe, de justificar as elevadas expectativas geradas com a sua chegada ao Sporting. Ainda me recordo da animada discussão, no último jantar do blogue, sobre quem seria o parceiro ideal de Bas Dost, com vários companheiros de escrita a apostarem as fichas no sérvio.

Markovic foi uma aposta falhada e depois dele virá quem faça pior. Faz parte da história do futebol.

Foi pena Markovic não ter conseguido explodir no Sporting, mas ainda bem que, em tempo, a direcção terminou com a agonia que se vinha sentindo (de parte a parte), prosseguindo agora cada um com a sua vida.

Vai ser craque entre nós

O Markovic. Vai marcar golos, fazer assistências e levantar Alvalade, cada vez que Jesus o passar da condição de titular para substituído. Vamos gritar "Marko, Marko, Marko" ao mesmo tempo que fazemos vénias sucessivas como ontem fizemos ao Gelson e ao Adrien. Ele precisa de tempo (3/4 jornadas e está no ponto), a magia está lá toda. Que L'azar vão ter as defesas contrárias lusas. E polacas. E alemãs. Os outros têm muita sorte, não contam.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D