Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Nunca pensei dizer isto, temos de ser fortes: Marega esteve bem

Vamos lá a ver, não há aqui meias tintas: Marega fez bem, se não saísse de campo era mais um incidente que passava despercebido. No futebol há muito lodo, muita coisa a mudar, para o racismo não pode haver lugar. Para ontem. 

E não está aqui em causa que não haja insultos nos estádios, que seria do futebol sem palavrões de um adepto inflamado? Eu não os uso e até devia, tem a ver com um regrar muito pessoal. Mas estou mais que habituada a ouvir, ou fazer que não ouço, insultos no estádio. Tanto vernáculo para usar e recorre-se a sons simiescos? Leiam Bocage, está lá bem aplicado o português a ser usado. 

Falando em Marega, e nos mal entendidos que já pululam por todo o lado, ninguém pede que deixem de o insultar, Marega enquanto adversário é detestável, um provocador, quem não pensou já cobras e lagartos do avançado do Porto? A questão é que a raça não tem nada a ver com o assunto. Insulte-se por igual, não se meta o racismo na equação. Por que há-de estar o que se diz condicionado mais à cor da pele que ao comportamento provocador ou à camisola que usa em campo? Não faz sentido, e quanto mais cedo se interiorizar que não há lugar ao racismo em lado nenhum, melhor para todos. 

Quanto às teorias bacocas de racismo bom ou racismozinho que surgem sempre nestas alturas, são lixo, não há nada a ter em conta ali. 

Aproveito para recordar que Balotelli ameaçou sair do campo em Novembro, num jogo frente ao Verona, por motivos semelhantes. O resultado foi que o líder da bancada de onde vinham os insultos racistas foi banido até 2030. Sublinho que Balotelli não precisou de  sair do campo para haver consequências.  

Reitero: Marega esteve bem. 

A virilha de Marega

BBoEEOl[1].jpg

 

Depois de Danilo, chegou a vez de José Sá e Marega. Sim, o mesmo Marega cuja transferência para o Sporting estaria apalavrada por 3,5 milhões de euros, o mesmo Marega que A Bola na sua edição em papel de hoje e a edição digital do diário O Jogo há menos de duas horas já davam como certo em Alvalade.

Eis um padrão de comportamento em todo o esplendor: quando lhe consta que o Sporting está interessado num dos seus jogadores, o presidente do Marítimo - num ímpeto frenético digno de causar inveja a qualquer corsário das ilhas - corre a oferecê-los de bandeja a Pinto da Costa.

Percebe-se agora melhor a "indisposição" de Marega, que ontem pediu para sair de campo aos 32 minutos, alegando "queixas na virilha", quando o Marítimo defrontava o FC Porto. Perante certas situações dignas de causar náuseas, até a virilha se queixa.

Penas e anseios destes dias chatos

Já supunha que, à última da hora, o FC Porto iria fazer com que o assunto Danilo se torcesse a seu favor, manobrando junto dos empresários que detêm 30% do passe do rapaz. É o costume. O SCP fala directamente com ele, o FC Porto impede-o de seguir a sua vontade e dar sequência à promessa que tinha feito ao Jesus. O Marítimo vê-se na obrigatoriedade de vender a parte que falta para a totalidade do passe ao grupo de empresários, que depois coloca o Danilo no FC Porto. Se o futebol não tivesse este tipo de intermediários, o FC Porto perdia 70% da sua força, porque quanto mais opaco for o meio melhor o FC Porto se move. Com o Maxi parece que também ganharam a contenda. É tanta a sofreguidão em secar as hipóteses dos outros que eles acabam por se prejudicar. Veja-se, por exemplo, o Kléber e o Rúben Micael. Na altura, em fase de afirmação, ambos tinham dado um jeitaço ao SCP. Foram para o FC Porto e... flop. Mais do que querer estes jogadores, o FC Porto não quer que eles vão para os rivais. O caso do Maxi é diferente, pela saída do Danilo. E eu até digo: reconhecendo a qualidade do Maxi, e a importância que teria a sua presença na passagem das ideias do Jesus ao sector defensivo, prefiro que ele vá para o FC Porto. Porquê? Não sei bem. Intuição. Custa-me, isso sim, a perda do Danilo. Estava muito esperançado na formação de um bloco William-Danilo, com o segundo a ficar mais atrás e a libertar o primeiro para aquilo que tem de melhor, que é a organização e circulação do jogo. Curiosamente, ontem tinha pensado que era bom contratarmos o Marega e hoje aparece essa hipótese no Record. É um portento físico e está bem longe de ser tosco, com a moral em alta desgasta qualquer defesa. A ida do Jefferson para o Galatasaray cheira-me bem, porque tem um travo a regresso do Bruma, que já percebi não agradar à maioria dos meus colegas de blogue. A mim encher-me-ia de felicidade: é um talento puro que, muito jovem e mal aconselhado, cometeu um erro grave. Cabe-nos mostrar que somos a sua casa, a sua família, e que estamos prontos a fazer o que, no mercado desumano do futebol, outros não fariam: dar-lhe uma segunda oportunidade. Sobre a necessidade de um central, discordo de que nos faça falta um velho. Não quero mesmo o Bruno Alves. Ainda ontem vi o Paulo Oliveira a mandar na defesa dos sub-21 e reforcei a ideia de que ele e o Ewerton têm margem para crescer e formar a melhor dupla de centrais em Portugal. Com o Tobias na sombra e outro, sim, que poderá e deverá ser bom, e até experiente, mas nunca velho, estaremos recomendáveis. E, sobretudo, convém que não compremos Taarabts e Carcelas. Bojinovs e Shikabalas já chegam para nos ensinar essa lição.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D