Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Recado ao presidente da MAG, Jaime Marta Soares

Caro consócio, antes de mais a minha solidariedade pela ameaça à sua integridade física e pela agressão verbal e intimidatória de que foi alvo no estádio alugado pela federação portuguesa de futebol para a realização do jogo de qualificação para o Mundial, no passado Sábado, 25.

Se graves eram já os acontecimentos, eles são tão mais graves porquanto o caro consócio exerce, por legítima vontade dos demais associados do Sporting Clube de Portugal, o honroso cargo de Presidente da Mesa da Assembleia Geral.

Sendo públicas as agressões de que foi alvo, terá cada um de nós, sócios e por extensão cidadãos, o dever de as denunciar às autoridades, se estas não tiverem agido em conformidade com a legislação em vigor e que é a de informar as autoridades judiciais acerca de acontecimentos tão graves e lesivos da sua integridade física e moral, que nos atingem a todos, que o caro PMAG representa e que são mais de 150.000.

Vivendo num país onde a impunidade impera infelizmente, e nomeadamente no que ao futebol e demais desportos diz respeito, o meu conselho, meu caro consócio, é que estando muito dentro do prazo legalmente concedido, exerça o seu direito de ofendido e proceda a queixa-crime contra os energúmenos que tão cobarde e insidiosamente o ofenderam. Eles estão claramente identificados.

Não se trata de ser queixinhas, caro Marta Soares. Sabemos que irá dar em nada, mas é um elementar exercício de cidadania.

 

Saudações Leoninas

 

Menina não entra?

Mas, para já reina a Stephanie, a única gaja que, em poucos minutos, foi capaz de fod... mais de 60 mil homens, que eram os que esperavam pelo jogo na Luz.

 

Não havia uma única mulher? Onde é a Luz? No Iémen? Na Arábia Saudita? No Qatar?

Ou são elas que são mais espertas?

 

Emoção antes do dérbi: Mães e mulheres começam a despedir-se dos homens que vão para a Luz.
«Tens tudo, meu filho? O capacete? Levas o capacete? Põe já na cabeça para eu ficar mais descansada, que não te esqueces»
.

 

Como se costuma dizer, o seguro morreu de velho...

A catedral de zinco

Os benfas são, efectivamente, um espectáculo. Parece que no domingo não aconteceu nada. Aliás, se aconteceu, a culpa é a) do Sporting, cujos adeptos queimaram umas cadeiras em 2011, o que estragou a cobertura, parte da qual voou um ano depois durante um vendaval qualquer, e outra parte voou dois anos depois, durante outro vendaval; b) do comunicado do Sporting a exigir efectivas condições de segurança num estádio cuja cobertura já voou duas vezes, tendo aliás em consideração que o tempo continua bastante mau; c) da Liga, porque deixou as coisas chegarem até ali; d) de toda a gente, excepto dos próprios benfas. Típica irresponsabilidade benfas: são muito bons, nunca têm culpa de nada, anda tudo é a querer tramá-los.

Eu até acreditei naquela coisa dos adeptos do Sporting, até hoje ter visto no jornal que o incêndio foi numa ponta do estádio e as chapas que voaram no domingo foram na outra (as que voaram há um ano foram, realmente, do lado do incêndio). Parecem-me eventos razoavelmente independentes, que colocam mesmo em causa as condições estruturais de segurança do estádio. Espanta-me, aliás, o sangue-frio com que o Benfica está a lidar com a situação. Eles não estão bem a ver o filme: por cinco minutos, alguém não levou com aquelas placas de zinco na cabeça, podendo morrer logo ali, ou pelo menos ficar seriamente ferido. Mas o pior não seria isso. O pior seria o pânico que quase de certeza se seguiria, onde nos arriscávamos a uma repetição de Heysel, com gente esmagada ou a tombar por escadas e bancadas. Gostava de saber para quem é que iam então lançar as culpas.

Podem-se atirar bojardas para todo o lado, mas aquilo é o estádio do Benfica e o Benfica é responsável pela segurança do que lá acontece. O Benfica tem de dar garantias de que o estádio é seguro. E a Liga também tem de se certificar do mesmo, assim como as autoridades que licenciam os recintos desportivos. Não é uma questão de clubes. É uma questão de segurança pública.

Se for verdade..

Ouvi agora numa rádio que o benfica garante a realização do jogo amanhã às 20.15.

Diz que a empresa responsável pela manutenção lhe dá garantias de que tudo estará operacional.

Independentemente da qualquer brincadeira que possa ter feito ou venha a fazer sobre o assunto, preocupa-me a segurança dos espectadores, que serão na sua grande maioria adeptos do clube encarnado.

E a pergunta inocente que tenho para fazer é apenas esta: não haverá necessidade de uma vistoria pelas entidades que supervisionam a realização de espectáculos, pela protecção civil, ou, caso até o benfica se quisesse "defender", do LNEC?

Prevendo-se mau tempo novamente, não seria avisado, desta vez, jogar pelo seguro? que, diz-se, morreu de velho.

A substituta da águia vitória

Pois é. Toda aquela lã a voar pela Luz só podia ter um significado: correram com a águia vitória e deram o lugar a uma ovelha. A carneirada da Luz agradece o novo símbolo do clube. A única coisa que me preocupa mesmo são as semelhanças entre a ovelha e o cabelo de Jorge Jesus. Mas pode ser ser impressão minha.

Aviso meteorológico

O estado do tempo nos próximos dias continuará a ser caracterizado pela passagem de sistemas frontais de forte atividade, com agravamento entre as 12UTC de hoje dia 9 e as 06UTC de dia 10, devido a uma depressão muito cavada que atravessa o norte da Península Ibérica junto da região Norte do território do Continente, originando aumento da intensidade do vento e da agitação marítima, e possibilidade de ocorrência de fenómenos extremos de vento. Assim, prevê-se ocorrência de chuva ou aguaceiros fortes, que poderão ser de granizo, de neve acima dos 600/800 metros e de lã de vidro no estádio da luz. O vento será forte do quadrante sul, com rajadas da ordem dos 90/110 km/h, sendo forte a muito forte no litoral e nas terras altas, com rajadas da ordem de 110/130 km/h.

A luz fundida

 

As más condições de segurança no estádio que poderá servir de palco à final da Liga dos Campeões impediram Leonardo Jardim de potenciar o seu efeito surpresa para o confronto com o Benfica, agora adiado para terça-feira. Mas os sinais que o nosso treinador evidencia são excelentes, confirmando a sua garra: fazer alinhar Slimani, Montero e Heldon de início provocaria sinais de alarme à defensiva encarnada, prendendo também o meio-campo adversário em zonas mais recuadas. Jorge Jesus dispõe agora de 48 horas para adaptar o dispositivo táctico do SLB à ousadia leonina. Partindo do princípio de que o forro do estádio não continuará a chover sobre os espectadores.

Como os gauleses das histórias do Astérix, não tememos nada. Excepto que o céu nos caia em cima da cabeça. Ou as placas metálicas da cobertura de um estádio que não oferece condições de segurança aos seus adeptos, colocando-os em perigo iminente. Como hoje bem se viu.

Gato escaldado...

O ser humano que não teve a Graça de ser do Sporting dirá que este post é o típico do sportinguista calimero (com ou sem pleonasmo). Aceito a interpretação. Ora, quem é do Sporting nesta semana que antecede a ida ao estádio dos tipos que partilham a circular connosco já deve contar com o seguinte: um ou dois penáltis claros por assinalar a favor do Sporting; um penálti (bem ou mal assinalado) contra o Sporting; vários amarelos para os nossos e se ainda der tempo, um fora-de-jogo mal tirado num lance em que um dos dianteiros verde brancos aparece em frente ao Oblak ou ao Artur dos galináceos. As coisas são o que são e a nossa persistência no topo incomoda o sistema dual que alguns desejam para o futebol cá do burgo. Tem sido sempre assim nas últimas idas à Luz. Desta vez não vejo motivo para não se repetir a brincadeira. Sim, porque a arbitragem dos recentes jogos do Sporting só pode ser brincadeira. Que contra ventos e marés, 4 abéculas de apitos e pauzinhos e 62 mil tipos sem a Graça do Senhor o nosso Sporting seja uma vez mais Grande! 

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D