Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

As viúvas

carpideiras-1-1.jpg

 

«Dizem-se sportinguistas, mas não são. Alguns até poderão ter cartão de sócio com quotas pagas, mas não com a intenção de ajudar o clube a ser maior: fazem-no apenas com o objectivo de serem uma força de bloqueio e de, um dia, poderem consumar a sua vingança. Até lá, vão ocupando o tempo a insultar, perseguir e ameaçar adeptos sportinguistas que se atrevem a ter opiniões diferentes das suas, e a lançar periodicamente "bombas" que, invariavelmente, ficam por detonar. Fazem exactamente aquilo que apontavam a outros há uns anos. Em caso de dúvida, podem facilmente ser identificados pela intensa azia que mostram a seguir a qualquer sucesso do Sporting e pelo sentimento de culpa que tentam colocar nos sportinguistas que não seguem o seu triste exemplo.
(...)
Nem imagino o cabeção com que estarão as viúvas nesta altura. Arranjem outro interesse na vida, apoiem outro clube, mas deixem o Sporting em paz. Como podem ver pelo que se passou esta época, o Sporting não precisa de vocês.»
 
Texto do blogue O Artista do Dia, que reproduzo com a devida vénia.

Leão com mérito

1024.jpg

 

Em certas cloacas sociais pintalgadas de verde sujo, alguns pseudo-sportinguistas continuam a insultar o nosso técnico, chamando-lhe "lampião" e "amendoim", entre outros mimos.

Estes imbecis nem percebem que o benfiquista Amorim dá-lhes todos os dias lições de geuníno sportinguismo.

Ele sim, é Leão de mérito. Com juba.

E ruge, enquanto os outros miam.

Letais ao Sporting

poison-e-venom-lucas-gilbert-1.jpg

 

Enquanto decorria o Braga-Sporting, na noite de domingo, a turba anónima ia rabiscando coisas como estas nas redes:

 

«Amorim é um amador. Se havia dúvidas…»

«O Amorim que vá para a p*** que o pariu.»

«Obrigado Amorim… estás mesmo a conseguir o que querias desde que tivemos 12 pontos de vantagem…. mais uma vez obrigado!!!! O teu Benfica há de ir diretamente à champions…»

«Estás a mostrar a real merda que és…. o ano passado foi o 3.º lugar, este ano é o campeonato…. OBRIGADO.»

«O título já foi com o c*****o mas a malta bate palminhas. Futebol ZERO.»

«Não contem mais comigo, nem como adepto nem como sócio. Para mim chega, 25 anos de desilusões e vergonhas… não estou mais 25 assim.»

«Obrigado varandas…. por nos permitires que nos façam tudo…. És o maior…. mereces a fogueira!!»

«Parabéns. Perder este campeonato não era tarefa fácil. Fechem as portas.»

«Em 5 jogos RA perdeu todo o meu capital de confiança. Jogar uma merda e dizer que não muda nada é porque não sabe mais. Quanto à direcção de usurpadores quando era mais que urgente dar um muro na mesa e exigir determinação, ambição e compromisso, está tudo caladinho a enfardar croquetes!»

«Fechem isto e dediquem-se ao atletismo e ao futsal, que ao menos ainda vão dando algumas alegrias. Este clube é uma vergonha.»

«Pode ser que com o campeonato perdido os adeptos deste clube comecem a abrir os olhos para a merda que temos dentro de casa… Às tantas ter perdido este campeonato até vai salvar o clube de muita merda no futuro.»

 

No fim, conquistados os três pontos na Pedreira, estes letais estavam mais furiosos do que muitos adeptos do Braga. Torciam, como sempre, pela derrota verde-e-branca e pela humilhação dos jogadores leoninos.

Quando me falam em "união entre todos os sportinguistas", jamais me peçam qualquer aproximação aos canalhas que - até durante os jogos - aproveitam cada pretexto para enterrar o Sporting, fazendo coro com os inimigos do nosso clube.

Quero esta gente longe. Muito longe de Alvalade.

Mais do mesmo

Igualámos a melhor série de jogos sem perder alguma vez conseguida num campeonato.

Temos, de longe, a melhor defesa da Liga.

Somos a única equipa sem derrotas.

Temos um jogador no topo da lista dos melhores marcadores do campeonato.

Estamos há 20 jornadas na liderança da Liga 2020/2021.

Mantemos um bom avanço face ao nosso principal perseguidor: seis pontos. A única pontuação positiva do Sporting nesta fase de um campeonato desde a última vez que fomos campeões, há 19 anos.

 

Para alguns adeptos - incluindo uns imbecis que se proclamam "verdadeiros adeptos" - nada disto satisfaz. Ao mínimo deslize, desatam a pôr tudo e todos em causa.

Alguns destes são dos tais que preferem ver o Sporting atrás de lampiões e andrades na tabela classificativa.

Só dão prova de vida para "enterrarem" jogadores, equipa técnica e dirigentes. São da mesma cepa dos que incentivaram o despedimento de Robson e recusaram ver Mourinho em Alvalade.

As ratazanas

Nas baiucas do costume, enquanto decorria o jogo em Tondela, já havia ratazanas a chamar «treinador de merda» e outros mimos a Rúben Amorim. 

Uma vez mais, após o apito final, lá tiveram de recolher à toca, transportando os frasquinhos de veneno. Mas ninguém se iluda: esta escumalha que por vezes parece adormecida anseia quase em desespero pela primeira derrota do Sporting. Mais letal que nunca.

Para lembrar, sempre

21670450_zg9dp.jpeg

 

Faz hoje um ano. Luís Maximiano estreava-se num dérbi ao serviço da nossa equipa principal, quando viu a sua baliza (a baliza Vítor Damas) bombardeada com petardos, tochas e potes de fumo mal soou o apito para a segunda parte do Sporting-Benfica. Miserável "exibição" pirotécnica que forçou o árbitro a interromper o jogo por longos minutos, enquanto o próprio Max fazia de bombeiro apagando as chamas que deflagravam no relvado. 

Não esqueci a data: 17 de Janeiro de 2020. Eu estava lá. E senti vergonha de ver, entre os supostos adeptos do meu clube, energúmenos como estes, amontoados na curva sul do estádio. Comportando-se não como adeptos, mas como animais. Indignos de frequentar recintos desportivos.

Menos de dois meses depois, todos nós fomos enviados para casa devido à pandemia. Até hoje. Há certos males que vêm por bem. Pelo menos não voltei a sentir vergonha de estar ali. Pelo menos não voltei a sentir que tínhamos - como há um ano escrevi - o inimigo dentro de casa.

Parecem hibernados

Quando perdemos com o Lask (única derrota até agora nesta temporada), as caixas de comentários  deste blogue, e as redes sociais em geral, encheram-se de "adeptos" anónimos, indignadíssimos, a rasgar as vestes e a reclamar eleições no SCP para a manhã seguinte.

Estes letais, desde então, meteram a viola no saco: andam desaparecidos, em silêncio total. Parecem hibernados.

Mas eles voltarão - tão certo como a noite suceder ao dia - logo após a próxima derrota do Sporting.

O meu aplauso a Rúben Amorim

transferir.jpg

 

Na própria noite de sábado, nas redes sociais, alguns putativos "adeptos do Sporting" desataram a espumar contra o "rabolho Amorim" e o "lampião Amendoim", aplaudindo que tenha sido expulso pelo incompetente que, de apito na boca, transformou um penálti justíssimo contra o FC Porto em cartão vermelho ao nosso treinador. Como se estivéssemos de volta aos negros anos 90.

Pecado do técnico? Ter considerado "vergonhosa" esta reversão, imposta pelo VAR Tiago Martins em clara violação do protocolo que regula a vídeo-arbitragem. Quando, minutos antes, o treinador portista usara linguagem muito mais "colorida" - leia-se: ofensiva e grosseira - ao ser marcada a grande penalidade logo anulada. A intenção era óbvia e teve sucesso: usar o calão (bem audível num estádio sem público) para pressionar a equipa de arbitragem perante a perspectiva de o FCP perder o segundo jogo consecutivo.

 

Há que dizer, sem rodeios: Rúben Amorim foi expulso por estar a defender não apenas a nossa equipa e os nossos jogadores, mas também a verdade desportiva, cada vez mais enlameada no futebol português.

Aqui lhe deixo, portanto, o meu aplauso: ao ser expulso por Luís Godinho, o treinador ganhou uma medalha ao serviço do Sporting.

Aliás merece outra por ter feito tudo para impedir a vitória portista em Alvalade. Enquanto Sérgio Conceição ia tentando aguentar a magra vantagem conseguida ainda na primeira parte, Amorim não hesitou em desfazer o seu sistema táctico para meter em campo cinco jogadores com características ofensivas: Vietto, Tiago Tomás, Plata, João Mário e Sporar. Sempre de olhos fitos na baliza adversária, o que viria a ser recompensado em tempo útil. 

E merece ainda outra por, já injustamente remetido à bancada, ter festejado desta maneira o golo de Vietto que selou o resultado do clássico.

Gostei de ver.

 

Enquanto isso acontecia, a turba anónima ia rabiscando coisas como estas nas redes:

«Já se expulsam lampiões!»

«Pagámos 16 milhões por aquele rabolho de merda.»

«Com este lampião ganhamos... bola.»

«Nunca vi um treinador tão medíocre.»

«Ele pode voltar para o Braga.»

«Vai terminar o curso, treinador de pacotilha!»

 

No fim, estes letais estavam mais furiosos do que muitos adeptos tripeiros. Porque o FCP não venceu em Alvalade.

Quando me falam em "união entre todos os sportinguistas", jamais me peçam qualquer aproximação aos canalhas que - até durante os jogos - aproveitam cada pretexto para enterrar o Sporting, fazendo coro com os inimigos do nosso clube.

Os imbecis

Devemos todos, sportinguistas, desejar sempre a vitória do nosso emblema. É para mim incompreensível ler em redes sociais supostos adeptos exprimirem abertamente a vontade de ver o Sporting perder agora em tudo. «Para corrermos com esta direcção mais depressa», argumentam, quase sempre num português menos fluente que este.

Têm azar, esses imbecis que adoptam como lema "quanto pior, melhor". Para eles, este foi um fim de semana de pesadelo. Com vitórias do Sporting em todas as frentes: futebol A e B, futsal, hóquei em patins, voleibol, andebol, futebol de praia, futebol feminino, hóquei feminino, vólei feminino. 

Terão de esperar por piores dias. Ou melhores, na perspectiva deles.

Em frente leões...

Desde a retoma do futebol em Portugal e Inglaterra, apesar do Verão, os dias passaram a cinzentos para a seita tóxica, idólatra do falso profeta.

De repente e contrariando a narrativa do youtuber e acólitos, que anunciavam a iminência da pior classificação de sempre, Ruben Amorim apostou em vários jovens da formação, alcançando várias vitórias, conseguindo a melhor série da época até ao momento e recuperou o 3º lugar. A agravar o estado de alma dos letais ao Sporting, um dos seus ódios de estimação, o nosso ex-capitão e melhor jogador do clube na última década, está a triunfar em Inglaterra. Uma visita rápida pelas redes sociais é suficiente para perceber a azia dos fiéis...

O leão reina na savana, seguindo em frente, indiferente ao ulular da hiena e oxalá assim continue, primeiro e acima de tudo e todos, está o Sporting Clube de Portugal. 

Tenham vergonha, não vale tudo...

Os letais ao Sporting bem tentam, mas não ganham uma. Notícias colocadas a circular por algumas publicações que me dispenso de colocar link, dão conta que o Sporting C.P. se encontra sem direcção, porque o presidente Frederico Varandas se apresentou no exército para cumprir o dever como médico, face à grave situação que o país atravessa. 

Não sendo jurista, sou obrigado a concordar num ponto, o Sporting C.P. já deveria ter comunicado aos sócios e accionistas como funcionam neste momento clube e SAD. Também registo que até agora, pelo menos que tenha dado conta, a CMVM não pediu qualquer esclarecimento à SAD, talvez por não considerar a questão como matéria relevante. 

Quanto ao resto e vindo de onde vem, por trás da cartilha está uma vez mais a seita letal, registo que: 

1 - Em tempos defenderam que o seu guru se afastasse da presidência durante alguns meses, cedendo o lugar provisoriamente a Carlos Vieira. Depois voltaria. Para estes órfãos e viúvas, seria possível um presidente sair para descansar. Para salvar vidas é que já não. Como os percebo. Felizmente não sou o único, a esmagadora maioria dos sportinguistas também os percebem. E haveremos de nos encontrar em futuras AG e eleições. E sairão novamente derrotados, podem ter a certeza. 

2 - Eleições a 20 de Abril, como defendem, seria uma completa ilegalidade. Pior, seria um desafio do clube à autoridade do Estado, que decretou "estado de emergência". O F.C.Porto já se precaveu, adiando sine die as eleições anteriormente agendadas para 24 de Abril. Nesta altura, nem uma assembleia de condóminos pode ser realizada, quanto mais uma AG eleitoral no Sporting C.P.

3 - Se algo acontecer a Frederico Varandas, os restantes órgãos sociais podem cair, segundo os estatutos. Mas o presidente da MAG não cessa funções. Terá que nomear uma Comissão de Gestão, que até pode durar meses em funções. Durante o "estado de emergência" os prazos nem se aplicam. E para essa comissão, Rogério Alves poderia convidar quem bem entendesse. 

4 - Continuo a defender antecipação de eleições. Mas, nesta altura, não faz sentido pensar em datas. Primeiro temos que salvar o país. Depois, a seu tempo, falaremos de sucessão. Duas coisas tenho certeza, a próxima época será preparada pelos actuais dirigentes, o que não me deixa tranquilo. O passado não regressará. Votarei contra e como eu, muitos mais, a qualquer tentativa de tomada do clube por parte da minoria, que até pode ser bem ruidosa, militante, mas não representa de todo o universo Sporting Clube de Portugal, constituido na sua maioria por pessoas civilizadas, educadas, que não se revêem no insulto, na gritaria e na arruaça.

 

Saudações leoninas

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D