Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

É mais fácil lidar com uma má consciência do que com uma má reputação

 

Há homens com uma natureza tão incerta que sentimos dificuldade em caracterizá-los. Por exemplo: o polémico D. Carlos dividiu a Nação, mas os polemistas da época concordaram (apesar de tudo) que o rei era provavelmente o homem mais gordo do País. Uma opinião larga e que permitiu a Guerra Junqueiro ir um pouco mais longe e tratar o monarca como "um gordo hereditário". É chato, eu sei, mas continuava a permitir algum tipo de consensos na avaliação. Eu já disse o que achava deste Batatinha há uns meses, mas hoje até almocei mais depressa para vir aqui dizer que, não sendo tão consensual quanto um "gordo hereditário", este Batatinha continua a ter a virtude de não falar do que não sabe: futebol. Eu também, e posso jurar aqui, eu também gosto de pessoas que não falam do que não sabem. Mesmo quando o cérebro parece ser o seu segundo órgão favorito.

Um profissional

 

Jorge Baptista apresenta-se na SIC como comentador futebolístico e eu tive o privilégio de o ouvir nas últimas duas ou três vezes em que falou do Sporting. Eu sei, não falou de futebol, divertiu-se com o Sporting. Está bem, gozou à grande com o Sporting. Sim, quis humilhar o Sporting. É verdade, riu-se muito e nem sequer falou sobre os resultados dos jogos - como se o Sporting tivesse perdido os jogos que, de facto, ganhou. Já chegámos onde eu queria: isso faz dele um mau profissional? Não, pelo contrário. Jorge Baptista tornou-se num profissional do humor e isso só pode merecer o meu elogio. Eu gosto de pessoas que sabem rir. Ao não falar do que não sabe, futebol, o profissional do humor Jorge Baptista brilha no que sabe, humor. Eu não estou em condições de criticar uma pessoa que tem a sabedoria de evitar falar do que não sabe. Este profissional do humor tem futuro. O Batatinha começou bem pior: lembram-se que começou como profissional do Batatoon da TVI com o Companhia? Agora digam lá se não acabou em grande ao fazer um programa com o Bruno Nogueira. Jorge Baptista tem futuro. 

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D