Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Os nossos ídolos (27): João Vieira Pinto

 

Foi durante anos o símbolo do outro lado da Segunda Circular. Aquele tipo que caía na área e nos marcou para sempre naquela noite em que Queirós inventou. Ficámos com a última imagem do perdão dos 7 a 0 em Vigo e da famosa conferência de imprensa a dizer que estava... desempregado.

 

Nesse ano, 2000, começámos a apaixonar-nos com aquela rotação como só ele sabia fazer. E que golo aquele à Inglaterra. Dava o empate depois de outro golo monumental de outro ídolo desta casa.

 

Fiorentina? Porto? Não. Foi mesmo Sporting Clube de Portugal. Vale e Azevedo dava assim um contributo enorme ao nosso clube. Chegava o menino de ouro ao Campeão Nacional. Cedo se ambientou. Vinha na nova vaga da espinha dorsal da Selecção para Alvalade. Com ele chegaram Sá Pinto, Paulo Bento, Rui Bento, Bruno Caires, Dimas, foram muitos. Mas ele brilhava mais que todos. E brilhou. Esse ano, foi por pouco. O Boavista roubava o sonho do Tri. E aquele campeonato devia ter sido nosso.

 

Mas chegou a época 2001/2002. Primeiro jogo e já está! Cruzamento a cair e Niculae a facturar. Uma batata na baliza do Porto e o arranque a sorrir a Boloni. Mas as coisas complicaram. Até que em Leiria, 5 milhões e um Robert Spehar, um Pavel Horvath e um Mbo Mpenza depois, chegava o filho do nosso menino de ouro. Jardel aparecia e marcou, marcou e marcou. 42 e só começou à quinta ou sexta jornada. Levantava a camisola e perguntava “Porque será?”

 

Foi um ano de glória, 5 a 0, 6 a 0, 6 a 1. Eram jogos no velhinho Alvalade sempre a subir de forma. Andavam por lá André Cruz, Beto, Barbosa e Quaresma a dar os primeiros passos. Andavam Rui Jorge e Phill Babb, a tranquilidade de Paulo Bento e a operacionalidade de Rui Bento. Óbvio que a estrela maior era o Super Mário. Mas o Jardel sabia que o Jardel marcava porque existia um Grande Artista, sempre a jogar bem fosse na derrota ou na vitória, como mais ninguém ficou na nossa memória, ver-te de Verde não sei o que sinto: o Grande Artista JOÃO PINTO!

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Mais comentados

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D