Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Os melhores golos do Sporting (47)

Golo de IZMAILOV

FC Porto - Sporting, 0-1

11 de Agosto de 2007, Estádio Municipal de Leiria

 

Não tenho a memória prodigiosa de um Rui Tovar ou de um Fernando Correia para conseguir lembrar com pormenor e exactidão um resultado, os marcadores ou o recorte técnico do golo marcado de um jogo do Sporting ocorrido há 5 ou mais anos. Afinal de contas, são quase 50 jogos por ano a seguir o nosso clube, fora outras partidas com interesse.

No entanto, há jogos de que nos recordamos perfeitamente, como se tivessem acontecido ontem, ainda que já levem alguns aninhos. O que é que faz, pois, com que um jogo específico de há 5 anos perdure na memória do adepto e uma partida da época passada não?

Basta ler alguns testemunhos nesta rubrica para encontrar a resposta: a espectacularidade do golo.

Podemos já não recordar o jogo e as suas incidências na totalidade, mas o golo, esse, continua bem vivo dentro de nós.

Hoje quero partilhar convosco um golo extraordinário que vi marcar com a camisola verde e branca, golo que ainda por cima valeu um troféu.

Falo da bomba de Marat Izmailov que fuzilou as redes de Helton na final da supertaça relativa à época 2006/2007, jogada em Leiria contra o Porto.

Do jogo propriamente dito recordo-me que foi uma típica partida de início de época. Muita transpiração, pouca inspiração.

O jogo valeu pelo golo de Izmailov, que seguramente justificou o preço pago por cada adepto que se deslocou a Leiria.

Atrevo-me a dizer que no futuro museu do Sporting, numa ala multimédia qualquer, o vídeo deste golo fará, obrigatoriamente, parte do elenco de golos históricos marcados pelo Sporting a passarem pelos ecrãs.

Um ano depois

Venho aqui dar a mão à palmatória e admitir que estava errado no único gesto correcto da gestão Godinho Lopes ao enviar Izmailov para o Norte. O resultado está à vista. Pode ainda vir a correr bem e o russo voltar a ser o que foi no nosso clube, no entanto, já levam um ano de barrete. 

O velho, o burro e o cigano

Pinto da Costa mandou e Antero Henrique comprou o «número 10» do Sporting provocando «enorme abalo em Lisboa». Lembram-se? A infabilidade da gestão do Porto mede-se melhor quando tentam provocar danos emocionais nos clubes adversários. Os «russos do Benfica» são um bom exemplo. Liedson também e o que dizer do Izmailov? Sim, o que dizer deste profissional que estava subaproveitado no Sporting? Um génio criativo bloqueado emocionalmente por jogar no Sporting. Já lá vão 3 jornadas do campeonato e Izmailov continua lesionado. Zero jogos, zero minutos, zero golos, zero passes.  A gestão exemplar do Porto é também isto, certo?

Desde que nasci

é a primeira vez que não vou ver o Sporting em competições europeias. Já falei nisso aqui e não me vou alongar.

Isto e a fraca época é o que me fica. Do resto pouco quero saber.

 

Ainda assim, pensar que Izmailuobe pode ser campeão é uma coisa que me mexe cá com o sistema nervoso. Birras minhas, os senhores não me liguem. 

Dissipando o nevoeiro...

Porque existiram cenas de grotesca pancadaria entre membros da Juve Leo depois do jogo SCP-Beira Mar? 

As "compras" e os "negócios" de quem se habituou a ganhar fraudulentamente correm sempre mal, o que torto começa, tarde ou nunca se endireita! Nem com todas as agências de comunicação do mundo e a pagar ordenados a peso de ouro a amigos...

 

Porque é que a actual mono-direcção do Engenheiro Godinho não teve mão no novo jogador do FCP que marcou o segundo golo no último encontro desta colectividade desportiva da cidade invicta?

Assim "premeiam-se" as birras dentro do balneário e mostra-se o verdadeiro código de moral e conduta, o do mercenário!

 

Alguém sabe explicar porque é que o SCP não se constituiu como assistente do processo das sete acusações ao homem-de-mão-amparo-de-segurança do Engenheiro Godinho, Paulo Pereira Cristóvão?

A espionagem a soldo e a incriminação a pedido envergonham demasiado ou manda quem tem mais "sujidade escondida" no "cofre"?

 

Por acaso alguém sabe porque foi vendido João Pereira antes de um grande evento-montra por uma verdadeira bagatela?

Pelo que dizem ser o valor oferecido ao SCP pelos 30 ou 35% de Insúa... então o lateral direito titular da seleção nacional, agora titularíssimo do Valência, não foi vendido, foi "dado"!

Quando a indisciplina compensa

Bastou jogar 20 minutos com a camisola do FC Porto, no segundo jogo ao serviço do seu novo clube, para Izmailov demonstrar a inépcia do departamento médico do Sporting, que havia avalizado - meses a fio - a sua suposta incapacidade para alinhar de verde e branco. Não foi certamente por ter mudado um i para y na aliteração do seu nome a partir dos caracteres cirílicos ou por ter cruzado o rio Douro que este futebolista se reinventou como obreiro de vitórias em campo. Como aqui escrevi há escassos oito dias, "veremos se o facto de jogar agora de azul e branco o fez recuperar a saúde".

 

Já vimos. E ficámos esclarecidos.

 

Ao marcar hoje o segundo golo da vitória dos portistas frente ao Paços de Ferreira, o russo transferido directamente de Alvalade para as Antas ridicularizou também os responsáveis técnicos que não tinham conseguido pô-lo a render nos últimos meses. E sobretudo deixou claro que o seu comportamento antidesportivo não merecia de modo nenhum ter sido premiado com uma transferência directa para um dos nossos maiores rivais. Se não servia para o Sporting, não deveria servir para nenhum outro clube português - e muito menos o FCP, nas últimas duas décadas um adversário muito mais poderoso do que o Benfica. E a direcção devia tê-lo posto a treinar sozinho em Alvalade ou Alcochete até que lhe passasse de vez a vontade de manter uma espécie de greve de zelo num clube que tão generosamente o acolheu e tão generosamente lhe pagava.

 

A transferência do jogador russo - e todo o processo que a antecedeu, caracterizado pela mais gritante falta de pulso da estrutura directiva leonina para lidar com um clamoroso caso de indisciplina travestido de incapacidade física - constitui um incentivo a futuras birras de outros jogadores com súbita vontade de mudar de ares.

Oxalá o tempo não venha a dar-me razão a curto prazo.

Confirmou-se! Izmaylov era mesmo "um péssimo profissional, um homem indigno"

 

Estas foram as palavras de Eduardo Barroso que o russo hoje confirmou nas Antas. O que muitos suspeitavam confirmou-se: o russo não era mais do que um "mercenário da bola" com "doi-doi" estratégico mas permanente. No fundo, um péssimo profissional a quem o Sporting pagava principescamente para não jogar. Ainda bem que partiu. No Sporting não queremos jogadores deste calibre, "doentes imaginários", que só jogam quando lhes apetece. E, já agora, é bom os andrades não esquecerem, que quem trai assim uma vez, trai sempre. O FC Porto fica avisado.

Há coisas que não se explicam

Como, por exemplo, o Izmailov estar inapto para jogar pelo Sporting e três dias depois estar apto para jogar um SLB-FCP. Sinceramente, já nem quero saber o que se passou. Prefiro reconhecer que Jesualdo está a saber dar a volta à situação, página a página, como gosta de dizer, e ver ainda que há jogadores que finalmente ganharam outro ânimo e parecem querer dar tudo pelo Sporting: Labyad, Adrien e Jeffrén, só para citar três casos muito concretos. Outros se seguirão, espero. Vamos a isto.

Estaremos atentos

Izmailov, transferido directamente do Sporting para o FC Porto por acordo entre Godinho Lopes e Pinto da Costa, foi considerado apto nos testes médicos feitos no Dragão e deverá alinhar contra o Benfica. No Sporting não jogava, alegando problemas físicos que não foram contestados pelo departamento médico de Alvalade. Era geralmente considerado o melhor futebolista verde e branco - quando alinhava, o que sucedia cada vez mais raramente. Veremos se o facto de jogar agora de azul e branco o fez recuperar a saúde.

Se isso acontecer, e se a sua prestação em campo equivaler à que noutros tempos nos habituou no Sporting, terão de ser exigidas responsabilidades ao corpo clínico do nosso clube e à direcção, que não pode consentir birras de jogadores, sejam eles quem forem. Se a moda pega, daqui para a frente haverá outros que, tendo perdido a vontade de jogar no Sporting, ensaiam greves de zelo e acabam recompensados com uma transferência para um dos nossos rivais directos em vez se serem obrigados a treinar sozinhos até lhes passar o amuo, indigno de verdadeiros profissionais.

Estaremos atentos.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D