Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Os nossos comentadores merecem ser citados

«A opcão tomada por Hugo Vieira foi estúpida do ponto de vista desportivo porque é um ponto assente que o Benfica muito raramente dá titularidade a jogadores portugueses. E quando o faz são os da cantera e não os contratados na liga tuga. Portanto estatisticamente as suas chances de alguma vez fazer minutos pela equipa A eram, logo à partida, quase nulas.»

Petinga, neste meu post.

Uma história que dá muito que pensar

 

Acordo total por Hugo Vieira: transferência iminente para o Sporting

9 Maio 2012

http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=755850

 

Benfica garante Hugo Vieira por quatro épocas

18 Maio 2012

http://www.maisfutebol.iol.pt/benfica-gil-vicente-hugo-vieira-liga-sporting/520e13c230047750788eae26.html

 

Hugo Vieira: «O Sporting foi uma possibilidade forte, mas depois surgiu o Benfica e nem hesitei porque se trata de um clube do outro mundo»

5 Junho 2012

http://desporto.sapo.pt/futebol/primeira_liga/artigo/2012/06/05/sporting-vai-arrepender-se

 

Hugo Vieira emprestado ao Sporting de Gijón

27 Agosto 2012

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/benfica/benfica-hugo-vieira-emprestado-ao-sporting-de-gijon

 

Hugo Vieira dispensado do Gijón

21 Janeiro 2013

http://rr.sapo.pt/bolabranca_detalhe.aspx?fid=47&did=93548

 

Encarnados cedem Hugo Vieira ao Gil Vicente

22 Janeiro 2013

http://www.dn.pt/desporto/benfica/interior.aspx?content_id=3009155

 

Hugo Vieira troca Benfica por Braga

23 Agosto 2013

http://www.dn.pt/desporto/nba/interior.aspx?content_id=3384845

 

Regresso ao Gil Vicente sem nunca ter jogado no Benfica

30 Janeiro 2014

http://relvado.sapo.pt/mercado/hugo-vieira-vai-regressar-ao-gil-vicente-491826

Já deve estar arrependido

 

Lembram-se do Hugo Vieira, que chegou a estar em negociações com o Sporting há um ano e acabou por assinar pelo Benfica por quatro épocas? Recordam-se do que ele disse? Pois eu lembro-me. Não de o ver jogar, mas de o ouvir falar pelos cotovelos nessa altura. Chegou ao ponto de vaticinar que o Sporting iria "arrepender-se" de ter sido ultrapassado pelo outro clube da Segunda Circular. "Tenho a certeza que sim", declarou, categórico.

"Foi uma possibilidade forte [ir para o Sporting] mas depois surgiu o Benfica e nem hesitei (...) desde miúdo que tinha uma vontade muito grande de jogar no Benfica", declarou o rapaz, inchado de prosápia, numa entrevista ao jornal A Bola. Isto depois de ter dito, noutra entrevista, que "jogar no Sporting seria fantástico".

Ninguém o aconselhou, coitado, a jogar mais e falar menos. Já então o clube presidido por Luís Filipe Vieira contratava jogadores com o fim de os desviar do Sporting, como há pouco sucedeu com Pizzi, já remetido ao Espanyol apenas três dias depois de ter sido contratado, o que quase justifica destaque no Guinness Book.

Lamento, mas o Hugo tarda em cumprir o sonho. Foi enviado por empréstimo ao modestíssimo Sporting de Gijón e depois ao Gil Vicente, clube que o formou, sem fazer qualquer jogo oficial pelo Benfica. E agora o rapaz já presta declarações de teor bem diferente, muito resignado: "É quase impossível ficar no Benfica, é muito difícil. Vou ser vendido ou emprestado".

No futebol, como na vida, convém medir o que se diz. Porque há palavras que batem no poste e entram na própria baliza, produzindo irreparáveis autogolos. Aposto que o Hugo já deve estar hoje arrependido de ter falado como falou.

Quem já se arrependeu foi ele

 

Lembram-se de um rapaz chamado Hugo Vieira? Não temos ouvido falar muito dele ultimamente. O que não admira: três meses depois de ter merecido manchete do matutino A Bola, vestido com a camisola do Benfica, este miúdo eclipsou-se. As águias olharam para ele como se fosse um pintainho e remeteram-no para a segunda divisão espanhola, onde enverga agora as cores do Sporting de Gijón. Ironia das ironias: trata-se de alguém que esteve com um pé em Alvalade mas acabou por assinar pelos encarnados, alegou ele, por se tratar "de um clube do outro mundo".

Coitado: afinal nesta época não houve lugar para ele no tal "clube do outro mundo". É bem feito: este benfiquista desde pequenino, que nada quis com o nosso Sporting, foi afinal emprestado a um clube homónimo, embora com muito menos cotação na Europa do futebol e que joga num escalão inferior. Acabaram-se os grandes títulos na imprensa afecta aos encarnados. Hoje tem direito apenas a uma página interior do jornal O Jogo com um título que fala por si: "Não estou morto".

Resta ao ex-jogador do Gil Vicente o objectivo de "ajudar o Sporting de Gijón a subir de divisão". Parece já muito distante aquele dia 5 de Junho, em que gritava num título garrafal d' A Bola, a coroar uma longa entrevista de três páginas: "Sporting vai arrepender-se".

Aqui entre nós: arrependido está ele. Querem apostar?

 

Entrevista I: Hugo Vieira

O rapaz que o Sporting desistiu de contratar, em entrevista a A Bola (et pour cause...): (O Sporting vai arrepender-se?, pergunta o jornalista) «Tenho a certeza que sim - diz Hugo Vieira - foi uma possibilidade forte mas depois surgiu o Benfica e nem hesitei (...) desde miúdo que tinha uma vontade muito grande de jogar no Benfica». O Sporting vai arrepender-se? Acho que não. Perante esta manifestação de caráter do rapaz Hugo, os responsáveis do do clube decidiram bem. Nada de maçãs podres, nem de melancias. Já chega o que chega. 

A ética dos dirigentes

O que têm em comum Mantorras, Fábio Coentrão e Hugo Vieira, este recentemente contratado pelo Benfica? Todos eles queriam jogar no Sporting, mas acabaram a jogar do outro lado da Segunda Circular. Todos falaram antes de tempo, todos tinham aquele desejo de representar um clube diferente do qual acabaram por assinar. Só podemos dizer: temos pena. É a vida.

No caso do avançado ex-Gil Vicente a coisa é curiosa. Livre para assinar pelo Sporting, terá pedido um prémio chorudo que o clube só estaria disposto a pagar no final deste ano. O Benfica cedeu aos caprichos do jogador e ele lá foi parar à Luz. O mais curioso é que a política de desviar jogadores que estão a caminho de Alvalade é uma estratégia antiga e que dá frutos desde Eusébio. O Porto fez o mesmo ao longo dos anos, com os resultados que se conhecem. Esta situação merece uma resposta à altura e não é compatível com a passividade com que outras direcções lidaram com o caso. É caso para um maior distanciamento e para o fim dos vasos comunicantes com aqueles dois clubes. Não faz sentido o Sporting ter canais abertos e ter uma atitude ética quando outros clubes funcionam assim connosco. Ponto final.

Os Hugos do Minho

 

Na minha primeira participação neste espaço, exige a boa educação agradecer o convite que me foi feito para pertencer a tão nobre casa, que se dedica a defender essa mui nobre instituição, que a todos nos une, chamada Sporting Clube de Portugal. Tal como espero de todos aqueles que representam o nosso clube, prometo "esforço, dedicação, devoção" e faço votos que do lado do nosso clube, venha a sempre bem-vinda "glória". Um bem-hajam a todos e Viva o Sporting!

 

Chegou a silly season do futebol português. Se bem que temporária, tendo em conta que o Europeu vai centrar novamente as atenções no futebol jogado e não, no baile de jogadores característico do Verão. Depois do Europeu, volta em força (é preciso vender jornais). Mas neste género de limbo que nos separa do Euro no qual de relevante só temos a final da Taça de Portugal, é necessário alimentar o debate sobre a próxima época, 2012/2013. Os cafés agradecem igualmente, pois o que seria uma esplanada sem aquela animosidade de uma discussão sobre futebol?

 

Os jornais desportivos cá do burgo, como é habitual, andam em delírio com os milhares de contratações que o clube a sul da 2ª circular está a fazer. Para os lados de Carnide, o plantel já deve ter 60 jogadores e à vontade, 5 treinadores. Lá em cima, especula-se sobre o futuro do treinador-adjunto que liderou o fraco campeão nacional este ano e discutem-se os milhões que algum excêntrico quererá dar pelo jogador que tem nome de monstro verde. Entretanto, lembraram-se de falar do Sporting. E após a novela em torno de Labyad e das tentativas de outros de o desviar, os jornais garantem que o extremo do Gil Vicente, Hugo Vieira, está a caminho da equipa leonina.

 

Hugo Vieira é um jogador talentoso, um lutador em campo e dotado de grande técnica. É novo, tem 23 anos e é português. Esta época soma um total de seis golos, cinco na Liga e um na Taça da Liga. E está em final de contrato, pelo que poderá vir a custo zero ou por uma módica quantia relativa aos direitos de formação devidos ao Gil Vicente e ao Santa Maria. Estando o acordo quase consumado, Hugo Vieira disse estas bonitas palavras: “Jogar no Sporting seria fantástico.” E se a Barcelos vamos buscar um jovem talentoso, deveríamos fazer 25 km para o interior e ir a Braga, trazer de volta um filho da casa: Hugo Viana. Um dos melhores produtos da nossa academia, que esteve ao lado de uma grande carreira internacional por ter falhado no clube de destino quando saiu de Alvalade no Verão de 2002, devia regressar ao Sporting.

 

Nos últimos anos, ao serviço do emblema do Minho, Hugo Viana tornou-se o cérebro e a pedra fulcral da equipa. Inteligência, organização, comando da equipa e talento são sinónimos do nosso antigo craque. Para não falar da resistência a lesões que o caracteriza e que tem sido um problema constante dos nossos médios, como amargamente todos sabemos. Poderá ser apenas um sonho, uma vontade pessoal de alguém que tem saudades de ver o antigo 45 de Leão ao peito, contrastando com a quase certeza da contratação de Hugo Vieira, mas contar com Viana acrescentaria muita qualidade e consistência à nossa equipa. E Hugo Viana seria mais um português e para mim, é motivo de orgulho ter uma equipa onde ainda se fala o idioma de Camões (sem sotaque). Duque, Freitas e Godinho, ide ao Minho e trazei os dois!

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D