Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Em equipa que não ganha...

21529202_FrgcL[1].jpg

 

Keizer mostrou com esta convocatória que pouco ou nada vai mudar do jogo fatídico da Supertaça para a estreia no campeonato, amanhã contra o Marítimo. Por mim, espero que seja a estreia de Luís Maximiano e que Miguel Luís, Vietto e Luís Phellype possam ser opções. Mas importante é que o treinador deixe de lado os três centrais. Pode ser?

Na máxima força possível...

SCP1.jpg

 

Na antevisão da partida Marcel Keizer pareceu estar já a pensar no Jamor, admitindo que alguns jogadores precisariam descansar. No entanto recusou abrir o jogo, afirmando que amanhã saberíamos quem jogaria. A convocatória aponta para irmos na máxima força possível ao Dragão, ficando apenas de fora os castigados. Gostaria por exemplo que Mathieu, Bruno Fernandes ou Acuña fossem poupados, do outro lado alguma entrada maldosa pode condicionar os nossos jogadores nucleares e sabendo à partida quem é o padre que irá celebrar a missa, há que precaver possíveis incidentes disciplinares...

Desta vez Keizer foi previsível

Pela primeira vez, finalmente, não faltou quem acertasse no onze titular escolhido por Marcel Keizer, tendo agora em vista o Marítimo-Sporting.

 

Aqui fica, por ordem alfabética, o registo de todos quantos tiveram "olho táctico" para as opções do técnico holandês: 

André Fernandes Nobre

Ângelo

António de Almeida

Fernando Luís

Luís Ferreira

Luís Moreira

Marcelo

Verde Protector

 

Parabéns a todos.

 

Não acertou quem previu Salin entre os postes, André Pinto no eixo da defesa, Idrissa como médio defensivo e Raphinha numa das alas - embora dois destes jogadores tenham entrado logo a abrir a segunda parte.

Desta vez Keizer foi previsível.

Qual será o onze titular?

Eis os jogadores que Marcel Keizer convocou para o nosso jogo de hoje contra o Marítimo, na 23.ª jornada do campeonato nacional de futebol 2018/2019:

 

Guarda-redes

Diogo Sousa, Renan, Salin

Defesas

André Pinto, Borja, Coates, Ilori, Jefferson, Ristovski

Médios

Acuña, Bruno Fernandes, Francisco Geraldes, Idrissa Doumbia, Gudelj, Wendel

Avançados

Bas Dost, Diaby, Luiz Phellype, Raphinha

 

Desta convocatória, relativamente à partida anterior para a Liga Europa, foram riscados três jovens da formação: Jovane, Miguel Luís e Thierry. Para as entradas de Acuña, Idrissa e Francisco Geraldes (este também da formação leonina, como sabemos).

Lanço o desafio aos leitores: qual será o onze titular escolhido por Marcel Keizer para esta partida no Funchal, com início às 19 horas?

Até agora, desde que comecei a lançar estes reptos, ainda ninguém conseguiu acertar num onze escolhido pelo técnico holandês. Espero que desta vez isso se altere.

Qual será o onze titular?

Eis os jogadores que Marcel Keizer convocou para o jogo de hoje contra o Villarreal, na segunda mão da corrente eliminatória da Liga Europa:

 

Guarda-redes

Renan, Salin

Defesas

André Pinto, Borja, Coates, Ilori, Jefferson, Ristovski, Thierry Correia

Médios

Bruno Fernandes, Gudelj, Miguel Luís, Wendel

Avançados

Bas Dost, Diaby, Jovane, Luiz Phellype, Raphinha

 

De notar, em relação à convocatória da primeira mão, as saídas de Acuña (castigado), Bruno Gaspar (lesionado) e Petrovic (por opção técnica). Para estes lugares entram agora Borja, Jefferson e Thierry Correia.

Lanço o repto aos leitores: qual será o onze titular escolhido por Marcel Keizer para esta partida, com início às 17.55?

Ninguém adivinhou

A questão tornou-se irrelevante, mas queria apenas assinalar aqui que Marcel Keizer foi novamente capaz de surpreender os adeptos com a convocatória anunciada para o Sporting-Villarreal: face ao repto que lancei aos leitores, desafiando-os a anteciparem o onze titular, nem um foi capaz de vaticinar quem alinharia de início.

Aqui para nós, mais valia alguns desses jogadores não terem calçado. Começando por Bruno Gaspar (que cedo se lesionou) e Petrovic. Mas isso agora não interessa nada. Há que pensar já é no jogo contra o Braga.

Qual será o onze titular?

Eis os jogadores que Marcel Keizer convocou para o jogo de hoje, em Alvalade, contra o Villarreal para a Liga Europa:

 

Guarda-redes

Renan, Salin

Defesas

Acuña, André Pinto, Bruno Gaspar, Coates, Ilori, Ristovski

Médios

Bruno Fernandes, Gudelj, Miguel Luís, Petrovic, Wendel

Avançados

Bas Dost, Diaby, Jovane, Luiz Phellype, Raphinha

 

Lanço a partir de agora o repto aos leitores: na vossa opinião, qual será o onze titular escolhido pelo técnico holandês para esta partida, que tem início às 20 horas?

Qual será o onze titular?

convocados-luz.png

 

 

Está divulgada a convocatória para o clássico da Taça de Portugal que vai disputar-se daqui a umas horas no estádio do SLB. Uma convocatória com algumas originalidades - desde logo por incluir três laterais esquerdos (Acuña, Borja e Jefferson) e apenas dois médios com características ofensivas (Bruno Fernandes e Wendel).

A partir deste conjunto de jogadores, lanço o repto aos leitores: qual deve ser o onze titular do Sporting?

O desconforto da cabeça mal virada e da alma mal entendendo

Mais uma convocatória só menos difícil de decifrar do que se torna suspender a descrença quanto ao resultado da incursão à Luz.

Miguel Luís, Francisco Geraldes e Montero continuam em parte incerta, Nani junta-se a Mathieu e Ristovski entre os indisponíveis, e só a chamada de Acuña e de Idrissa Doumbia permite alguma limitada esperança numa noite de vingança, lá mais para o final da temporada no estádio manchado no domingo passado.

Mas pior do que o presente, marcado por um plantel com lugar para Bruno Gaspar, Gudelj e Diaby, casos mais flagrantes de uma falta de excelência que trava qualquer veleidade, é pensar no futuro.

Se Miguel Luís, Francisco Geraldes e Jovane Cabral marcam passo, tal como Luís Maximiano, o que dizer de Matheus Pereira e de Iuri Medeiros, perdidos pelo velho continente, de Daniel Bragança, de Elves Baldé, dos melhores que se arrastam pelos sub-23, pelos que se afundam nos equívocos tácticos dos sub-19?

E ainda se pode chorar pelo talento derramado, seja o do central do futuro Demiral, perdido por três milhões e tal de euros que lembram o pão que sabe a merda do Sérgio Godinho? E Tiago Djaló empenhado em dar a facada no clube que o criou, não apenas por ganância mas também por testemunhar que a formação leonina tem as portas do plantel principal fechadas a cadeado? Já sem falar em Rafael Leão, talvez a pior consequência a longo-prazo do nosso Alcochete-Quibir.

Verdade triste: o emprestado que melhor figura tem feito ainda é o esforçado e limitado Mama Baldé. Há que despertar antes que a rapaziada acredite que, se pior não fica, venha o Tiririca.

 

Descanso apenas para alguns

O que em comum têm Bruno Varela, André Almeida, Pizzi, Rafa, José Sá, Ricardo Pereira, Sérgio Oliveira, Gonçalo Paciência e André André?

 

São jogadores dos dois primeiros classificados da liga portuguesa, habituais titulares ou suplentes muito utilizados e mesmo assim não mereceram a confiança de Fernando Santos para estarem presentes na última convocatória para a selecção A.

Para uns o descanso, para que se possam preparar melhor para a fase final e decisiva do campeonato, para outros toma lá mais dois jogos.

O Sporting à frente

Uma vez mais, o Sporting à frente: cinco jogadores do plantel leonino e outros sete formados na Academia de Alcochete integram a convocatória hoje anunciada por Fernando Santos para os próximos desafios da selecção, incluindo a inédita participação portuguesa na Taça das Confederações, que decorre na Rússia entre 17 de Junho e 2 de Julho.

Doze, portanto.

 

São estes, por ordem alfabética:

Adrien

Beto

Cédric

Cristiano Ronaldo

Gelson Martins

João Mário

João Moutinho

José Fonte

Nani

Quaresma

Rui Patrício

William Carvalho

 

Esta convocatória da selecção A - que deixa de fora Éder, Fábio Coentrão, Rafa Silva e Renato Sanches, entre outros jogadores - augura uma boa campanha da equipa das quinas para os jogos que vão seguir-se.

Memória de peixe. Ou dor de corno?

Confesso que não dou grande importância às competições internacionais de jovens, ainda que considere que é extremamente importante o contacto com outros "futebóis". Excluo os sub-21, que são um patamar onde já evoluem alguns jovens titulares nas equipas "A" de alguns clubes, como acontece no Sporting.

Deu hoje a conhecer-se a composição dos seleccionados para o campeonato do Mundo de sub-20.

Antes de mais e para não fazer juízo de valores precipitado, fui ao sítio da FPF consultar a classificação do torneio para o apuramento do vencedor do campeonato em curso, a ver se porventura bateria a bota com a perdigota.

Lá está a classificação à jornada nove, que segue como se publica a seguir:

1.º Sporting 7V  1E  1D  20GM  09GS  22P

3.º Porto       5V  0E  4D  17GM  10GS  15P

5.º Benfica   3V  3E  4D  12GM  15GS  11P

Perante esta realidade, pensaria o mais atento dos adeptos dos sub-20 que a equipa com mais elementos a integrar a convocatória fosse aquela que tem mais vitórias, menos derrotas, mais golos marcados e menos golos sofridos.

Como a "coisa" parece que tem a duração eterna de um segundo, Emílio Peixe chamou "somente" oito jogadores do quinto classificado e a enormidade de quatro do primeiro e do terceiro, com a curiosidade de haver dois guarda-redes do Sporting (terá sido para não cometer o escândalo de levar apenas três?).

Já Hélio Sousa prima por estas idiotices, não encontro outro adjectivo, e vai chamando carradas de jovens benfiquistas às suas selecções. Nada contra os jovens, que certamente darão o seu melhor todas as semanas em todos os jogos, mas caramba, se ir à frente destacado e com uma diferença de qualidade por todos elogiada não é motivo para uma goleada na convocatória, do que está à espera Peixe? Sim, eu sei que peixe tem coluna, mas muito maleável...

Depois, admiram-se que se pense em cambalachos.

Competência. Justiça. E um pedido de desculpas

Ontem Portugal fez um excelente jogo, demonstrando que sabe praticar um futebol bastante agradável à vista e consequente do ponto de vista do resultado. O bom futebol deu golos, os três muito bons e poderia ter dado mais. É da mais elementar justiça referir este pormenor, já que tantos (eu próprio por vezes) acusaram o treinador de incompetente do ponto de vista exibicional.

Depois, para aqueles que continuam a insistir que Fernando Santos vai fazendo alguns fretes nas convocatórias, a não utilização ontem de Renato Sanches (quase sempre o visado) é uma bofetada de luva branca. Há por aí muita gente que lhe vai devendo um pedido de desculpas.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D