Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

O mapa da roubalheira

aa.jpeg

Só nestes dois jogos foram três pontos roubados por André Narciso*, um em Guimarães e dois ontem.

bb.jpeg

Aguardo com alguma expectativa o comunicado do conselho de arbitragem ou será que só há comunicados quando o "beneficiado" é o Sporting?

cc.jpeg

dd.jpeg

Os erros ontem foram tão óbvios, tão evidentes que urge conhecer as conversas entre o VAR e o árbitro. 

Qual a razão para os NN (Nobre e Narciso) não terem assinalado estas faltas?

[* Foram só dois. NN (Narciso/Nobre) roubaram dois, ontem. O outro foi roubado, em Guimarães, pela PM, não, não foi pela Polícia Militar (a polícia que nos roubou foi outra) foi a dupla Pinheiro/Miguel.]

Até o Duarte Gomes, repito, até o Duarte Gomes escreve, com todas as palavras, que o Sporting foi prejudicado.

E agora o que fazer? Ficar de braços cruzados para não sermos acusados de calimerice?

Campeo4 nacional, 17/34

Screenshot_2024-01-16-08-09-26-134-edit_com.androi

No campeonato a quatro, este foi um fim-de-semana normal.

Sporting a jogar bem, com vontade e sem desculpas com o estado do terreno. Mais uma vitória sem espinhas, nem ajudas, na terra onde Jorge Coroado padeceu de azia.

Screenshot_2024-01-16-08-10-19-258-edit_com.androi

Do Benfica não vale a pena falar muito, depois de termos visto Di Maria às cabeçadas a um bandeirinha e a ter sido "punido" com um cartão amarelo, desta vez vimos o Rio Ave a impor um futebol espectáculo no ninho da águia e depois mais do mesmo. Como em futebol jogado o Benfica não ia lá, entrou em cena o melhor jogador do Benfica, o árbitro. Mais uma expulsão anedótica (com dois amarelos para não ser escrutinada pelo VAR) e lá vai o Benfica (como noutros tempos) cantando e rindo, levado, levado, sim.

Screenshot_2024-01-16-08-11-08-670-edit_com.androi

O FC Porto vs. SC Braga foi um jogo sem história ou melhor com a história do costume, quando o Braga estava crescer e a ameaçar o empate, um penalty a favor dos andrades e está resolvido, limpinho, limpinho.

A minha previsão é uma segunda volta muito renhida com Benfica e Porto a lutarem taco a taco (vamos ver quem tem mais taco) pelos favores da arbitragem e o Sporting a tentar não ser muito prejudicado pelos mesmos artistas.

Campeo4 nacional, 16/34

Screenshot_2024-01-08-15-13-28-010-edit_com.androi

Pensava que o futebol era um jogo colectivo.

"O Jogo" tem um entendimento diferente diferente, vê o futebol como actos individuais que determinam desempenhos coletivos.

1. O viking

2. O muro (parece o Trump com a mania dos muros) no estômago?

3. O Rafa.

4. A bomba (de água gelada) [para quem?]

Screenshot_2024-01-08-15-12-10-456-edit_com.androi

O "Record" tem títulos mais imaginativos:

1. "Goleão".

2. "Dragão atrasa-se".

Atrasa-se? O dragão não se atrasou, rapazes. O dragão foi adiantado pela arbitragem. Há um penalty e expulsão a favor do Boavista que o árbitro transformou num pontapé de baliza; o Suarez azul atira a bola pela linha de fundo, com a mão e o apitador assinala pontapé de baliza a favor do FC Porto, é o que temos.

3. "Rafa, sempre em jogo"

Excepto quando estava fora de jogo.

4. "Mendes cala Pedreira"

Screenshot_2024-01-08-15-10-54-245-edit_com.androi

N' "A Bola" temos um misto de socialismo e liberalismo. O Sporting vive de rasgos individuais, Gyokeres e mais dez, Gulliver e os lilliputanos, o Branco da Neve e os dez anões, já no Benfica são onze operários vermelhos, onze diabos a perseguirem o Bem.

1. " (...) ofereço eu"

2. "Perseguição diabólica"

3. "Dragão sem ideias"

Injustiça d' "A Bola. O Andrade Conceição teve ideias, teve a ideia de acusar o árbitro no final do jogo. A culpa foi do tempo útil de jogo, desta vez não falou na DECISIVA superioridade numérica. Desta vez onze portos não conseguiram vencer dez boavistas.

4. "Mendes abana a Pedreira"

Falta de imaginação, a Pedreira estava fria e imóvel como uma pedra.

Termino com uma verdade incontestável, os tufos de relva determinam golos e resultados.

Oxalá leiam isto e te perdoem, Bryan Ruiz.

Screenshot_2024-01-06-19-33-57-793-edit_com.androi

 

Golo de Alemão

alemao.jpeg

O jogo de ontem fez-me lembrar o Nápoles de 1988/1989.

Primeiro golo do n° 9, Careca, embora o nosso 9 seja só careca, lateralmente. Eu opto por um penteado diferente, cabeludo nas laterais e careca no topo, gostos.

Primeiro golo de Careca (Viktor) e segundo golo de Alemão, como aconteceu algumas vezes com o Nápoles.

E onde é que entra Maradona?

Maradona, o nosso, Pedro Gonçalves, fez o passe primoroso para Viktor, e o nosso Careca fez o mais fácil ("este até  eu marcava", pensou Paulinho; "marcavas, marcavas..." sorriu [em pensamento] Viktor.

O segundo golo é um hino ao futebol, destaco a parte final, Paulinho toca de calcanhar para Alemão e Alemão, também de calcanhar marca um grande golo, um golo maravilhoso.

Notas finais:

1. O segundo golo do Sporting foi um auto-golo, é inacreditável como é que nestes lances, o golo é creditado ao avançado.

2. No lance entre Hélio Varela, Adán e Eduardo Quaresma é este último que atira a bola pela linha de fundo, seria canto. Como vimos, anteriormente, se a bola entrasse na baliza o golo seria creditado a Hélio Varela, o que não faz nenhum sentido.

3. Em lance corrido parece que o último toque é do avançado algarvio. Num jogo entre Benfica e Portimonense transmitido na BTV este lance nunca se tornaria um caso, não existiria nenhuma repetição.

Saudações desportivas, um excelente 2024 para todas as pessoas e para lampiões e andrades, também.

Jokeres, kuringa e o Vitória

Screenshot_2023-12-06-11-51-33-825-edit_com.androi

(benfiquista) - Se não fosse o Jokeres estavas debaicho da linha dágua

(sportinguista Calimero/Realista) - Se não fossem as arbitragens estavas em último [para alguns é tabu falar das arbitragens que jogo sim, jogo sim vão levando o FC Porto e o SL Benfica ao colo].

(sportinguista de origem brasileira) - Qu' é isso, cara. Joker em português do Brasil, é curinga, sabes o que significa curinga? É, sabe não, vou explicar, curinga vem de uma língua africana, kuringa, pode  sé fingir, pode  sé matar. Kuringa é a ginga que finge ir por cá mas vai por lá, kuringa é o drible e o golo; o fingimento e a morte da jogada.

(benfiquista) - Blá, blá, blá, na se esqueçam que vão jogar com o Guimarães às seis da tarde, quantos jogos é que venceram antes das oito danoite?

Nisto o benfiquista tem razão, vamos jogar muito cedo, é imprescindível estarmos muito concentrados no Vitória Sport Clube.

Esqueçam as homenagens ao português mais estrangeiro (que nem estará em jogo).

Não se foquem no Viktor, atentem ao Vitória.

Há muitos resultados possíveis em Guimarães, escolham e lutem por aquilo que preferem.

VG 1.jpeg

VG 2.jpeg

A luz é grande mas o buraco é escuro

IMG_20231113_101938~2.jpg

A luz é grande, lá vai o carrinho vermelho, todo contente, a iluminar o caminho de amarelo.

IMG_20231113_101952~2.jpg

A luz amarela do carrinho vermelho é grande mas não é maior que a iluminação da lei.

A lei é clara.

Screenshot_2023-11-13-14-03-26-085-edit_com.mi.glo

17.4 - O equipamento do guarda-redes deve ser de uma cor diferente (...) da equipa de arbitragem.

É caso para dizer que tal como Al Capone foi preso devido a um pormenor, também, Artur Soares Dias phodeu tudo por causa de um pormenor.

Foi catita para o jogo a pensar; "se o Estoril ganhou ao meu  FC Porto, vestido de amarelo, eu, os bandeirinhas e o Trubin, vamos todos de amarelo, há-de dar sorte e não deixamos fugir o Sporting".

IMG_20231113_103439~2.jpg

O buraco é escuro, caro ASD, esse pormenor do equipamento vai obrigar à repetição do jogo.

Apelo à direcção do Sporting para (estou a lembrar-me de um jogo em Chaves que fomos de propósito a Trás-os-Montes, jogar dois minutos, antes de uma deslocação às Antas, dois dias depois) não obrigar os coitados dos lampiões a repetir o jogo todo.

Podemos começar na jogada que deu origem ao problema da confusão de equipamentos.

O Benfica está com um jogador a mais, há um canto a favor do Benfica, Trubin sobe para a área do Sporting mas desta vez com numa camisola diferente da de Artur Soares Dias, o que é proibido e que baralhou as marcações do Sporting.

Haja honestidade, aproveitemos as boas relações entre o Dr. Frederico Varandas e o Sr. Rui Costa e estou certo que essa parte do jogo será repetida.

De quinta-feira a domingo

IMG_20231109_113810~4.jpg

"É minha" , disse Ricardo mas o abalroamento de Luisão, dentro da pequena área, sancionado pelo portuense Paraty, entregariam o título dessa época ao Benfica de José Veiga e Luís Filipe Vieira.

Domingo lá estará outro portuense/portista a apitar; Artur Soares Dias (ASD) o mesmo que na época passada fez uma placagem a Ugarte, para de seguida validar o primeiro golo do Benfica.

Não há mais árbitros?

ASD tem de apitar dois Benfica vs. Sporting com dez meses de diferença? Sabendo nós, sportinguistas, o que aconteceu no Inverno passado, o Inverno do nosso descontentamento.

IMG_20231109_115100~2.jpg

Domingo chegará, com menos um dia de descanso para o Sporting, hoje é quinta-feira e ainda temos um jogo para vencer.

Vamo-nos a eles como leões, hoje aos polacões e domingo aos lampiões.

Regras de trânsito futebolístico

IMG_20231107_142346~3.jpg

Quando é um jogador a bater por trás num jogador do Benfica, é falta, é expulso, aconteceu na Super-Taça, um jogador correcto, impregnado de "fair-play", capitão da selecção da república portuguesa em futebol, foi expulso por ter calculado mal onde estava a bola, por ter colocado, inadvertidamente, o pé na perna do jogador que estava na sua (dele) frente.

O anão do Benfica fez o mesmo em Chaves, vai, taralhocamente, atrás de um adversário, com o rosto inclinado para a frente, quase a bater nos próprios joelhos, sem possibilidade de jogar a bola e choca com a cara na mão do jogador do Chaves que está a olhar em frente e que não faz a mínima ideia se existe uma minhoca a rastejar no relvado.

Para os Marcos do Correio da Manhã a minhoca esteve bem, um jogador que está com a bola dominada e que segue em frente é que tem de estar preocupado com o que se passa atrás.

Então Pepe foi expulso incorrectamente?

Temos de ser coerentes com as análises, o foco tem de ser sempre a bola.

João Neves tinha a bola dominada, ia para a baliza e podia marcar golo?

Daniel Bragança estava de frente para a baliza e podia marcar golo?

O jogador que o impediu fez carga de ombro ou outra forma legal ou desinteressou-se da bola e fez-lhe uma placagem peitoral e caral?

(entristece-me ver/ler sportinguistas a dizer que está tudo bem, os árbitros fizeram bem, estiveram bem, estamos todos felizes. Eu não. Estou indignado com o "penalty" assinalado em Chaves e com o "penalty" não assinalado em Alvalade).

Quando aprendi a conduzir, lembro-me do mestre dizer:

"Quem bate por trás tem sempre culpa"

(no caso do jogador do Sintra/Amadora não bateu por trás, atirou o braço, fortemente, para trás, no futebol só os braços e as mãos dos guarda-redes é que jogam, se não é "penalty")

Árbitros preparam próximo jogo

IMG_20231106_102720~3.jpg

Tal como as equipas os árbitros preparam-se.

Estudam o adversário e aprontam-se para o jogo seguinte.

Em Chaves um amarelo para João Neves transformou-se num "penalty" a favor do Benfica.

Em Alvalade um "penalty" a favor do Sporting transformou-se num "preparem-se para a roubalheira que vos espera na próxima jornada".

O Sporting não pode ignorar o que aconteceu e os responsáveis têm de tomar uma posição sobre o acontecido. Vimos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar.

Todos campeões

Screenshot_2023-09-20-09-43-23-548-edit_com.androi

Após cinco jornadas constatamos que os quatro primeiros treinadores da classificação já foram campeões nos clubes que estão, actualmente, a treinar.

Adivinha-se uma competição renhida entre os dois primeiros para o primeiro lugar, um França vs. Portugal.

Adivinha-se uma competição renhida entre o terceiro e o quarto para discutirem um lugar no pódio, um Portugal vs. Alemanha, recordo que Sérgio Conceição já marcou três golos à Alemanha num jogo oficial.

Que ganhe o melhor dentro do campo e não o mais "ajudado" e que boas ajudas azuis e vermelhas já ocorreram nestes cinco jogos.

A estratégia da porrada

Dar umas palmadas será forma de educar?

Resultará?

Gosto de pensar que da violência do forte sobre o fraco, do adulto sobre a criança, do homem sobre a mulher, do Pepe sobre o desgraçado caído no chão, não resulta nada de bom.

202304243224_124132.png

No entanto, as estatísticas desmentem-me.

No futebol parece que quanto mais porrada, quantas mais faltas forem cometidas, mais perto se estará de triunfar.

202304243024_123930.png

Com o Sporting, o Vitória Sport Clube, facilitou (com o FC Porto e o Benfica, no Afonso Henriques, também) cometeu menos faltas, em Alvalade foi goleado, com o FC Porto perdeu (mais um dos jogos polémicos deste campeonato, uma derrota manhosa por 0-1) e com o Benfica empatou, cometeu menos faltas.

Já com SC Braga, deu mais porrada, cometeu mais faltas, venceu.

A receita para hoje é não deixar que eles não nos derrubem, que não cometam faltas, se o VSC chegar ao fim do jogo com zero faltas e nós com uma, provavelmente, venceremos.

Adenda:

É isto, demos mais porrada, vencemos o jogo, não falha.

202304244424_221344.png

Jogos de perdição

aaaaa.png

Os problemas do Sporting esta época, ao contrário do que alguns defendem, não são os jogos com as equipas do fundo da tabela, são os jogos com as equipas do topo.

Podemos considerar normais os quatro pontos perdidos com Braga e Benfica.

Já os seis pontos perdidos com o FC Porto e os cinco com o Arouca são anormais.

Com mais onze pontos seríamos segundos, a dois pontos dum Benfica, que parece uma bola de neve a rebolar montanha abaixo e a faltar jogar um Sporting vs. Benfica.

(Antecipando a pergunta, respondo já, para mim, nenhum dos dois penalties assinalados a favor do Sporting, ontem, foi bem assinalado. São penalties só assinalados no campeonato nacional.)

É terça-feira, feira da ladra

aaaaaaaa.png

Ontem, no programa "Grandes Adeptos" (Antena 1) dizia-se que o Sporting se tinha afastado do trio da frente.

Nada mais falso, se compararmos com terça-feira da semana passada, estamos mais perto do Benfica, quatro pontos, do FC Porto, um ponto e do Braga, um ponto, também.

Curiosamente, se nas sete jornadas que faltam mantivermos o mesmo registo conquistar três pontos ao Benfica, um a FC Porto e Braga seríamos vice-campeões com os mesmos pontos da equipa de ciclismo FC Porto/ASD1979.

202304115611_125256.png

Quando os lobos uivam

22380737_r8Qsr.png

Não é noite de lua cheia mas parece, ouvem-se uivos à lua.

Fomos eliminados da Taça de Portugal devido a golo irregular do Varzim e hoje perdemos o jogo em Arouca graças a uma péssima arbitragem de Rui Costa. Podemos arranjar outros culpados mas vamos a factos.

O programa "Juízo Final" na Sport TV faz uma análise de alguns lances polémicos; o Sporting não foi beneficiado em nenhum lance, todas as decisões polémicas foram favoráveis ao Arouca, aos setenta e poucos minutos David Simão pontapeia a cabeça de Edwards, podia ser vermelho directo, nem sequer foi amarelo (seria o segundo) o habilidoso Rui Costa decidiu não marcar falta, sequer. Já para não falar no inacreditável cartão amarelo mostrado a Gonçalo Inácio.

É diferente estarmos a ver o jogo no sofá ou no estádio (apelo a Luís Lisboa para nos dizer o que viu).

No estádio apercebemo-nos melhor da arrogância dos árbitros, apercebemo-nos melhor das faltas e faltinhas, apercebemo-nos melhor do tempo de jogo desperdiçado.

Quantos minutos de jogo roubou o guarda-redes do Arouca ao jogo?

Queremos encontrar culpados?

Força!

Prefiro apoiar a iniciativa do Arouca pela preservação do lobo ibérico, força nisso, arouquenses e na segunda volta que façam a devida retribuição dos resultados com Benfica e Braga.

22380743_kKmJu.png

A décima jornada

22378081_QUZdS.png

1. Porto 0 vs. Benfica 1

2. Estoril 0 vs. Braga 2

3. Sporting 3 vs. Casa Pia 1

Às vezes, acusam-me de escrever muito sobre os "outros" e pouco sobre o Sporting. 

Competir, significa nós e os outros, um campeonato de futebol não se disputa com uma equipa só, é um torneio entre várias equipas.

Penso que faz sentido falar dos outros, também.

1. Jogo condicionado por duas agressões. A primeira foi uma entrada para vermelho directo (como o de Bragança ou o de Tabata, por exemplo) nesse sentido se existisse uma jurisprudência retroactiva, Porro foi mal expulso no Dragão, à primeira falta para vermelho, rua. Eustáquio, não; fez duas faltas para vermelho directo e foi expulso por acumulação de amarelos.

Há ainda uma terceira agressão, Otávio a Bah. O convocado por Fernando Santos esquece a bola faz uns movimentos de capoeira com a cabeça à altura da cintura e vai embater com a face na mão aberta de Bah, que ficou surpreendido com a investida do pescoço tatuado.

Vermelho, expulsão, para Conceição por chamar benfiquista ao árbitro. Benfiquista é um insulto?

2. Neste jogo caiu por terra o mito do "banho táctico". Artur Jorge é que deu um duplo banho a Nélson Veríssimo.

3. O nosso jogo. O jogo mais importante da jornada.

Uma vitória à Sporting, sofrida.

Uma reviravolta iniciada pelo jogador mais improvável, "voando como Jardel entre os centrais" canta Rui Veloso, cale-se tudo a que a antiga musa canta, diga-se:

"Voando como Paulinho sobre o campo" mas mais importante que marcar um golo foi a forma como João Paulo, correu para a baliza para ir buscar a bola, outros egos têm comemorações de golo personalizadas, a comemoração de Paulinho foi o interesse da equipa, dois ou três minutos depois estávamos a marcar de novo, a "virar" o resultado.

Uma nota final para Edwards, necessita de um fortalecimento muscular ao nível dos tornozelos, não acho normal um profissional de futebol cair com tanta facilidade.

Dez jornadas depois, temos três equipas à nossa frente, o Benfica a nove (que podem ser três) Porto e Braga a três (que podem ser zero).

Eu não atiro a toalha para o chão.

Santos, anda cá ver isto, n° dezassete

22227591_ytHoU.png

 

O Bom:

- Santa Clara, a única equipa a conseguir vencer o campeão nacional. Excelente desempenho da equipa de São Miguel, Açores.

- O regresso vitorioso de Ricardo Coração de Leão, andou em cruzada em terras de infiéis (não acreditaram nele). Voltou. Jogou fora e venceu. Ricardo Sá Pinto, melhor que Sérgio Conceição, melhor que Amorim, comparando com outros campeonatos, melhor que Mourinho (rir), melhor que Ancelotti e melhor que Guardiola, 100% vitorioso.

- Estoril-Praia, heróis e mártires. Bruno Pinheiro, o treinador e André Franco, o jogodor. Sobre André já escrevi várias vezes, é só rever as recepções de bola, os passes, a inteligência técnico-táctica (ah pois é, também, sei escrever à Freitas Lobo) que coloca em tudo o que faz. Até a protestar tem classe, chamou ao árbitro: "ignóbil descendente de Madalena bíblica", o apitador, coitado, não percebeu mas mostrou-lhe cartão amarelo. Bruno Pinheiro disse tudo em duas palavras: Campo inclinado.

- Portimonense, o Algarve pela sua localização é apetecível para ataques vindos pelo mar, ataques marítimos, foi o que aconteceu, os piratas atacaram, roubaram (cf, com golo anulado ao Portimonense) e foram-se embora cantando alegremente: "eu sou o pirata da perna de pau, com olho de vidro e cara de mau". Um abraço solidário para Paulo Sérgio, assim é difícil ganhar jogos.

- Oday, o israelita (palestiniano para alguns) foi um verdadeiro 7, entrou no minuto 27, marcou no minuto 37, viu amarelo no minuto 57 e foi expulso no minuto 77.

O Mau:

- Oday, o palestiniano (israelita para alguns) substituiu, marcou, amarelou e avermelhou, é obra.

- Grimaldo, apesar do renitec, senti o coração disparar. Queres ver que ele se apaga, pensei. O anão vermelho (excesso de linguagem sem ofensa para as pessoas que padecem de nanismo) revolvia-se com convulsões, a espumar pela boca, quase no estertor final. Afinal não foi nada. Foi. O jogador do Paços de Ferreira foi expulso.

O Vilão:

- Wendell, não é necessário dizer a razão.

- Otamendi, o outro Wendell.

{ Blogue fundado em 2012. }

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D