Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Os melhores golos do Sporting (45)

Golo de JORGE CADETE

Beira-Mar - Sporting, 1-1

22 de Novembro de 1992, Estádio Mário Duarte

 

Jorge Cadete foi um dos bons avançados portugueses da década de noventa. No Sporting fez muitos golos tendo mesmo chegado a vencer o troféu de melhor marcador do campeonato na época de 1992/1993 (18 golos). Cadete era, segundo me recordo, um jogador elegante e de talento mas também bastante lutador.

No Sporting jogou bastante e marcou perto de setenta golos mas foi numa das épocas que fez no Celtic que se destacou no futebol europeu, tendo-se sagrado, na época de 1996/1997, o melhor marcador do campeonato escocês com 33 golos.

O jogo de Aveiro, cujo resumo vi, talvez, no famoso Domingo Desportivo da RTP, não terá sido grande coisa mas o golo (a ver a partir do minuto 2:09) de Jorge Cadete, de calcanhar, ficou-me na memória. O lance, de uma execução técnica brilhante e de um sentido de colocação fantástico, é daqueles que fazem levantar um estádio. Para mim, tantos anos depois de ter começado a ver futebol, continua a ser um dos mais belos que vi.

 

 

Sinto um peso na consciência

 

Facto: ainda antes de ver um jogo ao vivo do Sporting, Jorge Cadete, homem-golo da equipa, era um dos meus jogadores favoritos.

Facto: o primeiro jogo que vi ao vivo do Sporting em Alvalade foi o Sporting 2 - 0 Celtic para a taça UEFA, com bis de Cadete. Foi um dos melhores dias da minha vida.

Facto: fiquei banzado quando Cadete assinou pelo Benfica e pior fiquei depois num jogo em Alvalade onde fez gala em festejar um golo que afinal nem seu tinha sido.

Facto: achei ridículo quando Cadete participou no Big Brother. Depois de ter ido para o Benfica e feito aquela cena no jogo contra o Sporting, a boa imagem que guardava dele empalideceu-se de vez.

A partir daí juntei-me aos coros que caíam em cima de Cadete de cada vez que este se tentava vender ao Sporting, nomeadamente, para ser treinador dos avançados. Era só o que faltava dar trabalho a este Judas!

Acabo agora de ver a impressionante reportagem da SIC, numa série de 4, dedicada a futebolistas ontem craques, hoje falidos. Cadete abriu as hostilidades.

Basicamente, estourou 1 milhão e tal de euros. Basicamente, hoje ninguém o pega. Está a tentar fazer pela vida. A começar, está a estudar.

Da próxima vez que Cadete aparecer num evento do Sporting e disponibilizar-se para o clube, vou ter mais respeito. Não tenho o direito de achincalhar ninguém. Sobretudo quando está em baixo.

Ontem Cadete era bestial para mim, e até hoje eu assinava por baixo quando diziam que ele era uma besta. 

Continuarei a lamentar o facto de Cadete ter ido para o Benfica. Mas, caramba, se sou sportinguista tendo estado 17 anos sem ver o Sporting campeão, ao Cadete e a poucos mais o devo.

Esquecer-me disso não é menos ingrato do que se festejasse golos contra o Sporting se fosse jogador da bola.

 

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D