Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Nas provas reais e nas provas virtuais

21924652_BHsvI.jpeg

 

Breve resumo da semana leonina que passou.

 

1

No Sporting das competições reais:

 

- No andebol, vitória clara por 30-21 no jogo Sporting-Boa Hora: somamos sete triunfos nas primeiras sete jornadas do campeonato nacional. Destaque para o melhor marcador da nossa equipa neste desafio: Francisco Tavares, oriundo da formação leonina, com oito golos. 

- No futsal, vitória importante na deslocação a Braga: derrotámos a equipa minhota por 2-1, com uma exibição superior ao resultado. Cumprida a quarta jornada do campeonato. Continuamos invictos nesta competição.

- No basquetebol, segunda vitória na segunda jornada do campeonato nacional: derrotámos sem margem para discussão o Maia Basket por 96-66

- No hóquei em patins, goleada leonina: derrotámos o Famalicense por 10-2. Cumprida a quarta jornada do campeonato nacional desta modalidade.

- No futebol feminino, as Leoas derrotaram o Estoril por 3-1, somando a quarta vitória consecutiva à quarta jornada do respectivo campeonato.

- Na Liga Revelação, correspondente ao campeonato sub-23 de futebol masculino, derrotámos 3-1 o Portimonense na deslocação ao Algarve. 

- No futebol profissional, empatámos 2-2 em Alvalade frente ao FC Porto, campeão nacional. Num estádio sem público - onde, portanto, o chamado "factor casa" não fez a diferença - e com uma escandalosa actuação da arbitragem, com o VAR a mandar reverter duas decisões do árbitro (penálti favorável ao Sporting e expulsão de um defesa portista) em grosseira violação do protocolo que o rege.

- No voleibol, registo negativo neste fim de semana pródigo em competições desportivas: perdemos 1-3 no Pavilhão João Rocha contra o SLB, cumprindo a quarta jornada do campeonato.

 

2

No Sporting das competições virtuais:

 

Fernando Tavares Pereira, candidato derrotado nas eleições para a presidência do Sporting realizadas em Setembro de 2018, adverte em artigo de opinião publicado no blogue Leonino: «Em virtude de os resultados serem negativos, em meu entender, esta direcção não estará em condições para continuar este projecto, pois, como já se viu nas duas épocas anteriores, qual foi a sua desorganização negativa, desportiva e financeira.» Aproveita para deixar um solene aviso, utilizando o plural indeterminado como figura de estilo e parecendo não ter percebido que a campanha eleitoral terminou há 25 meses: «Iremos reunir brevemente alguns elementos da lista G para se fazer uma reflexão actual do nosso Sporting CP, onde iremos debater situações futuras para o nosso clube.» Sublinhando, logo no título, que ambiciona a «devolução do Sporting a todos os sócios».

- Pela segunda semana consecutiva, Augusto Inácio volta a assumir protagonismo mediático, entre rasgados elogios ao antigo presidente Bruno de Carvalho. «Ele deu muito ao Sporting. Tenho a certeza de que mais ninguém no mundo fazia um trabalho tão bom como eu e o Bruno de Carvalho fizemos no Sporting naqueles anos», disse o antigo director do futebol do Sporting, que cessou estas funções em Junho de 2015, logo após a contratação de Jorge Jesus como treinador. Em entrevista a um programa no YouTube, Inácio reitera a possibilidade de se candidatar à presidência do Sporting. E garante: «Se avançar com uma candidatura será para levar até ao fim.»

Dois Sportings dentro do Sporting

transferir.jpg

 

Breve resumo da semana leonina que passou.

 

1

No Sporting das competições reais:

 

- Sporting conquista a Taça de Portugal em basquetebol, derrotando na final o FC Porto. Há 40 anos que não vencíamos este título na modalidade, reintroduzida em 2019 ao nível dos escalões seniores masculinos.

- Sporting sagra-se campeão nacional de futebol de praia, recuperando o título que nos fugia desde 2016 e quebrando o domínio que o Braga vinha exercendo nesta modalidade nas últimas três épocas.

- Sporting vence a Fonte do Bastardo por 3-0 na quinta jornada do campeonato nacional de voleibol.

- Sporting vence o Póvoa Andebol Clube fora de casa, por 33-23, na sexta jornada do campeonato nacional de andebol.

- Sporting goleia o Ouriense fora de casa, por 9-1, na terceira jornada do campeonato nacional de futebol feminino.

- Sporting vence por 3-0 o Vilacondense, na quarta jornada do campeonato nacional de voleibol feminino.

- Sporting goleia por 8-2 o Fundão, na terceira jornada do campeonato nacional de futsal.

- Sporting derrota fora de casa, por 73-53, o Galitos, do Barreiro, na jornada inaugural do campeonato nacional de basquetebol.

- Sporting vence por 5-3 o Vilafranquense, na terceira jornada do campeonato nacional de hóquei em patins feminino.

- Sporting empata 1-1 no pavilhão da Luz, no clássico de hóquei em patins correspondente à terceira jornada da modalidade. O golo de Matías Platero que daria a vitória leonina contra o Benfica foi invalidado: erro grosseiro do árbitro. A bola «ultrapassou mesmo a linha de baliza», como ontem assinalou a jornalista Marina Alves, na crónica do jogo no Record

 

2

No Sporting das competições virtuais:

 

- Carlos Vieira, ex-número dois de Bruno de Carvalho, critica Rúben Amorim por «não indicar aos jogadores para serem mais agressivos», propõe que os actuais dirigentes se submetam a uma «moção de confiança» e acredita ter um «papel relevante» na vida do Sporting, confessando em declarações à Rádio Renascença que ambiciona «ser membro do Conselho Fiscal» de uma futura direcção.

- Paulo Lopo anuncia intenção de candidatar-se à presidência do Sporting. «Quando houver eleições, estarei disponível, caso os sportinguistas achem que serei fundamental para o Sporting CP devido à qualidade de gestão que fui apresentando ao longo destes tempos, acumulada com o conhecimento adquirido no futebol», afirma o ex-presidente da SAD do Leixões, em entrevista ao Record.

- Augusto Inácio admite apresentar uma candidatura ao cargo de presidente do Sporting. «É um assunto que estou a ponderar. Estou a pensar seriamente. Há pessoas que têm falado comigo para realmente eu avançar», declarou o antigo treinador e ex-director desportivo leonino em entrevista à Rádio Renascença. Inácio considera que os sportinguistas «estão a ser traídos» por Frederico Varandas.

- Grupo de sócios anuncia entrega de requerimentos ao presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting para a realização de duas assembleias gerais: uma destinada à destituição dos actuais corpos sociais e outra visando a reintegração, como «sócios de pleno direito», dos antigos dirigentes Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho.

- «Reino do leão a ferro e fogo», titula a Renascença, citando outro grupo de sócios do Sporting que reclama a destituição imediata do presidente da MAG. Este grupo dirigiu ao Tribunal Central Cível de Lisboa uma providência cautelar para suspender a assembleia geral já realizada e fez uma participação disciplinar contra Rogério Alves «por violação flagrante dos estatutos».

- Dias Ferreira anuncia ter «um plano para salvar» a SAD leonina de cair em mãos exteriores ao clube. Em declarações concedidas ao canal televisivo do jornal A Bola, o ex-vice-presidente e ex-presidente da MAG acusou o Conselho Directivo de «violar os estatutos» ao atribuir nomes de glórias do clube às portas de Alvalade. Sobre o futebol, disparou: «O Sporting não tem equipa.»

- Schelotto, ex-defesa leonino, revela ter interposto uma acção contra o Sporting no Tribunal Arbitral do Desporto, em Lausana, alegando ter sido «coagido a abdicar de verbas a que tinha direito», por contrato, quando se transferiu de Alvalade para o Brighton, em Inglaterra. 

O contraste não podia ser maior

18793236_hQMqW.jpeg

 

AUGUSTO INÁCIO:

«O Sporting tem um plantel muito fraco e só pode lutar pelo quarto, quinto lugar. O Braga vai ficar à frente do Sporting.»

Ex-treinador do Sporting em entrevista ao programa de Youtube O Espartano

«A pergunta que se coloca agora é: "vai para lá o treinador e não é milagreiro." Ok, mas tem que lhe dar jogadores para fazer uma equipa a sério. Será que o Sporting terá dinheiro? Houve gente que não gostou quando eu disse que o Braga tem melhor plantel que o Sporting. Não disse mal do Sporting. E é verdade.»

«O Sporting tem de lutar pelo terceiro lugar. No campo das hipóteses, e se o Sporting não conseguir apanhar o Braga? Que força, que imagem, que impacto terá o treinador que custou 10 milhões?»

«É uma loucura pagar esse valor por um treinador, mas é uma decisão de quem gere o clube e certamente tem mais informação do que eu para poder falar sobre a parte financeira.»

Ex-treinador do Sporting, em entrevista à rádio Observador

 

img_caderno_3571.png

 

PAULO BENTO:

«É público aquilo que o Sporting significou, significa e significará para mim, em termos pessoais e profissionais. Foi um clube onde acabei uma carreira de 15 anos de jogador e iniciei outra de treinador. Primeiro na formação, depois na equipa principal.»

«Espero e desejo, por ser um clube que me diz muito, que o Rúben Amorim tenha essa estabilidade e essa pontinha de sorte que é preciso ter e que as pessoas de uma vez por todas tenham paciência para poder suportar um projecto a longo prazo. Por isso estarei eternamente grato a pessoas que trabalharam comigo e me deram essa estabilidade. Nada disso teria acontecido se o Carlos Freitas não se tivesse lembrado de mim para treinar a equipa do Sporting e não tivesse pessoas como Soares Franco e Ribeiro Telles. Pessoas que nos momentos em que as coisas não correram bem tiveram a capacidade de acreditar em mim. Sem isso não teria estado tanto tempo no Sporting.»

«Não será o facto de [Amorim] ter custado 10 milhões de euros que o vai segurar no Sporting. O que verdadeiramente o vai suportar será o trabalho que vai desenvolver e a capacidade e crença de quem manda. O que será decisivo é a coragem do presidente - que já demonstrou ter para lidar com outras coisas - para segurar um treinador de uma vez por todas.»

Ex-treinador do Sporting, em entrevista ao jornal Record

Uma data para lembrar sempre

1024.jpg

 

Faz hoje 20 anos, no mandato do presidente José Roquette. Uma brava equipa comandada por Augusto Inácio recuperava para o Sporting o ceptro de campeão, perdido 18 anos antes. A 14 de Maio de 2000, voltávamos ao posto máximo do futebol português.

Não podemos esquecer os heróis dessa odisseia: Peter Schmeichel, Acosta, Beto, André Cruz, Rui Jorge, César Prates, Mpenza, Pedro Barbosa, Duscher, Vidigal, De Franceschi, Ayew e Iordanov, entre outros.

Ainda se lembram onde estavam e o que fizeram naquele dia?

De entrevistas destas à invasão de Alcochete vai um pulinho

A entrevista que Augusto Inácio deu cheia de acusações (não provadas) a Pedro Barbosa revela (para além de uma confrangedora ingenuidade) uma forma de estar no futebol que considero doentia. Considerar-se que, sempre que se perde, é porque houve uma conspiração dos jogadores que  não queriam ganhar é uma atitude doentia. É a mesma atitude que tomou quem insultou os jogadores do Sporting no aeroporto há um ano e, dias depois, invadiu a Academia. Por muito que me custe, por envolver figuras do Sporting (só dentro do Sporting é que ocorrem guerras destas), e ainda mais por dizer respeito a um treinador histórico (que acabou com o enorme jejum de títulos) e uma figura que será sempre muito querida e inesquecível para os sportinguistas, a verdade é que tenho que reconhecer que o resultado desta sentença me parece natural. Espero que o julgamento da invasão da Academia siga pelo mesmo caminho.

Não acerta uma

Pedro Madeira Rodrigues gastou dois terços da última campanha eleitoral, em que foi esmagado por Bruno de Carvalho, a disparar contra Jorge Jesus.

Há dias apresentou-se novamente como pretendente à presidência leonina começando por abrir guerra a José Peseiro: é o único proto-candidato a declarar que não o quer como treinador no Sporting.

Agora escolheu como alvo o Augusto Inácio. Sempre com manifesta falta de pontaria. É impressionante a falta de jeito que este homem tem para se candidatar seja ao que for.

 

Assuntos internos

 

Bruno Fernandes regressa: será (re)apresentado aos adeptos hoje, ao meio-dia, em Alvalade.

 

Rogério Alves alinha com Varandas como candidato à presidência da Mesa da Assembleia Geral.

 

Equipa leonina inicia estágio na Suíça, tendo sido recebida com aplausos em Genebra.

 

Gelson Martins no Atlético de Madrid por 15 milhões e dois jogadores (Vietto e Moreira).

 

Rúben Ribeiro transita para o Nantes: pode valer um milhão de euros aos cofres leoninos.

 

Rafael Leão já terá assinado com o Dortmund um contrato para as próximas cinco temporadas.

 

Podence abandona de vez o Sporting e já foi apresentado como reforço ao serviço do Olympiacos.

 

Augusto Inácio garante que continua em plenas funções como director-geral do Sporting.

 

E vão 42: detidos mais quinze membros da quadrilha criminosa que assaltou Alcochete em Maio.

 

Feijão frade? Nunca!

Decididamente custa-me entender esta nova postura da actual Comissão, que se traduz numa anormal "caça às bruxas"!

Resumindo, tudo o que BdC contratou é para despedir. Tudo!

Quer dizer que não há uma única pessoa competente que se tenha contratado? Nem uma?

O mais recente exemplo prende-se com Augusto Inácio. Despedido porquê? Porque o José Peseiro não gosta dele ou porque haverá outros interesses? Ou porque chegou pela mão de BdC?

O último treinador português a ser campeão pelo Sporting não merece ser assim tratado. Inácio e muitos outros são pessoas, não objectos descartáveis…

Se criticámos, e eu fui um deles, a forma como BdC correu com Inácio do Sporting na altura de JJ, como posso agora estar de acordo com esta postura de Sousa Cintra?

Não posso nem estou… Não sou feijão frade.

Espero nunca o ser!

Notícias leoninas

 

Bruno Fernandes de regresso ao Sporting: Sousa Cintra fecha acordo com o jogador.

 

William Carvalho muito perto de assinar pelo Bétis de Sevilha a troco de 20+5 milhões.

 

Augusto Inácio vai abandonar o cargo de director-geral para o futebol do Sporting.

 

Manuel Fernandes, substituto interino de Inácio, acompanha equipa no estágio na Suíça.

 

Podence despede-se dos sportinguistas com uma carta aberta antes de rumar ao Olympiacos.

 

Carlos Vieira, membro do Conselho Directivo destituído, prepara candidatura à presidência.

 

Sinais positivos...

 

Já li algumas críticas à desconvocação da Assembleia-Geral, ora quero acreditar que estamos todos fartos de Carnaval e que é tempo de fazer regressar o bom senso ao Sporting. A não ser que considerem que deveria ser proposto à votação dos sócios, o documento elaborado pelo Conselho Directivo destituído, o que a meu ver não faria qualquer sentido, porque até recebeu parecer negativo da Comissão de Fiscalização.  Todos estamos conscientes dos obstáculos e entraves colocados à entrada em funções da Comissão de Gestão, que apenas esta semana começou efectivamente a trabalhar. Alguém no seu perfeito juízo pode considerar que neste curto espaço de tempo, seria possível apresentar um orçamento credível, com previsão de receitas e despesas, acompanhado do plano de actividades, sem esquecer que é necessário um parecer da Comissão Fiscalizadora que substitui interinamente o Conselho Fiscal?

Bem sei que havia já quem se preparasse para transformar em chicana a reunião magna, fosse para tirar desforço, ajustar contas ou marcar território para as eleições de 8 de Setembro. O clube é bem mais importante e não existe drama algum em adiar este acto para o pós-eleições, desde logo porque será o próximo Conselho Directivo que elegermos, que irá apresentar o Orçamento e Plano de Actividades respeitando o seu programa eleitoral e poderemos logo aí começar a cobrar aos novos dirigentes, que não terão desculpa de já terem sido eleitos vinculados a decisões de terceiros. Infelizmente já não vão a tempo de serem responsáveis pelo plantel da equipa de futebol, uma vez que o mercado encerra a 31 de Agosto.

Dado o caracter transitório da actual Comissão de Gestão e composição da Sporting SAD considero positiva a aposta em Augusto Inácio como treinador interino até à entrada em funções dos novos órgãos sociais. Ao contrário do que alguns ressabiados andam por aí a apregoar, não está aberta qualquer caça às bruxas. O que é um excelente sinal para o futuro do clube.

Quase, quase, a bater no fundo...

SCP.jpg

 

Enquanto o Sporting Clube de Portugal, instituição centenária, continuar presidido por um arruaceiro aspirante a déspota ao pior estilo coronel sul-americano, desprovido de educação, que a todos insulta e ameaça, usando as claques como guarda pretoriana para intimidar, atiçando-os como cães aos alvos que decide escolher, quando as coisas não lhe correm de feição, só poderemos esperar o pior. Até agora não conseguiu contratar um treinador, palpita-me que ainda vai ser o Inácio a dar uma vez mais o peito às balas, quem no seu perfeito juízo podendo sair, ficará no clube? Mais 3 jogadores que rescindem, até que os sócios se livrem de vez do traste, será sempre a descer…Quando é que percebem que se vou ao estádio é para aplaudir os atletas, não um qualquer figurão arvorado em dono do clube, que felizmente ainda não o é, apesar de não faltar quem apesar de todo o mal que está a provocar ainda o venere.

Caos em Alvalade

Quem fala em "caos" e em "juntar os cacos" é o próprio Augusto Inácio, novo director desportivo leonino.

Isto diz tudo sobre o Sporting actual.

Apetece revisitar estas palavras no dia em que ficamos a saber que Rui Patrício - capitão do Sporting, titular da baliza leonina há dez anos, campeão europeu em título e guarda-redes da selecção no Mundial da Rússia que começa daqui a duas semanas - rescindiu unilateralmente contrato com o Sporting.

Quem será o primeiro e principal responsável por tal "caos" senão o presidente?

Curvas e contracurvas

Há três anos, Bruno de Carvalho afastou Augusto Inácio do cargo de director desportivo para abrir caminho a Jorge Jesus.

Agora, age às avessas: traz Inácio para afastar Jesus.

Assisto a isto e questiono-me se é maneira séria e credível de gerir um clube.


Como em quase tudo o resto (desistir ou prosseguir no facebook, sentar ou não no banco, apoiar ou não as claques, defender ou atacar os jogadores, cortar relações ou reatá-las com o Porto, convidar e desconvidar Octávio para o casamento, aproximar-se e afastar-se de Ricciardi, garantir que não quer despedir treinadores que acaba por afastar...), o ainda presidente é capaz de tudo e do seu contrário. Desde que lhe dê jeito para se mantar agarrado com unhas e dentes ao umbral da porta.

 

O equivalente àqueles ministros que, contra todas as evidências, insistem em manter-se num Governo quando já não reúnem condições mínimas para continuarem em funções.

Paulinho apoia o Mestre Bruno de Carvalho

20180407_092202

A seguir a Inácio e a Fernando Correia quem será o próximo trunfo do Mestre*?

Paulinho?

 

Mestre* - in Revista do Expresso [E] de 12 de Maio de 2018 (véspera do jogo no Funchal) p. 46:

E- «Sente-se excluído e perseguido?»

BdC - «Nada no futebol me espanta, nem o facto destes tipos terem todos a primeira classe e eu, que sou o único licenciado e com um mestrado (...)»

 

Ser inácio

img_770x433$2018_05_22_20_06_41_1401343.jpg

 

Sim, sei bem que foi um dichote publicitário vindo das catacumbas de Carnide, mas hoje, ao ler a notícia da contratação do novo director do futebol do Sporting, mais uma etapa do delírio brunista, negando a realidade de que os seus dislates lhe suicidaram a presidência, só me posso lembrar da invectiva "Não sejas Inácio" - como é possível que um profissional pactue com uma situação destas. Ainda para mais um homem com currículo, da casa ...

Não sejas inácio, Inácio.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D