Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

A Crendice e a Hipocrisia

Durante anos, décadas mesmo, as claques foram acarinhadas. Pelo clube, pelos associados, pelos adeptos. No registo da crendice mais rasteira, do analfabetismo ufano, as pessoas acreditam que o "apoio" das bancadas leva à vitória. E que quanto mais barulhento for esse apoio mais as bolas obedecerão aos intuitos dos jogadores do clube. Por isso tudo foi induzido, potenciado e louvado. Isto não foi Bruno de Carvalho que começou nem que fez crescer. Gera-se mesmo a ideia de que é saudável que os jovens pertençam às claques (o próprio Varandas reclamou essa pertença na sua juventude), como se isso seja uma "ocupação de tempos livres" louvável. Como tal e com o passar dos anos, independentemente das claques albergarem interesses económicos pouco credíveis, o seu grande efeito foi o de sedimentar, até sacralizar, a imagem de que o bom adepto é o barulhento, histriónico e, se "necessário" (aos bons destinos das bolas) praguejador. E, hoje em dia, só um cândido insultará o sô árbitro de "gatuno", como tanto acontecia nos "velhos tempos"

Assim, de forma mais ou menos organizada, mais ou menos espontânea, é normal que os adeptos que são associados saiam dos estádios (e pavilhões) onde praticam - para apreço generalizado do "Universo Sporting" - as suas ululantes coreografias e javardas cantorias, e vão até às assembleias-gerais para, exactamente nos mesmos propósitos, insultar aqueles que - para além de não lhes darem os bilhetes para revenda a preços simpáticos à rapaziada amiga - não têm conduzido as bolas com o sucesso desejado (imensos golos nas redes alheias, poucos e pouco significativos golos nas redes próprias). 

Os sucessivos dirigentes, tantos deles saídos dessas "Academias" do basismo intelectual e todos eles apreciadores desse tipo de "molduras humanas" entusiásticas, ficam depois um pouco embaraçados quando o coro de impropérios não é dirigido aos jogadores, técnicos e dirigentes de outros clubes, jornalistas, polícias ou outros profissionais avulsos, mas sim a eles próprios, ali a tentarem explicar propostas (boas ou más) que têm para a condução do clube.

Ora o que é engraçado é que isso apenas significa que os dirigentes do clube desrespeitam os estatutos, esses que estão obrigados a preservar - pois a isso se candidataram e para isso foram eleitos:. Pois:

o Artigo 21º (Deveres dos Sócios) diz: "g) manter impecável comportamento moral e disciplinar de forma a não prejudicar os legítimos interesses do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, nomeadamente defendendo e zelando pelo património do Clube;"

e o Artigo 28º (Infracções e Sanções Disciplinares) diz: "3 -  (...) consideram-se infracções disciplinares, nomeadamente, as seguintes:b) injuriar, difamar e ofender os órgãos sociais do Clube ou qualquer dos seus membros, durante ou por causa do exercício das suas funções; c) proferir expressões ou cometer actos, dentro ou fora das instalações do Clube, ofensivos da moral pública; d) atentar contra, prejudicar ou por qualquer outra forma impedir o normal e legítimo exercício de funções dos órgãos sociais do Clube".

Trata-se de uma questão educacional (cultural, se se quiser). Pois gente (dirigentes e seus eleitores) que considera simpático que as componentes do Universo Sporting, vestidas com as cores e símbolos do clube, se passeiem desde o Lumiar até qualquer recanto do país, e mesmo além-fronteiras, a insultar as genealogias do senhor Pinto da Costa, do senhor Vieira, dos seus simpatizantes, e restantes participantes na "indústria do futebol" e seus sucedâneos, ululando nos estádios (e pavilhões) e confrontando nas ruas, não percebe que tem por obrigação estatutária sancionar esta constante boçalidade. Mas como punir aquilo que tanto gostam? Só porque o feitiço se vira contra o feiticeiro?

Ou seja, se há alguém que deve ser punido por coisas como as que aconteceram ontem na Assembleia-Geral do clube são as pessoas que integram os órgãos sociais. Porque, mais uma vez, se recusam a cumprir os estatutos, a sancionar os associados que cometem o que está explícito como sanccionável.

Pacificar a AG

Leio no sapo que a bendita da reestruturação financeira está prestes a ser concluida. 

Processo iniciado ainda no tempo da direcção presidida por Bruno de Carvalho, segundo o sapo notícias segue mais ou menos os moldes desenhados na altura e prevê a recompra das famigeradas e tão importantes VMOC's, permitindo que o clube fique, como então estava previsto, com a maioria do capital da SAD e reduza o passivo em cerca de 100M€.

Parece-me importante que finalmente se conclua um processo já longo e que teve pelo meio, fruto da situação conturbada do clube, alguns emperros que pouco ajudaram à sua rápida, como se pretendia, conclusão.

Se Frederico Varandas conseguir levar à AG da próxima quinta-feira a reestruturação financeira fechada, não fazendo esquecer este início de época desastroso e as trapalhadas que o rodearam e vão diariamente rodeando, todas as mazelas do seu mandato, apresentando a reestruturação fechada, pode haver lugar a uma calmaria nas hostes leoninas, que bem precisa de paz, como bem diz Pedro Correia no post anterior.

Esqueço tudo o que de mau até aqui fez este CD? Não, podem apostar! Mas como já escrevi em post anterior, Frederico Varandas terá o meu respeito institucional e enquanto for presidente do Sporting e uma vez que a minha posição é pública, não bato mais na tecla. Venha a reestruturação e vamos ver se com as contas "em dia", a montanha manda cá para fora o que de bom lá guarda. Que até agora, só um rato...

Agarrados ao tacho...

O Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal irá promover sessões de esclarecimento aos sócios em diferentes pontos do país, no sentido de promover a imagem do querido líder Kim Il Carvalho. Serão utilizados dinheiros e meios do clube, como a Sporting TV. Quando pensamos que não seria possível descer mais baixo, os populistas encontram sempre forma de cavar mais um buraco que lhes garanta a sobrevivência. Falta contudo saber o modelo em que decorrerão os actos de propaganda, para começar que tipo de perguntas serão permitidas, que associados serão escolhidos para a encenação da tragicomédia, provavelmente os arruaceiros que ontem insultaram Marta Soares serão arregimentados para a 1ª fila e na plateia uns quantos grunhos recrutados na bancada Sul, urrando vivas ao déspota…

Definitivamente os sócios do Sporting terão uma escolha simples a fazer no dia 23 de Junho, higienizar e desparasitar o clube ou continuar na lama até que o clube deixe de existir…

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D