Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

A formação

Nenhum grande clube português aproveita tão bem os jogadores da formação como o nosso Sporting.
Só para mencionar os titulares actuais, encontramos Rui Patrício, Rúben Semedo, William Carvalho, Adrien, João Mário e Gelson Martins.

Seis.


Nos últimos anos não tem havido nenhuma época sem utilização maciça de jogadores oriundos da nossa Academia. Foi assim com Jesualdo Ferreira, Leonardo Jardim, Marco Silva e agora Jorge Jesus.
Há um ano, Jesus incorporou mais três na equipa principal: Rúben, Gelson e Matheus Pereira.

Nesta pré-temporada testou Podence, Palhinha e Iuri. Se nenhum deles entrar no plantel principal isso não se deverá certamente a falta de oportunidade.


Tobias Figueiredo - com boas prestações nos Jogos Olímpicos do Rio, primeiro frente à Argentina e ontem contra as Honduras - e Carlos Mané, entre outros, também já tiveram boas oportunidades.

Uns sabem aproveitá-las, outros nem por isso.

 

Quem não souber, vai rodar noutros clubes para ganhar embalagem - acontecerá na Liga 2016/17 com Tobias. Que pode regressar mais forte e mais capaz. Como voltaram Adrien, Cédric, William, João Mário, Rúben Semedo.

Não pode é haver lugar para todos. Nem para os medianos.

Só mesmo para os melhores.

A têmpora do Morais

Esta vai ser a pior época de sempre. A razão é simples: estamos muito mais fortes e horrivelmente ambiciosos. Isto implica, então, que o atrito provocado pelo Sporting seja maior, logo, que a inércia contra nós se torne mais rígida. Para contrariar o Sporting, o sistema não precisa de se mexer, pelo contrário, precisa de não mexer nada, nem em nada.

Os resultados são ilusórios, ou melhor, proporcionam a ilusão de que basta ser melhor – cada vez melhor – em campo para chegar à vitória. Mas é ver os três últimos jogos oficiais do Sporting para perceber que nos estão guardadas patifarias iguais às dos anos passados, mas a dobrar ou triplicar, consoante as necessidades.

Na final da Taça o árbitro cedeu ao calor e permitiu que o Sporting empatasse um jogo em que, até aí, ele colaborara activamente, expulsando um defesa num lance em que poderia não marcar penalti e fazendo vista grossa ao espancamento de Nani. Resultado: Marco Ferreira está hoje a contemplar nostalgicamente o oceano, carimbando cheques no Funchal. Na final da Supertaça o irremediável Sousa – injustamente acusado de ser o melhor árbitro português, já que há outros tão maus como ele – ainda tentou conter o fluxo do Sporting anulando um golo limpinho, limpinho. Em Tarouca, só por inépcia da estreante defesa da casa o desfecho não foi arrumado com um empate à mão.

Os seis ou sete primeiros jogos do campeonato são absolutamente decisivos. Basta fazer as contas e ver o histórico. Por isso vamos ser brindados com as decisões mais velhacas e arbitrárias – deve vir daí o nome de “árbitro” – dos últimos tempos. A curiosidade está apenas em saber qual será o nível de grosseria e de desvergonha admitido; por ele se medirá o grau de animosidade contra o Sporting.

Há uma velha tradição de os desafios contra o Paços de Ferreira serem enfeitados com apitadores amigos do burlesco e da burla. Sábado veremos.

Assim vos digo: esta vai ser a pior época de sempre, talvez a mais irritante e lastimável – apertem os cintos.

Venham os golos

Insisto: gostava que Nani marcasse no jogo de amanhã em Alvalade (esteve para acontecer duas vezes contra o Moreirense).

Ele merece.

Gostava também que o Sporting entrasse em campo com a mesma atitude guerreira revelada na passada segunda-feira em Moreira de Cónegos. A atitude que é atributo dos verdadeiros Leões.

É certo que William Carvalho, por acumulação de cartões, não jogará. Mas prefiro que não falhe a final da Taça verdadeira - a de Portugal. Agora já sabemos que vamos defrontar o Sp. Braga, protagonista de um esforçado empate no desafio de ontem em Vila do Conde.

Contra o Nacional, o jovem Rosell dará boa conta do recado.

Venha o jogo. E venham os golos.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D