Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Estás a ver Bruno, eu posso

"És um labrego, trolha e aldrabão! Já ninguém te consegue (não te consigo) aturar!

Vai mandar no G15 e aproveita e vai...

Idiota, aldrabão...

Adoras ser o Presidente do benfica b...

Agora faz mais um comunicado..."

 

Nota de rodapé: Esta alimária esqueceu-se de falar do penalti claro contra o seu clube no jogo em casa com o Sporting, que daria o possível 0-1.

Ainda será da final da Taça em 2015?

Ouvi as seguintes declarações do presidente do Braga, António Salvador (por exemplo, no "24 Horas" às 0:50, disponível na RTP Play):

"Tomara eu que todas as equipas portuguesas sigam o mais longe possível nas competições europeias. Seja o Braga, seja o Guimarães, seja o FC Porto, todas elas que lá estejam".

A omissão do Sporting talvez pudesse, com muito boa vontade, ser justificada por, na altura em que as declarações foram proferidas, já conhecer o seu destino (as declarações talvez pudessem ser vistas como um desejo de boa sorte às equipas que ainda iam jogar). Mas o desejo que o presidente do Braga manifestou logo de seguida - jogar a final da Liga Europa com o Vitória de Guimarães - confirma que, para Salvador, o Sporting não é tão "equipa portuguesa" como as outras - é a que menos merece a sua simpatia ou desejo de boa sorte. Lá terá as suas razões. Por nós, fica o registo.

Esperar sentado (5)

 

Depois das duríssimas declarações de Pinto da Costa visando o árbitro Soares Dias que na prática passou a ser vetado em qualquer jogo disputado pelo FCP, permaneço teimosamente ainda à espera de uma greve de protesto desencadeada pelos homens do apito, semelhante à que - por muito menos - já fizeram contra o Sporting.

Expectativa agora ampliada pelas duríssimas declarações de António Salvador a propósito da vergonhosa arbitragem de Olegário Benquerença no Rio Ave-Braga. O presidente bracarense não faz a coisa por menos: exige o fim imediato da carreira de Benquerença (o que seria um elementar acto de higiene no futebol português) e uma "limpeza de cima a baixo" na Liga, "de quem manda ao porteiro".

Enquanto o pré-aviso de greve não chega, arranjei esta semana um modelo de sofá ainda mais confortável para prevenir dores nas articulações. Até agora, esperei sentado. Daqui para a frente, vou aguardar de forma ainda mais paciente. Deitado.

Silêncio comprometido

Quando confrontado pelos jornalistas com as críticas (infundadas) de Vítor Pereira à arbitragem do jogo de ontem, António Salvador disse que também teria queixas a fazer mas preferiu atalhar e dizer «não vou entrar por aí». Depois de também ter preferido o silêncio sobre a arbitragem do jogo do Braga contra o porto para o campeonato que prejudicou seriamente a sua equipa, uma semana após ter berrado críticas ao árbitro do jogo da sua equipa em Alvalade e insinuações sobre as ligações do Sporting com a arbitragem, o presidente do Braga mostra mais uma vez que não mede o tom das suas críticas aos árbitros, variando entre o silêncio comprometido e o grito exagerado, conforme o afecto que tem pelo adversário do clube a que preside.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D