Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

A imensa pequenez

antonio-salvador-prsident-braga-1491910371-9716.jp

 

Foi um fim de semana em cheio para o Sporting.

E um fim de semana de pesadelo para a sucursal minhota do Benfica.

 

No futebol, conquistámos a Taça da Liga numa final empolgante. Terceiro título em apenas quatro anos.

No futsal, goleámos sem remissão: triunfo por 9-0.

No voleibol, outro resultado inquestionável: vitória por 3-0.

Sempre contra o mesmo adversário.

 

 

António Salvador devia falar todos os dias. É um perfeito símbolo da imensa pequenez do Braga.

 

 

ADENDA: «Golo do Sporting é completamente legal.»

O estranho caso da contratação de Ruben Amorim...

Já foi amplamente debatida a contratação de Ruben Amorim, uma aposta que no mínimo terá de ser considerada de alto risco, face ao valor envolvido. Sabe-se agora que a Sporting C.P. SAD não pagou ao SCB primeira tranche da transferência do treinador.

Estranha-se o silêncio do histriónico presidente do clube minhoto. Não quero acreditar, que possamos estar perante uma número de ilusionismo que vise justificar mais à frente algum tipo de acordo, envolvendo cedência de jogadores, nomeadamente João Palhinha ou Gelson Dala, quiçá intermediada por algum agente FIFA, que colocará jogadores em ambos os clubes, cobrando as devidas comissões, privando o Sporting de jogadores com lugar no plantel, para receber entulho de fundo de catálogo, à semelhança da maioria das contratações da dupla F. Varandas / Hugo Viana. 

Estarei atento à evolução deste negócio, não tenho dúvidas que os sportinguistas também não irão continuar a tolerar por muito mais tempo o actual estado do clube. Mais do que assembleia-geral de destituição, estou cada dia mais convencido que o caminho passa pela antecipação de eleições. E que Rogério Alves, na qualidade de PMAG, tem o poder para terminar com o recreio e tirar das mãos destes garotos o brinquedo em que transformaram o Sporting Clube de Portugal. 

Estás a ver Bruno, eu posso

"És um labrego, trolha e aldrabão! Já ninguém te consegue (não te consigo) aturar!

Vai mandar no G15 e aproveita e vai...

Idiota, aldrabão...

Adoras ser o Presidente do benfica b...

Agora faz mais um comunicado..."

 

Nota de rodapé: Esta alimária esqueceu-se de falar do penalti claro contra o seu clube no jogo em casa com o Sporting, que daria o possível 0-1.

Ainda será da final da Taça em 2015?

Ouvi as seguintes declarações do presidente do Braga, António Salvador (por exemplo, no "24 Horas" às 0:50, disponível na RTP Play):

"Tomara eu que todas as equipas portuguesas sigam o mais longe possível nas competições europeias. Seja o Braga, seja o Guimarães, seja o FC Porto, todas elas que lá estejam".

A omissão do Sporting talvez pudesse, com muito boa vontade, ser justificada por, na altura em que as declarações foram proferidas, já conhecer o seu destino (as declarações talvez pudessem ser vistas como um desejo de boa sorte às equipas que ainda iam jogar). Mas o desejo que o presidente do Braga manifestou logo de seguida - jogar a final da Liga Europa com o Vitória de Guimarães - confirma que, para Salvador, o Sporting não é tão "equipa portuguesa" como as outras - é a que menos merece a sua simpatia ou desejo de boa sorte. Lá terá as suas razões. Por nós, fica o registo.

Esperar sentado (5)

 

Depois das duríssimas declarações de Pinto da Costa visando o árbitro Soares Dias que na prática passou a ser vetado em qualquer jogo disputado pelo FCP, permaneço teimosamente ainda à espera de uma greve de protesto desencadeada pelos homens do apito, semelhante à que - por muito menos - já fizeram contra o Sporting.

Expectativa agora ampliada pelas duríssimas declarações de António Salvador a propósito da vergonhosa arbitragem de Olegário Benquerença no Rio Ave-Braga. O presidente bracarense não faz a coisa por menos: exige o fim imediato da carreira de Benquerença (o que seria um elementar acto de higiene no futebol português) e uma "limpeza de cima a baixo" na Liga, "de quem manda ao porteiro".

Enquanto o pré-aviso de greve não chega, arranjei esta semana um modelo de sofá ainda mais confortável para prevenir dores nas articulações. Até agora, esperei sentado. Daqui para a frente, vou aguardar de forma ainda mais paciente. Deitado.

Silêncio comprometido

Quando confrontado pelos jornalistas com as críticas (infundadas) de Vítor Pereira à arbitragem do jogo de ontem, António Salvador disse que também teria queixas a fazer mas preferiu atalhar e dizer «não vou entrar por aí». Depois de também ter preferido o silêncio sobre a arbitragem do jogo do Braga contra o porto para o campeonato que prejudicou seriamente a sua equipa, uma semana após ter berrado críticas ao árbitro do jogo da sua equipa em Alvalade e insinuações sobre as ligações do Sporting com a arbitragem, o presidente do Braga mostra mais uma vez que não mede o tom das suas críticas aos árbitros, variando entre o silêncio comprometido e o grito exagerado, conforme o afecto que tem pelo adversário do clube a que preside.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D