Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Os calimeros tripeiros

cal.jpg

Os andrades roem-se de inveja. Eles bem gostariam de ter o nosso treinador lá no banco deles, sentado ao lado do Inenarrável Gonçalves.

Com Rúben Amorim no Dragão nunca o FC Porto estaria como está agora, atravessando a pior época deste século. Aliás, pior época dos últimos 42 anos - de toda a era do Idoso Jacaré*. A tal ponto que correm o sério risco de "conquistar" o quinto lugar na Liga.

Deviam jogar mais à bola e fazer menos queixinhas das arbitragens, esses calimeros tripeiros. O único campeonato que ganham este ano é o da lamúria.

 

Também deviam cometer menos faltas. O FCP é claramente o mais indisciplinado dos "três grandes", como estes números da Liga actual demonstram:

FCP - 8 expulsões (quatro com vermelho directo);

SLB - 3 expulsões (uma com vermelho directo);

SCP - 2 expulsões (nenhuma com vermelho directo).

 

Repito, morcões: joguem à bola e deixem-se de tantas faltas. E de tantas tretas.

 

* Suavizei a expressão face às reclamações das almas cândidas que se sentiram chocadas com a designação "Velho Crocodilo".

Caldeirada à moda do Porto

Qualquer conhecedor do prato inventado pelos pescadores sabe que tudo tem a ver com a combinação de ingredientes e de sabores, à partida julgados difíceis de combinar.

No FC Porto é a mesma coisa. Existe também um Caldeira vice-presidente, o mesmo que insultou o Bruno de Carvalho no João Rocha, mas a bondade inata dele logo esqueceu e perdoou, e existem os ingredientes: droga, candonga, armas de fogo, coacção, agressão, muito dinheiro em numerário e o que mais vier à tona.

Se calhar Villas-Boas foi à guerra com as costas bem protegidas, e a partir de Lisboa. Não acredito que tenha sido a PJ ou a PSP do Porto a conceber a Operação Pretoriano. Aquilo vai ficar preto lá pelas Antas, todos rezando para que o coração do velho padrinho aguente. Mas isso é problema deles.

Nos só queremos a carteira e o telemóvel do presidente de volta.

 

PS: Quando for para discutir o polvo encarnado cá estaremos também, mas o tema do post não é esse.

SL

Uns são Stromp outros andrades

22232070_IZKMi.png

Ontem fiz este comentário:

"socorro-me do último jogo realizado pelo Sporting, dos 16 jogadores utilizados:
- 3 estão na primeira época de Sporting
- 6 na segunda
- 5 épocas / Matheus Nunes
- 7 épocas / Coates
- 10 épocas / Tiago Tomás
- 11 épocas / Palhinha
- 13 épocas / Gonçalo Inácio
- 15 épocas / Daniel Bragança
- 20 épocas / Ricardo Esgaio"

aqui

Fui induzido em erro pela apresentação gráfica da fonte que utilizei, peço desculpa.

os números correctos são estes:

- 3 estão na primeira época de Sporting
- 6 na segunda
- 5 equipas / 4 épocas Matheus Nunes
- 7 equipas / 7 épocas / Coates
- 10 equipas /  8 épocas  Tiago Tomás
- 11 equipas / 8 épocas Palhinha
- 13 equipas / 10 épocas Gonçalo Inácio
- 15 equipas / 14 épocas Daniel Bragança
- 20 equipas / 13 épocas Ricardo Esgaio

Apareceu um andrade, conhecido aqui no "blog" como o anónimo do Bolhão que escreveu isto:

"outros há, que sem fazer alarde disso, tem 3/4 titulares sub 21 no seu onze titular, quem? Diogo Costa, João Mário, Vitinha e Fábio Vieira".

A questão não era a utilização de jogadores oriundos da formação, era a ligação ao clube, a mística, por exemplo, o caso de Gonçalo Inácio, está há dez épocas no Sporting, mas já jogou em 13 equipas do Sporting, numa época jogou nos sub 19, nos sub 23 e na equipa principal (daí a diferença entre "equipas" e épocas que, também, ocorre com outros jogadores, os que estiveram emprestados, essas épocas não foram contabilizadas, obviamente).

Vamos fazer o mesmo exercício para os jogadores do FC Porto utilizados no último encontro:

Diogo Costa - 10 épocas

Bruno Costa - 12 épocas

Fábio Cardoso - 1 época (tem 9 no Benfica)

Mbemba - 4 épocas

Uribe, Diaz e Evanilson - 3 épocas

Vitinha - 10 épocas

Fábio Vieira - 12 épocas

Borges - 7 épocas ( tem 5 no Benfica)

Francisco Conceição - 5 épocas ( tem 6 no Sporting)

Os outros jogadores utilizados pelo Porto estão na segunda ou na primeira época, não foram considerados para a mística.

Nenhum dos jogadores do Porto tem mais anos de clube que Daniel Bragança ou Ricardo Esgaio.

Olhando para os números e para os nomes podemos ficar com a ideia errada que o Porto utiliza muito a formação, usou-a neste jogo, pois estiveram a jogar onze do Porto contra nove da B-SAD, enquanto estiverem 11 de cada lado, o Porto estava a perder, Borges e Conceição, por exemplo, estavam abancados.

Vamos ver quando o Porto jogar para a "Champions" com a Lazio quantos miúdos da formação do Benfica, do Porto e do Sporting (como vimos estão todas bem representadas) serão utilizados.

Estão aí os números (espero que estejam todos correctos) cada um que tire as suas conclusões se a mística se mede com anos de ligação ao clube, com tempo de utilização e com títulos conquistados pela equipa principal, diria que os jogadores do Sporting têm mais mística que os do Porto.

Dois de quatro

Instalou-se a guerra sem quartel entre Benfica e FC Porto. Salvo melhor opinião, o Sporting deve assistir institucionalmente à refrega sem intervir na praça pública, evitando conspurcar-se com lama alheia. E muito menos deve advogar a retirada compulsiva dos quatro mais recentes campeonatos ao SLB. Pelo simples motivo de dois deles terem sido ganhos com o actual treinador leonino ao leme encarnado.

Dois exemplos muito edificantes

 

Dá-me imenso gozo ouvir certas donzelas rasgando as vestes contra a "linguagem imprópria" do presidente Bruno de Carvalho em várias das suas intervenções públicas. As mesmas donzelas que são adeptas dos clubes destes rotundos cavalheiros que com tanta elegância e fair play esgrimem os seus argumentos num programa televisivo chamado Prolongamento mas que bem poderia chamar-se Peixeirada.

Há e tal ...

... se fosse o Bruno de Carvalho a prometer, não faltariam ai virgens ofendidas ...

... se não fosse deles não faltaria a gritaria ...

... se não estamos a defrontar cara a cara o Milan, Real Madrid ou Barcelona eu digo estamos vivos, ao contrário "daqueles homens pequenos" que fugiram ...

... enquanto este e este estão de férias, o outro trabalha  ... 

... são só umas lembranças desportivas ! 

O esperto da Cantareira

Gostava de ler os arautos do costume se se confirmar a transferência de James Rodriguez do Mónaco para o Real Madrid, pelos valores que se falam, cerca de oitenta milhões de euros. Há apenas um ano, e sabendo que este jogador iria participar no campeonato do mundo no Brasil, os lá de cima despacharam-no por metade desse valor, não esquecendo que foi vendido num pacote com João Moutinho, onde interessou subir o seu preço em detrimento do de Moutinho, por forma a pagar o menos possível ao Sporting.

Tivesse sido este negócio realizado pelo Sporting e com toda a certeza que mais de metade do tempo gasto na análise às transferências, nos diversos programas desportivos e comunicação social em geral, seria sobre o mau negócio efectuado.

E ao valor que o porto recebeu, segundo notícias de então, ainda se descontaram as comissões para empresários e o valor a ser entregue ao clube formador.

Assim em jeito de conclusão: em doze meses o porto deixou de facturar cerca de quarenta milhões de euros. É, às vezes a esperteza saloia dá em burrice.

Somos porto.

Secretaria

Os calimeros dos andrades lá meteram a sua queixazita contra o Sporting na Liga. Como este ano se arrastam por aí (parece que estão todos excitados por terem ganho 1-0 à equipa B do Benfica...) e não conseguem ganhar em campo, tentam ganhar na secretaria. Repare-se que a coisa é mais importante do que parece: os 3 pontos ainda podem valer 9 milhões de euros, se eles conseguirem daqui até ao fim do campeonato aproximar-se do Sporting o suficiente para roubarem o apuramento directo para a Champions.

 

A queixa é, evidentemente, ridícula, sobretudo vinda do clube de que mais testemunhos há comprovando tentativas de corrupção  de arbitragem. Toda a gente conhece, mas não custa lembrar, até porque é público:

 

Repare-se: a queixa é ridícula no contexto português, mas não é disparatada. Se o Sporting for condenado, faz-se jurisprudência e abre-se uma nova página no futebol nacional, em que nenhum clube se pode queixar de árbitros (como este exemplo que aqui dei). Assim que algum o fizer, o outro queixa-se à Liga por tentativa de "condicionamento". Era, de facto, uma maneira de acabar de vez com as calimerices.

 

O problema é que a justiça desportiva em Portugal é ainda mais ridícula do que a queixa dos tripas. Por isso, não seria surpreendente se o Sporting saísse condenado agora, mas no futuro não conseguisse ganhar por razões idênticas.

 

Face aos precedentes, este caso não tem pernas para andar. Muito mais sustentação tinha o nosso famoso caso dos 3 minutos. Mas como isto é o futebol português, nunca se sabe.

Sobre o jogo contra os Andrades

Depois de tanto já aqui ter sido escrito e com o qual estou de acordo deixo apenas algumas breves notas sobre o jogo de ontem.

i) Se tivesse tempo, todos os dias escreveria um texto sobre o William Carvalho. Ele ainda não se foi embora e eu já tenho saudades deles. É um jogador inacreditável, o melhor jogador que vi formado no Sporting desde Cristiano Ronaldo sendo que Carvalho é, neste momento, mais influente na equipa do que Ronaldo alguma vez foi. Carvalho transpira classe, maturidade e tranquilidade.

ii) Adrien fez um jogo fabuloso. Paulo Bento, claramente, deve andar muito confuso. Micael é menos de metade do jogador que Adrien é.

iii) André Martins fez um grande jogo. Não pela assistência - de enorme qualidade - mas porque correu muito durante o jogo a pressionar as saídas da equipa do norte. Não é nada fácil e o desgaste é tremendo!

iv) Slimani é um mouro de trabalho para além de que aquela cabecinha vale ouro. A bola por vezes não o favorece mas o que ele corre, salta, pressiona faz do argelino um jogador fundamental no actual Sporting. Slimani fez um grande jogo ontem. Se não existisse um tipo alto chamado William Carvalho, ontem, Slimani, teria sido o melhor jogador em campo.

v) Quaresma é um jogador que tinha tudo para ter sido o maior menos a cabeça. Ontem foi, claramente, o melhor jogador da equipa adversária.

vi) Esta equipa do Sporting merece muito mais do que os pouco mais de 36000 adeptos presentes ontem no estádio. Qual é a desculpa para não ir à bola? A equipa corre, esforça-se, joga bom futebol e ganha (na larga maioria das vezes). Os bilhetes não são caros! Consegue-se fazer uma época inteira com €300,00, menos do que se gasta em café (para quem bebe) ao longo de um ano!

vii) Proença fez uma arbitragem ao seu nível. Martins está fora de jogo. Está na minha linha de visão e disse-o no momento. É, apesar de tudo, um lance complicado para o bandeirinha na medida em que Martins aparece junto a ele e isso dificulta a acção do árbitro. Não aceito, no entanto, a tese de que o Sporting foi beneficiado. Adrien leva amarelo aos 10 minutos num lance normal a meio do meio-campo adversário. Os dois centrais de azul e branco deveriam ter recebido ordem de expulsão. Mangala por acumulação de amarelos e Abdoulaye por vermelho directo. Danilo deveria também sido admoestado com segundo amarelo. Ademais, houve uma quantidade de faltas a meio-campo muitíssimo duvidosas. Como se sabe, é nesses lances que um árbitro condiciona o jogo de uma equipa. Os lances de penalty ou fora-de-jogo, sendo importantes, são possíveis de acontecer.

viii) Não sei se já me pronunciei sobre William Carvalho. O tipo que, no meio de quatro adversários consegue ficar com a bola, que faz passes de 30 metros a desmarcar colegas, que quando embala em velocidade é quase imparável e que deixa qualquer adepto mais nervoso tranquilo como um bebé depois de mamar. Que jogador de futebol! 

{ Blogue fundado em 2012. }

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D