Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

És a nossa Fé!

Doa a quem doer

Só nos últimos três dias, És a Nossa Fé registou 31.976 visualizações. Acima de dez mil visualizações diárias, portanto.

Prova inequívoca - mais uma - do reiterado interesse que os nossos textos merecem junto da massa adepta leonina. Quem nos lê, bem sabe que aqui a liberdade de expressão não se apregoa: pratica-se. Todos os dias do ano, no auge da época desportiva ou no defeso, chova ou faça sol. Sejam quais forem os presidentes, os treinadores, os jogadores.

Sempre em defesa dos interesses e dos valores do Sporting. Criticando o que houver que criticar, incomodando quem tiver de ser incomodado, doa a quem doer.

Entre os mais comentados

Nos 23 destaques feitos pelo Sapo em Julho para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 23 menções. Fazendo assim o pleno, uma vez mais.

Além disso, figurámos 18 vezes no pódio dos mais comentados - com seis "medalhas de ouro", oito de "prata" e quatro de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 23 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Hoje é dia de aprovarmos o orçamento do clube (107 comentários, o mais comentado do dia)

Só faltam cinco dias (44 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Porque vou votar favoravelmente as expulsões (102 comentários, o mais comentado do dia)

"Megracraques" do antigamente (138 comentários, o mais comentado do dia)

Reflexões para 6 de Julho (42 comentários, terceiro mais comentado)

Não aguenta um cara-a-cara (78 comentários, segundo mais comentado)

Seis notas breves (26 comentários)

Letais ao Sporting (68 comentários, segundo mais comentado)

As gloriosas capas do jornal "A Bola" (28 comentários)

Entrevista a Miguel Cal (72 comentários, segundo mais comentado)

Rever os Estatutos - I (41 comentários)

Um pontapé em Domingos Duarte (82 comentários, o mais comentado do dia)

Fazem falta mais extremos no Sporting? (82 comentários, o mais comentado do dia)

A proposta (26 comentários)

Os imbecis (46 comentários, segundo mais comentado)

Três perguntas (54 comentários, segundo mais comentado)

Para a nova temporada (30 comentários)

E de repente (56 comentários, o mais comentado do dia)

Bas Dost e Slimani (54 comentários, segundo mais comentado)

Os destaques: Bruno, Wendel, Mathieu (40 comentários, segundo mais comentado)

As gloriosas capas do jornal "A Bola" (17) (46 comentários, terceiro mais comentado)

Um plantel do presente ou do futuro? (45 comentários, terceiro mais comentado)

As lágrimas (44 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1451 comentários nestes postais. Da autoria do António de Almeida, do Francisco Melo, do Luís Lisboa e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Para a nova temporada

Como sabemos, o És a Nossa Fé é um dos endereços mais visitados e comentados na blogosfera leonina. 

Acontece que alguns dos visitantes ainda não aprenderam normas essenciais de comportamento para quem frequenta casas alheias.

Deixo por isso aqui explícitas duas regras que irei adoptar sem quebras no que se refere a comentários. A partir de agora não aprovarei nenhum comentário que contenha referências injuriosas a terceiros, sejam do Sporting ou não.

Também eliminarei de imediato qualquer comentário que adultere o nome do Sporting, dos seus dirigentes, técnicos e atletas.

Finalmente, serão devolvidos à procedência todos os comentários subscritos por adeptos de outros clubes em questões que apenas dizem respeito aos sportinguistas.

Tudo claro e transparente, para que não restem dúvidas.

Resta acrescentar que estes princípios, naturalmente, só me vinculam a mim. Os colegas de blogue procederão como entenderem.

Este ano fico com o 7!

Foi num dia de calendário como o de hoje que em 2012, e pela primeira vez, fiz a minha estreia nesta equipa de gente de “Fé”.

Sete anos são já passados e parece que foi só ontem.

Durante este tempo o Sporting, que foi sempre o meu maior foco, sofreu muitas mudanças. Demasiadas!

Os casos no clube sucederam-se, alguns a uma velocidade quase vertiginosa, e quase nunca com bons resultados. Mas enfim é o clube que temos… sempre em convulsão!

Fomos muitas vezes campeões em muita modalidades, mas nunca na nossa equipa principal de futebol. E é pena.

Durante todo este tempo fui escrevendo conforme me mandou o coração mais que a razão. Decididamente nestas coisas de adepto a razão nunca manda. E ainda bem, acrescento!

Obrigado a quem em mim confiou e principalmente aos leitores e comentadores que de forma (quase) sempre civilizada foram mostrando porque, quando queremos, somos diferentes dos demais.

Saudações leoninas e a gente lê-se por aí!

A camisola

big_1720867.jpg

 

Não vamos facilitar nem baixar a guarda.
Somos totalmente insuspeitos, pois da nossa parte nunca faltou a esta Direcção o apoio nos momentos mais difíceis.
E - permitam-me sublinhar isto, sem falsas modéstias - não é um apoio qualquer: este é um dos blogues com mais seguidores no universo leonino. Sem sombra de dúvida.

Não nos peçam é aplausos quando somos derrotados por um conjunto do terceiro escalão suíço, não-profissional. 
Há limites que não devem ser transpostos, mesmo num jogo de preparação inserido na pré-temporada. Quem enverga a camisola do Sporting deve ter consciência plena de que está a defender o bom nome do clube a nível internacional, até muito para além das fronteiras do futebol.

A crise ficou para trás

É apenas um pormenor, mas quero registá-lo aqui. 

A etiqueta "crise", que figurava entre as dez mais utilizadas no nosso blogue, foi arredada para a 11.ª posição. 

Agora, no topo das que usamos, estão estas: Sporting, Bruno de Carvalho, Há um ano, Comentários, Voz do Leitor, Prognósticos, Memória, Jorge Jesus, Selecção e Balanço.

Aguardo pelo dia em que duas destas sejam igualmente empurradas para baixo. O mesmo é dizer: que fiquem irremediavelmente para trás.

Entre os mais comentados

Nos 23 destaques feitos pelo Sapo em Maio para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. 

Mais ainda: figurámos 21 vezes no pódio dos mais comentados - com oito "medalhas de ouro", 11 de "prata" e duas de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Órfãos, viúvas e agora pândegos (39 comentários, segundo mais comentado do dia)

Já igualou (46 comentários, segundo mais comentado)

As gloriosas capas do jornal A Bola (4) (52 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (56 comentários, segundo mais comentado)

Keizer e os jogadores (46 comentários, o mais comentado do dia)

Ressabiadas e letais (32 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Quem são os três melhores? (86 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (60 comentários, o mais comentado do dia)

Pérolas de Joaquim Rita (38) (40 comentários, segundo mais comentado)

Eles (62 comentários, segundo mais comentado)

Tolerância zero (92 comentários, o mais comentado do dia)

Pergunta aos leitores (62 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (80 comentários, o mais comentado do dia)

A diferença entre o Sporting e os clubes do sistema (40 comentários, terceiro mais comentado)

Boas notícias (67 comentários, segundo mais comentado)

Políticas (22 comentários)

Prognósticos antes da Taça (106 comentários, o mais comentado do dia)

A melhor época desde 2002 (60 comentários, o mais comentado do dia)

Esta Taça também é tua, Nani (42 comentários, segundo mais comentado)

Cada vez mais ressabiadas (46 comentários, segundo mais comentado)

Está no Governo a fazer o quê? (46 comentários, segundo mais comentado)

O mesmo (52 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1137 comentários nestes postais. Da autoria do António de Almeida, do Edmundo Gonçalves, do Filipe Moura, do Luciano Amaral e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques feitos pelo Sapo em Abril para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções. Fazendo assim o pleno, sem falhar um dia. Para não variar.

Mais ainda: figurámos 20 vezes no pódio dos mais comentados - com 14 "medalhas de ouro", cinco de "prata" e uma de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Prognósticos antes do jogo (90 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes da Taça (84 comentários, o mais comentado do dia)

O exemplo madrileno (66 comentários, o mais comentado do dia)

Capas de antologia d' A Bola (50 comentários, o mais comentado do dia)

Confesso (24 comentários)

Imbecil (62 comentários, o mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de hoje (36 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Um asco (72 comentários, o mais comentado do dia)

Auditoria forense (1) (88 comentários, o mais comentado do dia)

Obviamente (96 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (66 comentários, o mais comentado do dia)

Vale tudo (88 comentários, o mais comentado do dia)

É favor não incomodar (54 comentários, segundo mais comentado do dia)

As viúvas continuam de luto (44 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (70 comentários, o mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de hoje (22 comentários)

A voz do leitor (56 comentários, o mais comentado do dia)

Jogos amigáveis: 22 golos oferecidos (58 comentários, segundo mais comentado)

Nunca mais (74 comentários, o mais comentado do dia)

Marco Silva (58 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (68 comentários, o mais comentado do dia)

Haja vergonha (58 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1360 comentários nestes postais. Da autoria do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

 

Nos 21 destaques feitos pelo Sapo em Março para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 20 menções.

Mas não só: figurámos também 19 vezes no pódio dos mais comentados - com dez "medalhas de ouro", sete de "prata" e duas de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Este senhor não serve (52 comentários, segundo mais comentado do dia)

Com o novo mundo mesmo ali ao lado (71 comentários, segundo mais comentado)

Rescaldo do jogo de ontem (78 comentários, o mais comentado do dia)

Uma pergunta simples (88 comentários, o mais comentado do dia)

Quem são os três melhores? (116 comentários, o mais comentado do dia)

Aumenta o fosso (64 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (76 comentários, segundo mais comentado)

Quatro autogolos na Queimada (46 comentários, o mais comentado do dia)

Comparar (36 comentários, segundo mais comentado)

As negas de Ricciardi (30 comentários)

Prognósticos antes do jogo (88 comentários, o mais comentado do dia)

Rescaldo do jogo de hoje (38 comentários, terceiro mais comentado)

Ninguém resolve nada sozinho (38 comentários, segundo mais comentado)

Os brunecos (50 comentários, segundo mais comentado)

Bruno (80 comentários, o mais comentado do dia)

Responda quem souber (122 comentários, o mais comentado do dia)

Precisamos de um novo Leonardo Jardim (66 comentários, terceiro mais comentado)

Inqualificável (70 comentários, o mais comentado do dia)

O inútil e o inenarrável (112 comentários, o mais comentado do dia)

Oba, oba (36 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1357 comentários nestes postais. Da autoria do JPT e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos 20 destaques feitos pelo Sapo em Fevereiro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 20 menções, atingindo assim o pleno. Uma vez mais.

Mas não só: figurámos também 19 vezes no pódio dos mais comentados - com duas "medalhas de ouro" e dezassete de "prata".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

566 jogos depois (36 comentários)

Prognósticos antes do jogo (112 comentários, o mais comentado do dia)

Isto não é sportinguismo, tenham vergonha... (150 comentários, segundo mais comentado do dia)

Que raio de alianças (49 comentários, segundo mais comentado)

Qual será o onze titular? (92 comentários, segundo mais comentado)

Quente & frio (68 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (80 comentários, segundo mais comentado)

No mínimo (54 comentários, segundo mais comentado)

Meios e tempo (58 comentários, segundo mais comentado)

Pontapé para baixo (100 comentários, o mais comentado do dia)

Naufrágio colectivo (180 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (36 comentários, segundo mais comentado)

O destituído (52 comentários, segundo mais comentado)

Inconcebível (50 comentários, segundo mais comentado)

Vale tudo (42 comentários, segundo mais comentado)

Quente & frio (62 comentários, segundo mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (92 comentários, segundo mais comentado)

Qual será o onze titular? (50 comentários, segundo mais comentado)

É tempo de fazer esta pergunta (56 comentários, segundo mais comentado)

Começar mal (66 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1627 comentários nestes postais. Da autoria do Edmundo Gonçalves, do António de Almeida e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Império Leonino

esanossafe.jpg

 

O histórico café Império, agora muito IURD (não é B, é D), acolheu mais uma vez o jantar deste grupo heterógeneo de Sportinguistas, unidos pela participação num espaço de  discussão da actualidade do Clube, e coube-me a mim como caloiro fazer o relato para memória futura. 

Desta vez e enfrentando uma táctica de disposição de mesas que lembrava um duplo pivot à moda de Peseiro e que dificultava um pouco a comunicação do grupo, para além do habitual bife com ovo a cavalo regado com uma cerveja holandesa (que não se chamava Keiser) terminámos com um duplo shot de potente medronheira e licor de mel da serra algarvia atenciosamente oferecido pela nossa colega CAL, à qual muito agradecemos.

Foi realmente um grande prazer conhecer ao vivo as pessoas por detrás das opiniões e comentários expressos no blogue, ouvir das suas experiências e percursos, trocar ideias sobre muita coisa e sair mais rico em termos de entendimento do passado e presente do nosso clube. A conversa prolongou-se já depois na rua, as horas passaram bem depressa, e depois, já na volta para casa, e com a A5 mais uma vez entupida, lá tive que fugir pelo Estádio Nacional e passar em frente do local para mim marcado pela tristeza e vergonha que presenciei na ultima final da Taça. O Sporting é assim, capaz do melhor e do pior.

De tudo o que ouvi, parece-me que, existindo opiniões diferentes sobre muita coisa (por exemplo, de quem seria o treinador mais indicado para substituir o Keizer, não queremos de todo que se repita despedir um treinador sem substituto à altura no dia seguinte), registou-se um grande consenso sobre as mais importantes, a preocupação pela situação financeira do clube, a vontade de que o clube esteja bem e ganhe no estádio e pavilhão seja quem for o presidente, a importância de derrubar trincheiras e unir o clube, de manter a decência e urbanidade no blogue e de existir uma comunicação efectiva entre o clube e os sócios.

Concluindo, num momento marcado pela desconfiança e comportamentos agressivos entre sócios do mesmo clube foi com enorme satisfação que passei a integrar este grupo e voltar aos tempos em que cada Sportinguista era um amigo.

Saudações Sportinguistas e Sporting Sempre !!!

6.750 visualizações diárias

Só nos últimos dez dias, registámos 67.492 visualizações aqui no blogue. À média de 6.750 visualizações por dia. Outra prova - uma entre tantas - da popularidade do És a Nossa Fé. Que está hoje onde sempre esteve: na primeira linha da defesa intransigente dos legítimos interesses do Sporting - custe a quem custar, incomode quem incomodar. Mantendo o saudável pluralismo interno que sempre nos caracterizou.

Aqui não existe "unicidade" nem pensamento único. 

Alguém acha que é chato, como dizia o outro? Temos pena. Mas vamos continuar assim.

Professor Marcel

1200px-Marcel_Keizer.jpg

 

O treinador do Sporting conseguiu surpreender tudo e todos com o onze inicial que escolheu para a primeira mão da meia-final da Taça de Portugal, no estádio da Luz. De tal maneira que, apesar das muitas sugestões aqui registadas após ter sido divulgada a convocatória, nem um só leitor do És a Nossa Fé foi capaz de antecipar qual seria o elenco leonino que acabou por entrar em campo. 

Eis um ponto favorável a Marcel Keizer: tendo sido capaz de iludir quem aqui comenta, provavelmente surpreendeu também os responsáveis técnicos do SLB. Seria quase tudo perfeito se não tivéssemos perdido esse jogo.

Somos muitos

Uma semana acaba, outra semana começa neste oitavo ano de vida do nosso blogue. Na que agora fica para trás, registámos 46.552 visualizações.

Na linha dos últimos 12 meses, em que tivemos mais de 2,2 milhões de visualizações. Concretamente, 2.206.080. Cerca de seis mil por dia.

Números que ainda mais nos animam a prosseguir. Haja o que houver no Sporting, cá estaremos em defesa do nosso clube, sempre maior do que a soma de todos os seus adeptos.

Entre os mais comentados

Nos 22 destaques feitos pelo Sapo em Janeiro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 20 menções.

Mais ainda: figurámos 11 vezes no pódio dos mais comentados - com cinco "medalhas de ouro", cinco de "prata" e uma de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Mais de um milhão de visitas em 2018 (24 comentários, segundo mais comentado do dia)

Sete anos, 2557 dias (26 comentários)

Prognósticos antes do jogo (28 comentários, segundo mais comentado)

Cambada de imbecis (40 comentários)

Prognósticos antes do jogo (68 comentários, o mais comentado do dia)

Expliquem-me devagarinho (40 comentários, segundo mais comentado)

Ponto da situação (44 comentários)

Lacunas (84 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (70 comentários, o mais comentado do dia)

Um quis ganhar, o outro não (20 comentários)

Amanhã há Taça (36 comentários)

Quem são os três melhores? (90 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (96 comentários, o mais comentado do dia)

Jesus e Peseiro de regresso (26 comentários)

De Peseiro a Keizer (30 comentários)

Pergunta aos leitores (48 comentários, segundo mais comentado)

"Não vamos deixar que isto volte para trás" (26 comentários)

Pérolas de Joaquim Rita (36) (36 comentários, terceiro mais comentado)

Pérolas de Joaquim Rita (37) (34 comentários)

Estranha maneira de "apoiar" a equipa (38 comentários, segundo mais comentado)

 

Com um total de 1012 comentários nestes postais. 

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Sete anos, 2557 dias

61mZqzHVeoL._SX425_[1].jpg

 

Faz agora sete anos, era dado o pontapé de saída. Coube-me essa honra a mim, simbolicamente, com um postal de apenas uma linha mas que pretendia ir direito ao essencial: «Só nós sabemos porque não ficamos em casa.»

E não ficámos. Permanecemos por cá, ao longo de todo este tempo. Daí podermos afirmar hoje que este blogue, não por acaso chamado És a Nossa Fé, funciona como um registo diário da história leonina destes 2557 dias. Nenhum tema foi ignorado, nenhuma crítica foi silenciada, não passámos ao lado de nada que fosse relevante na vida do nosso clube. Incluindo a pior época de sempre e o dia mais negro neste Sporting do século XXI.

 

Houve alegrias, claro, também aqui registadas. Escassas no futebol: uma vitória na Taça de Portugal, com Marco Silva, uma Supertaça já com Jorge Jesus ao comando da equipa e a primeira Taça da Liga do historial leonino - ainda com Jesus ao leme. Mas muitas nas modalidades, em que deixamos bem vincado o nosso estatuto de maior potência desportiva portuguesa. Somos tricampeões nacionais de futsal, bicampeões nacionais de andebol, bicampeões nacionais no futebol feminino. Há meses, sagrámo-nos campeões nacionais de hóquei em patins, modalidade em boa hora recuperada pelo clube. Somos igualmente campeões nacionais de voleibol, tricampeões em ténis de mesa, bicampeões em râguebi feminino, tricampeões em judo masculino. Dominamos na natação, no atletismo feminino, no triatlo feminino e no corta-mato masculino. Temos campeões nacionais de marcha, salto com vara, salto em comprimento, boxe, tiro e padel.

Foram sete anos de alegrias também a nível internacional. Pelo reforço dos nossos títulos europeus em várias modalidades. Vimos o Sporting vencer a Taça CERS em hóquei em patins (2015), a Taça Challenge em andebol (2017), a Taça dos Campeões Europeus de atletismo feminino em pista (2016 e 2018), duas Taças dos Campeões Europeus em corta-mato, feminino e masculino (ambas em 2018). Somos campeões europeus em judo e vice-campeões europeus em futsal.

Sem esquecer a magnifica campanha da selecção nacional de futebol em França, onde nos sagrámos pela primeira vez campeões nacionais da modalidade. Com dez jogadores formados no Sporting inseridos neste elenco de luxo: Adrien Silva, Cédric Soares, Cristiano Ronaldo, João Mário, João Moutinho, José Fonte, Nani, Ricardo Quaresma, Rui Patrício, William Carvalho.

 

Revisito os textos desses primeiros dias e encontro já neles, bem expressiva, a matriz mais genuína deste blogue. Com traços dominantes, que incluem o pluralismo, o companheirismo, a camaradagem, o amor incondicional ao clube que nos serve de fio condutor.

Somos pessoas de origens muito diversas, com as mais variadas profissões, com pensamentos diferentes em questões políticas, religiosas, sociais. Mas aqui estamos irmanados na devoção aos valores do nosso clube e na procura incessante da glória que vai sendo transmitida de geração em geração. Tendo sempre presente que o desporto é antónimo de guerra e que o adversário está muito longe de ser inimigo. Nunca esquecendo que a vitória só é justa quando acontece sem batota.

 

Continuaremos. Quatro presidentes depois (Godinho Lopes, Bruno de Carvalho, Torres Pereira e Sousa Cintra), dez treinadores da equipa principal de futebol depois (Domingos Paciência, Sá Pinto, Oceano, Vercauteren, Jesualdo Ferreira, Leonardo Jardim, Marco Silva, Jorge Jesus, José Peseiro e Tiago Fernandes). Agora com Frederico Varandas como nosso presidente, tenha sido esta ou não a opção de voto de cada um na histórica eleição de 8 de Setembro. Agora com Marcel Keizer como líder do futebol leonino.

Apoiamos um e outro. Sem seguidismos, sem espírito acrítico, mas com a noção exacta de que o Sporting precisa de cerrar fileiras para atingir os objectivos que temos em vista. E convictos de que não há vitórias nos estádios, nas pistas ou nos pavilhões sem o incentivo dos adeptos nas bancadas.

 

Não exigimos títulos: exigimos esforço e dedicação.

Estamos aqui para retribuir sempre que for preciso a quem merecer o nosso aplauso. Outro ano, mais sete anos, os 2557 dias que vão seguir-se.

Mais de um milhão de visitas em 2018

Este nosso blogue, que também é vosso, chega ao fim do ano com números bem expressivos: ao longo de 2018 recebemos 1.070.817 visitas e registámos 2.254.932 visualizações. Numa média diária de 5.704 visualizações - superior à das edições em linha de alguns jornais com expressão nacional.

Números que confirmam o És a Nossa Fé como um dos mais relevantes blogues portugueses, mesmo para além da realidade desportiva. É, portanto, o momento para agradecer a todos quantos nos visitam e nos comentam, mesmo quando discordam do que aqui se escreve: todos merecem a nossa consideração.

Fica a promessa: vamos continuar. Em defesa dos interesses permanentes do Sporting, que estão sempre para além de todas as personalidades e todas as conjunturas.

Entre os mais comentados

 

Nos 21 destaques feitos pelo Sapo em Dezembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 20 menções.

Mais ainda: figurámos 14 vezes no pódio dos mais comentados - com cinco "medalhas de ouro", quatro de "prata" e cinco de "bronze".

Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

 

Os 20 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Hoje giro eu - Concílio leonino (78 comentários, o mais comentado do dia)

Quem são os novos cinco violinos? (24 comentários)

Coentrão de regresso? (46 comentários, segundo mais comentado do dia)

O gozo que isto dá (78 comentários, o mais comentado do dia)

Desmentido em toda a linha (82 comentários, o mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (62 comentários, segundo mais comentado)

Obrigado, Cintra (48 comentários, segundo mais comentado)

Alguém me explica? (22 comentários)

Primeiras impressões (30 comentários)

Será mesmo? (24 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Prognósticos antes do jogo (80 comentários, o mais comentado do dia)

Comparações (28 comentários)

A manta é curta... e quando tapa a cabeça, destapa os pés  (32 comentários, segundo mais comentado)

Soma e segue (26 comentários, terceiro mais comentado)

Onde há verde, há esperança... Feliz Natal! (28 comentários, terceiro mais comentado)

Prognósticos antes do jogo (64 comentários, o mais comentado do dia)

Afinal, é Natal (15 comentários, terceiro mais comentado)

Natal, nascer (17 comentários, terceiro mais comentado)

A diferença (22 comentários)

Quente & frio (32 comentários)

 

Com um total de 838 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do Luís Lisboa, do António de Almeida, do Edmundo Gonçalves do Pedro Oliveira e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

Entre os mais comentados

Nos  22 destaques  feitos pelo Sapo em Novembro para assinalar os dez blogues mais comentados nesta plataforma ao longo do mês, És a Nossa Fé recebeu 22 menções - atingindo, portanto, a quota máxima. O que acontece pelo sétimo mês consecutivo.

Mais: este foi o único blogue a fazer o pleno dos destaques. Sem falhar um. Recorde-se que os textos publicados ao fim de semana são agregados aos de sexta-feira para este efeito, o que leva o número de destaques a ser inferior ao número de dias.

Mais ainda: figurámos 20 vezes no pódio dos mais comentados - com doze "medalhas de ouro", cinco de "prata" e três de "bronze".

 

Os 22 textos foram estes, por ordem cronológica:

 

Frases da entrevista de Vieira (72 comentários, o mais comentado do dia)

A chicotada em curso (116 comentários, o mais comentado do dia)

Alto risco (70 comentários, o mais comentado do dia)

Battaglia: quem poderá substituí-lo? (60 comentários, o mais comentado do dia)

Hoje giro eu - Marcel Keizer (49 comentários, o mais comentado do dia)

Sobre Peseiro (58 comentários, segundo mais comentado do dia)

A orfandade da idolatria (44 comentários, o mais comentado do dia)

O princípio do fim do hooliganismo em Alvalade? (179 comentários, o mais comentado do dia)

Onde estarão eles? (60 comentários, segundo mais comentado)

Basta (54 comentários, o mais comentado do dia)

O país dos minis (53 comentários, terceiro mais comentado do dia)

Acto terrorista, disseram eles (42 comentários, segundo mais comentado)

Já podem votar em nós (74 comentários, o mais comentado do dia)

O velho crocodilo (38 comentários, segundo mais comentado)

Duas perguntas (48 comentários)

Brás & Braz (22 comentários)

Hoje giro eu - O amor acontece (Love actually) (38 comentários, segundo mais comentado)

O crime (36 comentários, terceiro mais comentado)

Letais ao Sporting (48 comentários, o mais comentado do dia)

Debater sem cobardia (28 comentários, terceiro comentado)

Benfica: enfim o penta (74 comentários, o mais comentado do dia)

Pesada herança (58 comentários, o mais comentado do dia)

 

Com um total de 1321 comentários nestes postais. Da autoria do Pedro Azevedo, do Filipe Arede Nunes, do António de Almeida, do Edmundo Gonçalves e de mim próprio.

Fica o agradecimento a quem nos dá a honra de visitar e comentar. E, naturalmente, também aos responsáveis do Sapo por esta iniciativa.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D