Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Sporting: questões em debate (8)

O Sporting é maior que Jesus

«Por mim Bruno de Carvalho ficará muitos mais anos à frente do clube. Certo que apostou forte no treinador que mais depressa poderia ser campeão e essa aposta falhou, em parte porque lhe deu demasiado poder. Em quase tudo o resto está a fazer um grande trabalho, mesmo que Joaquim Rita espume de raiva ou apesar disso.
A partir de agora muita coisa terá de mudar, o problema é que tenho muitas dúvidas que Jesus abdique de comprar jogadores ao quilo e que aceite ficar noutras condições.
Mas o Sporting é maior que Jesus, não é?»

Pandil

 

............................................................................................

 

Dar roda livre ao disparate

«Jesus lembra-me a anedota do escorpião. Sentado nos louros da época passada, sabia que se ia dar mal, mas tinha de repetir erros passados do Benfica, desprezar a academia, comprar jogadores velhos, cansados e com vícios, pôr o ego à frente da cabeça e dar roda livre ao disparate.
Será que Jesus vai mudar, aceitar partilhar poder na gestão do plantel, valorizar jogadores de que pode não gostar mas que são activos da formação e não podem ser desprezados (Mané é um bom exemplo), e ser um líder motivador e inspirador para a equipa? Dificilmente acho eu, não acredito, não consegue, não precisa, o ónus pelo divórcio está do lado do Sporting.
Pelo que se ouve Bruno de Carvalho fez a sua opção e vai com Jesus até ao fim. Entende-se. Se é o fim de Jesus ou dele ou dos dois, a ver vamos.»

SportingSempre

 

............................................................................................

 

Cautela e caldos de galinha

«A gente tem muito a tendência escatológica (talvez porque há muito não se ganha; porque há muito ruído nos painéis televisivos e nas redes sociais), e esquece as boas coisas num instante - nas últimos quatro épocas do futebol A duas foram excelentes (mas não óptimas) e uma boa. Esta está a meio. Parece (tem sido anunciado) que as finanças vão muito bem e a economia também melhorou. As "modalidades" (e o ecletismo) reviveram. O pavilhão está aí. E de repente, em meia dúzia de jogos, o sentimento é parecido (ou pelo menos a sua expressão pública) com o de há quatro anos atrás. Calma. Cautela e caldos de galinha (sendo que estes, para mim, são sinónimo de jogar sempre com um lateral esquerdo e que este não seja o Marvin).»

jpt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D