Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Segunda e última

image_content_1917866_20181215143520[1].jpg

 

Sofremos ontem a segunda humilhação frente ao Benfica em seis meses. No início de Fevereiro, fomos derrotados em Alvalade por 2-4 para o campeonato. Eu estava lá e senti-me envergonhado, como tantos outros adeptos.

Ontem foi ainda pior: saímos do estádio do Algarve goleados por 0-5 - resultado inédito, para nós, num clássico disputado em campo neutro e 33 anos após o último desfecho por esta marca, numa partida desenrolada na Luz. Como equipa pequena, temerosa, inofensiva, irrelevante, adoptando um esquema táctico que não fora testado e um índice de aproveitamento ofensivo miserável, em comparação com o SLB. Num jogo em que podíamos ter sofrido mais dois ou três. Coroando uma desastrosa pré-temporada - a pior de que me lembro desde sempre, sem uma vitória sequer para amostra em seis jogos, com sucessivos (e inaceitáveis) colapsos defensivos e uma chocante apatia da equipa técnica, incapaz de reagir ao infortúnio. Aqueles que desvalorizam as pré-temporadas deviam ter estado atentos logo aos primeiros sinais negativos - quando fomos derrotados por uma equipa amadora, da terceira divisão suíça.

Para mim, com este treinador, esta segunda humilhação seria a última. Por muito menos Frederico Varandas correu com José Peseiro em Outubro do ano passado.

 

P. S. -- Dezasseis golos sofridos nos mais recentes sete jogos.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 05.08.2019

    De acordo com o critério do presidente, que por muito menos despediu Peseiro, Keizer pode ir arrumando as malas.
  • Sem imagem de perfil

    Jorge Santos 05.08.2019

    Caro Pedro Correia, esse desejo repentino de ver Marcel Keizer pelas costas nem parece seu. Lembro-me de o ler aqui há dois meses atrás a defender (e bem, a meu ver) a continuidade de Keizer devido às duas taças que vencemos. Então e agora, porque tivemos um revés (por mais duro que este seja e foi), devemos mudar imediatamente de treinador?? Então parecemos os brasileiros, que quando a equipa não ganha três jogos seguidos (normalmente) despedem o treinador! Ou então vamos imitar o nosso rival (com Fernando Santos) e despedi-lo após a 1ª jornada do campeonato.
    Não me parece sensato. Não é dessa forma que se constrói um projecto vitorioso.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 05.08.2019

    O desejo é tão repentino como foi a goleada de ontem, caro Jorge Santos.
    Lembra-se de outro treinador do Sporting que tenha sido goleado duas vezes pelo Benfica em menos de seis meses?
    Eu não. Keizer, a partir de agora, ostenta este triste recorde.
    E "construir um projecto vitorioso" não será, seguramente, com o técnico holandês.

    Lembro, a propósito, o critério de exigência instituído por Varandas vai fazer um ano: treinador que segue a dois pontos do primeiro no campeonato, no fim de Outubro, vai para o olho da rua.
    À luz deste critério, Keizer seguirá o mesmo destino. Sendo assim, quanto mais cedo for melhor.

    P. S. - Keizer é co-vencedor da Taça de Portugal e da Taça da Liga, campanhas iniciadas por Peseiro. Tal como Nani é um dos jogadores creditados com tais troféus embora tenha saído do Sporting muito antes do fim da temporada.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D