Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Rumo ao Mundial (12)

 

 

RICARDO QUARESMA

Se há jogador que divide opiniões, esse jogador chama-se Ricardo Quaresma. Capaz do melhor e do pior na mesma partida. É daqueles que ou se amam ou se odeiam: não deixam ninguém indiferente.

A verdade, no entanto, é que este avançado formado pelo Sporting - onde foi campeão na época 2001/02, quando conseguimos a dobradinha ao conquistarmos a Taça de Portugal, antes de vencer o campeonato também ao serviço do FC Porto - foi dos poucos jogadores a sacudir nos últimos meses o marasmo e a mediocridade da equipa sucessivamente treinada por Paulo Fonseca, Luís Castro e agora pelo basco Lopetegui. Alguns golos dele ficaram-nos na memória e foram retransmitidos nas televisões um pouco por toda a Europa. Contra o Eintracht, por exemplo. Ou contra o Nápoles.

A tribo dos comentadores domésticos, que costuma proferir juízos em uníssono, tinha-se apressado a antever-lhe má carreira quando regressou ao Porto, vindo das Arábias. Até gordo lhe chamaram. E velho, algo incompreensível tratando-se de alguém com 30 anos.

As polémicas que se seguiram também fizeram pouco sentido. Que Quaresma é temperamental, toda a gente sabe. Mas é igualmente incontestável que no futebol também estes jogadores fazem falta. A avaliação de mérito, que compete ao seleccionador, centra-se essencialmente no domínio técnico. E aí Quaresma continua em grande plano. Movimenta-se bem nas alas mas sabe flectir para as faixas centrais, o que faz dele um dianteiro muito completo.

Já lhe vaticinaram que ele iria passar ao lado de uma grande carreira. De facto, falhou a presença nos mundiais de 2002, 2006 e 2010. Mas acredito que será seleccionado para o Mundial do Brasil. Nem percebo, no momento actual, por que motivo esta polémica se instalou nos meios futebolísticos lisboetas. Como se Paulo Bento, naquele que será um dos maiores desafios da sua carreira enquanto treinador, pudesse dar-se ao luxo de dispensar alguém capaz de exibir tanta classe nas linhas dianteiras da nossa selecção. 

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D