Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 21.03.2019

    E o Zé Gomes?
    O que será feito do megacraque Zé Gomes?
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 21.03.2019

    caro pedro, o vosso problema "lagarto" e de estarem sempre a pensar no Benfica. façam-se à vida, desampararem a loja ou então resumam-se à vossa insignificancia riducula de quem não vê o padeiro à mtos anos.
    mas que raio de parvoice vir comentar no meio do nada a ausencia de um jogador que é formado no Benfica
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 21.03.2019

    Em 1960 ja se falava em Lampiiões. .A fama vem de longe!
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 21.03.2019

    No ano em que a PIDE raptou o Eusébio, que vinha do Sporting Clube de Lourenço Marques para o Sporting Clube de Portugal. Sequestrou-o durante três meses no Algarve e forçou-o a assinar pela agremiação lampiânica.
    O rapto, obviamente, aconteceu com a conivência do ditador Salazar. Que era lampião, como todos sabem.
  • Sem imagem de perfil

    ChakraIndigo 21.03.2019

    A sério que escreveu isto?
    Se me parecesse que acredita no que escreveu mandava-lhe aqui os links de várias noticias e entrevistas, sendo assim segue apenas declarações de uma pessoa que deve conhecer, chamada Hilário da Conceição, um dos melhores jogadores portugueses de sempre, e Moçambicano como Eusébio, e que não me parece ser benfiquista. - não me parece uma história parecida com essa que imaginou ou que lhe contaram.

    O ex-jogador do Sporting esclareceu também a história da chegada de Eusébio a Portugal, para ingressar no Benfica, porque "Eusébio conta mal a história". Hilário revela que tentou trazer o "Pantera Negra" para o clube de Alvalade mas o então presidente do Sporting, Brás de Medeiros, só aceitava que a "fera" - como lhe chamava Hilário - viesse primeiro fazer testes.

    Eusébio queria vir já com contrato assinado, pelo que o negócio não se realizou. Mais tarde, "o Bella Guttman falou de Eusébio ao presidente do Benfica, que recomendou logo a vinda do Eusébio por qualquer preço. Então, o Benfica chegou ao pé do Eusébio, deu-lhe dinheiro e este comprou logo um prédio e uma vivenda. A mãe do Eusébio assinou os documentos e lá veio ele para Portugal."

    Já em Portugal - depois de ter viajado com o nome de "Rute" -, Eusébio esteve a um passo de assinar pelo Sporting, contou Hilário. "O Sporting oferecia-lhe dez vez mais do que o Benfica, dava dinheiro à mãe, e o Eusébio, com esse dinheiro, podia devolver o dinheiro que o Benfica lhe deu e ainda ficaria com algum para viver. Depois de estar em Lisboa, falei com o Eusébio (para ser jogador do Sporting Clube de Portugal) e ele aceitou."

    "BENFICA ACABA POR SEGURAR O EUSÉBIO PELO IMPASSE DO TELEFONEMA"
    Hilário, segundo o relato feito ao jornal do Sporting, dirigiu-se ao lar do Benfica onde estava hospedado Eusébio e trouxe-o consigo, mas os responsáveis do Sporting não conseguiram contatar a filial moçambicana de Lourenço Marques para que autorizasse a transferência.

    Por isso, Hilário voltou a levar Eusébio para o lar do Benfica, apenas para pernoitar. Grande "ingenuidade" minha, admitiu: "No Benfica, já tinham dado pela falta dele e quando ele apareceu esconderam-no no Algarve, numa casa de férias do Domingos Claudino (antigo dirigente 'encarnado'). O Benfica não queria que eu tivesse contactos com o Eusébio. O Benfica acaba por segurar o Eusébio pelo impasse do telefonema. Se tivéssemos conseguido entrar em contato com Moçambique, naquelas 24 horas ele teria sido jogador do Sporting."

    Hilário em entrevista ao jornal Sporting, transcrito pelo Expresso em 23.11.2011

    Portanto, apesar de alguém ter dito que uma mentira repetida mil vezes passa a ser verdade, nunca houve qualquer intervenção do governo português nesta história, e se o Eusébio não foi para o seu clube, apesar dos esforços de Hilário, foi por o presidente do Sporting querer que ele prestasse provas antes de assinar, e só a intervenção de Hilário ainda deu alguma incerteza ao desfecho.
    Escreveu-se direito por linhas tortas, pois Eusébio já tinha comprado bens com o dinheiro adiantado pelo Benfica, e já se tinha comprometido com o clube, isso sim seria um desvio do Eusébio numa manobra anti-ética, e que se prolongou ainda numa guerra entre Benfica e FPF, pela inscrição do Eusébio, com a ajuda do Sporting, e que levou a que Eusébio só fosse inscrito meses mais tarde, porque a razão e a lei estavam do lado do Benfica.

    Isto até levaria a contar a história da formação da primeira equipa do Sporting, com recurso a jogadores do Benfica, aliciados com banhos quentes e outras mordomias.

    Que se defnda o nosso clube até à morte acho bem, mas convém respeitar os factos.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D