Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de ontem

Sem a clarividência de Pedro Correia e como ninguém se "chegou à frente", a minha opinião sobre o jogo de ontem no estádio da Madeira:

Gostei

- De William. Continua em alta, sendo O jogador desta equipa.

- De Adrien. Saiu do banco para dar mais ao jogo do Sporting e fazer uma bela assistência para Mané no segundo. Estando bem fisicamente é uma mais-valia para esta equipa.

- De Mané. Esteve quase sempre bem e marcou um excelente golo. A propósito, alguém terá já dito a Marco Silva que Carlos Mané era PL nas camadas jovens e que facturava "p'ra caramba"? ele que pense nisso...

- De Tanaka. O único que sabe ocupar espaços e não espera, plantado, que a bola lhe chegue aos pés. Deu um golo a Carrillo, que este falhou infantilmente.

- De termos recuperado duas vezes no marcador.

- De termos marcado um golo num lance de bola parada. É tão raro que é para festejar!

- De termos marcado dois golos fora, numa competição a eliminar a duas mãos.

- Da atitude com dez em campo.

 

Não gostei

- De Patrício. São já demasiados frangos para o melhor GR nacional. Exibição muito fraca.

- De Jefferson a defender.  Demasiado trapalhão, contudo é dele o livre que dá o golo, demasiado pouco.

- De João Mário. A Madeira é uma ilha linda, poderia ter aproveitado para lá ir...

- De André Martins. Talvez a culpa não seja só dele, o rapaz não é 10, ponto!

- De Carrillo. Tal como João Mário, perdeu o avião. Parece-me fisicamente exausto.

- De ter sofrido dois golos. A eliminatória não está em risco, mas poderíamos estar mais descansados.

 

Um reparo

- A Marco Silva. Esteve bem nas substituições, principalmente na de  Adrien (Cedric entrou forçado pela expulsão de Miguel Lopes), mas poderia/deveria, já que quis e bem poupar alguns jogadores, ter apostado em dois ou três elementos da equipa B. Estou a lembrar-me de Gauld, Wallyson e Dramé, assim de repente.

 

Deu-me algum asco

A prestação do Xistra. Uma dualidade de critérios gritante, tanto na marcação de faltas, como na exibição de cartões. Expulsou Miguel Lopes com o segundo amarelo, numa falta inexistente e deixou pelo menos três por mostrar a jogadores do Nacional.

 

 

15 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D