Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Do nosso arranque na Liga 2016/17. Nada melhor do que começar o campeonato a vencer: 2-0 em casa, frente ao Marítimo.

 

Da nossa exibição. Bom entrosamento, organização colectiva quase sem mácula, equipa a transbordar personalidade e confiança. Os automatismos foram tão evidentes que nem parecia estarmos perante o primeiro jogo oficial da temporada.

 

Do golo de Coates. O gigante uruguaio estreou-se a marcar pelo Sporting com uma oportuníssima elevação, sobrepondo-se ao central do Marítimo, na sequência de um canto muito bem batido por João Mário. Iam decorridos 21 minutos, começava assim a construir-se a vitória leonina.

 

De Gelson Martins. Excelente exibição do nosso extremo direito, com uma segunda parte perfeita, em primorosa articulação com João Pereira. É dele o cruzamento-assistência que proporcionou o segundo golo, aos 60': Bryan Ruiz só teve de encostar o pé. Foi para mim o melhor em campo.

 

De Adrien. Grande partida do nosso capitão, com níveis de confiança reforçados na sequência do título de campeão da Europa. Boas recuperações, inegável qualidade de passe. Muitos lances com sinal de perigo passaram por ele.

 

De João Pereira. Incansável, o lateral direito fez constantes incursões pelo seu flanco, desdobrando-se em tabelinhas com Gelson que pautaram os melhores momentos de futebol neste encontro. Foi uma surpresa de Jorge Jesus, quando se aguardava que Schelotto se assumisse como titular da posição. Aposta ganha: João Pereira justificou plenamente figurar no onze inicial.

 

De Rui Patrício. Do melhor guarda-redes da Europa só podemos esperar a excelência. Ele não traiu as expectativas, com uma defesa monumental, logo aos 16', coroando um bom lance de ataque do Marítimo. O resultado estava em branco, um golo sofrido teria dado outro curso ao jogo.

 

De Alan Ruiz. Estreia auspiciosa do reforço argentino em jogos oficiais pelo Sporting. Tem bom toque de bola, sentido posicional e domínio técnico. É um segundo avançado, que se movimenta bem entre linhas ofensivas. Não custa vaticinar que será uma figura determinante neste Sporting 2016/17.

 

Da vibrante ovação a João Mário. O nosso médio, campeão europeu, terá feito hoje a última partida em Alvalade, podendo rumar a Itália dentro de dias. Saiu aos 90', ao som empolgante das palmas, após ter exibido a sua habitual qualidade em campo e ter tentado o golo em diversas ocasiões. Só foi pena não ter marcado.

 

Que não tivéssemos sofrido golos. É bom começarmos o campeonato com a baliza invicta.

 

De ver sete portugueses no nosso onze inicial. Em contraste com o Marítimo, que apresentou sete brasileiros. E até o treinador é da mesma nacionalidade.

 

De ver o apoio da nossa massa adepta no estádio. Mais de 42 mil espectadores presentes em Alvalade, num fim de tarde muito quente - tanto do ponto de vista meteorológico como do saudável entusiasmo nas bancadas.

 

Da homenagem ao professor Moniz Pereira. Finalmente um minuto de silêncio cumprido com rigor. Uma forma muito digna de evocar uma saudosa figura do universo leonino, do desporto nacional e da sociedade portuguesa.

 

 

Não gostei

 

Da ausência de Slimani. Tivemos de começar o campeonato sem ponta-de-lança devido ao afastamento do argelino, por absurdo castigo que remonta à época anterior.

 

De alguma dificuldade de finalização. Oportunidades foram muitas, sobretudo na segunda parte, mas só se concretizaram duas. Há que afinar ainda mais a pontaria.

 

De um momento de desconcentração que poderia ter sido fatal. Uma perda de bola a meio-campo, aos 39', proporcionou um ataque veloz do Marítimo, culminado numa bola ao poste. Único erro colectivo da nossa equipa em todo o jogo, solucionado com inegável estrelinha da sorte. Esperemos que seja a estrelinha que costuma iluminar os campeões.

4 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D