Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

De mais uma vitória leonina. Desta vez em Alvalade, frente ao Moreirense. Por 3-1.

 

Da nossa sétima vitória consecutiva no campeonato. Após derrotarmos V. Guimarães (5-1), Benfica (3-0), Estoril (1-0), Arouca (1-0), Belenenses (1-0) e Marítimo (1-0). Há quatro anos que não nos acontecia esta sucessão de sete jogos a ganhar.

 

De ver a nossa equipa continuar na liderança. Seguimos com 35 pontos. E vão seis jogadas seguidas com o Sporting no comando isolado do campeonato, já no segundo terço da prova.

 

De Gelson Martins.  Marcou o primeiro golo verde-e-branco, iam decorridos 29'. Foi também o seu primeiro golo ao serviço do Sporting nesta Liga 2015/16. Mais que merecido: jogou e fez jogar, combinou muito bem com Slimani, deu inúmeras dores de cabeça à equipa de Moreira de Cónegos na ala direita do nosso ataque. E também soube ajudar a defesa: grande corte aos 53', correndo à dobra de Esgaio. Consolida a titularidade. Foi para mim o melhor em campo.

 

De Bryan Ruiz. Ajuda a dar profundidade, largura e consistência ao ataque leonino. Marcou muito bem o livre que originou o nosso primeiro golo, concretizando uma jogada de laboratório.

 

De Aquilani. Alinhando como titular, na posição habitualmente ocupada por William Carvalho, cumpriu a missão que o treinador lhe confiou. E marcou o segundo golo, a passe de Adrien, dando ainda mais serenidade à equipa.

 

Dos golos. E vão seis em apenas três dias: metade contra o Besiktas na quinta-feira, a outra metade no jogo desta tarde.

 

Que tivéssemos marcado cedo. À meia hora já vencíamos. E saímos para o intervalo a ganhar 2-0. Desta vez não foi preciso sofrer até quase ao fim.

 

Que Jorge Jesus tenha poupado a equipa. O Sporting entrou em campo sem cinco dos habituais titulares (João Pereira, Paulo Oliveira, Jefferson, William Carvalho e João Mário). Para gerir o esforço dos jogadores menos de 72 horas após a vitória em casa frente aos turcos e a três dias da importante eliminatória em Braga para a Taça de Portugal.

 

Do apoio nas bancadas. Apesar do tempo chuvoso, mais de 32 mil espectadores ajudaram a dar colorido e alegria às bancadas do nosso estádio.

 

 

Não gostei

 

Da chuva incessante. O estado do relvado, que já não era famoso, ficou bastante pior.

 

De alguma desconcentração nos 20 minutos finais do desafio. Com a equipa a ganhar 3-0 a partir dos 58', imperou a convicção de que já não era preciso acelerar mais porque o triunfo estava garantido. Foi neste período que surgiu o golo do Moreirense, de grande penalidade.

 

Do golo sofrido. Permanecemos cinco jogos do campeonato com as nossas redes invictas. Gostávamos que tivessem sido mais.

8 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D