Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Da vitória.  Foi o nosso terceiro triunfo fora de Alvalade, à quarta jornada. Num campo muito difícil, contra um Rio Ave bem organizado e com instinto combativo.

 

Que tivéssemos marcado muito cedo. Aos dez minutos já vencíamos. Foi importante adiantarmo-nos tão cedo no marcador.

 

De Slimani. Marcou o segundo golo leonino. E foi sempre um elemento em grande destaque: nunca deu descanso à defensiva de Vila do Conde, conferindo profundidade ao nosso ataque. O melhor em campo.

 

De Adrien. Regressou aos penáltis. E em grande forma. Marcou com uma frieza impressionante, por decisão do treinador, que voltou a apostar nele depois de uma grande penalidade confiada a Aquilani contra a Académica.

 

Da nossa primeira parte. O Sporting começou o jogo da melhor maneira, com boa manobra atacante, revelando sempre superioridade nessa etapa inicial da partida. Não por acaso, chegámos ao intervalo a ganhar 2-0.

 

Da actuação de Hugo Miguel. Pela primeira vez nesta temporada oficial terminamos um jogo sem razão de queixa do árbitro.

 

Da claque leonina. Compareceu em peso no estádio dos Arcos e não cessou de apoiar a equipa do princípio ao fim.

 

Da nossa classificação. Continuamos no topo da tabela, com dez pontos, em igualdade com o FC Porto. Até agora tudo bem.

 

 

Não gostei

 

Da exibição leonina no início da segunda parte. Baixámos demasiado as linhas e demos iniciativa atacante ao Rio Ave.

 

Do exagero do pontapé-para-o-ar na fase final da partida. Foi um jogo emocionante, mas tecnicamente mal disputado no último quarto de hora.

 

De Aquilani. Jogou muito próximo de Adrien como segundo médio defensivo, e muito mais apagado do que o português, o que impediu alguma profundidade do nosso ataque.

 

Que o Rio Ave tivesse marcado. E vão quatro jogos da Liga 2015/16 com golos sofridos. Esperemos que nos próximos desafios as nossas redes permaneçam invictas.

 

Que Carlos Mané tivesse começado no banco. Merecia ter sido titular. Só jogou 14 minutos mas revelou melhor forma do que Bryan Ruiz.

25 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D